Jurados do “Ídolos” têm papéis diferentes e bem definidos

Marcos Mion no Estádio do Canindé, em São Paulo, para a última fase de audição da temporada 2012 de Ídolos (14/7/12)

Marcos Mion no Estádio do Canindé, em São Paulo, para a última fase de audição da temporada 2012 de Ídolos (14/7/12)

O “Ídolos”, com a novidade do Marcos Mion na sua apresentação, em vez do Rodrigo Faro como sempre foi, estreia logo após o encerramento da “Fazenda”. Mas a direção da Record ainda guarda segredo sobre essa data, tentando com isso confundir as suas concorrentes mais próximas. A outra diferença de agora será o comportamento dos jurados escolhidos, já com os seus “personagens” montados e funções bem definidas. Marco Camargo, único remanescente de outras edições, continuará no papel do “linha dura”, o mais severo de todos, e com a responsabilidade de entrar nos detalhes de cada um. Supla, em seu estilo, será aquele de quem tudo pode se esperar, especialmente do seu lado comédia. Há uma aposta muito forte em cima dele. E, por último, também dentro das suas características, Fafá de Belém vai investir na emoção. Se aparecer chorando, ainda melhor. O script está pronto, resta esperar pelo bom desempenho de todos.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Novidades sobre o Ídolos 2012

Para o pessoal do “Ídolos”, depois de Porto Alegre, agora só falta a audição em São Paulo, que começa neste próximo sábado.
As gravações do “Ídolos Kids” também já começaram.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“Ídolos” reúne 11 mil candidatos em Porto Alegre

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120710172834.jpg

Neste último final de semana, o “Ídolos” realizou uma audição em Porto Alegre, no ginásio Gigantinho. 

O apresentador Marcos Mion conversou com os candidatos na fila, ouviu suas histórias e curiosidades. Ao todo, 11 mil jovens se inscreveram para a audição na capital gaúcha. Os jurados Fafá de Belém, Supla e Marco Camargo avaliaram alguns candidatos.
 
O reality show começou a fase das audições desta temporada em Salvador, com mais de 18 mil inscritos, e depois seguiu para Goiânia, onde concentrou mais de 11 mil inscritos. No Rio de Janeiro foram cerca de 25 mil pessoas. 
 
Com Porto Alegre, o programa já soma 65 mil inscrições. Esse número parcial é maior do que o total de inscrições realizadas na temporada do ano passado, que teve 49 mil.
 
O programa encerra a fase das audições em São Paulo, no próximo sábado (14). Jovens entre 15 e 30 anos podem participar e o prêmio será de R$ 500 mil.
 
A nova temporada do “Ídolos” estreia no segundo semestre, na Record.
 
NA TELINHA

“Ficamos mais exigentes”, diz diretora do “Ídolos” sobre nova temporada

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120609161706.jpg

Aconteceu em Salvador (BA), neste sábado (09), a primeira audição da quinta temporada do reality-show “Ídolos”, da Record. 

Nesta fase, os candidatos passarão por uma peneira, quando sairão os primeiros selecionados, que depois participam de uma nova seleção e viajam para São Paulo.
 
O NaTelinha esteve no primeiro (de um total de quatro) dia do evento, que contou com a presença de cerca de 6 mil pessoas, das 18 mil inscritas. Boa parte do público deve estar presente nos próximos dias, já que a peneira acontece até a próxima quarta-feira (13).
 
A diretora do programa, Fernanda Telles, conversou com a nossa equipe. Segundo ela, muita coisa mudou desde 2008, ano da primeira temporada do “Ídolos” na Record. “A gente ficou mais exigente em relação ao talento. Mais preparado para entregar melhor o show para quem está em casa. Acho que a gente consegue perceber melhor, ter mais sensibilidade… melhorou em muitos aspectos”.
 
“Esse ano tem jurados novos, apresentador novo, Supla, Fafá de Belém… Isso vai fazendo com que o programa fique mais difícil. Mais difícil no que se diz respeito ao nível. O telespectador espera isso também”, contou Fernanda.
 
A diretora comentou ainda o fato de Marcos Mion estar estreando no comando da atração, no lugar de Rodrigo Faro. “Foi uma decisão da Record, uma decisão de programação e artística. A gente ficou muito contente com isso, adoramos o trabalho do Rodrigo, mas Mion é muito bem-vindo”, disse ela ao NaTelinha.
 
E continuou falando sobre a mudança de apresentador. “Claro que a mudança não estava programada, mas o Mion está mandando muito bem. As expectativas são enormes”, disse.
 
Gente de quase todos os lugares do nordeste compareceu neste sábado. As outras audições do programa acontecem em Goiânia, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.
 
O “Ídolos” estreia em setembro na Record.
 
NA TELINHA