Uber in Brazil -Taxi drivers are being used as maneuver mass by Roberto Cláudio, Mayor of Fortaleza

The Uber arrived in Brazil and it seems here to stay. Despite protests and attacks suffered by taxi drivers, the brand is not intimidated. And it promises to cause controversy in the municipal elections 2016. In Fortaleza, capital of Ceará, the issue promises to heat up the elections in October. Guilherme Telles, Brazilian director of the company, met behind closed doors with the mayor of Fortaleza, Roberto Claudio, the Democratic Labor Party. This meeting came the commitment to legalize the application in the city if he is re-elected. The company agrees to pay the small tax that the mayor will create for the maintenance of the application gift service in the capital. The mayor said the taxi drivers of the city that Uber will not be allowed to operate in the city. Someone being deceived in this story. And a source assures us that it is not the particular lift company ….

Taxistas estão sendo usados como massa de manobra por Roberto Cláudio , prefeito de Fortaleza

A Uber chegou ao Brasil e parece que chegou para ficar . Apesar dos protestos e agressões sofridas por taxistas ,a marca não se intimida . E promete causar polêmicas nas eleições municipais de 2016 . Em Fortaleza , capital do Ceará , o tema promete esquentar o pleito de outubro . Guilherme Telles , diretor brasileiro da empresa , se reuniu a portas fechadas com o prefeito de Fortaleza , Roberto Cláudio , do Partido Democrático Trabalhista. Dessa reunião , saiu o compromisso de legalizar o aplicativo na cidade caso ele seja reeleito . A empresa se compromete a pagar o pequeno imposto que o prefeito criará para a manutenção do serviço dom aplicativo na capital. O prefeito disse aos motoristas de táxi da cidade que a Uber não será permitida de operar na cidade . Tem alguém sendo enganado nessa história . E uma fonte nos garante que não é a empresa de carona particular ….

Casais com união homoafetiva estável serão contemplados pelo Habitafor

A lei que garante este direito foi sancionada pelo prefeito Roberto Cláudio e publicada, no último dia 27, no Diário Oficial do Município

b29fc-fortaleza-hotels-8

O prefeito Roberto Cláudio sancionou, após aprovação da Câmara Municipal de Fortaleza, a lei nº 10.324, de 13 de janeiro de 2015, que garante, às pessoas que mantenham união estável homoafetiva, o direito à inscrição, como entidade familiar,  nos programas de habitação popular desenvolvidos pela Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor).

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município do dia 27 de janeiro. Segundo o documento, o poder Executivo deve regulamentar a lei em um prazo de 90 dias, contando a partir da data de publicação.

 

Diário do Nordeste – Nacional – 01/02/2015

Tom Barros pede que o Estádio Presidente Vargas tenha passagem para profissionais da imprensa não serem agredidos

Prefeito

Caro Roberto Cláudio, bom dia. Eis um veemente pedido: antes que matem um repórter ou um cinegrafista, seria possível criar no PV uma passagem por onde os profissionais de imprensa não fossem, como são agora, atirados no meio das torcidas, sujeitos a todo tipo de agressão e infortúnio. Isso é uma questão de segurança.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 03.04.2014

Prefeito justifica excesso de vetos

Roberto Cláudio vetou, em 2013, mais projetos de vereadores do que a ex-prefeita Luizianne Lins em seis anos

O número de vetos enviados pelo prefeito Roberto Cláudio à Câmara Municipal no primeiro ano de gestão superou o primeiro governo e mais dois anos do segundo mandato da ex-prefeita Luizianne Lins. Em 2013, foram apresentadas 56 mensagens desse tipo, que ainda aguardam a análise dos vereadores, enquanto 45 foram protocoladas junto ao Departamento Legislativo da Casa entre 2005 e 2010.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, explica que a maioria dos projetos de lei vetados por ele fere o Plano Diretor da Capital Foto: BRUNO GOMES

Em visita ao Sistema Verdes Mares na última quarta-feira, o prefeito Roberto Cláudio alegou que faltou cuidado da ex-prefeita da cidade na sanção de projetos que ferem o Plano Diretor da Capital. “A maioria dos vetos às propostas aprovadas na Casa acabou acontecendo por mexerem em pontos que ferem a legislação. No passado, tivemos diversos problemas com leis que foram sancionadas sem a preocupação com o Plano Diretor”, diz.

Roberto Cláudio defendeu também que a legislação que regulamenta o Plano Diretor está defasada em relação ao contexto atual, inviabilizando muitas propostas apresentadas pelos vereadores. “De pouco adiantou Fortaleza ter aprovado o novo Plano Diretor, se não foram atualizados a Lei de Uso e Ocupação do Solo e o Código de Obras e Posturas. É uma esquizofrenia você ter um novo Plano, enquanto as leis que o regulamentam são todas antigas”, reclamou.

O prefeito adiantou que o Executivo enviará no início de fevereiro as sugestões para a atualização dessas leis que regulamentam o Plano Diretor. “Já assumi o compromisso com os vereadores de que vamos iniciar esse debate logo no retorno da Casa, pois isso não vai resolver apenas a quantidade excessiva de vetos enviados à Câmara, mas vai permitir também que muitas propostas sejam sancionadas sem o risco de serem inconstitucionais”, ressaltou.

Críticas

Roberto Cláudio rebateu ainda as críticas que partem, principalmente, da oposição de que há dificuldades na modificação das propostas enviadas pelo Executivo. Conforme noticiado pelo Diário do Nordeste no dia 31 de dezembro, as últimas seis mensagens aprovadas na Casa que causaram mais debate entre os parlamentares da oposição e da base aliada foram alvo de 107 emendas, mas somente 23 conseguiram passar das comissões, garantindo aprovação no plenário.

Para o prefeito, esse quadro representa a natureza de qualquer Parlamento e assegurou que a rejeição da maioria das emendas não significa má vontade do Executivo em acatar as sugestões dos vereadores, mas é resultado de uma série de propostas inconstitucionais.

“É natural que, das emendas aprovadas, apenas uma pequena parte tenha êxito. Isso não é por maldade do Executivo. Pelo contrário. Enquanto gestor, minha orientação é acolher o máximo possível das boas emendas dos vereadores. O problema é que a muitas sofrem de vício de inconstitucionalidade. Às vezes, uma bela emenda, a qual eu até simpatizo, não é aproveitada por ferir a Constituição”, relata.

O prefeito ainda garantiu que, se a inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de janeiro a dezembro for superior aos 5,7% de reajuste salarial dos servidores municipais aprovado pela Câmara no fim do ano, o Executivo enviará nova mensagem para corrigir essa diferença. “Meu compromisso para 2014 é fazer o reajuste de acordo com a estimativa da inflação medida pelo IPCA. Se esse índice não se modificar, não há expectativa de mudança”, acrescentou.

Roberto Cláudio também fez questão de antecipar que outra mensagem do Governo que será enviada logo no início do ano legislativo na Câmara tratará das normas que regulamentam a política de combate à poluição visual em Fortaleza.

 

Diário do Nordeste-Política-03/01/2014

Passagem de ônibus em Fortaleza não subirá em 2014, garante Roberto Cláudio

 

O valor das passagens de ônibus em Fortaleza não subirá em 2014. É o que garante o prefeito Roberto Cláudio, em visita feita na manhã desta sexta-feira (27) ao Sistema Verdes Mares.

Roberto Cláudio garantiu que o custo da passagem não terá alteração em 2014. Foto: Reprodução/TV DN

Com isso, os fortalezenses devem encontrar em 2014 realidade diferente do início deste ano, quando um grande imbróglio envolvendo Prefeitura e Sindiônibus se arrastou por mais de 3 meses.

Segundo ele, o valor de R$ 2,20 da passagem está garantido desde novembro, data-base do reajuste. “Nós tomamos a decisão. Prefeitura e Etufor, em acordo com o Sindiônibus, para não dar aumento nessa renovação de novembro”, afirmou.

Roberto Cláudio aproveitou para rebater as críticas feitas contra sua gestão, no início do mandato. “Havia uma crítica corrente de que o Bilhete Único passaria a passagem para R$ 3,50. Tudo isso era balela, conversa fiada. O Bilhete Único melhorou a performance da ferramenta, coloca mais passageiros no sistema e traz mais comodidade”, falou.

Ele também lembrou que, a partir de 15 de janeiro, os transportes complementares também integrarão o sistema e garantiu que isso não encarecerá o valor da passagem. “Em janeiro, iremos integrar ônibus e topic com mesmo preço. Hoje, se você precisa pegar uma topic e um ônibus, você paga R$ 4,40. Ninguém usa os dois. Com uma só passagem, você pode sair de casa, pegar uma van e pegar um ônibus com a mesma passagem”, calculou.

 

Diário do Nordeste

TV Cidade Fortaleza tira jornal do ar e apresentadores dizem: “censura”

 

Uma atitude da TV Cidade, afiliada da Record no Ceará, tem dado o que falar nas redes sociais nesta quarta-feira (11). Os apresentadores do “Direto da Redação CE”, Freitas Júnior e Alfredo Marques, foram comunicados que o programa não iria mais ao ar pela direção da emissora.

A atração, que tem versões em várias emissoras da Record pelo Brasil, possui um formato diferenciado no Ceará, com debates políticos e entrevistas com políticos locais e nacionais. Tanto Alfredo, como Freitas, através do Twitter, mostraram a insatisfação e garantiram que sofreram censura do canal, à pedido do prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio: “Nunca se via na história do jornalismo nem nos períodos da ditadura tanta truculência com o jornalismo. Esses são depoimentos de dezenas de jornalistas decepcionados com a comunicação da prefeitura municipal.”, disse Freitas.

Já Alfredo foi mais contundente nas acusações: “O Direto da Redação CE foi tirado do ar. É que “poderosos temporários” se valem dos recursos públicos para silenciar a divergência! Sofremos censura!”. A culpa poderia vir da M Mala Comunicação, empresa de Roberto que cuida da assessoria de imprensa da prefeitura, que teria pedido a saída do ar do programa, por criticas ao prefeito.

Procurada, a TV Cidade/Record ainda não se pronunciou sobre o caso. Vale lembrar que a emissora tem uma das maiores audiências da Record em todo o Brasil.

 

NaTelinha