Novela da Globo terá misto de dramalhão mexicano e “Conde de Monte Cristo”

O “Outro Lado do Paraíso”, escrita por Walcyr Carrasco e que vai substituir “A Força do Querer” a partir de outubro, está com todo jeitão de dramalhão mexicano — mas bem daqueles — com algumas pitadas de “O Conde de Monte Cristo” , romance de Alexandre Dumas.

Lá, por exemplo, vamos encontrar a professora Clara, vivida por Bianca Bin, descrita como uma “grande heroína”, que será vítima de um plano da sogra, Sophia (Marieta Severo), por sua vez apresentada como “a grande vilã”. E que acabará internada em uma clínica psiquiátrica.

O detalhe é que nesta clínica a protagonista ficará internada cerca de 10 anos, longe de tudo e todos.

Só com o passar do tempo, Clara descobrirá que foi vítima de uma armação e fugirá do local. A partir deste momento, dará início a um plano de vingança contra Sophia, a filha dela, Lívia, personagem da Grazi Massafera e o psiquiatra Samuel, Eriberto Leão.

O drama da professora será desencadeado no instante em que ela se casar com Gael (Sérgio Guizé), filho da vilã, e quando descobrirem a existência de esmeraldas nas terras da jovem.

Uma vez que o roteiro terá como temática a Lei do Retorno, a vingança da mocinha não tardará. As gravações já estão acontecendo em várias locações no Tocantins.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Gravações de Outro Lado do Paraíso no Tocantins já iniciaram

 

O diretor Mauro Mendonça Filho inicia, no Tocantins, as gravações de “O Outro Lado do Paraíso”…

… É a próxima novela das 21h da Globo escrita por Walcyr Carrasco.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery