Processado por doadora de leite, Danilo Gentili não aparece em audiência

Processado por doadora de leite, Danilo Gentili não aparece em audiência

Divulgação

Processado em 2013 por uma doadora de leite que se sentiu ofendida com uma piada feita ainda na Band, o humorista Danilo Gentili não compareceu à audiência conciliadora de ambas as partes.

Na tarde da última quarta-feira (04) aconteceu a primeira audiência do processo da enfermeira e doadora de leite materno Michelle Maximino contra o apresentador. O julgamento foi realizado no Fórum de Olinda e não contou com a presença do humorista, que deve prestar depoimento por meio de carta precatória.

Neste primeiro momento, para a sessão foram chamadas a depor a doadora, o vereador do município de Quipapá, cidade onde a enfermeira morava na época, e três colegas do marido de Michelle. Uma nova audiência deverá ser marcada.

Entenda o caso

Danilo fez uma piada com Michele Rafaela Maximino, de 31 anos. Ela é a maior doadora de leite materno do país e ajuda mães que não produzem leite de qualidade.

Na época apresentando o “Agora é Tarde”, da Band, Danilo usou uma foto sem autorização de Michele e fez uma piada: “Em termos de doação de leite, ela está quase alcançando o Kid Bengala”.

A brincadeira foi continuada por Marcelo Mansfield, que ao ver o momento em que a moça faz a retirada para doar o leite, ele disse que ela não fazia uma “espanhola, e sim uma América Latina inteira”.

Michele não gostou da piada e entrou com um processo na 2ª Vara Cível do Fórum de Olinda, em Pernambuco, onde ela mora. A doadora falou que foi bastante humilhada por causa da brincadeira.

Atualmente, Gentili apresenta o talk-show “The Noite”, do SBT.

 

NaTelinha

Processo movido por Xuxa ainda impede assinatura de contrato com a Record

Processo movido por Xuxa ainda impede assinatura de contrato com a Record

Já carta fora do baralho na Globo e com um acerto feito pela Record, ainda estranha-se que a apresentadora Xuxa Meneghel não tenha assinado com a emissora de Edir Macedo.

Segundo a revista Veja, o grande problema é o entrave jurídico que Xuxa tem com o canal desde 2013. Ela processou a Record e o apresentador Gugu Liberato por terem mostrado no “Programa do Gugu” seu ensaio para a revista Playboy de 1982.

Há quatro meses, a loira venceu o processo e a Record foi condenada a pagar 100 mil reais por dano moral e quase R$ 10 milhões por danos material. Os advogados de ambas as partes estão em intensas reuniões para dar um jeito de acabar com este entrave na Justiça o quanto anos, para Xuxa assinar tranquilamente com a emissora.

Os planos da Record para Xuxa são ambiciosos: um programa diário na faixa da tarde, com formato semelhante ao da americana Ellen DeGeneres, e outro semanal, parecido com as atrações de auditório que a loira comandava nos anos 90 na Globo.

Xuxa deixou a rede carioca após 29 anos de carreira, muito bem sucedidos no passado mas que mostrava claros sinais de desgaste no presente, estando fora do ar há mais de um ano.

 

NaTelinha

Ex-bailarina do Faustão processa Rede Globo por assédio moral; entenda

Ex-bailarina do Faustão processa Rede Globo por assédio moral; entenda

A ex-bailarina do “Domingão do Faustão“, Rachel Gutvillen, entrou com uma ação trabalhista contra a Globo e contra dois profissionais da emissora, por assédio moral.

Segundo o jornal O Dia, Rachel diz no processo que era sempre humilhada durante os ensaios de coreografias do programa, pelo coreógrafo Sylvio Lemgruber, e também pela mulher dele, Bianca Teles, que é sua assistente.

Ela trabalhou na produção de 2010 a 2013, e relata os abusos que teriam sido cometidos: “Eles faziam várias grosserias e xingavam também. Isso aconteceu não só comigo, mas com outras bailarinas. Em algumas ocasiões, Sylvio me chamava de gorda, de feia, dizia que eu estava com muita celulite e não sabia dançar. Ele falava isso na frente de todo mundo”.

Segundo Rachel, este não é um caso isolado, e que existem dançarinas que fazem tratamento psicológico para superar o trauma: “Tem bailarina que até hoje faz tratamento psiquiátrico por causa disso. Quero ser exemplo para outras bailarinas”.

Ainda não há qualquer data marcada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para uma possível reconciliação.

Procurados para comentar o caso, tanto o coreógrafo Sylvio Lemgruber quanto sua mulher Bianca Teles, e também a Rede Globo, preferiram não se pronunciar.

NaTelinha

Mãe de filho de Latino desiste de processo por pensão: fiz por impulso

Mãe de filho de Latino desiste de processo por pensão: fiz por impulso

Divulgação

Em meio a várias notícias de processos de pensão alimentícia que não são pagas por Latino, a mãe de um dos possíveis sete filhos do cantor retirou o processo.

Segundo o jornal Extra, Fernanda Rodrigues Neiva, mãe de Bernardo, de 2 anos e 10 meses, desistiu de entrar com uma ação que pedia cerca de 200 mil reais em dívidas de pensão alimentícia. O caso corria desde setembro de 2013, mas foi arquivado no último dia 29 de setembro, pelo juiz responsável pelo caso, já que a mesma declarou que gostaria de abandonar o processo.

Fernanda comentou que o fato não era justo com o cantor: “Não era justo. Quando eu entrei com a ação eu o fiz de maneira impulsiva. Foi num momento de raiva, quando soube que Latino se casaria”. Em um dos trechos do processo, Fernanda diz que Latino sugeriu um aborto e que ele não havia lhe dado nenhuma compensação financeira, o que hoje, ela nega: “Era mentira. Fui instruída pelo advogado”.

Por falso testemunho, a moça pode ser processada pela Justiça. Fernanda conheceu o cantor em 2011, nos bastidores de um show. Na época, ela conta, Latino ainda não namorava Rayanne Morais, sua atual mulher. Quando soube que estava grávida, procurou o artista para pedir ajuda. “A verdade é que ele nunca me deixou na mão. Me deu toda a assistência possível, inclusive durante a gravidez”.

Ela ainda cutuca as outras duas mães que movem o processo de pensão, dizendo: “Nenhuma criança precisa de R$ 20 mil para viver, né?”.

Fernanda, por fim, elogia o cantor e diz que ele é um pai exemplar: “É um pai exemplar. Já confirmou, inclusive, que virá à festinha de 3 anos dele. Bernardo já foi à casa deles, está inserido na família. Conhece quase todos os irmãos. Brinca até com o Twelves (macaco do cantor)”.

Mesmo com esta desistência, Latino ainda terá que encarar dois processos de pensão alimentícia, movidos pela modelo Jaqueline Blandy e pela advogada Glaucia Deneno, que são mães de Matheus, de 2 anos, e Valentina, de 1 ano, respectivamente.

Segundo a Lei em vigor no nosso país, se é comprovada que o progenitor da criança tem condições de pagar um bom valor, ele deve ser feito em depósito mensal. Caso o pai não o faça, pode ser preso preventivamente, só saindo com a comprovação do depósito. Além disso, o homem responderia a um processo e, se fosse condenado, poderia pegar de seis meses a um ano de prisão.

NaTelinha

Diretor de jornalismo da Globo vence processo contra blogueiro; entenda

Diretor de jornalismo da Globo vence processo contra blogueiro; entenda

Divulgação

A Justiça do Rio de Janeiro condenou mais um jornalista processado pelo diretor de jornalismo da Globo, Ali Kamel, por injúria e difamação.

Desta vez, o blogueiro Marco Aurélio Mello, do extinto site Doladodela, foi condenado a pagar uma indenização no valor de R$ 30 mil a Ali Kamel. Marco teria acusado Ali de praticar assédio moral e sexual contra funcionários.

Esta é a segunda condenação que o blogueiro sofre. Na primeira ação, ele foi obrigado a pagar R$ 15 mil por ter publicado que diretor da Globo foi ator pornô na juventude. No despacho, a Justiça diz que os fatos descritos por Marco Aurélio saíram do limite da crítica e da liberdade de expressão, e foram para a ofensa gratuita: “As referências feitas pelo Réu ao Autor exacerbaram o limite da crítica e debate de opiniões e alcançou a seara da ofensa à honra, contrariando o que deveria ser a principal meta do comunicador, ou seja, e dever de informação e de formação da opinião pública, de forma isenta”. Mauro Aurélio pode recorrer da decisão.

Ali Kamel já processou e venceu ações contra os jornalistas da Record, Paulo Henrique Amorim e Luiz Carlos Azenha, além de outros blogueiros menores.

NaTelinha

Ator Fábio Assunção vence processo contra a TV Record

Ator Fábio Assunção vence processo contra a Record

 

O ator Fábio Assunção venceu um processo que movia contra a Record desde 2012 por danos morais.

Ele, que atualmente está no ar na série “Tapas & Beijos”, da Globo, recebeu R$ 51.582,57 da emissora paulista. O valor atualizado foi estipulado pelo juiz Rodrigo Cesar Fernandes Marinho, da 4ª Vara Cível de São Paulo.

Após a ganha de causa, o processo foi arquivado neste mês pela Justiça.

Fábio Assunção venceu a ação contra a Record alegando que o canal publicou em seu portal na internet uma reportagem relembrando o caso em que ele teria sido supostamente preso com um traficante de drogas num flat em São Paulo, no ano de 2008.

Mas na verdade, naquela ocasião o ator foi colocado como testemunha na investigação da polícia civil contra um criminoso detido. Assunção foi ouvido pela polícia e depois liberado.

EM 2008, Fábio era dependente químico e chegou a ficar numa clínica de reabilitação no interior de SP.

Procurada pela reportagem do NaTelinha, a assessoria da Record não vai comentar o assunto.

 

NaTelinha

 

Oscar Filho é processado por piada com jovem que teve paralisia facial

Oscar Filho é processado por piada com jovem que teve paralisia facial

Humorista e um dos repórteres do “CQC“, da Band, Oscar Filho foi processado por conta de uma piada que fez no Facebook em abril deste ano.

A família de uma jovem de 17 anos, que tem sequelas de paralisia facial, processou o repórter por causa da publicação de uma foto da menina com uma frase ao lado que dizia: “Você já se sentiu tão diferente que até sua própria imagem te acha estranho?”.

Oscar Filho foi bastante criticado por isso, e apagou o post. Porém, a jovem acabou vendo e ficou depressiva, levando sua família a entrar com um processo na 31ª Vara Cível de São Paulo (SP), pedindo R$ 109 mil de indenização por danos morais.

O advogado que representa a família, José Roberto de Carvalho, diz nos autos: “Oscar Filho, preconceituosamente e sarcasticamente aproveitou de uma foto da jovem e agrediu-a emocionalmente. Os efeitos negativos foram sentidos por ela, pela família e também por todos os conhecidos e desconhecidos”.

Ele também disse que Oscar Filho foi intimado em junho e tem 45 dias para apresentar sua defesa. O caso será encaminhado para o Ministério Público Federal (MPF) de São José do Rio Preto (SP) para possível investigação criminal, que logicamente ainda não foi iniciada.

Segundo a mãe da jovem, que preferiu não ser identificada, a filha teve problemas para sair de casa, pois era parada na rua por conta da publicação. “Ele vai pagar na Justiça pelo que fez, isso não se faz nem com um animal. Debochou de algo que é sério, não deveria ter feito isso e nem se desculpou”, disse ela ao site local Monte Aprazível Notícias, da região de Rio Preto.

Até o momento, o humorista não comentou o processo em nenhuma de suas redes sociais, nem mesmo quando procurado.

NaTelinha

Joana Machado entra com novo processo contra Alexandre Frota

Joana Machado entra com novo processo contra Alexandre Frota

A briga entre a campeã de “A Fazenda 4″, Joana Machado, e o ator Alexandre Frota ainda está longe de ter um fim agradável para ambas as partes.

Em entrevista para o jornal “O Dia”, o advogado da modelo, Ális Vasconcellos, disse que está entrando com um novo processo, exigindo um valor de 300 mil reais, já que segundo ele, Frota prejudicou bastante a carreira da loira: “Fizemos os cálculos e somamos R$ 300 mil. Joana foi muito prejudicada com as acusações e pretensões indevidas. Diversas vezes ela teve que viajar para São Paulo e os contratantes dela se incomodaram ao ver o nome da Joana envolvido num escândalo”.

Ális também disse que nenhum acordo deve ser feito: “Ela é muito objetiva. Não está disposta a fazer acordo, até porque, ele não cumpre mesmo”.

Em 2012, Alexandre Frota entrou com processo contra Joana, alegando que teria direito a parte do prêmio de R$ 2 milhões que ela ganhou quando foi campeã do reality da Record. No ano seguinte, foi julgado que ele não devia receber nenhuma porcentagem. Mesmo depois de Frota ter entrado com recurso, no mês passado, o juiz deu a conclusão da ação, afirmando que todas as obrigações processuais haviam sido cumpridas.

Procurado para falar sobre o assunto, Alexandre Frota preferiu não se manisfestar sobre o fato.

NaTelinha

Tribo indígena processa Band por reportagem sobre briga de terras

Tribo indígena processa Band por reportagem sobre briga de terras

Ricardo Boechat é o âncora do Jornal da Band – Divulgação

Membros da tribo indígena Tupinambá, que vivem no interior da Bahia, estão bastante revoltados com a Band por causa de uma reportagem sobre a briga de terras com empresários do agronegócio na região.

Representantes da tribo protocolaram na última quarta (09) um processo pedindo direito de resposta dentro do “Jornal da Band”, devido à matéria que foi exibida em março.

O processo tem autoria da comunidade indígena Serra do Padeiro e do cacique Rosival Ferreira de Jesus. A comunidade se sentiu ofendida com o teor e o jeito com que a reportagem foi exibida, praticamente incitando a violência contra a tribo. “A matéria tinha uma clara medida: incitar o ódio e a violência da sociedade contra os povos indígenas”, disse o Cacique no processo.

Segundo ele, a Band usou de termos caluniosos e chulos, para acusá-los de crimes de assassinato e invasão de propriedade privada. “O Grupo Bandeirantes parece desconhecer ou evitar conhecer o massacre dos Tupinambá ao longo da história, para difundir histórias inventadas: escondendo o verdadeiro conflito e massacre na região”, concluiu o Cacique.

Ainda não há uma previsão de quando o processo será julgado.

Procurada, a Band disse não ter sido notificada sobre a jurisdição e, mesmo que fosse, afirmou que não comenta pendências jurídicas do grupo.

NaTelinha

Jorge Kajuru deve ter bens penhorados para pagar Luciana Gimenez

https://i1.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/e0c5bb22747bc5111571d97f1a573a32.jpg

O jornalista Jorge Kajuru deve perder mais um pouco de seus bens devido ao julgamento do processo que a apresentadora da RedeTV!, Luciana Gimenez, moveu contra ele.

Segundo o jornal “O Dia”, o atual apresentador doEsporte Interativo deve ter bens penhorados para pagar a indenização de R$ 80.112,21, fixado pela Justiça em última instância no último mês de janeiro.

Como até agora Kajuru não fez o depósito na conta de Luciana, a 18ª Vara Cível do Rio, através da juíza Silvia Regina, acolheu requerimento de Sylvio Guerra, advogado da apresentadora, e mandou oficiar as operadoras Ultragás e Net paradescobrir o endereço do jornalista.

A partir desta informação, o oficial de Justiça realizará a penhora em móveis e utensílios pertencentes a Kajuru, que serão leiloados para pagar a dívida.

Entenda o caso

O processo foi movido em 2004 pela apresentadora Luciana Gimenez, do “Superpop”, da RedeTV!, por causa de declarações polêmicas de Jorge Kajuru contra ela no quadro “De Cara com a Fera”, no extinto “Boa Noite Brasil”, de Gilberto Barros, na Band.

O jornalista afirmou, em rede nacional, que “Xuxa era menos burra que Luciana Gimenez” e que a morena era “má colega”. Revoltada, Luciana moveu o processo, vencendo em todos os recursos que Kajuru tentou.

 

NaTelinha