Persona Em Foco ganha novo cenário e vai abordar a carreira e vida de Débora Duarte

Resultado de imagem para Persona Em Foco

 

Tudo novo O “Persona em Foco” vai voltar com novo cenário a partir do dia 5. O programa já gravou com Denise Fraga, Lilia Cabral e Regina Braga para a temporada 2017. O episódio de estreia, que vai ao ar na quarta-feira, relembra a vida a carreira de Débora Duarte.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Confira os participantes da gravação do Persona Em Foco de amanhã , 10/10/2016

0a40e-tvcultura

 

Grava segunda
O “Persona em Foco”, da Cultura vai receber Tony Ramos na sua gravação desta próxima segunda-feira.

Apresentado por Atílio Bari, o programa terá ainda as participações especiais de Etty Fraser e Paulo Figueiredo. A sua exibição será anunciada oportunamente.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Programa da Cultura é exemplo de como fazer televisão

Fúlvio Stefanini é entrevistado por Mauro Gianfrancesco e Karin Rodrigues no "Persona em Foco"

Fúlvio Stefanini é entrevistado por Mauro Gianfrancesco e Karin Rodrigues no “Persona em Foco”

O “Persona em Foco” acabou se tornando uma das principais atrações da TV Cultura. Só para este setembro estão previstas gravações com Nathalia Timberg e Silvio de Abreu, além de Tony Ramos, em outubro. Por lá já passaram Eva Wilma, Beatriz Segall, Aracy Balabanian, Rosamaria Murtinho, Maria Adelaide Amaral, Lima Duarte, Othon Bastos, Rolando Boldrin e tantos outros, resgatando alguns dos momentos mais importantes de suas carreiras.

O “Persona” é o exemplo de como fazer boa televisão, usando simplesmente a criatividade e o trabalho eficiente da sua produção, ferramentas que a televisão do Brasil abandonou aos poucos, como lei do menor esforço, passando a se valer quase que exclusivamente dos produtos vendidos por empresas internacionais.

A prática do “melhor comprar pronto” foi adotada pela maioria, muitas vezes colocando no ar programas que não atendem a expectativa de ninguém.

Um exemplo do mal, entre os tantos que existem, é o “Batalha dos Cozinheiros”. Gastando o que a Record gasta com ele, inclusive trazendo cozinheiro de fora, daria para fazer aqui programas muito melhores. Só que a preguiça se instalou em várias das nossas emissoras. Ninguém quer se dar ao trabalho nem mesmo de pensar.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery