Rede Globo vai exibir o seriado Filhos da Pátria em 2017

Programada

Pedro Curi/Divulgação/TV Globo
Imagem: Pedro Curi/Divulgação/TV Globo

“Filhos da Pátria”, série do Bruno Mazzeo, com Alexandre Nero, Ricardo Pereira, Saulo Laranjeira, Fernanda Torres, Marcos Caruso e Matheus Nachtergaele, será exibida, na Globo, no segundo semestre deste 2017.

Possivelmente, a partir de setembro.

 

 Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Sessão da Tarde 14/10/2014

Terça – Doce de Mãe
Doce De Mãe. Brasil, 2012. De Ana Luiza Azevedo/ Jorge Furtado, com Fernanda Montenegro, Marco Ricca, Mariana Lima, Louise Cardoso, Matheus Nachtergaele, Daniel De Oliveira. Drama.
A vida de Dona Picucha e dos seus quatro filhos sofre uma reviravolta quando Zaida, empregada e amiga, anuncia que vai se casar e se mudar. Nos últimos 27 Anos, foi ela quem cuidou e fez companhia para Picucha. Com a saída de Zaida, os filhos se perguntam: quem vai ficar com a mamãe? Cada filho tenta uma solução diferente e Dona Picucha, esperta que só, consegue se safar de todas elas! Emmy Award de melhor atriz para Fernanda Montenegro.

Gravações do seriado Doce de mãe agora são realizadas no RJ

mensagens subliminares globo logo

 

As gravações da série “Doce de Mãe”, com Fernanda Montenegro, estão acontecendo no Rio de Janeiro, no Projac, após passagem por Porto Alegre, que voltará a receber a equipe do programa em fevereiro.

Além da Fernanda, fazem parte do elenco: Marco Ricca, Mariana Lima, Louise Cardoso, Matheus Nachtergaele, Daniel de Oliveira, Drica Moraes, Emiliano Queiroz e Francisco Cuoco.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Rede Globo exibirá Serra Pelada em janeiro

 

“Serra Pelada”, filme de Vera Egito e Heitor Dhalia, será apresentado em série na Globo entre os dias 21 e 24 de janeiro, após o “Big Brother Brasil”.

No elenco, Juliano Cazarré, Júlio Andrade, Sophie Charlotte, Wagner Moura e Matheus Nachtergaele.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Cordel Encantado irá ao ar em Portugal este ano

– Dois anos depois de sua exibição original no Brasil, a novela “Cordel Encantado” enfim será exibida em Portugal. Ela integrará a grade do canal básico local da Globo, veiculado através da operadora de TV por assinatura Zon, a partir do dia 27 de outubro, na faixa das 20h. E “Saramandaia”, atualmente já veiculada por lá pelo sinal premium da Globo, também ocupará o horário das 22h do canal básico a partir de 14 de outubro.

– Em Portugal, diferentemente de seu sinal internacional em outros países, a Globo divide sua grade em dois canais pagos, um básico e outro premium. No entanto, como a emissora tem uma parceria antiga com o canal aberto SIC para veicular novelas inéditas, o sinal pago não pode as exibir ao mesmo tempo do Brasil e opta por lançar localmente reprises e novelas que não serão aproveitadas no sinal aberto português.

– Atualmente, a Globo Portugal básica exibe quatro faixas de dramaturgia: 19h (“O Cravo e a Rosa”), 20h (“A Vida da Gente”), 21h (a portuguesa “Laços de Sangue”) e 22h (“A Casa das Sete Mulheres”). Já a versão “premium” do canal exibe novelas antigas em horários alternativos: “Da Cor do Pecado” (às 11 da manhã), “Uga Uga” (às 20h) e “Porto dos Milagres” (à meia-noite), além da atual temporada de “Malhação” e de “Saramandaia”, exibida por lá desde meados de julho.
Pesquisador e produtor de projetos para televisão e cinema, Fábio Mendes traz para o NaTelinha as novidades e destaques das programações televisivas pelo mundo. Fale com ele pelo twitter: @fabio_menDS 

Apesar da audiência morna, “Saramandaia” foi uma novela notável

O casamento de João Gibão (Sérgio Guizé) e Marcina (Chandelly Braz) (Foto: Divulgação/TV Globo)

Ricardo Linhares foi muito feliz com sua adaptação de “Saramandaia” de Dias Gomes – a novela da faixa das onze da noite da Globo, que terminou nesta sexta, 27/09. Ele tomou a história original e manteve a sua essência, sem descaracterizá-la, apenas modernizando-a, trazendo tramas e personagens para os dias atuais com o mesmo vigor. E assim costurou outra novela, tão rica quanto a original.

Assim como Dias construía um microcosmo do Brasil em suas cidades fictícias (Bole-Bole de “Saramandaia”, Sucupira de “O Bem Amado”, Asa Branca de “Roque Santeiro”), também Linhares desenvolveu muito bem esta ideia com a Bole-Bole atual. Usar a telenovela para fazer o telespectador refletir sobre as mazelas de nossa sociedade é um artifício nobre. Dias fazia como ninguém. E Linhares cumpriu seu objetivo a contento.

O momento político atual se fez presente em “Saramandaia”. Se em 1976, a trama fez uma metáfora com a ditadura do Regime Militar que assolava o país, atualmente pudemos reconhecer na história da novela o escândalo do Mensalão e as manifestações populares que tomaram conta de nossas ruas entre junho e julho deste ano.

Muito mais do que levantar a questão política, o grande mérito de Ricardo Linharesfoi usar com muita propriedade o realismo fantástico dos personagens para discutir a intolerância a tudo o que é diferente ou fora da normatividade imposta pela sociedade. Os progressistas que defendiam a mudança do nome da cidade para Saramandaia reivindicavam muito mais do que isso – clamavam pela liberdade de serem diferentes do que é julgado como o normal pela maioria.

João Gibão (Sérgio Guizé) e o Professor Aristóbulo (Gabriel Braga Nunes), baluartes deste movimento, cansaram de viver à margem e “saíram do armário” – expressão fartamente usada na novela que traça um paralelo pertinente com a atual questão gay. Homossexualidade tratada com perspicácia, sem didatismo e sem a necessidade de beijo gay.

Afora as questões sociais, “Saramandaia” já valeria pela mistura de apuro técnico (efeitos especiais dignos de produções hollywoodianas) com beleza estética “timburtoniana”, o que proporcionou alguns momentos emocionantes, de pura fantasia e bom gosto, como o voo de Gibão com sua amada Marcina (Chandelly Braz), a transformação do casal Candinha e Tibério (Fernanda Montenegro e Tarcísio Meira) em árvore, e até a explosão de Dona Redonda (Vera Holtz) e as transformações de Aristóbulo em lobisomem.

Pena que a audiência não acompanhou – ou não pôde acompanhar: o horário ingrato pode ter sido um dos vilões (raramente a novela foi apresentada antes das 23h30). A trama fecha com uma média de 15 pontos no Ibope da Grande São Paulo, considerada modesta quando comparada com a das produções dos anos anteriores (“Gabriela” e “O Astro”, 19). Por um momento, no início da trama, a história priorizou o romance maduro e insosso entre Zico Rosado e Vitória Vilar (José Mayer e Lília Cabral), o que pode ter afastado o telespectador. A novela melhorou quando as discussões políticas e as esquisitices dos moradores de Bole-Bole passaram a ser o centro das atenções.

Bem conduzida (direção geral de Denise Saraceni e Fabrício Mamberti) e com um elenco estelar – com destaque para Sérgio Guizé, José Mayer, Vera Holtz, Matheus Nachtergaele, Gabriel Braga Nunes, Débora Bloch, Fernanda Montenegro e Aracy Balabanian. “Saramandaia” termina como uma novela notável, pela proposta e pelo que exibiu. São Dias deve ter abençoado.

 

Nilson Xavier

Saramandaia 13/09/2013

Aristóbulo pede Risoleta em casamento

Vitória impede Pedro de atirar em Zico. Risoleta conta sua história para Aristóbulo. Pedro esquece da presença de Tibério e revela que Zico é avô do filho de Zélia. Candinha pede para Laura escrever uma mensagem para Stela pedindo para ela voltar.

Vitória avisa a Tibério que contará para Zélia sobre Zico, depois que seu neto nascer. Cazuza discute com Aparadeira. Aristóbulo pede Risoleta em casamento. Encolheu ouve a risada de Redonda e todos ficam apreensivos.Aparadeira pensa em armar contra Gibão. Helena afirma a Zico que se vingará dele e de Vitória. Pupu e Belisário parabenizamAristóbulo e Risoleta pelo casamento.

Gibão e Marcina namoram. Zico não percebe o desinteresse de Carlito em seus planos políticos. Uma flor nasce no local onde Redonda explodiu, e Encolheu fica emocionado. Aparadeira faz uma cópia da chave da loja de Gibão. Vitória tenta tranquilizar Zélia. Risoleta avisa a Vitória que o carro de Helena está indo em sua direção.

Saramandaia 11/09/2013

Laura confirma a Helena que Vitória é a amante de Zico

Vitória e Zico se beijam. Encolheu se convence de enterrar a esposa. Aristóbulo afirma a Risoleta que vai ajudá-la com sua filha. Zico decide tentar se aproximar de Zélia. Candinha resolve contar a verdade para a bisneta sobre Risoleta. Stela combina sua fuga com Tiago. Tibério descobre os planos de seu neto e fica orgulhoso. Laura convence Risoleta a impedir Zico de mandar Stela para longe de Saramandaia. Candinha e Helena descobrem um grande formigueiro dentro de casa. Firmino vai atrás de Stela. Zico fala para Vitória que não pretende aceitar o romance de sua neta com Tiago. Firmino persegue o carro de Tiago e Stela, que capota causando um grave acidente. Laura chega com Risoleta à fazenda Rosado, e Helena teme que a neta se revolte contra ela. Aparadeira expulsa Gibão do cortejo de dona Redonda. Laura confirma a Helena que Vitória é a amante de Zico. Lua teme que Zélia saiba o que aconteceu com Tiago. Aparadeira pede ajuda a Fifi para separar Gibão de Marcina. Zico vai à fazenda dos Vilar, e Pedro o ameaça.

Saramandaia 11/09/2013

Stela decide fugir com Tiago

Aristóbulo e Risoleta se beijam. Pupu e Belisário temem que o filho se transforme em lobisomem. Lua exige que Vitória conte a verdade sobre Zico para Zélia. Encolheu diz a Bia que só vai enterrar a esposa quando achar todos os seus pedaços. Risoleta mostra a Pupu e Belisário que Aristóbulo conseguiu dormir em sua cama. Os moradores de Saramandaia temem ser atacados por urubus. Vitória afirma a Cleide que não voltará a se envolver com Zico. Stela decide fugir com Tiago, depois de ser proibida pelo avô de ver o rapaz. Zico fala para Vitória que foi a São Paulo para vê-la

Saramandaia 10/09/2013

Aristóbulo se despede do espírito de Adélia

Zico encara Vitória sem que Helena perceba. Lua tenta disfarçar para Zélia a irritação com sua sogra. Vitória estranha o comportamento de seu pai. Candinha pede para Tiago arrumar outro encontro com Tibério. Zico discute com Gibão. Encolheu se emociona com o discurso de Aristóbulo no velório de Dona Redonda. Risoleta avisa a Rosalice e Doralice que vai conversar com o professor sobre Adélia. Rochinha fala para Aristóbulo ir para casa. Carlito sugere que Zico proponha fazer um novo plebiscito. Risoleta revela a Aristóbulo o motivo do falecimento de Adélia. Firmino encontra Tiago saindo do quarto de Stela e avisa a Zico. Candinha conta para o filho sobre o romance com Tibério. Zico marca de se encontrar com Vitória. Rochinha pede Laura em casamento. Aristóbulo se despede do espírito de Adélia e procura Risoleta.