Thiago Martins gravará novo webseriado para Antarctica

Resultado de imagem para tHIAGO Martins Pega Pega

 

O ator Thiago Martins, por acaso também de “Pega Pega”, está gravando nova websérie para Antarctica…

… Este será o seu quarto trabalho para a marca.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Thiago Martins fará rápida participação na novela A Lei do Amor

 

Thiago Martins aceitou apenas uma participação especial em “A Lei do Amor” por causa dos compromissos como músico e jornadas no cinema e teatro.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Botafogo 2 x 3 Paysandu

Paysandu aproveita apagões, vence o Botafogo no Engenhão e cola no G-4

Papão marca duas vezes em dois minutos no primeiro tempo e não dá chance de reação ao Alvinegro na etapa final. Glorioso segue na vice-liderança da Série B

O sol forte na manhã deste sábado no Engenhão não foi o suficiente para iluminar os 90 minutos do Botafogo diante do Paysandu. Aproveitando dois apagões do Alvinegro, um em cada tempo, o Papão venceu os cariocas por 3 a 2, pela 20ª rodada, e se colocou definitivamente na briga pelo G-4 da Série B do Brasileirão. E o trocadilho é inevitável: a treva do Bota no primeiro tempo foi preenchida por um elétrico Yago Pikachu, que, em dois minutos, marcou um e deu passe para outro. Na etapa final, o Alvinegro até ensaiou uma reação. Mas, em um outro apagão, o Paysandu marcou com Thiago Martins e liquidou a fatura. Ao Botafogo, restou o consolo dos tropeços dos rivais e a manutenção da vice-liderança.

Neilton Botafogo x Paysandu (Foto: Roberto Filho / Eleven/ Estadão Conteúdo)
Paysandu está a apenas um ponto do G-4; Bota segue na vice-liderança
(Foto: Roberto Filho / Eleven/ Estadão Conteúdo)

A vitória fora de casa contra um dos favoritos da Série B​ coloca o Paysandu de vez na briga pelo G-4. O Papão subiu para a sexta colocação, chegou aos 33 pontos e está agora a apenas um ponto da zona de acesso. O Botafogo, por sua vez, perde a chance de alcançar o topo da tabela e segue com 36 pontos na segunda colocação.

O Botafogo só volta a entrar em campo na próxima sexta-feira para enfrentar o CRB, em Maceió, pela 21ª rodada da Série B. Já o Paysandu tem um compromisso no meio de semana. O time fará o jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Fluminense, no Mangueirão.

ELÉTRICO, PIKACHU ILUMINA APAGÃO DO BOTA

Com um ataque leve formado por Neilton e Luis Henrique, o Botafogo iniciou o jogo com muita velocidade. A articulação no meio com Daniel Carvalho e Elvis funcionava e as chances iam aparecendo em sequência. Arão, Neilton… Uma pressão alvinegra parecia desenhada. Parecia. Depois da parada técnica, um apagão. Sem fazer grande força, o Paysandu marcou duas vezes em dois minutos. Yago Pikachu recebeu e finalizou bem dentro da área. Depois, o lateral deu boa assistência para Thiago Martins fazer o segundo.

Em desvantagem, o Bota voltou mais ofensivo do intervalo, ainda que sem nenhuma alteração. Até aos 10, montou uma blitz em busca do primeiro. Funcionou. Após bola tabela na direita, Luis Ricardo cruzou bem dentro da área. Luis Henrique errou o domínio, e Daniel Carvalho aproveitou a sobra e estufou a rede do Papão. Em seguida, novo apagão. Na saída de bola, Jonathan recebeu bom lançamento em velocidade, avançou e fuzilou no ângulo de Jefferson: 3 a 1. Ricardo Gomes ainda lançou Sassá em campo. O atacante até marcou, de cabeça, o segundo do Bota, mas o Papão conseguiu administrar a vitória até o fim.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Paysandu 2 x 1 Santa Cruz

Após novo apagão na Curuzu, Papão vence e aumenta crise no Santa Cruz

Jogo inicia com quase 1h de atraso por causa da explosão de um transformador. Thiago Martins e Carlinhos marcam para o Paysandu, e Aquino desconta ao Tricolor

Depois de quase uma hora de atraso, Paysandu e Santa Cruz puderam se enfrentar no Estádio da Curuzu. A explosão de um gerador deixou a praça esportiva sem energia elétrica por cerca de 70 minutos, e o problema só foi resolvido com a chegada de técnicos da concessionária de energia elétrica. Dentro de campo a partida foi bastante movimentada, com vitória do Papão por 2 a 1.

Com o resultado o time do Pará soma três vitórias consecutivas e sobe mais duas posições, sendo agora o 7º colocado, empatado em pontos com o Vitória, que é o 6º. Já o Santa Cruz piora sua situação na tabela e cai de 17º para 19º, com apenas três pontos conquistados em cinco jogos. Na próxima rodada o Alviceleste encara o Paraná em casa, enquanto o Coral vai até o interior do Mato Grosso enfrentar o Luverdense. As duas partidas serão no sábado, dia 6.

Paysandu x Santa Cruz - gol Thiago Martins (Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu)
Thiago Martins marcou o primeiro gol do Paysandu na partida
(Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu)

O JOGO

O Paysandu começou a partida animado, partindo para cima do time pernambucano. Logo com um minuto e meio de jogo, Yago Pikachu disparou em velocidade pela direita e enfiou a bola para o meia Carlos Alberto, livre de marcação, que, dentro da área, incrivelmente chutou para fora. O Santa Cruz só foi levar algum perigo à meta do Paysandu em cobrança de falta aos nove minutos, feita por Daniel Costa. O chute foi forte, mas saiu por cima do gol.

Nos minutos seguintes – assim como na maior parte do jogo – o Tricolor buscou pressionar a saída de bola dos donos da casa, proposta que deu certo. O Papão teve que explorar as laterais, mas foi muitas vezes barrado pelos defensores do Santa ou, quando conseguia o cruzamento, pecava na finalização. Se ao mesmo tempo o Cobra Coral não deixava o Alviceleste chegar ao ataque com facilidade, a equipe nordestina também não foi efetiva no setor ofensivo. Anderson Aquino chegou a ser lançado na área do Papão aos 27, mas teve o chute travado.

Vivendo bom momento nas bolas paradas, Yago Pikachu teve falta frontal para cobrar aos 33. Ele mandou em cima da barreira e ganhou escanteio, que ele mesmo cobrou. Dessa vez encheu a bola de veneno e quase fez olímpico! O goleiro Fred espalmou para o meio da área e o zagueiro Thiago Martins só fez empurrar para dentro do gol: 1 a 0 para o Paysandu.

Quando o primeiro tempo se encaminhava para o fim com vitória parcial do time da casa, Anderson Aquino mandou um chutaço na trave, Nathan tentou pegar o rebote e acabou derrubado dentro da área por Carlos Alberto. Pênalti marcado pelo árbitro, e cobrando com força por Aquino. Emerson tocou na bola, mas não evitou o gol: 1 a 1 na Curuzu no último lance da etapa inicial.

Paysandu x Santa Cruz - Leandro Cearense (Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu)
Santa Cruz jogou recuado e apostou em contra-ataques, mas não foi o suficiente para surpreender o Paysandu na Curuzu.
(Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu)

A tônica continuou a mesma no início segundo tempo, com o Santa recuado e o Paysandu investindo em lançamentos. Aos 4, Leandro Cearense quase marca de cabeça, mas a bola passou tirando tinta da trave. O Papão continuou pressionando, e Jhonnatan por pouco não colocou os paraenses de volta à frente no placar aos 9, só que Fred fez grande defesa.

Com o passar do tempo o Tricolor começou a ter mais liberdade em campo e a partida ficou mais aberta, no famoso “lá e cá”, de muita disputa no meio de campo. Ainda assim, as principais chances eram do time do Pará. Até que aos 30 minutos Ricardo Capanema alçou na área, a defesa do Santa Cruz falhou e deixou Carlinhos livre para cabecear no cantinho, sem chances para Fred: 2 a 1 para o Bicola.

Nos últimos minutos a partida ganhou emoção. O Santa foi todo ao ataque, mas parou no goleiro Emerson, que vive boa fase. Os bicolores ainda desperdiçaram dois contra-ataques, e o placar terminou favorável ao Papão, aumentando a crise no Tricolor.

GLOBO ESPORTE.COM

Flávio Ricco comenta desempenho de Thiago Martins nas cenas com Glória Pires

 

“Babilônia” continua no meio de um tremendo tiroteio…

Que, inclusive, tem atingido figuras importantes do seu elenco…

… Em meio a tantos personagens equivocados…

… Um, no entanto, está saindo ileso e não tem direito de se queixar…

… Thiago Martins, até agora, vem merecendo forte destaque…

… Especialmente nas cenas em que contracena com Glória Pires…

… Que até agora se apresentou como nome da novela.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Camila Pitanga interpreta mocinha destemperada: ‘Briga pelo que acredita

Intérprete de Diogo, irmão de Regina, Thiago Martins faz convite especial!

Camila Pitanga interpreta Regina, e promete entrar na briga e responder à altura das vilãs Beatriz e Inês (Foto: Felipe Monteiro/Gshow)

Camila Pitanga interpreta Regina, e promete entrar na briga e responder à altura das vilãs Beatriz e Inês (Foto: Felipe Monteiro/Gshow)

No meio do seu novo conflito das 9, a mocinha da novela não poderia ficar para trás e ser o tipo que leva desaforo. Regina, personagem de Camila Pitanga, promete mostrar que ambição e honestidade podem andar lado a lado, mas que ninguém precisa abaixar a cabeça para ser do bem. “Eu estou emprestando o meu corpo e a minha alma para uma mulher guerreira, vibrante, que tem uma família muito amorosa, briga pelo que acredita, é destemperada, uma mulher indomada, mas também muito amorosa e doce. Ela vai duelar com Beatriz (Gloria Pires) e Inês(Adriana Esteves): duas mulheres inescrupulosas que vão atrapalhar muito a vida dela”, resume a atriz, que também comemora a oportunidade de estar “chegando na vida” dos autores consagrados que escrevem Babilônia.O núcleo que representa a família de Regina, a qual Camila se refere, traz a estreante Vírginia Rosa, no papel de Dora, a pequena Sabrina Nonata, intérprete de Júlia, e Thiago Martins, que dá vida ao atleta Diogo. O ator mudou a alimentação e a rotina de treinos e já perdeu 14kg para o personagem. No vídeo ele faz um convite especial: “Assistam a novela, vocês vão adorar!”.Escrita por Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga, Babilônia tem direção geral e de núcleo de Dennis Carvalho e direção geral de Maria de Médicis.

GSHOW

Dennis Carvalho aproveita coletiva e dá bronca no elenco de “Babilônia”

Dennis Carvalho aproveita coletiva e dá bronca no elenco de "Babilônia"

Dennis Carvalho ao lado da protagonista Glória Pires – Foto: Divulgação/TV Globo

Na última quarta-feira (25), aconteceu a coletiva de imprensa da novela “Babilônia“, nos estúdios da Globo no Rio de Janeiro.

Segundo informações da coluna Outro Canal, o diretor Dennis Carvalho aproveitou que todo o elenco estava reunido para deixar bem claro alguns recados.

Bem direto, Dennis avisou que não aceitará atrasos dos atores para as gravações. “E não adianta botar a culpa no trânsito do Rio”, disse ele. O diretor ainda falou que não quer ver artistas com os roteiros nas mãos. “Ator tem que vir com texto decorado, é obrigação, não quero ninguém lendo na hora de gravar”, bradou.

Por fim, ele deu deu bronca sobre os atores que reclamam e fazem pedidos sobre seus personagens durante a trama. “Querem mandar emails para mim, para os autores, podem mandar, mas não podemos ficar respondendo, né gente?”, finalizou.

“Babilônia” tem autoria de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga. Em seu elenco, estão nomes como  Camila Pitanga, Glória Pires, Adriana Esteves, Thiago Fragoso, Gabriel Braga Nunes, Marcos Palmeira, Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg, Cássio Gabus Mendes, Arlete Salles, Maria Clara Gueiros, Thiago Martins, Chay Suede, Bruno Gagliasso e Sophie Charlotte, entre outros.

A novela estreia no dia 16 de março, substituindo “Império” na faixa das 21h.

NaTelinha