Corinthians 2 x 0 Fluminense

Com festa, Corinthians vence o Flu, que tem gol mal anulado em São Paulo

Torcida festeja os 105 anos do clube, equipe de Tite joga bem e faz 2 a 0 com Marciel e Ralf. Bandeira marca impedimento errado, e Tricolor perde a terceira seguida.

Dia de festa na Arena Corinthians. Antes do jogo, a torcida comemorou os 105 anos do clube com bonitas homenagens a ex-jogadores na arquibancada. A euforia não cessou, e o time deu motivos para isso. O Timão venceu o Fluminense por 2 a 0, com gols de Marciel e Ralf, e viu seu concorrente ao título – Atlético-MG, se distanciar na tabela. O Tricolor sofreu com um gol mal anulado pelo árbitro no início do segundo tempo, quando o placar estava 1 a 0 para os anfitriões. Mas não teve jeito. Aniversário foi completo, e os alvinegros mantém cada vez mais vivo o sonho do hexa no Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Corinthians vai a 49 pontos e abre vantagem ainda maior – sete pontos – sobre o Atlético-MG, segundo colocado, que foi derrotado pelo Atlético-PR em Minas Gerais. Já o Fluminense permanece em sétimo, com 33. Na próxima rodada, a equipe alvinegra joga o clássico com o Palmeiras, na arena do rival, domingo, às 16h (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Tricolor enfrenta o Flamengo no Maracanã.

Corinthians x Fluminense Comemoração (Foto: Mar)
Jogadores do Corinthians comemoram o gol de Ralf, o segundo da vitória alvinegra
(Foto: Marcos Ribolli)

Logo aos quatro minutos, o Corinthians mostrou à sua torcida que estava disposto a retribuir a festa feitas nas arquibancadas. Foi em uma bobeira de Jean e Edson – os volantes acabaram armando o contra-ataque para o adversário – que Jadson tocou para Marciel tirar facilmente Edson da jogada e chutar no canto esquerdo de Cavalieri. Com um gol garantido, o Timão foi para cima. A facilidade da troca de passes era visível, e Malcom quase ampliou duas vezes: a primeira, de cobertura, a segunda parou no goleiro tricolor. O Fluminense assustou apenas com Gerson, que finalizou para fora após jogada de Wellington Paulista.

O Flu voltou mais animado para o segundo tempo. Aos 10, Cícero balançou as redes, e o auxiliar marcou impedimento. Wellington Paulista, em posição irregular, estava próximo à jogada, mas o meia tricolor tinha condição legal. O Corinthians marcou o segundo gol depois que Antônio Carlos fez falta em Malcom na lateral da área. Jadson cruzou, e Ralf subiu para fazer de cabeça, garantindo a vitória alvinegra.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Guarany de Sobral 1 x 1 Horizonte

Cacique empata, avança pra semifinal e garante vaga na Série D do Brasileiro.

 

O time do Guarany de Sobral comemorou duplamente o empate por 1 a 1 contra o Horizonte, ontem, à tarde, no estádio Domingão, em partida válida pela última rodada do hexagonal do Estadual 2014. O resultado garantiu o Cacique do Vale na semifinal e, de quebra, levou a equipe dotécnico Vladimir de Jesus à Série D do Brasileiro.

Os gols do confronto entre horizontinos e sobralenses foram anotados por Marciel, que abriu o placar para o Galo, mas Thiago Furlan empatou e garantiu a festa do Bugre na casado rival.

O time da Princesa do Norte, que fechou o hexagonal final do Cearense com 13 pontos e em 3º lugar, pega o Ceará na fase semifinal do Campeonato Estadual.

 

Diário do Nordeste – Jogada – 31.03.2014

Fortaleza 3 x 2 Horizonte

Robert é saudado pelos companheiros de banco após marcar mais um gol. Atacante chegou aos 19 gol até aqui na temporada, sendo atualmente o artilheiro do Brasil. (Fotos: Nodge Nogueira)

O Fortaleza venceu o Horizonte por 3 a 2 nesta quarta feira à noite no PV, e garantiu a primeira colocação também na segunda fase do Estadual 2014. Robert duas vezes e Paulinho marcaram para o Leão. Marciel e Ramon descontaram para o Galo.

Com o resultado o Tricolor de Aço foi a 21 pontos, não podendo mais ser alcançado por ninguém ao final do hexagonal que define os quatro semifinalistas do certame.

A primeira colocação também deixa o Leão com direito a jogar por dois resultados iguais nas semifinais. O próximo compromisso será no domingo, 16 horas, na Arena Castelão, pela última rodada da fase intermediária da competição.

Com os dois gols marcados no jogo de hoje, Robert chegou aos 19 gols, disparado na artilharia do Estadual, e se destacando como artilheiro do Brasil na atual temporada.

1º tempo

No primeiro minuto de jogo, o Fortaleza já levou perigo à meta de Jefferson. Pela esquerda, Adalberto recebeu e cruzou rasteiro para Paulinho, que dominou mas não acertou o chute. O Horizonte respondeu logo em seguida, mas Luis Henrique defendeu.

O Leão se apresentava mais organizado em campo e tinha total domínio do jogo. Aos 12 minutos, Edinho perdeu a oportunidade de abrir o placar. Walfrido meteu para o meia na intermediária, ele carregou em velocidade até dentro da área e bateu para o gol, mas Jefferson defendeu.

Com velocidade e qualidade o Fortaleza rondava constantemente a meta de Jéfferson. O gol tricolor estava amadurecendo, e saiu aos 21 minutos. Em cobrança de escanteio de Marcelinho Paraíba, Robert desviou de cabeça para o fundo das redes. Fortaleza 1 a 0.

Em vantagem no placar o Leão continuou pressionando, e aos 27 minutos Paulinho, que pela primeira vez iniciou como titular com a camisa do Leão, ampliou o placar. Em jogada individual de Tiago Cametá pela direita, o lateral passou por dois zagueiros e enfiou na medida para o jovem atacante, que chutou cruzado sem chance para o goleiro. Fortaleza 2 a 0.

Mesmo com a boa vantagem no marcador o Leão queria mais, e perdeu algumas oportunidades. Já o Horizonte que apenas se defendia, foi premiado com um pênalti duvidoso marcado pelo árbitro Edson Galvão, que interpretou como toque um lance típico de bola na mão do lateral tricolor Adalberto. Marciel cobrou aos 40 minutos e diminuiu. 2 a 1.

Aos 42 minutos, um vacilo da zaga leonina permitiu o empate. Em cobrança de falta de Diego Palhinha pela direita, na intermediária, bate rebate dentro da área, a bola sobrou para Ramon que chutou para empatar. 2 a 2. Resultado altamente injusto pelo apresentado em campo.

O Leão continuou melhor até o final do 1º tempo, porém não conseguiu desempatar, enquanto isso nas arquibancadas, a torcida tricolor protestava contra a arbitragem.

2º tempo

Assim como na etapa inicial, o Fortaleza voltou com maior ofensividade para a etapa complementar. Logo no início do 2º tempo o Tricolor teve chances de desempatar com Edinho e Robert, mas as investidas não foram concretizadas. Era um jogo que se desenvolvia praticamente de um lado do campo.

Na pressão constante do tricolor, aos 28 minutos, Paulinho perdeu outra chance de desempatar. Marcelinho Paraíba soltou uma bomba da intermediária, Jefferson não conseguiu defender e no rebote Paulinho chutou, mas a bola passou por cima. Após esse lance, o goleiro Jefferson parou o jogo por cerca de 4 minutos, alegando ter sido atingido pelo atacante tricolor.

Aos 44 minutos, Paulinho perdeu a chance de fazer o 3º gol, em bate rebate na área, Marcelinho Paraíba tocou para Paulinho e ele chutou, mas Jefferson novamente fez bela defesa.

No último minuto de jogo, com o Tricolor partindo todo para o ataque veio o castigo para o Galo do Tabuleiro, que abusava de gastar o tempo e catimbar o jogo. Romarinho entrou na área driblando e foi derrubado por Ramon. Penalti indiscutível. E o artilheiro do Brasil, Robert converteu com categoria. Fortaleza 3 a 2.

Após o apito final, jogadores do Horizonte foram tomar satisfações com o árbitro e com jogadores do Fortaleza, provocando um grande tumulto em campo, sendo necessária intervenção policial e dos seguranças do Leão, que foram retirar os atletas tricolores da confusão.

Com o resultado, a equipe de Chamusca completou 25 jogos sem perder na temporada.

A reapresentação do elenco acontece nesta quinta feira à tarde, no Pici. Quando será iniciada a preparação para o Clássico Rei.

 

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO FEC
Jornalistas: Nodge Nogueira/Raissa Feijó

Horizonte 3 x 1 Fluminense

arte

Antes da bola rolar no estádio Domingão, para Horizonte e Fluminense, o técnico do Galo do Tabuleiro dizia que era necessário ter coragem na marcação e atitude com a bola no pé, e foi exatamente isso que a equipe horizontina fez na noite de ontem. Superando o revés acachapante de 5 a 1 para o Ceará, pelo Campeonato Cearense, o Horizonte mudou a fita e teve atuação digna no triunfo por 3 a 1 contra o Tricolor das Laranjeiras, em partida válida pela Copa do Brasil.

Com a vitória, o time cearense pode até perder por um gol de diferença, no dia 10 de abril, no Maracanã, no Rio de Janeiro, para se classificar. A derrota por dois gols de diferença além do 3 a 1 também dá a vaga ao Galo.

No duelo de ontem, o único desfalque horizontino foi o atacante André Cassaco. Já do lado tricolor, o destaque foi para a primeira vez em que Walter e Fred começaram uma partida juntos no Flu.

O jogo

Antes do apito inicial, foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem a Bellini, capitão da Seleção Brasileira campeã do mundo em 1958, falecido no início da noite de ontem.

Após a bola rolar, o Horizonte não demorou para mostrar suas pretensões. Logo aos 3 minutos, Dico mandou um petardo de longe, mas bola foi para fora. Aos 12, no entanto, a mira calibrada garantiu o primeiro gol do jogo. O atacante recebeu passe da direita, fez bela triangulação e balançou a rede: 1 a 0.

O Flu, no entanto, frustrou a torcida do Galo do Tabuleiro dois minutos depois. Aos 14, Walter se livrou da marcação e cruzou para Conca, livre, deixar tudo igual.

Na etapa complementar, o jogo perdeu em emoção e o Tricolor em volume de jogo. Melhor para o Horizonte, que com gol marcado aos 18 voltou a ter vantagem no duelo. Marciel aproveitou assistência de Dico para chutar cruzado e fazer.

O tento que deu números finais ao jogo saiu aos 45. Jajá recebeu belo passe na frente, sozinho e finalizou rasteiro, sem dar chance ao goleiro Diego Cavalieri, que não alcançou: 3 a 1.

Eduardo Buchholz

Repórter

arte

 

 

Diário do Nordeste – Jogada – 21.03.2014

 

 

 

 

Ceará 5 x 1 Horizonte

O meio-campista Souza abriu o placar do jogo com um belo chute, que acertou o ângulo

O meio-campista Souza abriu o placar do jogo com um belo chute, que acertou o ângulo
(Foto: Divulgação/CearaSC.com)

A tarde de futebol deste domingo, 16/03, começou com um golaço marcado por Souza e foi e concluída com mais um bonito gol, desta vez, marcado pelo estreante Felipe Amorim. Estes foram apenas dois dos cinco gols marcados pelo Vovô na goleada diante do Horizonte, pela sexta rodada do hexagonal do Campeonato Cearense 2014.

O primeiro tempo começou com o Vozão quase marcando. No primeiro minuto, Hélder Santos chutou de fora da área e Jéfferson espalmou. Dois minutos depois, Magno Alves recebeu lançamento de Souza e chutou cruzado, porém, a zaga fez o corte e a bola ainda bateu na trave antes de sair.

O gol do Mais Querido foi marcado aos 18 minutos, quando Souza recebeu de Tadeu e acertou um belo chute no ângulo direito de Jéfferson, que nada pôde fazer.Aos 24 minutos, o artilheiro Magno Alves quase ampliou, mas a finalização saiu rente à trave esquerda, levando muito perigo.

A primeira finalização do Horizonte surgiu aos 26 minutos, quando Douglas cabeceou, porém, mandou longe do gol de Jaílson. Na sequência, Jajá chutou de fora da área, mas mandou pelolado esquerdo. Com 33 minutos, o Alvinegro ampliou. Ricardinho recebeu na entrada da área e chutou forte, porém, a bola desviou na zaga e bateu na trave. No rebote, Tadeu mandou para o fundo do gol e fez 2 x 0.

Melhor em campo, o Vovô não parou de atacar e o terceiro gol quase saiu aos 36 minutos, quando Tadeu recebeu lançamento de Souza, driblou o goleiro e chutou rasteiro, no entanto, ozagueiro do Horizonte salvou em cima da linha. Ricardinho e Assisinho ainda tiveram mais duas chances, mas não conseguiram marcar.

O Horizonte respondeu aos 48 minutos, quando Fabinho cruzou para a área com perigo, mas viu Sandro fazer bom corte. No último minuto, Jaílson saiu jogando e fez lindo lançamento para Assisinho, que ganhou na velocidade e tocou para Ricardinho. O camisa 8 do Vovô dominou e chutou rasteiro, acertando o canto direito, decretando o placar do primeiro tempo em 3 x 0.

A etapa final começou com o Vozão tentando o quarto gol, mas na primeira chance, Tadeu cabeceou para fora, desperdiçando boa chance. Em seguida, Tadeu caiu na área, mas a arbitragem nada marcou. Aos dez minutos, Diego Palhinha lançou para Marciel, que driblou Jaílson e mandou para as redes, diminuindo.

Mesmo após sofrer o gol, o Ceará seguiu mais tranquilo em campo e quase marcou com Assisinho, que recebeu cruzamento de Ricardinho e cabeceou para fora. Com o intuito de darmais velocidade ao time, o técnico Sérgio Soares colocou Felipe Amorim e Michel nas vagas de Magno Alves e Souza, respectivamente.

As alterações deram resultados e aos 27 minutos, Felipe Amorim lançou para Assisinho, que chutou cruzado. A bola sobrou para Tadeu, que não chutou no primeiro momento e a zaga conseguiu fazer o corte na sequência. O quarto gols dos alvinegros saiu aos 38 minutos, quando Ricardinho arriscou de fora da área e mandou no canto direito de Jéfferson, que não alcançou.

O gol deixou o Ceará mais tranquilo em campo. Sérgio Soares colocou Marcos na vaga de Assisinho e aos 43 minutos, o lateral-direito mandou bom cruzamento para Ricardinho, que finalizou de cabeça, porém, o goleiro Jéfferson salvou os visitantes. Um minuto depois, Samuel Xavier lançou para Michel, que tentou encobrir o goleiro, mas mandou por cima.

Já nos acréscimos, precisamente aos 48 minutos, Felipe Amorim fez grande jogada, deu um chapéu na marcação, tabelou com Tadeu e chutou por cobertura. A bola encobriu Jéfferson e o estreante da noite ainda voltou a finalizar para as redes, garantindo a goleada por 5 x 1, no Castelão.

O resultado leva a equipe cearense aos nove pontos conquistados na tabela do Campeonato Cearense 2014. Agora, o grupo volta seus pensamentos para a Copa do Nordeste, afinal, na próxima quarta-feira, 19/03, o Vovô vai encarar o América/RN, fora de casa, no jogo de volta. A reapresentação geral do time será amanhã à tarde, às 15h30min.

Site do Ceará Sporting Club

Horizonte 2 x 1 Ceará

Alvinegro foi dominado pelo Horizonte durante praticamente toda a partida

Horizonte-Ceara

Horizonte pressionou o Ceará desde os minutos iniciais da partida
CID BARBOSA
O Ceará não jogou bem e foi derrotado pelo Horizonte por 2 a 1, na tarde deste domingo (2), no Estádio Domingão. O Vozão abriu o marcador com Souza, de pênalti, mas Marciel e André Cassaco viraram para o Galo do Tabuleiro, melhor na partida.
Primeiro tempo com muitos cartões acaba empatado
Logo no início do jogo, quando o time mandante estava melhor na partida, uma bola rebatida na grande área do Horizonte resultou em pênalti, aos 7 minutos. Souza bateu a penalidade no canto,sem chance para Jéfferson.
Passado o susto, o Horizonte se recuperou e voltou a comandar as principais ações ofensivas da partida. André Cassaco quase marcou de bicicleta, em bate-rebate na área do Ceará, aos 19 minutos. Cinco minutos depois foi a vez de Marciel assustar, com cobrança de falta na trave de Luís Carlos.
A insistência do Galo do Tabuleiro resultou no gol de empate. Em contra-ataque, Cassaco fez boa jogada pela direita e cruzou. O goleiro Luís Carlos falhou e a bola sobrou livre para Marciel empurrar para o fundo das redes, aos 31 minutos.
Antes do fim da primeira etapa, o jogo, que já tinha muitas faltas, esquentou, e o árbitro Cleuton Lima distribuiu 5 cartões amarelos nos 15 minutos finais, para Rafael Tchuca e Adriel Goiano (Horizonte) e Souza, Vicente e Bill (Ceará).
Horizonte vira e perde boas chances de ampliar
Melhor também no segundo tempo, a virada do Horizonte não demorou a sair. Rafael Tchuca recebeu na esquerda e encontrou o artilheiro André Cassaco sozinho na área, para cabecear e marcar.
O Galo do Tabuleiro continuou levando perigo ao gol de Luís Carlos, em contra-ataques rápidos. A dupla de ataque do time mandante colocou duas bolas no travessão, com Cassaco aos 26 minutos e Marciel já aos 47.
As melhores oportunidades do Ceará no segundo tempo ocorreram em bolas alçadas na área. Na última boa oportunidade da equipe, Tadeu completou desvio de Bill e a bola passou próximo do gol de Jéfferson.
Com a vitória, o Galo sobe para o segundo lugar do hexagonal, a 5 pontos do líder Fortaleza. O Ceará fica em último lugar, com apenas um ponto. Na próxima rodada, o Horizonte enfrenta o Guarani, em Juazeiro do Norte, e o Ceará recebe o Icasa na capital. Ambos os jogos são às 20h20, na quarta-feira (5).

 

 

Diário do Nordeste – Jogada – 02/03/2014

Tom Barros divulga outros atacantes com bom aproveitamento de conclusão no Campeonato Cearenset

Bola brazuca Copa do Mundo (Foto: Divulgação)

 

Também alcançaram alto índice de aproveitamento nas conclusões: Robert (Fortaleza), Waldison (Fortaleza), Netinho (Guarani/J), Marciel (Horizonte), Cleiton (Quixadá) e Dico (Tiradentes).

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 21/02/2014