“Você na TV” tem audiência recorde na RedeTV!

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/cf7b2218077671d30c09f49ec41c8055.jpg

A edição desta última quarta-feira (01) do “Você na TV” garantiu bons índices de audiência à RedeTV!.

A atração comandada por João Kleber registrou média de 2 pontos no Ibope, tendo assim a melhor performance desde a sua estreia, ocorrida no começo do mês passado.
O índice garantiu ao canal paulista a quarta colocação no ranking do Ibope, posicionando-se atrás da Globo, Record e SBT.
Em tempo:
No mesmo dia, o “Se Liga Brasil”, exibido antes do “Você na TV”, também foi bem. O noticiário registrou 0,6 ponto de média.
Apesar do número ser considerado bastante tímido diante dos parâmetros das concorrentes, ele é expressivo no contexto do histórico do próprio jornal – ainda mais em um dia de feriado.
Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.
NaTelinha

James Akel comenta a extinção do Se Liga Brasil

Na hora do almoço de segunda, o diretor do programa Se Liga Brasil, Marcelo Bonfá, foi chamado na sala da responsável pelo artístico da RedeTV, Mônica Pimentel, onde foi informado que o programa dirigido por ele, Se Liga Brasil, seria extinto.

Mônica sabia desde o princípio que o tal programa não emplacaria.

Mas tinha sido uma decisão de realizar feita pessoalmente pelo dono Amilcare Dallevo, com o apoio forte de sua filha Andréa Dallevo.

Vejam vocês que no SBT o Silvio Santos erra em 99% de suas atitudes de criação e programação.
E lá a sua filha Daniela Beyruti acaba colaborando para o erro do pai, por absoluto desconhecimento do ramo de administração artística da emissora.

Na RedeTV acontece igualzinho acontece no SBT.

Amilcare Dallevo, dono da RedeTV, erra em 99% de seus atos de criação de programas e programação.
Ultimamente anda errando em 100%.
E sua filha Andréa Dallevo acaba colaborando para o erro do pai por absoluta falta de conhecimento do ramo artísitco.
Haja visto seu empenho na realização do Se Liga Brasil e o fracasso do programa.

O último acerto de Silvio no SBT foi a escolha da atual novela noturna que está dando um show de ibope.

O último acerto de Amilcare é a extinção do programa matutino que está sendo um fracasso de ibope.

E com esta extinção uma nova programação está sendo criada

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 03h14 no dia 30 de janeiro de 2013

James Akel volta a criticar o Se Liga Brasil

Titanic Afundando

 

O destino da REDETV é esse aí em cima

 

Continua sem objetivo de show o programa Se Liga Brasil na RedeTV.
O programa é dirigido pelo Marcelo Bonfá, que trabalhou muito tempo na Record News, emissora que dava 0,3 de ibope.
Então, o atual ibope do programa Se Liga Brasil, que varia de 0,2 a 0,4 e algumas vezes 0,6, pode ser considerado familiar ao diretor.
Somaram o diretor Marcelo Bonfá, que dava péssimo ibope na Record News, com o diretor de jornalismo Américo Martins, que jamais antes tinha trabalhado em emissora de tv, e temos um Se Liga Brasil sem a menor razão de existir.
Semana passada Marcelo disse pra sua produção que tinha carta branca de Mônica Pimentel e Andréa Dallevo pra mudar tudo.
Poderiam começar mudando, de verdade, a começar pela direção do programa e pela direção de jornalismo.
Bom mesmo seria mudar os donos da emissora

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 09h28 no dia 16 de janeiro de 2013

REDETV está sujando a imagem em alguns programas de sua grade

Seguindo a mesma linha dos canais noticiosos, o “Se Liga Brasil”, da Rede TV!, tem sete informações diferentes na tela ao mesmo tempo. Para ser coerente ao exagero, o programa ainda exibe dois “ao vivo” – um em cima e outro na parte debaixo da tela. Como é que algum santo mortal consegue captar tudo aquilo?

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

James Akel volta a criticar o programa Se Liga Brasil

O recente criado Se Liga Brasil, na RedeTV, é uma decepção.
Trouxeram um apresentador, sabe-se lá de onde, Douglas Camargo, no qual apostaram fichas e mais fichas.
Mas ele está mostrando ter voz de apresentador de rádio AM, coisa que não funciona em TV aberta.
Fora que sua postura de palco inexiste, voz de comando nem pensar e está longe de ter entrosamento com sua parceira Regina Volpato.

Antes, vamos abordar o cenário triste que criaram para o programa.
O cenário do programa anterior, Manhã Maior, tinha arquitetura e profundidade, com nuances de objetos e cores, todas claras e alegres como deve ser um cenário de um programa matutino.
O cenário atual é sépia, cor de peso ruim para qualquer cenário de TV, contrastando com um azulão chapado ao fundo.
Não tenho a menor ideia de quem fez tal cenário, mas com certeza é alguém que desconhece os princípios de imagens.

Outra coisa é a falta de dinâmica de roteiro.
O diretor do progama, Marcelo Bonfá, vindo da Record News, parece ainda arraigado na antiga emissora.
A Record News foi um fracasso de projeto e a culpa não foi dos diretores de programas, mas sim do comando da emissora.
E lá não tinha nenhum programa dinâmico, que se pudesse ser exemplo pra programação de emissora aberta.
Tanto que os ibopes da Record News eram sempre na casa de 0,3 ou menos.
Talvez o Marcelo Bonfá nem tenha liberdade de criação na RedeTV, mas é ele quem assina pela direção do programa e a responsabilidade pública passa a ser dele.
E até para um programa com o nome Se Liga Brasil, esperava-se algo dinâmico e de interesse da dona de casa.
Mas quem sabe, depois de muito errar, um dia Marcelo acerte na direção do programa, coisa que não aconteceu com nenhum dos diretores do antigo Manhã Maior.

Lá neste programa existe um diamante bruto que precisa ser lapidado, que é a chef de cozinha do programa.
O nome dela deveria ser mudado pra bem dela no seu futuro.
Sabe-se lá porque a moça criou um nome artístico de Heaven.
Eu prefiro seu nome verdadeiro, Maria.
Mas se ela não gosta e quer criar algo diferente, precisa entender de comunicação pra fazer isto.
Ela, Heaven ou Maria, fala cinco idiomas e tem uma formação cultural muito grande.
Mas tem uma ansiedade também muito grande que transpassa para a dona de casa.
Ela tem todas as condições básicas para ser uma boa apresentadora e não ser relegada ao recôndito da cozinha.
Infelizmente com a atual direção do programa e da emissora ela não terá esta chance, mesmo sendo o melhor ibope do programa.

O atual Se Liga Brasil tem ibopes piores que o antigo Manhã Maior.
Pra ter bom ibope neste horário o programa precisa de conteúdo e estratégia, além de apresentação.
Infelizmente nenhum dos ítens atinge o objetivo e mais uma vez a RedeTV perde a chance de ter algo bom.

 Escrito por jamesakel@uol.com.br às 08h21 no dia 21 de novembro de 2012

<!–[ link ] –>

Ctrl + C ?

Divulgação

Divulgação

O assunto ainda gera discussão, mas há quem enxergue semelhanças entre o logotipo do “Se Liga Brasil”, novo programa das manhãs na Rede TV!, e parte da cauda esquerda do tradicional pavão, marca registrada da rede americana NBC. Olhando bem, até pode ser.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Se Liga Brasil passará por mudanças

Douglas Camargo, Regina Volpato e Heaven Delhaye

Passada a semana de estreia, o programa “Se liga Brasil”, da Rede TV! ainda sofrerá pequenos ajustes no decorrer dos próximos dias.
Intensificar a prestação de serviços será uma dessas providências.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

James Akel comenta Se Liga Brasil

https://i0.wp.com/www.boainformacao.com.br/wp-content/uploads/2012/10/se-liga-brasil-redetv.jpg

A RedeTV lançou um novo programa nas manhãs da semana.
O nome é Se Liga Brasil.
Vai ao ar das 8h30 às 10h30.
A semelhança com o antigo Manhã Maior é total.
A começar por ter três apresentadores, duas mulheres e um homem.
No tempo do Manhã Maior, era Daniela Albuquerque, Keila Lima e Athur Veríssimo.
Agora é Regina Volpato, Douglas Camargo e uma moça muito bonita de nome Heaven, que cozinha pratos que parecem bons.

O rapaz, Douglas Camargo, tem futuro, se bem dirigido, coisa que não acontece.
Ele deve deferenciar liberdade de palco de parque de diversões.
Douglas tem o perfil muito parecido com Geraldo Luiz, da TV Record, em seu jeito de falar com a dona de casa.
Mas neste fato, de falar com a dona de casa, Douglas deveria entender que fala com a dona de casa e não com um coleguinha de trabalho.
Quando Douglas apresenta um jornalista do Jornal da Tarde, não pode falar que o jornalista é o fulano de tal do JT, pois a dona de casa não tem a menor noção do que seja JT.
Também não pode fazer a apresentação com um paletó aberto.
Apresentador ou usa paletó fechado ou não usa paletó.
Quanto à sua camisa, se usar listras, ela tem a imagem “estourada” na tela, coisa que a maioria dos apresentadores não tem o menor entendimento disto.
Douglas tem bom perfil pra tal tipo de programa.

Heaven, a moça bonita que cozinha pratos bonitos, tem dinâmica quando está cozinhando, mas igual acontece com Edu Guedes, na hora de se sentar para participar de entrevista de convidados, ela ainda não demonstra desempenho satisfatório.
Nada que uma direção adequada não possa corrigir, colocando ponto eletrônico na moça e fazendo ela falar, e o que falar quando for necessário.
Mas precisa de uma direção que entenda isto, coisa que está longe de acontecer.
Então Heaven faz papel de cozinheira enquanto está cozinhando, mas não tem bom desempenho no papel de apresentadora quando está sentada entrevistando.
Aliás, se ela está de cabelo preso na cozinha, não pode soltá-lo quando for para o cenário de entrevistas.
Tem que manter a mesma imagem durante um programa.
Isto é algo primário que o diretor do programa deveria saber.
Mas não demonstra.
Heaven é uma moça que fala 5 idiomas correntemente.
Tem um conhecimento de cultura geral muito grande.
Se permitirem que ela realmente mostre o que sabe, os outros dois apresentadores somem.

Regina Volpato, ex-apresentadora do SBT, mantém o mesmo tom uniforme de voz, do tempo do SBT e, atualmente, do tempo do Manhã Maior.
Mas dá um tom nostálgico ao programa ao ser, de fato, uma garota propaganda, nos moldes da TV dos anos 60, que me faz lembrar de Idalina de Oliveira, que fazia “reclame” ao vivo no intervalo dos programas de TV também ao vivo.
Tempos bons aqueles onde o apresentador era apresentador e a garota propaganda era garota propaganda.
Hoje Regina Volpato quer ser apresentadora e única garota propaganda do programa.
Parece que é dado a ela a exclusividade de faturar com cachê de propaganda.

Se não permitem que Douglas Camargo também fature seu cachê com propaganda, por ser um jornalista e apresentar matérias jornalísticas, então também não podem pemitir que ele se poste na cozinha do programa, além de lembrar que Regina Volpato também é jornalista.
Alguma coisa está errada nesta linha de decisão e pensamento.

Alguém deveria mostrar ao dono da emissora, Amilcare Dallevo, que o horário do programa está errado.
Este programa deveria entrar as 10h00 e ir até 12h00.
Tem que ser alternativa para o programa da Fátima Bernardes que nem é muito melhor que este.

Pra completar, a RedeTV deveria ter se dado ao trabalho de pesquisar nomes, antes de colocar este nome Se Liga Brasil.
Se alguém tivesse digitado no Google teria encontrado que o nome Se Liga Brasil era nome de recente programa da Rádio Globo do Rio que não está mais no ar, mas que a Rádio Globo, pelas precauções que sempre tem com registros, talvez detenha ainda os direitos de nome.
Escrito por jamesakel@uol.com.br às 02h54 no dia 31 de outubro de 2012

Estreia de “Se Liga Brasil” mantém audiência da RedeTV!

Foto: Divulgação/RedeTV!

A estreia do programa “Se Liga Brasil” na manhã desta segunda-feira (29/10) não conseguiu aumentar audiência matinal da RedeTV!. De acordo com a prévia, a atração registrou 0,8 ponto de média, com pico de 1,3. É um desempenho similar ao extinto “Manhã Maior”.

“Se Liga Brasil” sob o comando de Regina Volpato, Douglas Camargo e Heaven Dellhaye contou com a presença de Sonia Abrão no quadro “4 contra 1”. A atração também dedicou boa parte de seu tempo às reportagens jornalísticas.

O PLANETA TV!

O mês na REDETV tem 90 dias ….

Marcelo  Bonfá, que até dias atrás estava na Record News, fechou com a Rede TV! Os últimos detalhes foram acertados na manhã de ontem. Bonfá será o diretor do “Se liga Brasil”, novo nome do “Manhã Maior”, que além do título irá sofrer uma completa reformulação.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery