James Akel comenta o caminho que a TV Globo está a trilhar atualmente

OS CAMINHOS TERRÍVEIS DA TV GLOBO AGORA

Com mais de 30 anos de casa o notável Luiz Claudio Latgé foi demitido.
Editor de vários jornais sempre escalado por Schroder pra projetos de jornalismo.
A chefona de pessoal, Rossana Fontenelle gosta de cantar aos quarto ventos que demitiu 65% dos diretores que ganhavam grandes salários e estariam acomodados no entender dela.
Uai, estariam acomodados por falta de comando porque nem Roberto Irineu Marinho e nem Schroder sabem comandar a TV Globo.
Este ano a TV Globo faturou 1 bilhão a menos que o programado.
Jamais no passado aconteceu isto.
Curiosamente a mesma Rossana dizimou os principais membros da superintendência comercial por ganharem muito.
Ganhavam muito porque traziam muito faturamento pra emissora e não porque ganhavam de graça.
Imaginem Roberto Irineu Marinho ganhando de presente de aniversário um avião a jato que está em voo no piloto automático.
Seu pai que estava era comandante pulou de paraquedas e o co-piloto foi jogado de paraquedas pra fora.
Ficou apenas ele ali achando que por estar no piloto automático tudo continuaria igual.
Mas até o piloto automático deixou de funcionar.
Agora ali no ar Roberto Irineu tem que aprender aos 70 anos a pilotar avião enquanto está no ar.
Futuro vai dizer.

 

James Akel no dia 20/10/2017

Dificuldade de emplacar projetos é uma constante dentro da TV Globo

 

Vamos com calma Começaram a circular informações sobre um suposto interesse da Band no Marcos Mion, que, todos sabem, não tem conseguido nas noites de sexta o mesmo desempenho de audiência dos sábados.

Uma pessoa do staff do apresentador , porém, diz que ele só sairia da Record se recebesse convite da Globo.

Mas tem o seguinte Atualmente, vários atores e até apresentadores da Globo estão tentando emplacar outros projetos na casa, sem sucesso.

Imagine então o tamanho da dificuldade para quem não é de lá?

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Produção de seriados da TV Globo entra em ritmo de produção industrial

ecb1d-globo

 

Cada vez mais
Na Globo, a produção de série dá toda pinta que entrou em ritmo industrial.

Para o ano que vem, se tudo correr como se espera, se deseja programar a exibição de, pelo menos, quatro delas. Nunca se chegou a tanto.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Filas das novelas da TV Globo às 18h , 19h e 21h já estão formadas

b395e-redeglobo

 

Seguindo a ordem
As filas das novelas da Globo, nos seus horários das 6, 7 e 9 da noite, estão formadas e não irão se alterar.

É uma ordem que o responsável pela teledramaturgia, Silvio de Abreu, tem estabelecida e que ele não pretende alterar.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

TV Globo não faz parceria para produção de conteúdo

b395e-redeglobo

 

Dias de hoje

Exceção à Globo, o que mais se observa em suas concorrentes, o que virou moda em Record, Band e Rede TV! – é o modelo de parceria. Já são muitos operando nesse sistema.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos NERY

Rui Vilhena teve sinopse de novela rejeitada pela TV Globo

b395e-redeglobo

 

Não rolou
Uma sinopse de Rui Vilhena, autor de “Boogie Oogie”, não avançou na Globo.

Ele agora vai tentar emplacar projetos na televisão de Portugal.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

TV Globo convive de longa data com vazamento de episódios de novelas

ecb1d-globo

 

Se não bastasse
Desde muito tempo, a Globo convive com o lamentável vazamento de capítulos de novelas, desprezando e desrespeitando o trabalho de um conjunto de profissionais e dos próprios telespectadores.

Agora, na recente “Velho Chico”, houve quem divulgasse muito antes as cenas do último dia. É o que aqui já foi dito: se todo mundo sabe quem compra, como não chegar a quem vende e acabar de uma vez com isso?

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery