James Akel comenta as habilidades de Luiz Fux

https://i2.wp.com/www.stj.jus.br/internet_docs/ministros/fotos/luiz_fux.jpg

Parece que o ministro Luiz Fux do STF esqueceu-se de que não pode julgar processos onde amigos estão envolvidos.
Ele botou a mão em ao menos três processos em que o advogado Sergio Bermudes participa na qualidade de advogado.
E além de ser seu amigo há muitos anos, de ter oferecido uma megafesta de aniversário ao ministro, também emprega sua filha.
Qualquer investigação contra um ministro do STF, constitucionalmente passa pela ação do Senado.
Ao que tudo indica o Brasil tem falta de Senado no momento.
Coisas da democracia brasileira.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 03h07 no dias 18 de abril de 2013

James Akel elogia atitude de Joseval Peixoto

Na sexta à noite, pra meu espanto e admiração, Joseval Peixoto , apresentador do SBT Brasil, fez um editorial de encerramento do jornal exatamente com os mesmo termos que esta coluna tinha escrito sobre o que seria a vergonhosa comemoração de aniversário do ministro Luiz Fux, do STF, que teria sua festa paga por um dos maiores advogados do Brasil, que emprega a filha do ministro Fux.
Horas depois, a jornalista Mônica Bergamo, que foi quem primeiro noticiou a festa do ministro, recebeu a notícia e publicou no UOL contando que o ministro desistiu de fazer a festa de aniversário na casa do advogado.
O meu elogio maior aqui vai para o editorial de Joseval Peixoto, não por ter feito algo exatamente em cima do que escrevi de manhã na coluna, mas porque Silvério teve a coragem exemplar de fazer um editorial contra um personagem que em passado recente salvou a Telesena de Silvio Santos.
Quando no STJ coube a Luiz Fux decidir de deixava continuar ou cassava a concessão da Telesena.
E no processo havia uma declaração pessoal de Silvio Santos dizendo que se a Telesena fosse cassada comprometeria o futuro do SBT que dependia financeiramente da Telesena.
E foi Luiz Fux quem decidiu pela continuidade e legalidade da Telesena.
Mesmo assim, Joseval Peixoto, grande tribuno além de jornalista, teve a coragem necessária pra fazer o grande editorial da televisão desta semana.

 ARGMEX

5:3 (2:0)

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 02h38 no dia 15 de abril de 2013

James Akel comenta festa de aniversário de Luiz Fux

 

O ministro Luiz Fux, do STF, vai comemorar sua festa de aniversário de 60 anos em grande estilo no Rio, na casa do famoso advogado Sérgio Bermudes.
Indiscutivelmente vai ser uma festa milionária.
Então vamos saber, e por ser um ministro do STF, tem que ter transparência real, quem vai pagar esta festa milionária.
Quem sabe Luiz Fux tenha economizado a vida toda um pouco de dinheiro para esta festa.
Mas já o fato de ser na casa de um dos maiores advogados do Brasil, Sérgio Bermudes, não pega nada bem para um ministro do STF.
Nem sei porque a palavra vaidade me vem neste momento.
Luiz Fux adora passear todo sábado pela manhã na calçada de Copacabana e ser reconhecido por ter votado condenando políticos no processo do mensalão.
Agora aceita receber uma megafesta de aniversário de um advogado, aliás um dos maiores do Brasil.
E até agora parece que tudo vai bem, isto não quer dizer nada e ministro do STF receber festa milionária de presente de um advogado parece ser a coisa mais natural deste mundo.
Falta político no Brasil.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 03h36 no dia 11 de abril de 2013

Está no Painel da Folha

 

File:Luiz Fux.jpg

 

Esqueçam… O ministro Luiz Fux mandou apagar suas intervenções das notas orais do STF (Supremo Tribunal Federal) contendo todo o debate em plenário durante o julgamento do mensalão.

… o que eu disse Entre as falas agora apagadas estava uma que contrariou os advogados, por sugerir que caberia à defesa provar a inocência dos réus. Os ministros estão liberando aos poucos suas notas orais para o sistema de informática da corte.

Veja bem A assessoria do ministro afirma que tudo que ele disse durante o julgamento constará no voto, e que foram excluídas as declarações para evitar um documento muito longo. Além disso, justifica que outros ministros fizeram o mesmo.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 02h38 no dia 19 de março de 2013

SBTistas , vocês devem agradecimento ao ministro Luiz Fux …

O ministro Fux, do STF, é o mesmo que foi o salvador do SBT na ação que existia no STJ ao dar sentença favorável à Telesena de Silvio Santos que estava sendo julgada e poderia ser considerada ilegal.
Na defesa da Telesena existe uma declaração de Silvio Santos de que a Telesena era a sobrevivência do SBT e que sem ela o SBT não existiria.
Fux, em seu julgamento, acompanhou várias teses da defesa e acabou por considerar a Telesena legal e assim salvou a continuidade do SBT.

Escrito por James Akel às 08h24 no dia 29 de agosto de 2012