Reprise de “A Escrava Isaura” na Record começa em janeiro

ae509-rederecord2012

Mais uma vez vai prevalecer o esquema, criado pelo SBT, de colar o encerramento de uma novela com o começo de outra.

Agora será novamente a vez da Record.

A partir do dia 9 de janeiro, uma segunda-feira, na faixa das 7 da noite, será iniciada a reprise de “A Escrava Isaura” simultaneamente com a exibição dos últimos capítulos de “Escrava Mãe”.

A versão produzida pela Record foi escrita por Tiago Santiago, teve direção de Herval Rossano, com as participações de Bianca Rinaldi, Leopoldo Pacheco, Jackson Antunes, Théo Becker, Mayara Magri, Maria Ribeiro, Patrícia França, Renata Dominguez, Rubens de Falco e Ewerton de Castro, entre outros.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Em 1996, Globo exibiu novela com só 35 capítulos para tapar buraco

Por THELL DE CASTRO, em 09/08/2015 · Atualizado às 06h42

Explode Coração estava no ar e a Globo não conseguiu iniciar a produção de O Rei do Gado a tempo. Normalmente, nessas situações, a trama que está no ar é esticada, mas Glória Perez já havia combinado com a emissora que seria liberada para o julgamento do assassinato de sua filha, Daniela Perez.

A solução foi pegar O Fim do Mundo, que seria uma minissérie do horário das 22h30, e colocar no principal horário de teledramaturgia da emissora, naquela época, 20h40. “O Fim do Mundo chega às telas com uma dupla responsabilidade. Primeiro, recuperar a audiência do horário, um pouco abalada depois de Explode Coração. Segundo, testar a viabilidade de um novo formato, alternativo às novelas tradicionais, com mais de 100 capítulos”, destacou reportagem da Folha de S.Paulo de 5 de maio de 1996.

A trama, que foi anunciada como uma super novela em apenas 35 capítulos, estreou no dia 6 de maio de 1996 e levantava a seguinte questão: O que você faria se só lhe restasse um dia de vida?

Em Tabacópolis, fictícia cidade do interior baiano, o paranormal Joãozinho de Dagmar (Paulo Betti) fazia uma previsão assustadora: o mundo iria acabar em três meses. Para completar, fatos estranhos começaram a ocorrer, como uma chuva de excrementos, um bezerro com duas cabeças, um terremoto, entre outras bizarrices.

A população entrav em pânico, e a cidade se via em meio ao caos. Tião Socó (José Wilker) violentava Gardênia (Bruna Lombardi), sua cunhada, o diretor do hospício resolvia soltar os pacientes, enquanto o delegado abria a cadeia e libertava os presos. Só que, no dia seguinte, o mundo não acabava, e os moradores da cidade precisavam arcar com as consequências de seus atos.

Dias depois, Joãozinho fazia nova profecia. Dessa vez, uma mundo realmente acabava em uma chuva de meteoros.

Inovações

O Fim do Mundo inovou nos efeitos especiais. “Pela primeira vez, uma novela usa objetos e animais criados em computador. Foram usados computadores também para criar ondas gigantes e tempestades. Uma maquete de Tabacópolis foi construída para as filmagens do fim do mundo _é nela que caem postes, carros são tragados pela terra, e o céu fica incandescente”, informava o texto da Folha de S.Paulo.

A mesma reportagem ressaltava que, caso a experiência com O Fim do Mundo desse certo no horário nobre, a emissora deixaria de usar a faixa das 22h40 para minisséries. A intenção era alternar novelas e mininovelas a partir de 1997. “Com isso, a Globo não deixaria totalmente de lado o formato tradicional de novelas e daria opção aos autores”.

Meses antes, à mesma Folha, Dias Gomes disse que a mininovela era uma alternativa, vista pela Globo como um produto de luxo, que daria prestígio. “Pode ser que queiram implantar esse novo formato. Afinal, já me encomendaram outra produção”. O autor falava sobre Dona Flor e Seus Dois Maridos, exibida como minissérie em 1998.

Apesar de O Fim do Mundo ter mantido a audiência do horário, a experiência foi única e descartada em seguida. O Rei do Gado sucedeu a trama, fez muito sucesso e, até hoje, vemos no ar as novelas no formato tradicional, com mais de cem capítulos.

 

“Malhação”:Não é não! Karina convoca Dandara e Delma, mas Gael não libera viagem

Karina (Isabella Santoni) é brasileira e não desiste nunca! A lutadora não aceita o ‘não’ que levou de Gael (Eriberto Leão) e convoca uma galera pra tentar convencer o Mestre Cruel a deixá-la viajar com a Galera da Ribalta.

Até Dandara (Emanuelle Araújo) e Delma (Patrícia França) entram na campanha, mas Gael não tá nem aí: não é não pra ele! “Numa boa, os dois podem ficar um final de semana sem se ver. Ninguém vai morrer”, diz. O lutador ainda fala que não confia nem em Nando (Léo Jaime) nem em Pedro (Rafael Vitti). Eita…

É, K, parece que não tem jeito! Parece que o Pê vai viajar sem você. Vicki (Manu Gavassi) curte, comenta e compartilha!

 

GSHOW

Patrícia França pode voltar à Globo em novela de Benedito Ruy Barbosa

Em 1993, a atriz protagonizou “Renascer”, também de Benedito.


A atriz Patrícia França é desejo de Benedito Ruy Barbosa para a sua próxima novela, o remake de “Meu Pedacinho de Chão”, que deve estrear no primeiro semestre de 2014.

Em 1993, França estreou na TV como a protagonista da novela “Renascer”, também de Benedito.

Recentemente, França se desligou da Record e ainda não possui vínculo com nenhuma emissora. A desejo do autor, provavelmente, ela será procurada pelos representantes da Globo.

Com informações do jornal Folha de São Paulo.

O Planeta TV

Confira atrizes que podem substituir Bianca Rinaldi em “Pecado Mortal”

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130323151219.jpg

Patrícia França é uma das cotadas para papel de Bianca Rinaldi em “Pecado Mortal” – Divulgação
Após a saída de Bianca Rinaldi da Record – e consequentemente de seu próximo projeto “Pecado Mortal” – a Record já trabalha na escolha de sua substituta.
Dois nomes estão em pauta pelo canal para o papel da personagem Patrícia, que interpretará uma promotora. Renata Dominguez e Patrícia França são as cotadas para o posto.
Renata está afastada da TV desde o fim de “Rei Davi”, onde viveu a Bate-Seba. Já Patrícia, após um longo período de férias de mais de três anos (sua última novela foi “Poder Paralelo”), estará no elenco da segunda fase de “José do Egito”.
Com informações da coluna Zapping.
natelinha