Flávio Ricco divulga nomes confirmados no elenco da novela Os Dias Eram Assim

Bandeira do Chile

 

Próxima das 11
Sophie Charlotte, Daniel de Oliveira, Renato Góes, Natália do Vale, Susana Vieira, Antônio Calloni, Cássia Kis, Marcos Palmeira, Maria Casadevall e Gabriel Leone são os nomes confirmados na próxima novela das 11 da Globo, “Os Dias Eram Assim”.

As gravações começam segunda-feira no Chile.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Confira mais 3 convidados para o especial Chico Eterno da TV Verdes Mares

 

Boni, Milton Gonçalves e Marcos Palmeira também gravaram depoimentos para o “Chico Eterno”, produção da TV Verdes Mares.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco comenta que Dira Paes queimou seu filme ao participar da novela Babilônia

Foi totalmente dispensável a participação de Dira Paes em “Babilônia”…
… Não foi boa para a novela e muito menos para a atriz. É necessário buscar melhores alternativas para salvar aquele núcleo do Marcos Palmeira e Arlette Salles…
… E também o do Gabriel Braga Nunes, Maria Clara Gueiros e companhia bela.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Rede Globo erra na abertura de “Babilônia” ao excluir parte do elenco

A Globo está errando feio na abertura de “Babilônia”. A se levar por ela, devemos entender que na novela só existem Glória Pires, Adriana Esteves e Camila Pitanga, porque só as três aparecem ou só elas merecem destaque.

Figuras como Fernanda Montenegro, Nathália Timberg, Sophie Charlotte, Cássio Gabus Mendes, Bruno Gagliasso, Gabriel Braga Nunes, Thiago Fragoso, Marcos Palmeira, Rosi Campos e todos os demais foram simplesmente esquecidos. Só créditos de nome. É quase um crime.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Camila Pitanga interpreta mocinha destemperada: ‘Briga pelo que acredita

Intérprete de Diogo, irmão de Regina, Thiago Martins faz convite especial!

Camila Pitanga interpreta Regina, e promete entrar na briga e responder à altura das vilãs Beatriz e Inês (Foto: Felipe Monteiro/Gshow)

Camila Pitanga interpreta Regina, e promete entrar na briga e responder à altura das vilãs Beatriz e Inês (Foto: Felipe Monteiro/Gshow)

No meio do seu novo conflito das 9, a mocinha da novela não poderia ficar para trás e ser o tipo que leva desaforo. Regina, personagem de Camila Pitanga, promete mostrar que ambição e honestidade podem andar lado a lado, mas que ninguém precisa abaixar a cabeça para ser do bem. “Eu estou emprestando o meu corpo e a minha alma para uma mulher guerreira, vibrante, que tem uma família muito amorosa, briga pelo que acredita, é destemperada, uma mulher indomada, mas também muito amorosa e doce. Ela vai duelar com Beatriz (Gloria Pires) e Inês(Adriana Esteves): duas mulheres inescrupulosas que vão atrapalhar muito a vida dela”, resume a atriz, que também comemora a oportunidade de estar “chegando na vida” dos autores consagrados que escrevem Babilônia.O núcleo que representa a família de Regina, a qual Camila se refere, traz a estreante Vírginia Rosa, no papel de Dora, a pequena Sabrina Nonata, intérprete de Júlia, e Thiago Martins, que dá vida ao atleta Diogo. O ator mudou a alimentação e a rotina de treinos e já perdeu 14kg para o personagem. No vídeo ele faz um convite especial: “Assistam a novela, vocês vão adorar!”.Escrita por Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga, Babilônia tem direção geral e de núcleo de Dennis Carvalho e direção geral de Maria de Médicis.

GSHOW

Dennis Carvalho aproveita coletiva e dá bronca no elenco de “Babilônia”

Dennis Carvalho aproveita coletiva e dá bronca no elenco de "Babilônia"

Dennis Carvalho ao lado da protagonista Glória Pires – Foto: Divulgação/TV Globo

Na última quarta-feira (25), aconteceu a coletiva de imprensa da novela “Babilônia“, nos estúdios da Globo no Rio de Janeiro.

Segundo informações da coluna Outro Canal, o diretor Dennis Carvalho aproveitou que todo o elenco estava reunido para deixar bem claro alguns recados.

Bem direto, Dennis avisou que não aceitará atrasos dos atores para as gravações. “E não adianta botar a culpa no trânsito do Rio”, disse ele. O diretor ainda falou que não quer ver artistas com os roteiros nas mãos. “Ator tem que vir com texto decorado, é obrigação, não quero ninguém lendo na hora de gravar”, bradou.

Por fim, ele deu deu bronca sobre os atores que reclamam e fazem pedidos sobre seus personagens durante a trama. “Querem mandar emails para mim, para os autores, podem mandar, mas não podemos ficar respondendo, né gente?”, finalizou.

“Babilônia” tem autoria de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga. Em seu elenco, estão nomes como  Camila Pitanga, Glória Pires, Adriana Esteves, Thiago Fragoso, Gabriel Braga Nunes, Marcos Palmeira, Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg, Cássio Gabus Mendes, Arlete Salles, Maria Clara Gueiros, Thiago Martins, Chay Suede, Bruno Gagliasso e Sophie Charlotte, entre outros.

A novela estreia no dia 16 de março, substituindo “Império” na faixa das 21h.

NaTelinha

14 anos atrás , Porto dos Milagres estreava na Rede Globo

Livre adaptação de Mar Morto A Descoberta da América Pelos Turcos, do escritor Jorge Amado, Porto dos Milagres se sustenta em uma trama política que contrapõe o simplório pescador Guma (Marcos Palmeira), um representante do povo, ao poder exercido pelo inescrupuloso Félix (Antonio Fagundes) e sua ambiciosa mulher, Adma (Cássia Kiss). A história contemporânea transcorre na fictícia cidade de Porto dos Milagres, localizada na região do Recôncavo Baiano e formada por duas classes sociais distintas: a burguesia porto-milagrense com suas famílias tradicionais, instaladas na parte alta da cidade, e os moradores pobres do cais do porto, habitantes da parte baixa. A base da economia local é a pesca, mas a cidade também é uma das entradas de contrabando do país. A mitologia e a religiosidade estão presentes na trama através da figura de Iemanjá, a “rainha do mar”, padroeira de Porto dos Milagres e que, de forma fantástica, exerce influência na vida dos habitantes. Como outras histórias de Aguinaldo SilvaRicardo Linhares, a novela tem muitas cenas de realismo fantástico.

Félix e Adma são vigaristas que vivem foragidos na Espanha desde que Félix vendeu ilegalmente parte das terras do pai, deixadas como herança para ele e seu irmão gêmeo Bartolomeu (também Antonio Fagundes). Durante uma fuga, após aplicar mais um de seus golpes, Félix encontra uma cigana, que profetiza que ele vai atravessar o mar e ser rei. Ele e Adma concluem que tal profecia só pode se concretizar no Brasil e decidem voltar ao país. Quando chegam a Porto dos Milagres, descobrem que Bartolomeu se transformou no homem mais poderoso da cidade. Adma, então, envenena o cunhado à revelia do marido, e Félix assume o lugar do irmão. O que os dois ignoram é que Bartolomeu tem um herdeiro. Ele teve um filho com a prostituta Arlete (Letícia Sabatella), que procura Félix para lhe apresentar o menino. Adma recebe Arlete e, sem contar nada ao marido, manda o capataz Eriberto (José de Abreu) matar a prostituta e seu filho. Eriberto vira o braço direito de Adma, por quem é apaixonado, e, a mando dela, mata outras pessoas ao longo da trama.

Eriberto leva Arlete e o menino para alto-mar, mas, antes que possa fazer alguma coisa, a mãe coloca o cesto com o bebê na água e se atira. Uma forte onda faz com que o cesto navegue nas águas revoltas, protegido por forças sobrenaturais, sendo guiado até outro barco. Nesta embarcação, estão o pescador Frederico (Maurício Mattar) e sua mulher Eulália (Cristiana Oliveira), que está prestes a dar à luz. Frederico é um dos pescadores que, para melhorar o sustento da família, está envolvido nos negócios de contrabando de Bartolomeu. O filho de Eulália nasce morto, e Frederico, ao ver o cesto e ouvir o choro da criança, pega o bebê e mostra à mulher, como se ele fosse seu filho. Eulália diz que ele vai se chamar Gumercindo e morre em seguida. Desolado, Frederico promete o menino a Iemanjá – assim como Arlete já fizera –, e é dessa forma que o filho de Bartolomeu, herdeiro legítimo de sua fortuna, vai parar na comunidade de pescadores. Anos depois, Frederico entra no mar para tentar salvar o irmão, o pescador Francisco (Tonico Pereira), e desaparece. Gumercindo acaba sendo criado por Francisco e a mulher, Rita (Joana Fomm). Conhecido como Guma (Marcos Palmeira), e ignorando sua verdadeira origem, ele se transforma em um líder respeitado na cidade baixa.

Outra história que remonta ao passado é a da menina Lívia (Flávia Alessandra), sobrinha de Augusta Eugênia Proença de Assunção (Arlete Salles), a mulher mais influente da alta sociedade de Porto dos Milagres. Lívia é filha de Laura (Carolina Kasting), que abriu mão do dinheiro da família para viver com o pescador Leôncio (Tuca Andrada). Augusta Eugênia nunca se conformou com a escolha da irmã e acabou provocando, indiretamente, a morte de Laura e seu marido, ao denunciar o cunhado à polícia por fazer contrabando. Ao saber do plano para prejudicar Leôncio, Laura foi atrás dele, e o casal morreu em uma explosão do barco, após uma perseguição policial. Lívia foi criada no Rio de Janeiro por Leontina (Louise Cardoso), outra irmã de Laura. A moça volta a Porto dos Milagres em companhia do namorado Alexandre (Leonardo Brício), filho de Adma e Félix. Na Bahia, ela conhece Guma, e os dois se apaixonam, mas encontram muitas dificuldades de concretizar esse amor, pois pertencem a mundos diferentes. Além de enfrentarem a hostilidade de Alexandre, que não se conforma em perder Lívia para Guma, e também de Augusta Eugênia, que quer ver a sobrinha casada com o herdeiro de Félix, os dois têm que lidar com as armações da sedutora Esmeralda (Camila Pitanga), moça da cidade baixa apaixonada pelo pescador.

Uma das personagens de destaque de Porto dos Milagres, e cuja história se relaciona à trama principal, é Rosa Palmeirão (Luiza Tomé), irmã de Arlete e Cecília (Luiza Curvo). Na primeira fase da novela, no dia de seu casamento com Otacílio (Eduardo Galvão), ela é condenada a 20 anos de prisão pelo assassinato do coronel Jurandir de Freitas (Reginaldo Faria). A moça mata o coronel porque ele violentou Cecília, que se suicidou em seguida. Rosa deixa a cadeia na segunda fase da novela, quando sua valentia já a transformou em uma lendária personagem de cordel. Ela volta à cidade disposta a descobrir o paradeiro do filho de Arlete, abre um bordel e lá conhece e se apaixona por Félix, sem saber de seu envolvimento no desaparecimento da irmã e do sobrinho.

Na reta final de Porto dos Milagres, Félix tenta matar Guma, mas acaba se rendendo ao pescador, implorando que ele salve seu filho Alexandre, que arrasta Lívia para o alto-mar, disposto a morrer com ela. Guma, mais uma vez, enfrenta as águas do mar para salvar o primo e a amada. Os dois são salvos, mas Guma não sobrevive. Esmeralda, então, em um final redentor para a personagem, dá a sua própria vida a Iemanjá para salvar a de Guma. Ela vira mãe de santo, e Guma, salvo, casa-se com Lívia, com quem tem um filho.

Abandonada por Félix após tudo o que fez pelo marido, Adma morre do próprio veneno: ela envenena uma bebida para dar a Eriberto, que percebe a artimanha e troca as taças. Em seguida, o capataz também toma a bebida, morrendo ao lado da mulher que sempre amou. Félix, eleito governador, é morto por Rosa Palmeirão no dia da cerimônia de sua posse. Após uma curta passagem de tempo, Guma é eleito o novo prefeito da cidade, marcando o início de uma nova era em Porto dos Milagres.

 

 

Fonte : Memória Globo

A Noite da Virada entra em cartaz hoje

Entra em cartaz nesta quinta-feira nos cinemas a comédia “A Noite da Virada”, que marca a estreia de Julia Rabello como protagonista. Ela e Paulo Tiefenthaler são donos de uma casa em que acontece toda a ação do filme, durante uma festa de réveillon,principalmente no banheiro. Também no elenco Luana Piovani, Marcos Palmeira, Luana Martau, Taumaturgo Ferreira, Rodrigo Sant’anna, Martha Nowill e Alexandre Frota, entre outros.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Globo confirma data de estreia do Junto e Misturado

 

Informação dada pela coluna agora é confirmada pela Globo.O humorístico “Junto & Misturado”, em 5 episódios, será exibido a partir do dia 1º de dezembro, depois do “Fantástico”.

No elenco, Bruno Mazzeo, Fabíula Nascimento, Marcelo Médici, Débora Lamm, Gabriela Duarte, Luiz Miranda, Fernanda de Freitas, Kiko Mascarenhas, Marcos Palmeira, Letícia Isnard e Heloisa Périssé.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Saramandaia 13/09/2013

Aristóbulo pede Risoleta em casamento

Vitória impede Pedro de atirar em Zico. Risoleta conta sua história para Aristóbulo. Pedro esquece da presença de Tibério e revela que Zico é avô do filho de Zélia. Candinha pede para Laura escrever uma mensagem para Stela pedindo para ela voltar.

Vitória avisa a Tibério que contará para Zélia sobre Zico, depois que seu neto nascer. Cazuza discute com Aparadeira. Aristóbulo pede Risoleta em casamento. Encolheu ouve a risada de Redonda e todos ficam apreensivos.Aparadeira pensa em armar contra Gibão. Helena afirma a Zico que se vingará dele e de Vitória. Pupu e Belisário parabenizamAristóbulo e Risoleta pelo casamento.

Gibão e Marcina namoram. Zico não percebe o desinteresse de Carlito em seus planos políticos. Uma flor nasce no local onde Redonda explodiu, e Encolheu fica emocionado. Aparadeira faz uma cópia da chave da loja de Gibão. Vitória tenta tranquilizar Zélia. Risoleta avisa a Vitória que o carro de Helena está indo em sua direção.