Audiência do seriado O Dentista Mascarado no dia 21/06/2013

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/96bd43ed22bb29827c177fc48a5e4ec3.jpg

O último episódio de “O Dentista Mascarado”, que foi ao ar na última sexta-feira (21), registrou baixíssimos índices de audiência.
A série estrelada por Marcelo Adnet se despediu de seus telespectadores com 10 pontos de média, igualando assim o recorde negativo da temporada segundo dados consolidados do Ibope.
Além de não ter agradado aos telespectadores da Grande São Paulo, onde a medição foi feita, o último episódio da temporada foi prejudicado pelo horário em que foi ao ar. Com “Amor à Vida” se estendendo até pouco depois das 23h, a série global foi exibida depois da meia-noite.
“O Dentista Mascarado” não terá nova temporada na Globo. O fracasso da atração foi admitido pela equipe e principalmente pelo diretor José Alvarenga Jr., que em declarações recentes à imprensa, constatou o desprezo dos paulistas à história.
Ainda assim, no último episódio, recursos de metalinguagem foram inseridos em diversas ocasiões como forma de ironizar a baixa audiência conquistada pela série.
NaTelinha

Audiência do seriado O Dentista Mascarado no dia 07/06/2013

O seriado “O Dentista Mascarado”, que chegou a alcançar 17 pontos, alcançou novo recorde negativo de audiência. Na última sexta-feira (07/06), a série protagonizada por Marcelo Adnet, marcou apenas 10 pontos de média.

Recentemente, em entrevista, os autores Alexandre Machado e Fernanda Young demonstraram não ter interesse em dar continuidade à série. A Globo, desanimada com a audiência, idem.

O Planeta TV

Audiência do seriado “O Dentista Mascarado” no dia 17 de maio de 2013

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/96bd43ed22bb29827c177fc48a5e4ec3.jpg

O episódio desta última sexta-feira (17) de “O Dentista Mascarado” bateu um novo recorde negativo de audiência na Globo.
A série estrelada por Marcelo Adnet amargou 11,5 pontos, o pior índice desde sua estreia, no mês de abril.
Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.
Como é que a Globo coloca um LIXO desses no ar ?
NaTelinha

James Akel comenta o fracasso do seriado O Dentista Mascarado

 

Esta coluna foi a única que antecipou que seria muito ruim o programa da TV Globo O Dentista Mascarado, com Marcelo Adnet.
E nem deu outra.
O fracasso dos números de ibope mostram que o programa nem deveria ter entrado no ar de tão mal feito.
Marcelo Adnet, que nos causava tantas gargalhadas na MTV, na TV Globo não diz a que veio e esqueceu a graça na outra emissora.
Falta roteiro, falta texto e falta talento ao programa.
A TV Globo faz tempo que esqueceu humor.
Isto é reflexo de sua direção e da falta de talento dos setores da casa que deveriam cuidar para que grandes shows tipo Chico Anísio e Jô Soares não ficassem sem sucessores.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 05h18 no dia 30 de abril de 2013

O que pode explicar a queda abrupta de audiência do “Dentista Mascarado”?

Ao escrever sobre a estreia de “Dentista Mascarado”, considerei o seriado mais bem estruturado e menos descartável que os últimos três (“Separação?!”, “Macho Man” e “Como Aproveitar o Fim do Mundo”) criados pela dupla Alexandre Machado e Fernanda Young. Pelo visto, o público não concorda comigo.

O primeiro episódio, que marcou também a estreia de Marcelo Adnet na Globo, registrou audiência na casa dos 17 pontos – um índice considerado bom para o horário, às 23h30, de sexta-feira, depois do “Globo Repórter”. Na semana seguinte, o programa repetiu este desempenho, mas subitamente despencou, no terceiro episódio, para 12 pontos – uma perda de 30% do público. Nesta última sexta (26), o quarto episódio voltou a marcar apenas 12.

É um número baixo, para a Globo, e que lembra o mau desempenho de “Casseta & Planeta Vai Fundo” no mesmo dia e horário, há um ano. Depois de passar 2011 longe das telas, o programa voltou reformulado e na estreia registrou 15 pontos. Foi o melhor resultado da atração. A audiência caiu para 12 no final da primeira temporada, em junho, e chegou a 10, no último episódio da segunda temporada, em dezembro.

Já escrevi mais de uma vez que televisão não é ciência. Ainda assim, me parece lógico acreditar que a rejeição do público a um programa de humor deve ser creditada, em primeiro lugar, ao fato de não ser visto como engraçado. Alguém arrisca outra explicação?

 

Maurício Stycer

“Fiquei com pena”, diz Carlos Alberto sobre Adnet em “O Dentista Mascarado”

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/1509cf2364dff7db2e6d4b414e1521aa.jpg

O humorista Carlos Alberto de Nóbrega, que apresenta o tradicional “A Praça é Nossa” no SBT, fez um panorama geral do humor na TV e falou sobre “O Dentista Mascarado”, série protagonizada por Marcelo Adnet na Globo.

Em entrevista ao site “O Fuxico”, ele criticou o programa global: “O Adnet é ótimo, mas acho que está no programa errado. Ele é muito bom pra fazer aquilo. Pode ser que mude, não sei. Mas veja, é como um jogador de futebol: o cara é eleito o melhor zagueiro do Brasil, ganha troféu e tudo mais. Daí, um time e contrata ele para ser centro avante. Não rola. O Adnet se tornou famoso pelo que fazia na MTV, mas nesse programa que ele faz, não gosto. Não o conheço pessoalmente, mas fiquei com pena de ver o talento que ele tem numa atração que não acertou. Um ótimo talento sendo desperdiçado”.

Além disso, Carlos disparou contra atrações como “Zorra Total” e “Feira do Riso”, esta última da RedeTV!: “Não gosto do ‘Zorra Total’. Acho que o programa caiu muito. Mas, veja bem, eu não gosto, não estou mandando as pessoas não gostarem. É uma opinião minha, não faz meu gênero. E o ‘Feira do Riso’? Prefiro não tocar nesse assunto. Não comentar”.

Mas o líder de “A Praça é Nossa” não falou apenas mal dos programas. Ele elogiou o “CQC”, “Pânico na Band” e “A Grande Família”. “Não perco nenhum ‘CQC’! Toda segunda-feira, faço de tudo para chegar cedo em casa, jantar e assistir. Já o ‘Pânico’ mexeu no humor da TV brasileira. Eles tiveram coragem de fazer o tipo de humor que ninguém tinha coragem de fazer, deram uma nova cara aos humorísticos, uma maneira esculachada de fazer humor. E ‘A Grande Família’ eu adoro, são atores maravilhosos, fazem um trabalho em um programa que há anos tem a receita de fazer rir, sem esculhambação”, concluiu.

“A Praça é Nossa” está completando 25 anos no ar pelo SBT, e sempre tem uma audiência satisfatória, entre 8 e 10 pontos na Grande São Paulo.

NaTelinha

James Akel comenta que a Globo está uma porcaria

A TV Globo não tem o que comemorar em seus 48 anos.
O ibope é pior a cada ano.
Produção de novelas é algo também que vem deixando a desejar, exceção feita a uma ou outra, mas a maioria da produção desta linha já foi muito mais interessante.
Humor é algo que a TV Globo deixou de fazer se baseando no lixo que é Zorra Total e na porcaria que é o tal de programa semanal do Marcelo Adnet.
Direção Geral, trocar Otávio Florisbal por Carlos Henrique Schroder foi a pior coisa que a família Marinho fez.
E vão se arrepender disto em breve certamente.
TV Globo nada tem a comemorar nesta data de seu aniversário.
TV  Globo está a caminho do baixo ibope.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 03h45 no dia 26 de abril de 2013

Adriano Bolshi estará na novela Joia Rara

 

Participará da novela Joia Rara, depois de uma ponta em “O Dentista Mascarado”, Adriano Bolshi fez testes e foi aprovado pela diretora Amora Mautner.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Giovanna Ewbank fará uma participação especial no seriado O Dentista Mascarado

Giovanna Ewbank, antes da nova novela das 6, “Joia Rara”, vai fazer uma participação em “O dentista mascarado”. Como já foi dito, o seriado semanal do Marcelo Adnet sempre receberá algum conhecido da Globo, como convidado especial.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery