Jornalismo da Record Rio poderá se mudar para Ipanema ou Benfica

Base avançada
É certo que a Record – Rio irá reunir, muito em breve, todos os seus setores no RecNov. Providências para isto já estão em estágio bem avançado.
O jornalismo poderá ter uma base avançada mais no centro, provavelmente em Ipanema ou em Benfica mesmo, para facilitar o deslocamento do seu pessoal.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Record Rio NÃO tem sinal digital no interior

Em cima disso… 
Também chama a atenção o atraso da Record Rio na expansão do sinal digital no interior do Estado, principalmente na região Sul.
Lá, Band Rio, TV Rio Sul, da Globo, e SBT Rio Interior estão bem adiantados e já têm cobertura digital nas principais cidades, como Volta Redonda, Resende e Barra Mansa. A Record Rio não tem em nenhuma.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Wagner Montes foi suspenso pela Record Rio; clima piora a cada dia

Wagner Montes foi suspenso pela Record Rio; clima piora a cada dia

Divulgação/TV Record

O clima entre o apresentador Wagner Montes e a Record Rio ficou pior por conta de mais um episódio marcante na disputa entre as duas forças.

Segundo informações obtidas com exclusividade pelo NaTelinha, na surdina, Montes foi suspenso pelo diretor geral da Record na cidade, Fabiano Freitas. O real motivo é guardado a sete chaves.

O titular do “Balanço Geral” ficou fora do ar nas edições de quinta (30), sexta (31) e segunda-feira (03), voltando nesta terça (04). Durante este tempo, a atração foi apresentada por Gustavo Marques.

O clima entre Wagner e Record RJ piora a cada dia. Dentro da emissora, os diretores querem que o jornalista peça para sair de cena. O raciocínio é que como ele não dá mais a audiência desejada e nem os ajuda politicamente – nas eleições, se recusou a subir no palanque de Marcelo Crivella -, não vale mais a pena pagar o seu alto salário, de 300 mil reais.

Wagner Montes teria dito para amigos próximos que não fica mais de seis meses no canal, e que só não o liberam agora porque sua multa de rescisão é alta. Para ter respaldo, o apresentador tem tentado se aproximar do SBT.

Inicialmente, o canal de Silvio Santos não tem espaço para o jornalista no Rio de Janeiro. Porém, com a saída de César Filho para a Record, há a possibilidade de Isabele Benito assumir o “Notícias da Manhã” para toda a rede, ficando aberta a vaga no “SBT Rio”. Só que a favorita para o noticiário nacional é Neila Medeiros.

Procurada, a assessoria de imprensa da Record Rio nega a informação.

NaTelinha

Record Rio teria frota sem manutenção e coletes vencidos; entenda

Record Rio teria frota sem manutenção e coletes vencidos; entenda

 

A Record Rio, que desde julho passou para a gestão de Fabiano Freitas, estaria enfrentando uma série de problemas internos e que afetam diretamente a condição de trabalho de seus profissionais.

Informações levantadas com exclusividade apontam a existência de carros sem manutenção adequada, com pneus carecas e revisões vencidas. Os reparos mais urgentes estariam sendo feitos por um mecânico ao lado da sede da emissora e não em autorizadas, como as próprias montadoras recomendam.

Outro ponto levantado é o estado dos coletes a prova de balas, que são constantemente usados em coberturas de operações policiais pela cidade e região metropolitana.

Os coletes, que possuem validade de cinco anos, estariam sendo utilizados há mais tempo – sendo que o recomendável é a inutilização imediata após o prazo determinado. Tal descuido poderá causar consequências fatais e irreversíveis para a vida dos profissionais em caso de uma situação de risco.

Em paralelo a isso, a Record Rio tem seguido São Paulo no que diz respeito à gestão dos contratos de seus jornalistas. A emissora, que antes priorizava as contratações no regime de pessoa jurídica (PJ), está gradativamente migrando todos eles como celetistas (CLT).

Embora os contratos de pessoa jurídica sejam mais econômicos, afinal o profissional passa a trabalhar como fornecedor e sua contratação não incorre em uma série de custos, tal estratégia deixa a emissora em uma posição mais vulnerável a processos trabalhistas.

O NaTelinha entrou em contato com a Record Rio, que no período de 24 horas não manifestou sua posição. Caso haja algum tipo de resposta, o mesmo será imediatamente acrescentado à matéria.

 

NaTelinha

Rogério Forcolen deixa a Record; contrato iria até 2016

 

Contratado no início do ano passado junto ao SBT, Rogério Forcolen está deixando a Record Rio nesta terça (05).

Apresentador do “Balanço Geral – Manhã” nos últimos tempos, ele se despediu da emissora e afirmou em seu perfil no Instagram que a saída foi em comum acordo. Forcolen tinha contrato até 2016.

“Despedidas sempre são tristes! Mas muitas vezes são inevitáveis. A partir de hoje não faço mais parte da TV Record TV Record Rio – Oficial. Eu e a empresa em comum acordo resolvemos encerrar o contrato que iria até fevereiro de 2016. Agradeço de coração a oportunidade de ter trabalhado pela segunda vez na Record. Saio de portas abertas. Agradeço aos colegas com quem tive oportunidade de trabalhar, e o aprendizado. Agradeço sempre ao público que conquistei, e que confia em meu trabalho. Sabem que sempre defendi as pessoas de coração, e com verdade. É assim que sou, não criei um personagem para apresentar meus programas. Obrigado Deus, pela benção! Obrigado equipe Cidade Alerta!”, escreveu.

Rogério Forcolen teve uma passagem polêmica pela Record Rio, após fazer sucesso com o jornal “SBT Rio”.

Ele estreou no “Cidade Alerta” do Rio de Janeiro, mas meses depois foi transferido para o “Balanço Geral – Tarde”. Com sucessivas derrotas para o notíciário do SBT, apresentado por Isabela Benito, Forcolen mudou de horário mais uma vez e foi para o início da manhã.

Além disso, boatos também diziam que o jornalista não era bem visto nos bastidores da Record. E ainda houve um caso em que foi proibido de entrar no ar por ter chegado atrasado para o trabalho.

 

NaTelinha

Record Rio perde audiência e vice-liderança para o SBT

Em junho, Ibope aponta vitória para a emissora de Silvio Santos.

f5fc7-logo-record-rio-e10audiencia

No Rio de Janeiro, a Record registrou 4,1 pontos na média das 24 horas, pior desempenho desde fevereiro (3,8) e menos 11% em relação a maio, quando marcou 4,6. No mesmo mês de 2013, a emissora fechou com 5,1 pontos. Em um ano, perdeu 20%, ou um de cada cinco telespectadores.

O SBT, por sua vez, manteve em junho a audiência de maio: 4,5 pontos. Com a perda de público da concorrente, a emissora assumiu o segundo lugar no Ibope.

Programas como Aprendiz Celebridades, que terminou com apenas 3,5 pontos, e a novela Vitória, com 5,0, amargam o terceiro lugar no Ibope e ajudam a explicar o fiasco da emissora na capital fluminense. A Copa também prejudicou a maior audiência da rede. O Cidade Alerta, que costuma marcar 6,0 pontos, perde metade da audiência durante os jogos do Brasil.

Cada ponto equivale a cerca de 40 mil telespectadores no Rio de Janeiro.

O Planeta TV

Novo presidente da Record Rio chega com a missão de elevar audiência

57366-data0002tssnapshot16162

O anúncio de que a Record Rio será submetida a mais uma troca de presidentes, o que foi oficializado nesta quarta-feira (09), gerou surpresa nos bastidores e também expectativa por melhoras e novas diretrizes.

Desde ontem, a filial carioca passa a ser comandada por Fabiano Freitas, que vem da Record Rio Grande do Sul. Ele substitui Reinaldo Gilli e é o terceiro presidente a passar pelo canal desde o ano passado, que foi dividido entre a gestão de Claudio Rodrigues no primeiro semestre e de Gilli no segundo.

Fabiano Freitas chega com a missão de elevar os índices de audiência da Record Rio, que vem perdendo força em vários horários, inclusive nos que estava consolidada na vice-liderança.

Faixas como a do “Balanço Geral” e a dos noticiários matinais são vistas como as mais urgentes, afinal o SBT, também com grade local, vem avançando e assumindo a vice-liderança com grande frequência.

Fabiano Freitas é bem cotado pela Record. Há vários anos seu passe é usado como uma espécie de curinga para alavancar praças deficitárias. Ele foi o responsável por reestruturar a Record de Belo Horizonte, que hoje é uma das poucas a ter as três faixas de jornalismo local com índices sólidos, a Record Bahia e por último a Record Rio Grande do Sul, sendo esta última com situação ainda grave e que deverá atravessar outras profundas mudanças em breve.

NaTelinha

Rogério Forcolen, da Record Rio, esclarece sua situação na emissora

Rogério Forcolen, da Record Rio, esclarece sua situação na emissora

Divulgação

Apresentador do “Balanço Geral – Manhã“,Rogério Forcolen falou sobre sua situação naRecord Rio. O jornalista está em baixa, por não marcar bons índices de audiência.

Através de sua conta no Facebook, Forcolen negou que esteja prestes a sair da emissora, mas também não falou sobre as polêmicas que o cercam, como quando não apresentou seu programa por ter chegado atrasado, ou de supostas brigas com outros funcionários.

Confira:

“Esclarecimento!

Amigos! Devido ao grande número de pedidos, perguntas e até notas publicadas em sites e afins. Quero esclarecer a respeito de eu não estar hoje ao meio dia substituindo seu titular por 90 dias. Vim para a Record em janeiro de 2013 para assumir o ‘Cidade Alerta’ local. Na época, alcançava excelentes índices de audiência no ‘SBT Rio’, jornal que deixei consolidado na segunda colocação com média de 8 pontos. Muitas vezes fechando em primeiro lugar, numa disputa muito acirrada e profissional.

Quando recebi a proposta para assumir o ‘CA’, o jornal se encontrava na terceira colocação. Com um trabalho de equipe, 10 meses depois o consolidamos em segundo com ótima audiência de média 10. Num dia, chegamos a ficar dois pontos da novela da Globo, num pico de 17. Fechando nesse dia, com média 14. Estava feliz e acolhido pela equipe chefiada pela Bruna Martins. Pois bem. Um dia chego para apresentar o jornal e fui informado que no outro dia assumiria o ‘Balanço’ ao meio dia, sendo que o titular seria transferido para as 6h30. Oficialmente, a empresa me informou que era uma nova estratégia etc.

Já a imprensa noticiou que… Bem, vocês sabem! Lá, permaneci sete meses em exaustivo trabalho, já que o público fora pego de surpresa e estava se acostumando com a situação. Os primeiros três meses foram difíceis como é muito natural. Mas depois os números que já haviam retornardo, ficando o programa com excelentes índices, consolidado em segundo lugar. Numa sexta, chamado pelo meu presidente, fui informado que a partir de segunda assumiria o ‘Balanço Manhã’. Ele afirmou que eu havia cumprido minha missão com ótimos resultados. Isso me deixou satisfeito. Até porque tenhocontrato com a TV Record, e não com um programa.

Na Record, sou soldado e procuro cumprir minha missão com honra e profissionalismo. Não sou perfeito, sou ser humano. Agora, quando meu colega e amigo Gustavo [Marques] foi chamado para assumir o ‘Balanço’ durante 90 dias, achei absolutamente normal. A empresa não me deve satisfações de suas escolhas. Somos um time. E o Gustavo tem tantas ou mais condições que eu para assumir um produto e dar conta dele. Continuo às 6h30m, no ‘Balanço Geral Manhã’. Muito obrigado pelo carinho, muito obrigado mesmo. Estou Feliz!”.

Forcolen está na emissora desde 2013, quando veio do SBT Rio de Janeiro, onde apresentava o “SBT Rio”, com sucesso. Hoje, o programa é comandado por Isabele Benito.

NaTelinha

Record volta a manipular gráficos para favorecer candidato da IURD

Interessada em alavancar o PRB, partido ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, na política, a Record vem adotando estratégias jornalísticas e manipulações de gráficos para evidenciar o feito de seus candidatos.

No Rio de Janeiro, a emissora passou a abrir espaço à política em seus noticiários locais para mostrar os satisfatórios resultados do senador Marcelo Crivella na última pesquisa Ibope para o Governo do Rio de Janeiro.

Nesta última terça-feira (25), o “Cidade Alerta”, que não costuma tratar de assuntos políticos, exibiu os dados do levantamento realizado entre os últimos dias 7 e 10 de março.


Pesquisa de intenções de voto ganham espaço no “Cidade Alerta”: Record
apresenta cinco candidatos no panorama

Na pesquisa em questão, são evidenciados os números de Marcelo Crivella na corrida pelo governo do Rio. O empate técnico entre o senador e o deputado federal Anthony Garotinho (por um placar de 19% a 18% a favor de Garotinho) é citado porém algumas artimanhas são feitas para amenizar suas baixas.

Durante a reportagem, a Record recorreu mais de uma vez à manipulação das proporções nos gráficos mostrados. Num eventual segundo turno entre Marcelo Crivella e Anthony Garotinho, a vantagem de 4% à favor de Crivella é mostrada de forma mais expressiva que a diferença de 5% entre Lindbergh Farias e Crivella no panorama geral mencionado no início da reportagem.


Distância de 4% entre Crivella e Garotinho é enaltecida fora das proporções reais

Vale lembrar que em 2008, ao mostrar o crescimento do “Jornal da Record” e a queda do “Jornal Nacional”, a emissora também recorreu à manipulação nos gráficos. Na época, os 32,7 pontos do noticiário global e os 20,9 do principal jornal da emissora de Edir Macedo foram mostrados quase como em um empate técnico, enquanto a vitória do “Câmera Record” sobre a Globo em um placar de 14,7 a 13,9 pontos foi veiculada com uma considerável vantagem diante da rival.

Ainda na reportagem, a Record ignorou os índices de rejeição de Marcelo Crivella. Além da entonação acentuada da repórter ao mencionar os altos índices de César Maia, Anthony Garotinho e Luiz Fernando Pezão, não houve citação ao candidato da Igreja Universal.


Crivella, suposto quarto colocado nos índices de rejeição, não é mencionado em reportagem;
locução acentuada evidencia altos índices de rejeição de oponentes

Em pesquisa Ibope realizada em novembro do ano passado, Crivella detinha de 40% da rejeição. Tal marca é inferior a de seus principais oponentes porém ainda é considerada bastante expressiva.

Procurada pela reportagem do NaTelinha, a assessoria da Record não emitiu sua posição até o fechamento desta matéria. Caso o faça, a notícia será atualizada.

 

 

 

NaTelinha