Romário é o convidado do Resenha do ESPN amanhã , 16/04/2017

Divulgação

Romário na ESPN

O “Resenha”, pela primeira vez, foi gravado fora dos estúdios da ESPN Brasil, na casa do ex-jogador e agora comentarista Djalminha, especialmente para receber Romário como principal convidado.

Apresentação de André Plihal e Juan Pablo Sorín. Exibição no domingo, 23 horas, por conta da programação esportiva do final de semana.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Atlético Goianiense e Ceará empatam no Estádio Serra Dourada e ficam no G4

Artilheiro Bill marca duas vezes para o Vozão, mas Gilsinho e Romário também balançam as redes; equipes seguem firmes no G-4 da Série B e lutam pelo acesso

Atlético-GO e Ceará mostraram por que estão no G-4 e empataram em ótimo jogo na noite desta segunda-feira, em Goiânia. O duelo que abriu a 22ª rodada da Série B terminou 2 a 2. Bill abriu o placar para o Vozão, mas Gilsinho e Romário, de pênalti, viraram para o Dragão ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Bill mostrou faro de artilheiro novamente e deixou tudo igual.

O resultado mantém o Atlético-GO em segundo lugar, com 38 pontos, e o Ceará em terceiro, com um ponto a menos. O time alvinegro poderá ser ultrapassado pelo CRB, que recebe o Oeste, nesta terça, em Maceió. A próxima rodada da Segundona será no fim de semana. No sábado, o Atlético-GO faz clássico contra o Vila Nova, novamente no Serra Dourada. No domingo, o Ceará recebe o Avaí.

O Ceará ditou o ritmo e pareceu se sentir em casa em boa parte do primeiro tempo. Mais consciente no toque de bola, o Vozão envolvia a defesa atleticana, que tinha muito trabalho. O goleiro Kléver era bem acionado, mas ele nada pôde fazer aos 22 minutos. O artilheiro Bill apareceu no meio da defesa e completou cruzamento para o fundo das redes: Ceará 1 a 0. Mesmo em vantagem, a equipe visitante continuou melhor e perto do segundo gol.

Foi aí que o Dragão mostrou estrela. Em dois ataques, o time rubro-negro virou a partida no fim da etapa inicial. Aos 39 minutos, Gilsinho recebeu de Alison, girou e chutou de primeira sem chances para Éverson: 1 a 1. Pouco tempo depois, Pedro Bambu chutou, a bola bateu na mão de Valdo, e o árbitro assinalou pênalti. O lateral-esquerdo Romário bateu com categoria, deslocando Éverson e colocando o Atlético-GO em vantagem: 2 a 1.

Bill deixa tudo igual; Alison é expulso

Depois do intervalo, o Ceará mudou novamente o cenário da partida em apenas seis minutos. Primeiro, aos dois, Bill mostrou faro de gol novamente. Ele apareceu depois de cobrança de falta e marcou mais um de cabeça: 2 a 2. Em seguida, Alison fez falta dura em Charles, foi expulso e deixou o Atlético-GO com um jogador a menos. Era o que o Vozão precisava para atuar no ataque como fez em boa parte da etapa inicial.

Wescley fez boa jogada pelo lado direito, passou por dois marcadores e acertou a rede pelo lado de fora. Do outro lado, o Dragão começou a sair mais com o meia Magno Cruz. Em uma de suas jogadas, ele invadiu pela intermediária e chutou. Éverson fez ótima defesa. Até o fim da partida, as duas equipes alternaram bons momentos no ataque. Júnior Viçosa entrou bem e obrigou o goleiro Éverson a trabalhar. Tomas Bastos também teve boa chance dentro da área rubro-negra, mas finalizou por cima do gol.

Atlético-GO x Ceará - Série B 2016 (Foto: Reprodução / PFC)
Atlético-GO e Ceará empatam por 2 a 2 (Foto: Reprodução / PFC)
GLOBO ESPORTE.COM

Após revelação de conta na Suíça, Romário fica mais perto da presidência da CBF

Depois de ter sido acusado pela revista Veja de possuir uma conta não declarada na Suíça, o senador Romário (PSB-RJ) já ampliou suas chances de se tornar presidente da CBF. Diversos cartolas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) declararam apoio ao ex-jogador logo que viram a matéria da revista.

“Antes eu estava com o pé atrás, sobre essa história do baixinho como candidato a presidente da CBF, mas agora deu pra ver que ele está preparado e é um de nós”, disse um dos cartolas. Além de ter sido cogitado para ser presidente da CBF, Romário também foi convidado para trocar de partido. Segundo um dos líderes do PMDB, Romário se revelou um senador experiente, após essa revelação, e agora que já tem conta na Suíça já tem um ótimo currículo para mudar para o PMDB.

O senador negou que vá se candidatar à presidência da CBF, ou que vá mudar para o PMDB. Romário diz que seu interesse é na prefeitura do Rio de Janeiro. “Se o Paes pode ser prefeito do Rio sambando, por que eu não posso ser jogando bola?”, disse. Romário também alegou não saber de nenhuma conta na Suíça e alfinetou: “A revista Veja em branco é um poema”.

Bruno Machado

Sensacionalista