Conheça os personagens de Márcia Cabrita de Guilherme Piva na novela Novo Mundo

Comédia
Márcia Cabrita e Guilherme Piva farão um casal de trambiqueiros em “Novo Mundo”, novela dos estreantes Alessandro Marson e Thereza Falcão, prevista para estrear em abril de 2017, na faixa das 18 horas da Globo, em substituição a “Sol Nascente”, de Walther Negrão.

O elenco também já tem confirmadas as presenças de Isabelle Drummond, Chay Suede, Ingrid Guimarães e Bianca Bin.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Multishow vai exibir novos episódios do Treme Treme em janeiro

 

“Treme Treme” com Fernando Caruso, Gustavo Mendes e Márcia Cabrita, ganha novos episódios em janeiro no Multishow.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Globo dá passo cauteloso após tropeços aos domingos

Francisco Cepeda/AgNews

Os ex-integrantes de "Sai de Baixo" Aracy Balabanian, Luis Gustavo, Márcia Cabrita, Miguel Falabella e Marisa Orth

Os ex-integrantes de “Sai de Baixo” Aracy Balabanian, Luis Gustavo, Márcia Cabrita, Miguel Falabella e Marisa Orth

O horário depois do “Fantástico”, já há algum tempo, é motivo de preocupação na Globo. Seriados americanos e humorísticos nacionais não conseguiram propiciar bons resultados, provocando frequentes trocas nessa faixa. Houve casos, inclusive, em que séries foram interrompidas devido à baixa audiência.

Mas o grande desejo, ainda, é que se ocupe esse espaço com produções próprias, como foi colocado recentemente pela direção da casa aos redatores finais.

Porém, ciente de que a concorrência no horário, com “PSS” no SBT, “Pânico”, na Band, e “Domingo Espetacular”, na Record, é muito acirrada, a ideia é investir em trabalhos de curta duração – 4 ou 5 cinco episódios no máximo. O “Sai de Baixo” já apresenta bons índices, e espera-se o mesmo, da atração seguinte, “Junto & Misturado”. Haverá uma pausa em suas exibições, em função do “Big Brother Brasil”, para retomada logo depois. Toda essa cautela, ao adotar o esquema de “tiro curto”, levará a emissora a se prevenir de novos fracassos. Pelo menos é o que se espera.

De qualquer forma, essa (re) abertura deu um novo gás em todos e forte desejo de acertar. Agora, se alguma coisa der errado, aí entrará em cena novamente o Plano B – recorrer a novas alternativas, como filmes, séries de fora etc. Televisão é assim mesmo. Quando não funciona, vira a página e parte pra outra.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery