Conheça o caminho do Atlético Mineiro na Copa do Mundo de Clubes da FIFA Marrocos 2013

Rota traçada para o Galo

© AFP

 

Atlético Mineiro já sabe que caminho vai trilhar na Copa do Mundo de Clubes da FIFA Marrocos 2013. O sorteio oficial realizado no grande salão do hotel La Mamoudia, em Marrakech, nesta quarta-feira, determinou que o Galo, campeão da Copa Libertadores, enfrentará nas semifinais o Auckland City, o Raja Casablanca ou o Monterrey. Do outro lado da chave está o Bayern de Munique, campeão da UEFA Champions League. O clube alemão vai encarar quem vencer o duelo entre ocampeão asiático e o campeão africano.

Ao final de uma bela cerimônia, conduzida magistralmente pelo jornalista marroquino Jalal Bouzrara, a sorte foi lançada. Músicas, apresentações, vídeos e discursos aqueceram o clima para o tão aguardado momento em que as bolinhas traçaram o destino dos competidores, todos devidamente apoiados por seus torcedores, que participaram da cerimônia.

A festa das torcidas, aliás, começou com um duelo entre Raja Casablanca, campeão nacional e representante do país anfitrião, e Auckland City, vencedor da Liga dos Campeões da Oceania. No palco, cativantes cânticos marroquinos foram prontamente rebatidos por um impressionante hakaneozelandês. Embora os dois times já estivessem cientes de que abririam o torneio com a disputa de um play-off no dia 11 de dezembro, em Agadir, eles agora sabem também que o vencedor do confronto enfrentará o Monterrey nas quartas de final. Além disso, a outra partida das quartas de final colocará frente os representantes da Ásia e da África, que entrarão em campo algumas horas antes. Esses dois jogos serão realizados no dia 14 de dezembro, no Estádio de Agadir, que tem capacidade para 45 mil pessoas.

Os vencedores das quartas de final avançarão para as semifinais, etapa em que os dois grandes favoritos do torneio entrarão na disputa. Na primeira semifinal, o Bayern de Munique, vencedor da Liga dos Campeões da UEFA, medirá forças com o vencedor do jogo entre os representantes da Ásiae da África no dia 17 de dezembro, em Agadir. Já o Atlético Mineiro, campeão da Copa Libertadores, jogará no dia seguinte contra o vencedor do outro confronto das quartas de final, que pode ser Raja Casablanca, Auckland City ou Monterrey.

Quem levar a melhor nas duas semifinais disputará o direito de se tornar o décimo campeão mundial de clubes da FIFA, sucedendo ao Corinthians, que ganhou em 2012 no Japão. Até o momento, o título nunca foi conquistado por equipes de fora da Europa e da América do Sul. Auckland City, Raja Casablanca, Monterrey e os futuros campeões da Ásia e da África já sabem o caminho a ser percorrido para colocar um ponto final nesse tabu.

 

 

Fifa divulga detalhes da venda de ingressos para o Mundial de Clubes

Competição começa em 11 de dezembro, e Atlético-MG estreia no dia 18.

 

A Fifa anunciou neste sábado, no site oficial da entidade, as primeiras informações sobre a venda de ingressos para o Mundial de Clubes, em dezembro, no Marrocos. A pré-venda começará no dia 14 de outubro, apenas para quem tem cartão Visa, e irá até o dia 27. Nesta primeira fase, estarão disponíveis para compra todas as categorias de ingressos, inclusive a “categoria 3”, exclusiva para pessoas residentes no Marrocos.

Marrakesh (Foto: Marcos Eduardo / TV Globo Minas)Estádio de Marrakesh recebe os jogos do Atlético-MG (Foto: Marcos Eduardo / TV Globo Minas)

A segunda fase de vendas das entradas, aberta para o público em geral, começará no dia 28 de outubro e também incluirá todas as categorias. Clientes com cartões de todas as bandeiras poderão adquirir os bilhetes.

A partir do mês de novembro até a decisão do Mundial, os torcedores poderão comprar ingressos nas bilheterias do estádio de Agadir e de Marrakesh, além de outros locais a serem confirmados. Os preços não foram divulgados.

Chance do Galo

O Mundial de Clubes começará no dia 11 de dezembro, com a partida entre Raja Casablanca, do Marrocos, e Auckland City, da Nova Zelândia. Campeão da última edição da Taça Libertadores, o Atlético-MG estreia somente no dia 18, em Marrakesh, contra adversário ainda a ser definido. O sorteio das chaves será realizado no dia 9 deste mês. Principal concorrente do Atlético-MG, o Bayern de Munique, da Alemanha, estreia um dia antes, em Agadir. O Monterrey, do México, também já está classificado.

Mexicanos se encontram novamente

SantosLaguna4Estrellas.pngCFMonterrey2012 LargeVector.svg

 

Desde a primeira edição da Liga dos Campeões da CONCACAF, em 2008, o torneio só não foi decidido por dois clubes mexicanos uma única vez. Em 2013, os velhos conhecidos Santos Laguna e Monterrey repetem a decisão do ano passado e ficam novamente cara a cara na briga pelo título continental e pela vaga na Copa do Mundo de Clubes da FIFA, que acontece em dezembro no Marrocos.

Vencedor das duas últimas edições da competição continental, o Monterrey pode se tornar o único tricampeão além do Cruz Azul. “Estamos em busca deste terceiro título”, garante aoFIFA.com o atacante Aldo de Nigris, autor de dois gols sobre o Los Angeles Galaxy na semifinal. No Mundial de Clubes do ano passado, o jogador foi às redes uma vez e realizou duas assistências para gol, contribuindo diretamente para a terceira colocação obtida pelos mexicanos — o melhor desempenho de um representante da América do Norte, Central e Caribe até o momento.

“Ter conquistado esses títulos e participado duas vezes da Copa do Mundo de Clubes foi o maior feito desta equipe em âmbito internacional”, acrescentou De Nigris, arma já não tão secreta do ambicioso técnico Víctor Manuel Vucetich, que comanda um grupo pouco modificado em relação ao do ano passado. “Queremos voltar (ao Mundial de Clubes), sabemos o quanto isso significa.”

Mas o Monterrey tem outras cartas na manga. Atualmente na zona intermediária do Clausura mexicano, o clube conta com o faro de gol do chileno Humberto Suazo, a contenção do equatoriano Walter Ayovi no meio-campo e a criatividade do argentino Neri Cardozo. Além disso, o Monterrey levou a melhor na decisão do ano passado, chegando ao título com vitória de 2 a 0 no confronto de ida e derrota por 2 a 1 na volta.

Já a motivação do Santos Laguna vai além da revanche continental. Los Guerreros, como são conhecidos os jogadores do clube de Torreón, cidade ao norte do país, superaram o adversário no último fim de semana pelo Campeonato Mexicano. Felipe Baloy foi o autor do único gol do jogo, que colocou a equipe alviverde na quarta colocação do Clausura.

Considerando-se os últimos sete confrontos entre as duas equipes, o Santos Laguna leva ligeira vantagem: foram três vitórias, duas derrotas e dois empates. Os representantes mexicanos na final da CONCACAF se enfrentaram também na decisão do Clausura 2012, quando os alviverdes ficaram com a taça.

A hora do Santos Laguna
Na briga pelo primeiro título continental, o time de Torreón é liderado por Hérculez Gómez, atacante da seleção dos Estados Unidos conhecido por marcar gols decisivos, enquanto o setor defensivo conta com a forte presença física de Baloy, zagueiro do combinado panamenho.

Edgar Lugo, uma das principais peças do meio-campo, acredita que o atual elenco pode chegar à vitória e garantir lugar entre as melhores equipes do mundo no Marrocos. “É um jogo muito importante”, respondeu sobre o confronto de ida. “Estamos confiantes e na forma física ideal. Queremos conquistar grandes coisas.”

A primeira partida da final da Liga dos Campeões da CONCACAF acontecerá na quarta-feira à noite, quando o Santos Laguna jogará em casa com o apoio da torcida — um fator a ser aproveitado, já que no ano passado o time deixou o título escapar na derrota do jogo de ida, disputado na condição de visitante. O segundo e decisivo encontro será na casa do Monterrey, o Estádio Tecnológico, no dia 1º de maio.

 FIFA.com