Copa do Nordeste: Final dá ao Ceará mais R$ 400 mil; se for campeão embolsa R$ 1,5 milhão

Troféu da Copa do Nordeste agora com nove arcos em referência aos nove Estados participantes

Já foram quase R$ 900 mil de premiação por ter chegado às semifinais da Copa do Nordeste. Agora, com a vaga na grande decisão, o Ceará já tem no mínimo garantido R$ 400 mil. Esse é o valor em caso de não conseguir levantar a taça de campeão.

Por outro lado, se o título for para Carlos de Alencar Pinto, aí o cenário é bem diferente. A premiação sobe para R$ 1,5 milhão. (R$ 500 mil será pago pela CBF, apesar de o presidente José Maria Marin, ter prometido R$ 1 milhão à época do lançamento do torneio).

Ou seja, no total, a Copa do Nordeste (tirando os valores das rendas dos jogos), só com cota de participação poderá render ao Ceará quase R$ 2,5 milhões, em apenas 12 partidas disputadas, em três meses de torneio.

Lembrando que na Série B do Brasileiro, onde disputa 38 rodadas em sete meses de campeonato, o valor é de R$ 3 milhões. Não é à toa que o Nordestão foi batizado de Lampions League

 

Mário Kempes – Diário do Nordeste – 13/04/0215

“Melhores do Ano NaTelinha”: Globo e SBT dominam lista de vencedores

Estamos a poucos dias do fim de 2013 e chegou a hora do site NaTelinha revelar quais foram os melhores da televisão no ano escolhidos pelos internautas. Ao todo, foram mais de 300 mil votos.

O ano de 2013 foi marcado pelo equilíbrio entre Globo e SBT na premiação. A rede carioca venceu em 13 categorias, enquanto o canal de Silvio Santos levou a melhor em outras 11.

Após um ano de sucesso com as novelas “Avenida Brasil” e “Cheias de Charme”, em 2013 a Globo não repetiu o mesmo desempenho e viu a trama infantil do SBT “Chiquititas” levar três prêmios. A legião de fãs juvenis do folhetim ajudou o remake de Íris Abravanel a vencer na categoria Melhor Novela, superando as globais “Amor à Vida”, “Flor do Caribe” e “Joia Rara”. Já a atriz Giovanna Grigio, a Mili, faturou duas categorias. Ela foi apontada como revelação do ano e melhor atriz mirim ou adolescente.

Apesar de não ser escolhida como a melhor trama do ano, “Amor à Vida” saiu vencedora em quatro categorias. Walcyr Carrasco venceu como melhor autor. Já Elizabeth Savalla, intérprete da ex-chacrete Márcia, foi apontada como a melhor atriz coadjuvante. E Mateus Solano e Paolla Oliveira foram escolhidos como os melhores atores de 2013. Destaque para o intérprete do vilão Félix, que venceu sua categoria com mais de 78% dos votos.

Ainda em teledramaturgia, “Tapas e Beijos” repetiu o resultado de 2012 e faturou o prêmio de melhor seriado nacional. A Record, apesar de estar em baixa no setor, foi lembrada pelo público. A minissérie bíblica “José do Egito”, dirigida por Alexandre Avancini, foi apontada pelos internautas do NaTelinha como destaque técnico e de produção em 2013.

Entretenimento

O SBT mais uma vez se destacou em entretenimento. Silvio Santos e Eliana foram escolhidos pelo público com os melhores apresentadores de 2013. A loira ainda viu seu “Programa Eliana” ser apontado como a melhor atração de auditório da TV, vencendo os concorrentes “Domingão do Faustão”, “Esquenta!” e “O Melhor do Brasil”.

Já o retorno do clássico “Passa ou Repassa”, febre nos anos 90, rendeu ao SBT o prêmio de melhor game show da TV, enquanto Marília Gabriela venceu como melhor entrevistadora e seu “De Frente com Gabi” foi apontado como melhor programa de entrevistas da telinha. Quando o assunto é criança, o SBT também leva a melhor. O “Bom Dia e Cia” foi escolhido como o melhor infantil do ano.

Em uma das categorias mais acirradas, novamente o SBT se saiu melhor. O clássico “A Praça é Nossa” foi escolhido como o melhor humorístico de 2013 com 27.93% dos votos. A atração de Carlos Alberto de Nóbrega venceu os populares “CQC” (27.23%), “Pânico na Band” (25.15%) e “Legendários” (19.69%).

Ainda falando em humor, o comediante e contratado da TV Globo, Fábio Porchat, foi apontado como melhor humorista, com quase 48% dos votos. Em 2013, ele se destacou na internet a frente dos vídeos do canal “Porta dos Fundos”. As divertidas situações retratadas pelo humorista bateram recordes de acessos e repercussão na internet.

Em relação a reality-show, mais uma vez o destaque foi o musical “The Voice”. O programa, comandado por Tiago Leifert, venceu a categoria com quase 68% dos votos. Os programas de confinamento “A Fazenda 6” e “BBB 13” ficaram bem atrás, com apenas 15,46% e 10,86%, respectivamente. Já a jornalista Fátima Bernardes viu seu matinal “Encontro” se consolidar em 2013. A atração foi escolhida como o melhor programa feminino da TV, com mais de 40%, superando os tradicionais “Mais Você” e “Hoje em Dia”.

Jornalismo

A TV Globo mostrou sua força no quesito jornalismo. “O Jornal Nacional” mais uma vez levou a categoria Melhor Telejornal. Seu âncora William Bonner, assim como nos anos anteriores, foi apontado como o melhor apresentador de telejornal. A Globo também venceu nas categorias Programa Esportivo e Narrador, com “Esporte Espetacular” e Cléber Machado, respectivamente. O narrador esportivo venceu seus colegas de emissora, Galvão Bueno, Luís Roberto e Milton Leite, com 37,79% dos votos. Na recém-criada categoria de comentarista esportivo, o novato Caio Ribeiro, da TV Globo, levou a melhor.

A Record também foi lembrada no quesito jornalismo. A alta popularidade do “Cidade Alerta” fez a emissora da Barra Funda levar a melhor na categoria Melhor Programa Jornalístico. O programa policial de Marcelo Rezende bateu os programas de grande reportagem “Conexão Repórter”, “Domingo Espetacular” e “Globo Repórter” com pouco mais de 34% dos votos.

Já a categoria Melhor Apresentador de Programa Policial reservou uma das maiores surpresas do “Melhores do Ano 2013”. O jornalista Marcelo Rezende, em alta no comando do “Cidade Alerta”, foi superado por seu colega Luiz Bacci, que contou com ajuda de seus fãs na internet. Bacci venceu a categoria com 38.27% dos votos, cerca de 3% a mais que Rezende.

TV Paga

Assim como em 2012, o NaTelinha mais uma vez abriu espaço para a TV paga na escolha dos “Melhores do Ano”. Em 2013, a TV por assinatura no Brasil viu o número de produções nacionais crescer, amparada na regulamentação do SeAC, que prevê a obrigatoriedade dos canais pagos em exibir programação brasileira.

No entanto, na categoria Melhor Programa Nacional, um velho conhecido do público levou a melhor. O “Sai de Baixo”, grande sucesso no passado na TV Globo, ganhou quatro novos episódios pelo canal Viva e conquistou o público com mais de 50% dos votos.

Já o seriado americano “The Walking Dead” mais uma vez mostrou ter agradado ao público. Exibido pelo canal Fox, a trama sobre zumbis venceu como Melhor Programa Estrangeiro, com 41,48% dos votos.

Por fim, o “Redação SporTV”, comandado por André Rizek, venceu como Melhor Programa Esportivo da TV Paga. A atração recebeu 34,47% dos votos, contra 27,88% do “Bate Bola”, 20,72% do “Central Fox” e 16,93% do “Sportscenter”.

Confira o resultado completo do “Melhores do Ano NT 2013”:

– Melhor Novela

Amor à Vida – Globo – 27.01%

Chiquititas – SBT – 64.72%

Flor do Caribe – Globo – 4.54%

Joia Rara – Globo – 3.73%

– Melhor Atriz

Ângela Leal (Xepa, Dona Xepa) – Record – 13.35%

Fernanda Montenegro (Cândida, Saramandaia) – Globo – 20.72%

Paolla Oliveira (Paloma, Amor à Vida) – Globo – 52.25%

Susana Vieira (Pilar, Amor à Vida) – Globo – 13.68%

– Melhor Ator

Ângelo Paes Leme (José, José do Egito) – Record – 14.07%

Antonio Fagundes (César, Amor à Vida) – Globo – 4.16%

Mateus Solano (Felix, Amor à Vida) – Globo – 78.65%

Tarcísio Meira (Tibério, Saramandaia) – Globo – 3.12%

– Melhor ator/atriz revelação

Giovanna Grigio (Mili, Chiquititas) – SBT – 61.28%

Maria Casadevall (Patrícia, Amor à Vida) – Globo – 5.66%

Sérgio Guizé (João Gibão, Saramandaia) – Globo – 2.53%

Tatá Werneck (Valdirene, Amor à Vida) – Globo – 30.53%

– Melhor Ator ou Atriz Coadjuvante

Elizabeth Savalla (Márcia, Amor à Vida) – Globo – 44.38%

Vanessa Giácomo (Aline, Amor à Vida) – Globo – 21.55%

Anderson di Rizzi (Carlito, Amor à Vida) – Globo – 16.56%

Vera Holtz (Dona Redonda, Saramandaia) – Globo – 17.51%

– Melhor ator ou atriz mirim/adolescente

Mel Maia (Pérola, Joia Rara) – Globo – 16.22%

Klara Castanho (Paulinha, Amor à Vida) – Globo – 14.32%

Gabriel Falcão (Ben, Malhação) – Globo – 1.39%

Giovanna Grigio (Mili, Chiquititas) – SBT – 68.07%

– Maior destaque técnico/produção

O Canto da Sereia – José Luiz Villamarim – Globo – 23.64%

Flor do Caribe – Jayme Monjardim e Leonardo Nogueira – Globo – 20.09%

José do Egito – Alexandre Avancini – Record – 33.8%

Saramandaia – Denise Saraceni e Fabrício Mamberti – Globo – 22.47%

– Melhor Apresentador

Tiago Leifert – Globo – 20.1%

Fausto Silva – Globo – 11.75%

Silvio Santos – SBT – 38.39%

Rodrigo Faro – Record – 29.76%

– Melhor Apresentadora

Ana Maria Braga – Globo – 9.41%

Eliana – SBT – 47.95%

Fátima Bernardes – Globo – 26.47%

Regina Casé – Globo – 16.17%

– Melhor Programa de Auditório

Domingão do Faustão – Globo – 18.37%

Eliana – SBT – 31.9%

Esquenta! – Globo – 25.42%

O Melhor do Brasil – Record – 24.31%

– Melhor Reality-show

A Fazenda 6 – Record – 15.46%

Aprendiz: O Retorno – Record – 6.07%

Big Brother Brasil – Globo – 10.85%

The Voice Brasil – Globo – 67.62%

– Melhor game-show

Tem Gente Atrás – Faustão – Globo – 17.07%

Mega Senha – RedeTV! – 14.92%

Quem Fica em Pé? – Band – 23.48%

Passa ou Repassa – Domingo Legal – SBT – 44.53%

– Melhor programa humorístico

A Praça é Nossa – SBT – 27.93%

Custe o que Custar (CQC) – Band – 27.23%

Legendários – Record – 19.69%

Pânico na Band – Band – 25.15%

– Melhor humorista

Fábio Porchat (Porta dos Fundos) – 47.82%

Eduardo Sterblitch (Pânico na Band) – 21.95%

Guilherme Santana (Pânico na Band) – 9.64%

Marlei Cevada (A Praça é Nossa) – 20.59%

– Melhor seriado nacional

A Grande Família – Globo – 32.07%

A Mulher do Prefeito – Globo – 7.02%

Louco por Elas – Globo – 13.76%

Tapas e Beijos – Globo – 47.15%

– Melhor telejornal

Jornal da Band – 12.12%

Jornal da Record – 24.55%

Jornal da Globo – 15.4%

Jornal Nacional – Globo – 47.93%

– Melhor âncora

Renata Vasconcellos – Globo – 19.87%

Patrícia Poeta – Globo – 24.27%

Adriana Araújo – Record – 18.08%

William Bonner – Globo – 37.78%

– Melhor programa jornalístico

Cidade Alerta – Record – 34.26%

Conexão Repórter – SBT – 21.96%

Domingo Espetacular – Record – 15.58%

Globo Repórter – Globo – 28.2%

– Melhor programa infantil

Band Kids – Band – 11.6%

Bom Dia e Cia – SBT – 47.1%

Sábado Animado – SBT – 15.82%

TV Globinho – Globo – 25.48%

– Melhor programa de entrevistas

Agora é Tarde – Band – 30.73%

De Frente com Gabi – SBT – 41.48%

Programa do Jô – Globo – 20.56%

Roda Viva – TV Cultura – 7.23%

– Melhor programa feminino

Mais Você – Globo – 24.28%

Encontro com Fátima Bernardes – Globo – 40.63%

Hoje em Dia – Record – 20.89%

Programa da Tarde – Record – 14.2%

– Melhor programa esportivo

Esporte Espetacular – Globo – 35.59%

Esporte Fantástico – Record – 15.95%

Globo Esporte – Globo – 31.53%

Jogo Aberto – Band – 16.93%

– Melhor narrador esportivo

Cléber Machado – Globo – 37.79%

Galvão Bueno – Globo – 30.8%

Luís Roberto – Globo – 11.32%

Milton Leite – Globo – 20.09%

– Melhor comentarista de futebol

Walter Casagrande Jr. – Globo – 25.25%

Caio Ribeiro – Globo – 47.66%

Edmundo – Band – 10.31%

Neto – Band – 16.78%

– Melhor autor de TV

Thelma Guedes e Duca Rachid – Joia Rara – Globo – 14.52%

Vivian de Oliveira – José do Egito – Record – 23.09%

Walcyr Carrasco – Amor à Vida – Globo – 51.54%

Walther Negrão – Flor do Caribe – Globo – 10.85%

– Melhor entrevistador

Danilo Gentili – Band – 27.31%

Jô Soares – Globo – 15.86%

Marília Gabriela – SBT – 43.37%

Serginho Groismann – Globo – 13.46%

– Melhor apresentador de programa policial

Wagner Montes – Record – 4.42%

Luiz Bacci – Record – 38.27%

José Luiz Datena – Band – 21.79%

Marcelo Rezende – Record – 35.52%

– TV paga: Melhor programa nacional

Chegadas e Partidas – GNT – 10.61%

O Negócio – HBO – 8.99%

Sai de Baixo – Episódios inéditos – Viva – 55.22%

Vai que Cola – Multishow – 25.18%

– TV paga: Melhor programa estrangeiro

Game of Thrones – HBO – 15.11%

The Walking Dead – Fox – 41.48%

Breaking Bad – AXN – 9.76%

The Big Bang Theory – Warner – 33.65%

– TV paga: Melhor programa esportivo

Bate Bola – ESPN Brasil – 27.88%

Central FOX – Fox Sports – 20.72%

Redação SporTV – SporTV – 34.47%

Sportscenter – ESPN Brasil – 16.93%

SBT, Record, Band e ESPN são finalistas do Prêmio Esso de Jornalismo

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/fc8f86ab7d262623cbd0f937807ff39f.jpg

 

Na tarde desta quarta-feira (16), foram divulgados os finalistas no Prêmio Esso de Jornalismo, um dos mais importantes do meio.

Entre os mais variados temas, foram anunciadas as matérias que irão concorrer na categoria “telejornalismo”.

Estão na disputa duas reportagens de Roberto Cabrini, âncora do “Conexão Repórter” no SBT: “Os porões do futebol”, que fala sobre os bastidores obscuros do esporte, e “De volta a casa dos esquecidos”. A emissora de Silvio Santos também está representada com Fábio Diamante e a matéria “Pontos médicos”, exibida no “SBT Brasil”.

A Record vai concorrer com a série de reportagens de Luiz Carlos Azenha para o “Jornal da Record”, intitulada “As crianças e a tortura”. Já a Band foi indicada com o repórter Aline Midlej, com a série “Esquadrão da Vida”.

A ESPN também está na disputa com as matérias “Memórias do chumbo – O futebol nos tempos do Condor”, de Lúcio de Castro. Além dessas, foram indicados a TV Folha/TV Cultura, com a cobertura sobre os protestos de junho pelo Brasil, e a RBS TV, afiliada da Rede Globo no Sul, com a repórter Roberta Salinet e sua reportagem intitulada “O pior lugar do mundo”.

O resultado do prêmio será divulgado no dia 13 de novembro, e a solenidade de entrega acontecerá no dia 3 de dezembro, em São Paulo.

 

NaTelinha