Após liberação, só cinco postos de saúde têm vacinas em Porto Alegre

Maior disponibilidade ocorre em unidades da Restinga e Extremo Sul.
À medida que doses forem acabando, não serão mais respostas, diz SMS.

Bandeira do estado doRio Grande do Sul

Após a liberação da vacina da gripe para toda a população, apenas cinco postos de saúde em Porto Alegre dispõem de doses na tarde desta quarta-feira (8).  A maior disponibilidade ocorre em unidades da Restinga e Extremo Sul.

Há vacinas disponíveis na unidade Passo das Pedras I, Tristeza, Belém Novo, Restinga e Santa Cecília.

A Secretaria Municipal de Saúde já avisou que à medida que as doses forem acabando em cada unidade, não serão mais repostas. Os integrantes dos grupos prioritários também seguem sendo atendidos.

Conforme a Coordenação de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, as doses podem se esgotar a qualquer momento. Por este motivo, esta lista pode sofrer alterações.

Número de mortes por Influenza no estado chega a 97
Na última sexta (3), a Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul atualizou o número de mortes causadas pelo vírus H1N1. Já são 97 óbitos provocados pela doença neste ano no estado. Oúltimo levantamento, divulgado na última segunda-feira (30), indicava 71 casos.

Somente em Porto Alegre, foram 17 mortes. A região com o maior número de óbitos por influenza foi a Metropolitana, com 48,3%.

Houve ainda três mortes causados pelo vírus Influenza A não subtipado. Ao todo, portanto, são 100 mortes por Influenza no ano.

Outros municípios que tiveram registro de óbitos são Brochier, Campo Bom, Canoas,Montenegro, Novo Hamburgo,  Sapiranga, Sapucaia do Sul, Três Coroas, Triunfo, Alvorada,Cachoeirinha, Gravataí, Guaíba, Viamão, Rio Grande, Santa Maria, São João do Polêsine,Canela, Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Gramado, Nova Petrópolis, Vacaria,Carazinho, Gentil, Lagoão, Marau, Tapera, Cachoeira do Sul, Não-Me-Toque, Passo Fundo,Sobradinho, São Gabriel, Uruguaiana, Erechim, Getúlio Vargas, Cerro Largo, São Borja, São Luiz Gonzaga, Cândido Godói, Santa Rosa, Santo Cristo, Tucunduva, Palmeira das Missões,Arroio do Sal, Cidreira, Imbé e Frederico Westphalen.

Após o ano pandêmico em 2009, o H1N1 circulou com maior frequência nos anos 2012 e 2013. Nos dois anos seguintes, o vírus predominante foi o H3N2. Neste ano, novamente, o H1N1 volta a ser o principal agente da sazonalidade.

 

G1.COM.BR

Detentas pulam muro e fogem de penitenciária de Montenegro, no Rio Grande do Sul

Elas foram vistas cortando a grande e pulando o muro da penitenciária.
Dois veículos as aguardavam do lado de fora do presídio.

Bandeira do estado doRio Grande do Sul

Duas detentas fugiram do Instituto Penitenciário Montenegro, no Vale do Caí, na manhã deste domingo (8), segundo informações da Brigada Militar. Por volta das 10h elas estavam no pátio da penitenciária, quando foram vistas cortando as grades e pulando o muro.

De acordo com o relato dos agentes penitenciários, após pularem o muro, elas entraram em dois veículos que as esperavam do lado de fora. Um dos carros partiu em direção à BR-386 e o outro seguiu em direção a Montenegro.

As detentas foram identificadas como Andreia Almeida e Taiane Isabele Oliveira da Silva, elas cumpriam penas por tráfico e drogas e homicídio.

Após a fuga foi dado o alerta e a polícia realiza buscas na região na tentativa de recapturá-las. No entanto, até o meio da tarde deste domingo elas não tinham sido encontradas.

 

G1.COM.BR

Portugal sem grande margem de erro

Portugal sem grande margem de erro

© AFP

As 17 partidas válidas pela sétima rodada das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo da FIFA 2014 dominarão as atenções do planeta bola antes do começo da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013, no próximo dia 15 de junho.

A grande atração desta sexta-feira será o duelo entre Portugal e Rússia em Lisboa, pelo Grupo F. Vale lembrar que, desta vez, as poderosas AlemanhaInglaterraEspanha e Holanda não entrarão em campo.

A cinco rodadas do encerramento da competição classificatória, 13 equipes continuam invictas, mas somente holandeses e russos venceram todos os seus compromissos.

O jogo
Portugal x Rússia, Grupo F, Estádio da Luz, Lisboa, 20h45 (16h45 de Brasília)

Os portugueses foram derrotados pelo placar mínimo no relvado artificial do Estádio Luzhniki em Moscovo e já empataram (1 a 1) com a Irlanda do Norte na cidade do Porto, portanto não terão direito a desperdiçar pontos caso queiram alcançar os russos, que lideram o grupo com um ponto a mais e dois jogos a menos. Com isso em mente, o técnico Paulo Bento, que não pode contar com o suspenso Pepe, convocu Ricardo Costa, Rúben Amorim, Micael e Nelson Oliveira, que haviam ficado de fora da última convocatória.

O treinador luso conta ainda com Cristiano Ronaldo, embora o jogador do Real Madrid não tenha disputado a última partida do Campeonato Espanhol, mas está pessimista em relação a Nani, que viveu uma temporada complicada a nível de lesões. Para quaisquer eventualidades, Paulo Bentosurpreendeu ao convocar o médio André Martins, do Sporting, e o atacante Vieirinha, do Wolfsburg.

“É um jogo importante, não há que esconde-lo, sabemos que estamos mais pressionados frente a um adversário mais confortável, mas é uma realidade com a qual temos de saber conviver, sempre com a firme convicção de que jogaremos para conquistar três pontos”, afirmou o selecionador português na antevisão do duelo.

O técnico da Rússia, por sua vez, decidiu apostar na experiência. Fabio Capello trouxe de volta à seleção nomes como Roman Pavlyuchenko, Pavel Pogrebnyak e Andrei Arshavin, o antigo capitão russo que havia sido afastado do grupo.

Complementando a chave, Azerbaijão e Luxemburgo se enfrentam para evitar a lanterna.

E o que mais?
Grupo A
Croácia x Escócia
Bélgica x Sérvia

Goleada em casa pelos belgas na ida (3 a 0) e com duas derrotas e um empate acumulados nas últimas três rodadas, a seleção Sérvia não nutre ilusões às vésperas da viagem a Bruxelas para enfrentar uma Bélgica eufórica, que lidera o grupo pelo saldo de gols. Contudo, os donos da casa estarão sem o vice-capitão Thomas Vermaelen, lesionado, enquanto Eden Hazard será dúvida até o último momento. A Croácia, por sua vez, não deve ter maiores dificuldades diante da Escócia, que já está eliminada e poderá testar novos jogadores para o futuro. Afinal, o técnico Gordon Strachan aproveitou a ocasião para convocar seis jogadores que atuam em clubes da primeira divisão escocesa.

Grupo B
Armênia x Malta
República Tcheca x Itália

Os tchecos ocupam a terceira posição, a cinco pontos da líder Itália, e partirão para o tudo ou nada em casa diante dos confiantes italianos. Mas a jovem equipe do técnico Michal Bilek ainda peca nos aspectos ofensivos, tendo marcado apenas seis gols em cinco partidas. Já a Azzurra assimilou ao longo das eliminatórias a vontade do técnico Cesare Prandelli de praticar um futebol vistoso, porém sem abdicar da intratável defesa da Juventus na retaguarda italiana.

Grupo C
Irlanda x Ilhas Faroe
Áustria x Suécia

Bem atrás da líder Alemanha, austríacos e suecos disputarão uma partida importante para a definição das repescagens. Os dois países já se enfrentaram sete vezes em eliminatórias para o Mundial, com três vitórias para cada lado e um empate. A Suécia, que tem um jogo a menos, apostará como sempre no insaciável Zlatan Ibrahimovic, autor do passe para o gol solitário da vitória sobre a Macedônia em amistoso.

Grupo E
Islândia x Eslovênia
Albânia x Noruega
Suíça x Chipre (sábado, 8 de junho)

No topo da chave com dois pontos de vantagem, os suíços dominaram a partida contra os cipriotas no primeiro turno, mas não conseguiram evitar um empate sem gols. Talvez seja por isso que o técnico Ottmar Hitzfeld, que cumprirá o seu segundo jogo de suspensão, convocou os atacantes do FC Zurich Josip Drmic e Mario Gavranovic. Uma vitória é imprescindível para o selecionado helvético, já que as vice-líderes Islândia e Albânia jogarão em casa e terão a chance de encostar na classificação.

Grupo G
Letônia x Bósnia e Herzegovina
Lituânia x Grécia
Liechtenstein x Eslováquia

Os bósnios lideram com três pontos de vantagem sobre os gregos e cinco sobre os eslovacos, mas todos jogarão longe da própria torcida. Com média de 3,5 gols marcados por partida, a seleção bósnia tem tudo para fazer uma visita tranquila aos letões, assim como a Eslováquia, pressionada na terceira colocação. Já a Grécia precisará tomar cuidado na Lituânia, já que os donos da casa ainda não desistiram de lutar por uma vaga na repescagem.

Grupo H
Montenegro x Ucrânia
Moldávia x Polônia

Líder com dois pontos a mais que a InglaterraMontenegro terá a oportunidade de se isolar na ponta visitando a Ucrânia, a quem já venceu por 1 a 0 na ida. Vale lembrar que o English Team terá folga nesta rodada. Mas os comandados de Branko Brnovic, que ainda precisam jogar na Polônia e naInglaterra, não podem mais desperdiçar pontos em casa, como fizeram em março diante dos britânicos (1 a 1). Já a seleção ucraniana do técnico Waldemar Fornalik está tentando se reerguer depois do fracasso na Euro 2012 e, caso vença, poderá voltar a sonhar com a classificação, já que ficaria apenas um ponto atrás do selecionado inglês.

Grupo I
Finlândia x Bielorrússia

Os finlandeses seguem em busca da sua primeira vitória, desta vez enfrentando o penúltimo colocado da chave.

Fique de olho
Quando se fala em seleção sueca, o primeiro nome que vem à cabeça é o de Zlatan Ibrahimovic. No entanto, não se pode esquecer de Anders Svensson. O jogador de 36 anos é figurinha carimbada no meio-campo da Suécia desde 1999, um recorde, totalizando 139 partidas e 19 gols pelo país. E ele pretende se igualar ao também sueco Thomas Ravelli, que é o europeu com o maior número de jogos por uma equipe nacional (143). “Enquanto eu me sentir bem e o corpo continuar fazendo o que a cabeça pede, vou continuar”, explicou Svensson ao FIFA.com. “Fisicamente, provavelmente me sinto melhor do que quando tinha 20 anos.”

O número
18 — O total de clubes de nove países onde jogam os 26 portugueses convocados por Paulo Bento. Seis deles atuam em times portugueses, mas nenhum no Benfica, o vicecampeão português.

O que eles disseram
“Recuperamos jovens jogadores bastante habilidosos tecnicamente, alguns dos quais já atuam em grandes clubes da Europa. Digamos que o fluxo de jovens jogadores de talento não está perto de se esgotar. O futebol islandês tem um futuro radiante pela frente.” Birkir Saevarsson, zagueiro da seleção islandesa

Dê a sua opinião
Será que a Islândia vai conseguir se classificar?

 

FIFA.com