Artur Neto derrota Vanessa Graziotin

Artur Neto acena logo após votação no domingo (28) (Foto: Girlene Medeiros/G1 AM)Artur Neto acena logo após votação no domingo (28) (Foto: Girlene Medeiros/G1 AM)

Artur Neto (PSDB) foi eleito prefeito de Manaus neste domingo (28), em segundo turno. O resultado foi confirmado às 17h31, com 83% das urnas apuradas.

Artur Neto acompanhou o final da apuração em seu apartamento, na Ponta Negra, Zona Oeste, e deverá seguir para a sede do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), na Zona Centro-Sul, onde irá cumprimentar o presidente do órgão, Flávio Pascarelli.
Artur esteve à frente da disputa eleitoral desde o início. Entre suas principais bandeiras de campanha estava a revitalização do Centro de Manaus, implantar o sistema BRT no transporte público, e a construção de creches e escolas de tempo integral.
Vanessa Grazziotin, que ficou em segundo lugar, teve extenso apoio de políticos locais e nacionais — como a presidenta Dilma Rousseff, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, governador Omar Aziz, e o senador Eduardo Braga — mas não conseguiu reverter o resultado.
Biografia
Arthur Virgílio Neto é manauense e tem 66 anos. Formou-se em Direito na Universidade do Amazonas. Foi líder estudantil, diretor de Relações Externas do Centro Acadêmico Cândido de Oliveira, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e é diplomata.
Foi eleito deputado federal em 1979. Em 1988, foi eleito prefeito de Manaus, vencendo o ex-governador Gilberto Mestrinho, e exerceu o cargo até 1992. Em seguida, no ano de 1994, voltou à Câmara dos Deputados, em Brasília, onde exerceu mais dois mandatos.
Artur foi então eleito senador pelo Amazonas, onde ficou de 2003 a 2010. O prefeito eleito tentou a reeleição para o Senado, em 2010, quando perdeu a vaga para a sua atual adversária na disputa pela prefeitura, Vanessa Grazziotin.
Campanha
No primeiro turno, Artur foi citado na polêmica de uma suposta agressão à candidata do PC do B. Na ocasião, Vanessa afirmou que correligionários do candidato tucano jogaram ovo e cuspiram nela na chegada de um debate. As pesquisas após o episódio apontaram crescimento de Vanessa Grazziotin, mas mesmo assim Artur continuou à frente e foi o mais votado com 385.855 votos, que representam 40,55% dos votos válidos.
No segundo turno, Artur Neto contou com apoio dos candidatos derrotados no primeiro turno Serafim (PSB), Henrique Oliveira (PR), e Pauderney (DEM).
Propostas
Dentre as principais propostas do prefeito eleito estão implantação do sistema BRT no transporte público, a revitalização do Centro de Manaus, levar água às casas em todos os bairros da cidade, contratar mais 164 novas equipes de saúde da família, construir 110 novas creches em Manaus e criar escolas de ensino integral.