A novela atravessa hoje uma das melhores fases na TV do Brasil

Domingos Montagner e Camila Pitanga, que interpretam Santo e Tereza em "Velho Chico", nos bastidores da novela

Domingos Montagner e Camila Pitanga, que interpretam Santo e Tereza em “Velho Chico”, nos bastidores da novela

Aquele pessoal que insiste e não desiste de querer preconizar o fim das novelas na televisão aberta brasileira só tem visto seus prognósticos cada vez mais enfraquecidos, diante dos bons resultados, cada vez em maior crescimento, por parte das emissoras em questão.

A Globo, como maior responsável por isso, já de alguns anos para cá, tem conseguido manter equilíbrio dos mais positivos em todos os seus horários de exibição.

“Êta Mundo Bom!”, “Haja Coração” e mesmo “Velho Chico” podem ser apontados como exemplos da vez. Destaque-se aí o acerto no trabalho colocado em prática pelo Sílvio de Abreu.

E o mesmo se dá com a Record. Ainda que “Escrava Mãe” tenha cometido a besteira de ser inteiramente gravada antes de ir ao ar, contrariando o que se entende como racional e lógico na produção de novelas, o seu desempenho é dos mais satisfatórios e num horário de forte concorrência. Aqui também se deve reconhecer e destacar o excelente trabalho de direção do Ivan Zettel.

As novelas, como outro duro golpe na torcida contrária, atravessam hoje uma das suas melhores fases na televisão brasileira.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco compara futebol com as novelas

 

Guardadas as proporções

No futebol, nossos treinadores falam em “diminuir”, quando não querem dar espaço ou pretendem limitar a ação dos adversários. No campo da TV, em se tratando de novelas ou qualquer outra coisa, o que se observa –e os números comprovam–, é que a concorrência insiste em jogar a favor da Globo. Nunca há a preocupação em “diminuir”.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Rede Globo acaba com mania de gravar novela fora do Brasil

Diretor Luiz Fernando Carvalho e o ator Chico Diaz ensaiando cena de "O Velho Chico" no sertão nordestino

Diretor Luiz Fernando Carvalho e o ator Chico Diaz ensaiando cena de “O Velho Chico” no sertão nordestino

Ao que parece, os autores da Globo deram um tempo na mania de começar novela com cenas gravadas no exterior. A maioria nem tinha motivos para aquilo. Só enfeitavam o pavão.

Um ou outra ainda insiste, mas isto já não tem mais ocorrido nas produções das 21 horas.

Depois de “Babilônia”, “A Regra do Jogo” não fez nada lá fora e o mesmo irá ocorrer, por razões próximas do óbvio, com “Velho Chico”, de Benedito Ruy Barbosa.

Glória Perez, na fila, também já anunciou que seu próximo trabalho será dividido entre cidades do Nordeste e o Rio de Janeiro. Fica a dúvida sobre o que pretendem Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari. A Globo, com toda certeza e com o dólar na altura que está, agradece.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Reestruturação global faz ESPN praticamente extinguir sucursal no Rio

Conforme noticiado pelo NaTelinha nos últimos dias, a ESPN passa por uma reestruturação global que tem tido reflexos diretos aqui no Brasil.

Segundo informações obtidas com exclusividade, a emissora esportiva da Disney praticamente extinguiu sua sucursal no Rio de Janeiro. Além de Rubens Pozzi, repórter e chefe de reportagem da ESPN na capital fluminense, também foram demitidos Thales Machado (produtor e repórter) e Paulo Ferreira (produtor).

Ainda três repórteres do site da emissora no Rio de Janeiro também foram dispensados: Tiago Leme, Pedro Torre e Caio Blois – Caio, recentemente, se envolveu em uma polêmica por conta de comentários de cunho racista em seu Twitter, se desculpando portanto depois -. A partir de agora, as matérias dos clubes cariocas para o site serão feitas na redação de São Paulo.

Além disso, um contrato de uma estagiária não foi renovado e a seleção que escolheria uma nova para a sucursal no Rio de Janeiro foi cancelada. Também foram demitidos dois editores de vídeo – a cidade fica sem nenhum a partir de agora – e um assistente.

A pauta, a partir de agora, será feita a partir de São Paulo. Ficaram apenas no Rio de Janeiro uma coordenadora de produção – Regiane Wonrath -, dois repórteres para cobrir o dia a dia dos clubes e para transmissões – Cícero Mello e Débora Gares (fotos/abaixo) – e duas equipes com cinegrafista e assistente.

Por fim, a ESPN Brasil deixará o seu prédio em Botafogo e irá para uma sala comercial no mesmo bairro, que só servirá para guardar equipamentos técnicos – a redação, com isso, deixa de existir.

Procurada para falar sobre o assunto, a ESPN confirma as informações e ressalta o que havia dito anteriormente em comunicado: “Dentro de um cenário cada vez mais competitivo e com compromisso de manter o desenvolvimento do negócio, a ESPN revisou suas operações globalmente para se preparar para o futuro. Como parte desse plano de esforços, a ESPN no Brasil terá de eliminar algumas posições de trabalho. A ESPN continua com o compromisso de ter a melhor entrega para o fã do esporte, parceiros e clientes e se concentrará no aprimoramento e desenvolvimento de novas tecnologias, produtos e serviços”.

 

NaTelinha

Globo decide e “Verdades Secretas” é fixada na segunda linha de shows

Globo decide e

Depois de muitas reuniões e especulações, a Globo definiu que não manterá a novela “Verdades Secretas“, estreada na semana passada, depois de “Babilônia”.

A trama de Walcyr Carrasco irá ao ar após a novela das 21h apenas nas segundas, como já acontecia nos anos anteriores. Nas terças, quintas e sextas, ela será exibida logo após os seriados “Tapas e Beijos” e “Chapa Quente” e o jornalístico “Globo Repórter”.

A informação foi confirmada pela Central Globo de Comunicação, em contato feito pela reportagem do NaTelinha. Com isso, encerram-se as especulações de que “Verdades” poderia continuar na primeira linha de shows, devido aos bons resultados e a repercussão que obteve na semana de estreia.

Na média semanal, “Verdades Secretas” fechou com 21 pontos elevando em até três pontos a faixa horária, se comparada com a última semana antes da estreia.

Além disso, a trama foi elogiada por ter uma direção muito boa e atuações de destaque, principalmente de Marieta Severo e da novata Camila Queiroz.

“Verdades Secretas”, então, irá ao ar por volta das 23h15, na Globo.

NaTelinha

Alexandre Nero será pai pela primeira vez, aos 45 anos

Ator se prepara para voltar às novelas

Alexandre Nero será pai pela primeira vez, aos 45 anos

De férias desde março, quando encerrou seus trabalhos como o protagonista José Alfredo na novela “Império”, Alexandre Nero está feliz da vida.

Isso porque o ator de 45 anos será pai pela primeira vez. Sua esposa, a atriz Karen Brusttolin, está esperando o primeiro filho do casal.

Eles estão juntos há três anos e extremamente felizes. A informação foi confirmada pela assessoria do ator na manhã desta quarta-feira (27).

“Karen Brusttolin e Alexandre Nero esperam seu primeiro filho e estão superfelizes com a novidade”, disse a representante, acrescentando que eles não vão se pronunciar sobre o assunto por enquanto.

Nero deve voltar em breve aos trabalhos. Isso porque ele será protagonista da próxima novela das nove da Globo, “A Regra do Jogo”, de João Emanuel Carneiro, que estreia em agosto.

Assim que deixou “Império”, a emissora o orientou a cortar os cabelos, tirar a barba e evitar roupas pretas, tudo para desassociar sua imagem do marcante personagem José Alfredo.

NaTelinha

SBT anuncia nova reprise de “Pérola Negra” em suas tardes

SBT anuncia nova reprise de

Produzida em 1997 e exibida entre 1998 e 1999 com muito sucesso pelo SBT, a novela “Pérola Negra” será reprisada mais uma vez pela emissora de Silvio Santos em suas tardes.

Em chamadas durante a programação desta segunda (25), o canal já chama a atenção do público. “Pérola Negra” substituirá a novela “Maria Esperança”, protagonizada por Bárbara Paz e exibida na faixa das 15h30.

Esta será a terceira reprise da trama. A primeira foi entre 2004 e 2005, onde batia a Globo sistematicamente nos números do Ibope da Grande São Paulo, enquanto a segunda foi em 2010, quando junto com “Esmeralda”, iniciou a tendência de reprises de novelas nas tardes do SBT.

Escrita por Henrique Zambelli, com a supervisão de texto de Crayton Sarzy, baseada no original de Enrique Torres, “Pérola Negra” é um remake da telenovela argentina “Perla Negra”, e conta com Patrícia de Sabrit, Dalton Vigh, Vanusa Spindler, Martha Mellinger, Cibele Larrama, Maximira Figueiredo e Marcela Leal em seus papéis principais.

A trama conta a história de Pérola Marques (Patrícia de Sabrit), que assume o lugar de sua melhor amiga Eva (Vanusa Spindler), depois de um acidente de carro. Eva foi seduzida por Tomás (Dalton Vigh) e acaba engravidando dele dentro de um internato onde as duas ficavam.

Ao completarem a idade limite para ficarem por lá, as duas saem em busca de Tomás, mas Eva morre neste acidente. Pouco antes, ela pede para que Pérola cuide de seu filho como se fosse dela. Cumprindo o pedido, Pérola acaba tomando o lugar de Eva, para recuperar a guarda de “seu filho” e cumprir a promessa de cuidar da criança, que se chama Carlinhos, como a amiga também pediu antes de morrer.

Agora morando com os Pacheco Oliveira e sob a identidade de Eva, Pérola se depara com a maldade de pessoas como Malvina (Cibelle Larrama), namorada de Tomás, o rapaz que seduziu e engravidou Eva.

A data de reestreia de “Pérola Negra” ainda não é divulgada.

 

NaTelinha