Globo e Record travam disputa de humor aos domingos

Elenco de "A Nova Família Trapo", da Record. Sentados: Raul Gazolla, Barbara Borges, Patrycia Travassos, Rafael Cortez e Cacau Melo. Em pé: Paulo César Grande, Daniel Erthal e Kátia Moraes

Elenco de “A Nova Família Trapo”, da Record. Sentados: Raul Gazolla, Barbara Borges, Patrycia Travassos, Rafael Cortez e Cacau Melo. Em pé: Paulo César Grande, Daniel Erthal e Kátia Moraes

Quatro dos cinco especiais de fim de ano da Record estão programados para domingo, depois do “Domingo Espetacular”, para concorrer com o “Junto & Misturado”, da Globo.

São os casos de “Família Trapo”, dia 1º de dezembro; “Tá Tudo em Casa”, dia 8, “Papepipopu”, dia 15, e “Noite de Arrepiar”, dia 22.

Quanto aos demais, “Casamento Blindado” está previsto para ir ao ar na terça-feira, dia 17 e “O Amor e a Morte”, que a Record anuncia como telefilme, e não especial, será apresentado no dia 20, uma sexta.

Uma coisa é certa, pelo menos um desses cinco especiais de dezembro, a Record pretende transformar em série no ano que vem, com espaço fixo na grade. A escolha final vai depender de alguns fatores, principalmente audiência.

O que se verifica na Globo é que a expectativa em torno do “Divertics”, novo programa de humor para os domingos – substituto do “Esquenta” – é muito grande.

Nas gravações realizadas, o elenco se mostrou entrosado e sobraram bons improvisos como recomenda o projeto.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Empregada do Crô vai trabalhar na Record

A atriz Kátia Moraes

 

Kátia Moraes, que fez a empregada da Christiane Torloni em “Fina Estampa” e continua como fiel escudeira do Crô – Marcelo Serrado, no cinema, será uma das atrações da “Nova Família Trapo”, especial de dezembro na Record. E também lá, vai exercer a mesma profissão, agora como empregada do Quintino, Rafael Cortez.

Mas tem um detalhe: a carga de texto dela será idêntica à do protagonista. Farão quase uma dupla. Este reconhecimento se deve ao fato de que a atriz foi muito bem nos testes e conquistou a confiança da autora Letícia Dornelles e do diretor Ignácio Coqueiro.

As gravações acontecem neste domingo, 3, também com as participações de Bárbara Borges, Patrycia Travassos, Raul Gazolla, Daniel Erthal, Paulo César Grande e Cacau Melo. E, como prova que todo time bom joga junto, Ignácio Coqueiro terá o apoio de outro diretor, Edson Spinello, nos trabalhos deste fim de semana.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Indignação de Raul Gazolla com entrevista resulta em reuniões na Record

Ator ficou revoltado com espaço dado a Guilherme de Pádua, assassino de sua esposa

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121221150733.jpg

Divulgação

A clara decepção de Raul Gazolla com a entrevista promovida por Marcelo Rezende com Guilherme de Pádua, assassino de sua ex-mulher Daniella Perez, ainda está repercutindo nos bastidores da Record.
Raul, que é contratado da emissora desde o fim de 2005 e atuou em novelas como “Prova de Amor”, “Vidas Opostas” e “Máscaras”, se irritou por não ter sido procurado e sequer informado do que a produção do “Domingo Espetacular” estava preparando.
Glória Perez, mãe de Daniella e autora de “Salve Jorge”, também se decepcionou com a atitude da emissora e inclusive entrou com um processo contra ela e contra Guilherme.
A manifestação de Raul teria acarretado, inclusive, em um pedido de desculpas informal por parte do núcleo de dramaturgia da emissora, atualmente presidido por Anderson de Souza e que tem Marcelo Silva como um dos principais membros.
Já em São Paulo, onde o “Domingo Espetacular” tem sua produção alocada, assim como o departamento de jornalismo, houve reuniões entre a cúpula para abordar a falha e tomar as decisões cabíveis em relação ao caso.
natelinha

Raul Gazolla reclama sobre entrevista com Guilherme de Pádua na Record

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121219210032.jpg
Divulgação
Segundo informações do colunista Leo Dias, o ator Raul Gazolla esteve na semana passada no Recnov, sede de dramaturgia da Record no Rio, para falar sobre a entrevista feita com Guilherme de Pádua e exibida no “Domingo Espetacular”.
De acordo com a publicação, Gazolla ficou revoltado e deixou clara a sua insatisfação diante da direção da Record. Houve um pedido informal de desculpas, mas os profissionais da emissora que receberam o ator disseram que não poderiam intervir na decisão editorial do jornalismo.
Guilherme de Pádua assassinou Daniella Perez, filha da autora Glória Perez e mulher de Raul Gazolla, em 1992.
natelinha