Nome do Raul Gil volta a ser falado para os sábados da Band

Raul Gil pode voltar à Band

 

Na Bandeirantes, está muito forte o papo sobre a volta de Raul Gil, para reassumir com o seu programa nas tardes de sábado – curiosamente, de onde ele saiu, em maio de 2010, para o SBT. No entanto, as boas relações sempre foram elevadas e socialmente mantidas ao longo deste tempo.

Como se recorda, em março passado, alegando se tratar de uma visita de cortesia, o apresentador passou uma tarde na Band, “para tomar um cafezinho” com o Johnny Saad.
O contrato, em sistema de parceria, do Raul com o SBT é renovado a cada seis meses e o atual está muito próximo do fim. Por sua vez, a Band, já de algum tempo, tem demonstrado preocupação em cobrir esta faixa dos sábados. Nem mesmo a cogitada programação esportiva  foi em frente e o programa do Raul, se tudo correr como se espera, poderá ser uma solução em audiência e faturamento.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Raul Gil foi apenas ‘visitar’ cordialmente Johnny Saad

14e24-logo_band_p

 

Raul Gil jura, de pés juntos, que a sua ida à Bandeirantes, na quarta-feira, foi apenas para fazer uma visita de cortesia ao dono Johnny Saad.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

James Akel comenta encontro de Raul Gil com João Saad Filho

 

O encontro de Raul Gil com João Saad filho, dono da TV Bandeirantes está sendo tratado no mercado publicitário como uma nova negociação entre as partes.

Um grande anunciante teria dado aceite pra trocar de emissora e acompanhar Raul Gil na nova emissora.

Outros dois estariam estudando além de uma coleção de anunciantes de merchandising que gostam de Raul e acreditam no seu poder de vendas.

O horário na TV Bandeirantes seria no sábado à tarde igual na emissora de agora.

Mas pra todos os efeitos e inclusive pra Diego Guebel, atual diretor artístico da TV Bandeirantes, que até foi o responsável por tirar Raul da TV Bandeirantes, o encontro da Raul Gil com João Saad Filho foi apenas uma reunião protocolar.

As gargalhadas pairam no ar diante da cena.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 10h28 no dia 27/03/2015

Raul Gil deixou programas gravados até o fim de janeiro

ee94e-mundonovelas_sbtretomasuaprogramac3a7c3a3o
Tudo armado
Raul Gil, que considera o seu programa mais copiado da televisão brasileira, saiu de férias no SBT, mas deixou tudo pronto até o fim de janeiro.
Apenas dois, segundo ele, não serão inéditos, mas irão reunir o que de melhor aconteceu no ano que termina.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

James Akel comenta entrevista concedida por Raul Gil para Sônia Abrão

a7b85-redetv1

No mínimo emocionante e histórica a entrevista que Sonia Abrão colocou hoje no ar com Raul Gil.

Raul contou coisas engraçadas e outras emocionantes sobre sua carreira e pessoas com quem conviveu.

Incluiu até o tempo em que ele era apenas plateia de show de artistas onde viu pela primeira vez Silvio Santos.

É uma entrevista pra se guardar pelo histórico que Raul conta e que faz parte da memória da tv brasileira.

Não dá pra contar tudo aqui mas se alguém por acaso tiver o vídeo ou conseguir o vídeo tem que guardar pra sempre.

Raul, que conheci há 14 anos atrás, apanhou muito e sofreu bastante no universo da tv e batalhou muito pra atingir o que atingiu.

Tenho uma admiração bastante grande por ele e temos que elogiar aqui a Sonia pelo seu jeito especial de apresentar e deixar o Raul tão a vontade que só ela mesmo pra fazer com Raul uma entrevista tão histórica.

 

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 16h32 no dia 26/12/2014

O triste panorama das tardes de sábado da televisão

Zapear pelas programações das televisões abertas no sábado é uma verdadeira tortura. O telespectador que não tem um serviço de TV por assinatura e acaba ficando em casa, não encontra nada verdadeiramente interessante neste dia tão morto.

A começar pela Bandeirantes que exibe mais do mesmo e nada diferente do que já transmite durante a semana: o “Sabe ou Não Sabe” e o “Brasil Urgente”. Mesmice e pouco investimento é até compreensível já que essas duas atrações são relativamente bem-sucedidas nos dias úteis.

Na Record, o desenho surrado do “Pica-Pau” (que acaba sendo até o melhor que há… que fase), um filme velho no “Cine Aventura” que a fita já deve estar até amarelada mais uma edição do “Cidade Alerta”. Ou seja, mais uma vez nenhum produto verdadeiramente interessante.

O SBT, por sua vez, aposta grande parte da programação no Raul Gil, que não se recicla. Comanda o mesmo programa há décadas e pode fazer com que o telespectador que sofra de insônia, acabe confundindo Raul Gil com Rivotril e pegue no sono. Vez ou outra há alguém interessante no quadro “Elas Querem Saber” mas é muito pouco para uma atração tão longa. A audiência é correspondente e não consegue brigar sequer pela segunda posição. Precisa de ajustes. E faz tempo.


A Globo tem em Luciano Huck a confiança para comandar as tardes de sábado. Aquele mesmo Huck que tirou a liderança de Raul Gil, quando este ainda estava na Record e era primeiro lugar do horário. Demorou dois anos para que isso acontecesse.

Com bastante assistencialismo, fato  que curiosamente ninguém critica (será que é por estar na Globo?), o “Caldeirão do Huck” se consolidou no horário mas está longe de ser um poço de diversão.

Há muitos anos as tardes de sábado não tem uma sacudida e o que se vê é um marasmo absoluto com as mesmíssimas atrações há anos. O melhor programa num sábado à tarde é ler um livro, passear pelo parque ou qualquer outra coisa que passe longe do objeto televisão.

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há nove anos e assina a coluna Enfoque NT há três, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br  |  Twitter: @Forato_

Raul Gil estará hoje no Programa Da Sabrina

Raul Gil participa do quadro “Busão da Sabrina”

Troca-troca

Raul Gil será uma das atrações do programa da Sabrina Sato, neste sábado, na Record.
E já ficou combinado que ela também irá ao programa do Raul, no SBT.
A  gravação, inclusive, está marcada para o próximo dia 22.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Raul Gil reclama de cópias de quadros do seu programa: “Ninguém cria nada”

Raul Gil se considera perseguido com tantas cópias e adaptações de quadros do seu programa. Está muito irritado com isso. Agora, além do chapéu, se queixa tambémdas homenagens feitas aos artistas, com modelos bem semelhantes aos dele.

“Estou perdendo o sono com isso. Ninguém cria nada, só ficam copiando o tempo todo. Não me conformo com essa preguiça. Tá cheio de preguiçoso por aí. O quadro do chapéu é o mais copiado do mundo!”, desabafou.

Na própria emissora de Gil, o SBT, existem quadros semelhantes no programa “Eliana” e no “Programa do Ratinho”.

No quadro “Rede da Fama”, Eliana recebe famosos e fez Rachel Sheherazade chorar de emoção recentemente. Raul Gil recebe celebridades no quadro “Homenagem ao Artista”, que é semelhante ao “Arquivo Confidencial” do “Domingão do Faustão”. No “Sabe Tudo”, Ratinho recebe artistas e seus fãs com direito a homenagem, depoimentos de amigos e familiares e, claro, muita emoção.

O “Domingo da Gente”, da Record, criou o quadro “Para Quem Você Chuta no Gol e para Quem Você Chuta para Fora”, cópia de “Para Quem Você Tira o Chapéu”. O programa “Mulheres”, da TV Gazeta, também tem o quadro “Quebrando a Louça”, que é semelhante ao criado por Raul Gil. De fato, Chacrinha tinha razão: “Na TV nada se cria, tudo se copia”.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Raul Gil presta homenagem a um boneco do Belo

Raul Gil faz homenagem ao Belo e coloca um boneco do cantor para participar do programa, depois de levar vários canos

 

cantor Belo, pela terceira vez consecutiva, deu o cano no programado Raul Gil. E como das vezes anteriores, deixou todo mundo na mão, avisando em cima da hora que, por razões de ordem particular, não ia conseguiu viajar do Rio para São Paulo.

Este tipo de coisa é sempre desagradável, porque além de todo o trabalho, existemdespesas. Normalmente em cada “Homenagem ao Artista”, como é o caso, gasta-se algo em torno de 100 a 120 mil reais com a sua produção.

Desta vez, no entanto, Raul Gil decidiu que não deveria deixar barato e gravou a homenagem ao Belo mesmo sem ele aparecer. No palco, no lugar do cantor, foi colocado um boneco. E pronto. Vai ao ar amanhã, pelo SBT. Houve quem, na maldade, achasse até mais bonito.

 

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery