Sangue Bom vai estrear em abril em Moçambique

 

 

A novela “Sangue Bom”, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, foi vendida para o canal STV, de Moçambique e tem estreia prevista para abril…
… O STV, lançado em 2002, é um dos principais canais abertos de Moçambique…
… E já exibiu outras produções da Globo, como “Salve Jorge”, “Avenida Brasil”, “Fina Estampa” e “Insensato Coração”…
…  Atualmente apresenta em seu prime time “Amor à Vida”, de Walcyr Carrasco, que estreou em fevereiro.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Novelas da Globo perdem audiência após mudança da grade do Sistema Independente de Comunicação

https://i1.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/6f674cb8c22d4568e4deca1a2f00b35b.jpg
Nazaré Tedesco em “Senhora do Destino”: novela perde metade da audiência após mudança de horário – Divulgação/Globo
As sucessivas mudanças de grade que a SIC, parceira da Globo em Portugal, tem feito estão prejudicando a audiência das produções brasileiras por lá.
Após “Amor à Vida”, que deixou a faixa das 22h e migrou para as 23h ainda no ano passado e viu sua audiência cair cerca de 20%, a mais recente alteração vitimou “Sangue Bom” e “Senhora do Destino”.
“Sangue Bom”, que vinha herdando de “Senhora do Destino”, chegava a ter médias na casa dos 9 a 10 pontos. Nesta segunda (13), por sua vez, o índice foi de apenas 7,2. A queda se dá pelo fato da história de Aguinaldo Silva não estar mais fazendo sala para a trama de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari.
“Senhora do Destino”, por sua vez, migrou do começo do horário nobre para as tardes. Seus índices, que oscilavam em 6 pontos, foram reduzidos para apenas 3,4 conforme constatado ontem.
NaTelinha

Portugal: SIC muda a grade; novos horários devem prejudicar “Sangue Bom”

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/781f3e283e09b0beb1c707d02e8a86c2.jpg
Susana Vieira, Carolina Dieckmann e Renata Sorrah em “Senhora do Destino” – Divulgação/Globo
A SIC, emissora parceira da Globo em Portugal e que atualmente veicula quatro novelas brasileiras diárias, irá mudar sua grade de programação a partir da próxima semana.
Na segunda-feira que vem (06), o canal português passará a exibir a reprise de “Senhora do Destino” mais cedo. O folhetim, que tem médias na casa dos 6 pontos, deixará a faixa das 18h e migrará para as 14h.
Desta forma, “Sangue Bom”, que vai ao ar próximo das 19h, passará a herdar audiência do “Boa Tarde”. Tal mudança deve prejudicar o desempenho da novela de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, que vem tendo índices oscilando na casa dos 9 pontos.
Como o folhetim vinha herdando de “Senhora do Destino”, a audiência inicial já era elevada. O “Boa Tarde”, que tem médias na casa de 2 a 3 pontos, entregará com índices mais baixos e fará com que a novela das sete tenha mais dificuldades para subir e assim fechar com médias mais altas.
Em tempo:
Embora os resultados desta nova grade só possam ser conhecidos a partir da semana que vem, esta não é a primeira vez que a SIC prejudica novelas brasileiras com suas estratégias.
“Amor à Vida” foi lançada às 22h substituindo “Avenida Brasil” em setembro. Os índices iniciais chegaram à casa dos 16 pontos. No entanto, no decorrer dos últimos meses a SIC transferiu a trama de Walcyr Carrasco para a faixa das 23h, o que fez com que números, que já estavam em queda, caíram ainda mais.
NaTelinha

“Amor à Vida” bate novo recorde negativo em Portugal

https://i2.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/29994ee7d1dd023e50073cb172de0385.jpg
César (Antonio Fagundes) e Aline (Vanessa Giácomo) em “Amor à Vida”: novela perde força em novo horário em Portugal – Divulgação/Globo
Contrariando a tendência aqui no Brasil, onde vem ganhando audiência com a chegada de momentos decisivos, “Amor à Vida” vem perdendo telespectadores em Portugal, onde vai ao ar pelo canal SIC.
Na noite desta terça-feira (19), a novela de Walcyr Carrasco bateu um novo recorde negativo e, pela primeira vez, fechou com apenas um dígito de média. O folhetim alcançou apenas 9,5 pontos e ficou longe da liderança.
O novo horário de exibição, que empurrou a novela global para as 23h, segue prejudicando o seu
desempenho.
Na mesma faixa em que “Amor à Vida” foi ao ar, a TVI, que mais uma vez mudou sua grade de programação, exibiu o reality “Casa dos Segredos”, o qual teve 12,4 pontos em seu horário fechado.
Ainda nesta terça, “Sangue Bom”, que havia chegado à casa dos dois dígitos e com índices recordes na segunda, caiu para 8,5 pontos e para a segunda colocação, atrás da RTP mas à frente da TVI.
“Senhora do Destino” manteve seus bons índices e fechou com 6,8 pontos. Já “A Guerreira” – “Salve Jorge” – segue com boa performance na faixa da meia-noite, onde marcou 6,1 pontos.
Esses índices são de medição do instituto GfK.
NaTelinha

Antenado: “Sangue Bom”, uma novela que vai fazer falta

https://i2.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/77e81bcd563f759abc54d1b6d6b0d560.jpg

Maurício e Malu terminaram a novela juntos – Fotos: Reprodução

Eu lembro que, antes de começar “Sangue Bom”, tinha comentado nesta coluna que esperava uma novela melhor do que foi “Guerra dos Sexos”. Só que Maria Adelaide Amaral e Vicent Villari me presentearam com uma das melhores novelas da sete que já vi. Confesso, não achei que fosse gostar tanto da trama.

A grande qualidade da novela, sem dúvida, foi o texto. Com o propósito de divertir, os dois autores tiraram várias sacadas da cartola, e divertiram o público com personagens como Tina (Ingrid Guimarães), Barbára Ellen (Guilia Gam, em um de seus melhores momentos na carreira) e Damáris (Marisa Orth).

Os seis protagonistas foram apaixonantes, mas o destaque fica com Amora, de Sophie Charlotte, mostrando toda a evolução da jovem atriz, que mesmo nas cenas mais emocionantes soube dar o tom certo. Também cito Humberto Carrão, como Fabinho, que conseguiu dar um ar natural para o seu interesseiro personagem, deixando ele até carismático.

Outra citação que não posso deixar de fazer é em relação à Fernanda Vasconcellos, como Malu. Desde “A Vida da Gente”, Fernanda mostra um amadurecimento absurdo como atriz, passando uma humanidade em cenas muito complexas que fizeram este nobre colunista se apaixonar pela sua personagem.

“Sangue Bom” tentou discutir o ser e o parecer. Em um mundo que parece ser muito pantanoso, Maria Adelaide e Vicent mostraram que as celebridades podem fingir e mentir, apenas com o intuito de manter sua fama, ou tentar chegar nela sem fazer muito esforço, como conseguiu Brunetty (Ellen Rocche).

Porém, “Sangue Bom” não queria fazer pensar, apenas divertir, sem nenhum compromisso. E conseguiu isso com tanta honra e mérito, que confesso, vou sentir bastante falta dos seis protagonistas apaixonantes e dos personagens amalucados da novela.

Uma pena que a audiência não foi enorme, pois a trama merecia ser reprisada daqui a algum tempo. Enfim, quem viu, sabe: “Sangue Bom” ficará na memória por bastante tempo. Azar de quem não deu uma chance.
Gabriel Vaquer escreve sobre mídia e televisão há vários anos. Além do “Antenado”, é responsável pelo “Documento NaTelinha”. Converse com ele. Twitter: @bielvaquer
 

 

Dennis Carvalho trata final de Sangue Bom como segredo de estado

Foto Rio News

 

Além de atrasar entrega de cenas e pedir segredo à equipe, o diretor de “Sangue Bom”, Dennis Carvalho se cercou de outro cuidado para evitar o vazamento do desfecho da novela. Foi determinado que vários personagens gravassem o mesmo final. Meio que vale-tudo para despistar. A decisão sobre o que irá ao ar só sairá amanhã, minutos antes da exibição do último capítulo.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Sabotador de Sangue Bom será descoberto amanhã

 

 

O mistério do “sabotador”, em “Sangue Bom”, também tem mobilizado a lista de apostas do elenco da novela…
… Para muitos, em vez de um, o caso envolve dois personagens: Tito, Rômulo Neto, e Lara Keller, Maria Helena Chira. A novela acaba nesta próxima sexta.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Rio de Janeiro: Reprise de “O Cravo” tem 5 pontos a mais que inédita “Joia Rara”

https://i2.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/7e73a010c9f5fc86dc1fb5eecadd8890.jpg

Eduardo Moscovis e Adriana Esteves protagonizam “O Cravo e a Rosa” – Divulgação/Globo

A reprise de “O Cravo e a Rosa” vem tendo excelentes índices de audiência no Rio de Janeiro. Ainda que a novela esteja em sua terceira exibição, seu desempenho tem surpreendido nas tardes da Globo.
Nesta última segunda-feira (28), a trama de Walcyr Carrasco obteve 26 pontos de média, alcançando assim o melhor desempenho desde seu regresso à faixa, em agosto.
Curiosamente, o índice foi 5 pontos superior aos 21 obtidos pela inédita “Joia Rara”, que vai ao ar no começo do horário nobre, onde há mais telespectadores em casa.
“O Cravo e a Rosa” também bateu “Malhação” com ampla vantagem (o folhetim adolescente teve 17 pontos), e por pouco não chegou ao patamar de “Sangue Bom”, que está em sua semana final e que marcou 28 pontos de média.
Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores do Rio de Janeiro e região metropolitana.
NaTelinha

Audiência das novelas da Globo no dia 26/10/2013

https://i1.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/e845e818a0d75da19689a4624f7c894f.jpg

Bento (Marco Pigossi) e Amora (Sophie Charlotte) em “Sangue Bom”: novela bate recorde negativo em plena reta final – Divulgação/Globo

As novelas da Globo alcançaram baixíssimos índices de audiência neste final de semana. O trio, formado por “Joia Rara”, “Sangue Bom” e “Amor à Vida”, foi drasticamente prejudicado pelo baixo número de televisores ligados no sábado (26).
“Joia Rara”, por exemplo, teve apenas 13 pontos de média e igualou seu recorde negativo. A novela de Thelma Guedes e Duca Rachid vem tendo entre 17 e 20 pontos de média, porém perde força aos sábados como qualquer outro folhetim.
Logo na sequência, “Sangue Bom” fechou com apenas 18 pontos e teve o pior índice desde sua estreia. A novela de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari está em sua reta final e, curiosamente, seu pior índice foi a apenas 6 capítulos do desfecho da história.
Por fim, “Amor à Vida” igualou seu recorde negativo com 24 pontos de média. A trama de Walcyr Carrasco costuma ter bons números, embora os capítulos de sábado venham caindo. Em algumas ocasiões, mesmo neste dia, que é o pior para todas as novelas, o folhetim já chegou a ter 33 pontos.
Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.
NaTelinha