Ceará, Fortaleza e Icasa conhecem seus rivais na 1ª Fase e sonham com boas campanhas na Copa do Brasil 2015

03635-1227507792199176

2062a-fortaleza_esporte_clube_de_fortaleza-ce

07d89-escudo2bicasa

Os três representantes cearenses na Copa do Brasil de 2015 conheceram na manhã de ontem seus adversários na 1ª Fase do torneio. O Ceará, campeão estadual, enfrentará o Confiança/SE, o Fortaleza, vice, jogará com o River/PI e o Icasa, campeão da Taça Fares Lopes, duela com o Independente/PA.

Pelo sorteio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é possível visualizar os adversários dos cearenses em fases avançadas, já que os clubes foram divididos em 10 chaves e todo diagrama foi divulgado.

Caso o Ceará avance para a fase seguinte, enfrentará América/MG ou Luziânia/DF. Já o Fortaleza, caso se classifique, joga com o vencedor do confronto entre Coritiba e Vila Nova/MG, enquanto o Icasa, terá pela frente o vencedor da partida entre Goiás e Santo André.

Para chegar às Oitavas de Finais, quando entrarão na disputa os cinco clubes que jogarão a Taça Libertadores (Atlético-MG (atual campeão da Copa do Brasil, Corinthians, Cruzeiro, Internacional e São Paulo), mais o Fluminense – 6º colocado do Brasileirão – o Ceará por exemplo, está na ‘Chave 3’ do Bloco 2, e pode enfrentar Atlético/PR ou Remo, ou Tupi/MG e Alecrim/RN para definir uma vaga ao seleto grupo.

Na edição deste ano, o Vovô chegou perto das Oitavas, mas parou no Botafogo/RJ no Castelão de forma traumática: o Alvinegro venceu o Maracanã por 2 a 1, mas em casa, sofreu dois gols no minuto final e caiu por 4 a 3.

Antes, o Vovô eliminou Parnahyba/PI, Chapecoense e Internacional, terminando a competição em 9º lugar.

Fortaleza e Icasa não participaram da edição deste ano. O Leão jogou pela última vez em 2013 e acabou em 24º lugar, e o Verdão, em 2009, quando foi 16º colocado.

Outros grandes

Além dos seis grandes clubes que entram nas oitavas, outros seis jogarão desde a 1ª Fase. Os confrontos são: Flamengo x Brasil de Pelotas, Grêmio x Campinense/PB, Palmeiras x Vitória da Conquista/BA, Vasco x Rio Branco/AC, Santos x Londrina e Botafogo/RJ x Botafogo/PB.

A Copa do Brasil reunirá 87 times de todo o país e será disputada entre os dias 25 de fevereiro e 25 de novembro. Entre 27 de maio e 5 de julho, haverá uma pausa no torneio, em virtude da disputa da Copa América.

Saiba mais

Em 2014

Em 2014, Ceará, Horizonte e Barbalha (campeão da Fares Lopes) representaram o Estado. O Ceará chegou à 3ª Fase e caiu para o Botafogo/RJ, o Galo do Tabuleiro foi eliminado pelo Fluminense na 1ª Fase, assim como o Barbalha, que perdeu para o Cuiabá

Melhores

Os maiores campeões da Copa do Brasil são Cruzeiro e Grêmio, com quatro títulos. Flamengo e Corinthians têm três. A melhor colocação de um cearense no torneio foi em 1994, quando o Ceará foi vice-campeão, perdendo a decisão para o time do Grêmio

Vladimir Marques
Repórter

 

Diário do Nordeste – Jogada – 17/12/2014

Cruzeirenses confundem Mineros com Atlético, têm tremedeira e são hospitalizados

Tardelli, um dos principais motivos da tremedeira (FOTO: Luan)

Tardelli, um dos principais motivos da tremedeira
(FOTO: Luan)

A edição de 2015 da Taça Libertadores da América promete ser emocionante e já causou alguns estragos. O sorteio realizado na terça-feira colocou o venezuelano Mineros no grupo do Cruzeiro. O fato causou uma pequena confusão, mas com grandes consequências.

Os cruzeirenses – e, neste grupo, inclua dirigentes, jogadores e torcedores -, pensaram que o Mineros era, na verdade, o Atlético, seu maior rival e carrasco, que é chamado por muitos de Atlético Mineiro. A associação fez com que a tradicional tremedeira celeste voltasse, mas desta vez mais forte ainda, levando diversos cruzeirenses para o hospital.

O diretor do hospital Maria das Dores, House, conversou com o Olé do Brasil após divulgar o último boletim médico: “Muitos cruzeirenses chegaram ao mesmo tempo. Achamos estranho, mas quando notamos que estavam tremendo, constatei: tem dedo do Atlético aí. Não deu outra. Essa grande confusão fez com que a tremedeira fosse tão forte que a estrutura física do hospital ficasse danificada. Até o prédio tremeu e mesmo um profissional como eu se assustou com o caso”, disse.

Ricardo Goulart era um dos mais transtornados. Tremendo muito, o jogador foi internado repetindo a frase: “Quarta-feira tem mais”.

 

Confira os grupos na Libertadores dos times que não estão na Libertadores

Fluminense nunca tocou nessa (FOTO: Cevallos)

Um dia essa taça irá para a Avenida João Pessoa, 3532 – Porangabuçu, Fortaleza/Ceará

A edição de 2015 da Taça Libertadores da América promete ser emocionante para os brasileiros. O sorteio realizado na terça-feira colocou o São Paulo no Grupo da morte, ao lado do argentino San Lorenzo, e do quarto colocado do Brasileirão, que será Corinthians ou Inter.

Contudo, estranhamente, a Conmebol não divulgou os grupos dos outros times brasileiros, que também são – ou já foram – considerados grandes. Por isso, o Olé do Brasil, mantendo seu compromisso com a verdade, divulga, com exclusividade, os grupos da Libertadores dos times brasileiros que não estão na Libertadores.

  • Grêmio: Cruzeiro de Porto Alegre, São Paulo de Rio Grande e Atlético de Santa Maria
  • Fluminense: OAB, STJD, TV Justiça
  • Santos: Filme do Pelé, Plano Para Vender Damião, Gamão
  • Vasco: Vice, Plano Para Não Cair em 2015, Eurico Miranda
  • Flamengo: Pôjeto, Cerveja e Globo
  • Coritiba: Vice, DVD do Alex e Pipoca
  • Atlético-PR: Brisa, TV e Sofá
  • Vitória: Axé, Carnaval, Ivete Sangalo
  • Bahia: Axé, Carnaval, Claudia Leite
  • Sport: Cazá, Cazá, Ibson
  • Goiás: Tomate, Sertanejo, Estádio Vazio
  • Botafogo: Ceará, Boa Esporte, Macaé
  • Palmeiras: Secador, Antidepressivo, Contrato por Produtividade

Em respeito ao Flamengo, os canais Globosat não transmitirão a Libertadores para o Rio. Para São Paulo, sim, em respeito ao Corinthians.

Inspirado em: 

 

Título do Atlético Mineiro na Copa do Brasil é anulado; Adivinha quem pode ficar com a taça?;

Comemoração do Atlético demorou menos que a presença do Criciúma na Série A (FOTO: Marques)

Comemoração do Atlético demorou menos que a presença do Criciúma na Série A
(FOTO: Marques)

Como diz o velho e conhecido refrão da roça: alegria de Galo dura pouco. Infelizmente para a metade alvinegra de Minhas Gerais, o ditado também se aplica ao futebol. O STJD acaba de desqualificar a final da Copa do Brasil, disputada pelos maiores times mineiros, Cruzeiro e Atlético.

Segundo informações, o Tribunal decidiu adotar de última hora a regra da Taça Libertadores, que defende que dois times do mesmo país – neste caso, da mesma cidade -, não podem disputar a final da Copa do Brasil. Deste modo, ambos deveriam ter se enfrentado nas semifinais. Como isso não ocorreu, o título do Galão da Massa está oficialmente cancelado.

Diante do imbróglio, os procuradores do STJD declararam que haverá uma nova final, sem os times mineiros. Adivinha quem vai disputar o título? Corinthians e Flamengo, evidentemente. O argumento dos procuradores e da própria CBF é que o Galo atropelou os dois times, mas talvez eles não tivessem se enfrentado se a tabela tivesse sido montada para que Cruzeiro e Atlético se pegassem nas semifinais.

Desta forma, haverá um jogo único em Manaus. O juiz será estrangeiro, para que ele não fique confuso sem saber para quem roubar: “Corinthians e Flamengo é o único jogo em que o juiz deve ser neutro”, disse um dirigente da CBF.

Como punição ao Cruzeiro, que não se manifestou sobre o erro antes das finais, o título do Brasileirão 2014 ficará com o Fluminense.

Dica: Petronio Rocha.

 

Jornal: San Lorenzo se preocupa com arbitragem de Sandro Ricci em final

“Olé” cita partida entre Nacional, adversário da decisão, e Vélez, na Argentina

O árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci é motivo de preocupação para o San Lorenzo. É o que garante o diário argentino “Olé” neste sábado. O veículo considera que o juiz é “muito bem visto” pelo Nacional, do Paraguai, adversário da finalíssima da Taça Libertadores na próxima quarta-feira, no Nuevo Gasómetro. Após o empate por 1 a 1 em Assunção, quem vencer conquistará o título de 2014. Nova igualdade levará o confronto para a prorrogação.

Segundo o jornal, um jogo em específico chamou a atenção de dirigentes argentinos: o empate por 2 a 2 entre o próprio Nacional e o Vélez Sarsfield, na Argentina, pelo jogo de volta das oitavas de final. Os paraguaios avançaram depois de terem vencido a partida de ida por 1 a 0.

Na ocasião, Ricci expulsou dois atletas do Vélez: Héctor Canteros, que hoje está no Flamengo, e Lucas Romero, ambos no segundo tempo. Ele ainda marcou um pênalti para o Nacional, convertido por Torales, aos 34 da etapa final, quando os hermanos levavam a disputa para as penalidades. O “Olé”, no entanto, deu nota 7 para a arbitragem do brasileiro, que apitou também durante a Copa do Mundo no Brasil.

sandro meira ricci santa cruz x sport (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
Arbitragem de Sandro Meira Ricci preocupa os argentinos, diz o “Olé” (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
GLOBO ESPORTE.COM

Riquelme é relacionado para pegar o Corinthians na Bombonera

Meia desfalcou o Boca Juniors no último sábado, na derrota por 1 a 0 para o Estudiantes, mas está recuperado de lesão e deve enfrentar o Timão

riquelme boca juniors (Foto: EFE)

Riquelme deve reforçar o Boca nesta quarta-feira
diante do Corinthians (Foto: EFE)

Juan Roman Riquelme está relacionado para a partida diante do Corinthians, às 22h (de Brasília) desta quarta-feira, na Bombonera, em Buenos Aires. O camisa 10 do Boca Juniors foi incluído na lista de Carlos Bianchi para o duelo de ida das oitavas de final da Taça Libertadores.

Riquelme estava fora da equipe por culpa de uma lesão muscular, mas se recuperou bem e não deve ser problema para quarta-feira. Outra novidade nos relacionados do Boca é o também armador Paredes, que pode fazer sua estreia na Libertadores deste ano.

Com isso, Bianchi conta com seus principais jogadores para iniciar o mata-mata do torneio continental. A equipe fez um treino leve neste domingo, um dia depois da derrota por 1 a 0 para o Estudiantes, em La Plata. O Boca não vence há dez partidas no Campeonato Argentino.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Artilheiro do Ano: Neymar brilha e sobe na lista; Careca encosta no líder

Craque do Santos marca quatro vezes e já aparece na sexta posição do ranking. Atacante do Cene chega ao 17º gol no ano e se aproxima da ponta.

Neymar comemora, União Barbarense x Santos (Foto: Denny Cesare/Agência Estado)

Neymar fez quatro gols e foi o destaque da rodada
(Foto: Denny Cesare/Agência Estado)

Na véspera do aniversário do Santos – que comemorou 101 anos neste domingo – Neymar encheu os olhos dos amantes do futebol e presenteou os santistas com uma atuação de gala na goleada por 4 a 0 sobre o União Barbarense, no sábado, pelo Paulistão. Inspirado, o craque marcou quatro gols, dois em cada tempo, e subiu para a sexta posição do Prêmio Artilheiro do Ano com 12 gols na temporada. Além de ganhar posições no ranking, o camisa 11 do Peixe assumiu a artilharia do Paulista com um tento a mais do que William da Ponte Preta, que não atuou na rodada do fim de semana.

Vencedor do prêmio em 2010 e 2012, Neymar ainda está distante do topo da lista dos principais goleadores deste ano. Quem se aproxima da ponta é Careca, do Cene. Na vitória do Furacão Amarelo sobre o Ivinhema, por 1 a 0, o artilheiro do Sul-Mato-Grossense fez o seu 17º gol na temporada, e já ameaça o reinado do líder Giancarlo, do Ferroviário, que passou em branco no empate com o Tiradentes, por 1 a 1, pelo Campeonato Cearense. Mesmo assim, o atacante do Ferrão permanece na liderança isolada do ranking com 19 tentos.

Outros quatro integrantes do top 6 marcaram neste fim de semana. David Dener, da Desportiva Ferroviária, balançou a rede uma vez no empate com o Estrela do Norte, pelo Capixabão e está em terceiro com 15 gols, um a mais do que Elton, do Náutico. O meia Alexfez dois na vitória elástica do Coritiba sobre o Rio Branco-PR, por 6 a 0, no Paranaense, e agora soma 12 gols no ano, dividindo a sexta colocação com mais sete jogadores. Dentre eles, Neilson, do Londrina, e Rômulo, do Bahia de Feira. O primeiro deixou o seu em três oportunidades na goleada de 4 a 0 sobre o Paranavaí, também pelo Paranaense. Já o goleador do Tremendão marcou duas vezes e sua equipe venceu o Juazeiro por 3 a 0, neste domingo, pelo Baiano.

Vale ressaltar que somente competições oficiais envolvendo clubes brasileiros fazem parte da disputa do Prêmio Artilheiro do Ano: a primeira divisão de todos os estaduais do país, as Séries de A a D do Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil, a Copa do Nordeste, a Taça Libertadores da América, a Copa Sul-Americana, a Recopa Sul-Americana e o Mundial de Clubes.

Confira a lista de artilheiros do ano:

Prêmio Friedenreich (Foto: Editoria de Arte)

 

O PRÊMIO

O troféu do Prêmio Friedenreich é uma iniciativa do programa “Globo Esporte”, da TV Globo, em parceria com o GLOBOESPORTE.COM. E a disputa para ganhar o troféu é bastante democrática – e, com isso, acirradíssima. Todos os que disputam as Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro estão na briga. Além dos gols marcados nas quatro divisões da competição, serão contabilizados os feitos nos Estaduais (apenas da primeira divisão), Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Taça Libertadores, Copa Sul-Americana, Recopa Sul-Americana e Mundial de Clubes da Fifa.

O HOMENAGEADO

Se Charles Miller trouxe a bola para o país e deu, com isso, o pontapé inicial para aquela que se tornou a grande paixão nacional, Artur Friedenreich foi um dos pioneiros do talento “made in Brazil”. Ainda que existam controvérsias sobre o número de gols marcados pelo atacante – uma estatística aponta 1.329, apesar de outras assegurarem pouco mais de 500 -, a história, seja pelos recortes de jornais ou pelos testemunhos dos já saudosos bisavós, confirma que Fried foi um jogador extraordinário. Conquistou sete títulos paulistas (seis pelo Paulistano e um pelo São Paulo da Floresta, que deu origem ao atual São Paulo Futebol Clube), uma Copa Rocca (1914) e dois Sul-Americanos (1919 e 1922) pela seleção brasileira. Ainda no Campeonato Paulista se consagrou como artilheiro em oito edições.

OS VENCEDORES

2008 – Keirrison (Coritiba), com 41 gols
2009 – Diego Tardelli (Atlético-MG), com 39 gols
2010 – Jonas (Grêmio) e Neymar (Santos), com 42 gols cada
2011 – Leandro Damião (Internacional), com 38 gols
2012 – Neymar (Santos), com 43 gols

montagem Leandro Damião Neymar Jonas Tardelli Keirrison artilheiros (Foto: Editoria de Arte / GLOBOESPORTE.COM)
GLOBO ESPORTE .COM