Conheça as 7 irmãs de Giselle Itié na novela Os Dez Mandamentos

Sete irmãs 
Divulgação/Record

Giselle Itié e suas “irmãs” em “Os Dez Mandamentos”: Rayana Carvalho (à esquerda), Talita Younan, Rafaela Sampaio, Thais Muller, Marcela Barrozo e Camila Santanioni. Elas começam a gravar esta semana cenas que serão exibidas na novela a partir de maio.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Veja primeira imagem de Guilherme Winter como Moisés em “Dez Mandamentos”

Prevista para estrear no primeiro semestre de 2015, a novela “Dez Mandamentos“, da Record, já tem a primeira imagem divulgada pela emissora.

Trata-se da caracterização de Moisés, que será interpretado por Guilherme Winter, que viverá o seu primeiro protagonista na televisão.

A trama de autoria de Vivian de Oliveira já teve suas gravações iniciadas em novembro. Em seu elenco grandioso, já que terá cinco fases, estarão os atores Sérgio Marone, Anita Amizzo, Camila Santanioni, Carlos Bonow, Day Mesquita, Gabriela Durlo, Jennifer Setti, Rafael Sardão, Thais Muller, Thalita Wounan, Adriana Garambone, Angelina Muniz, Babi Xavier, Bianka Rodrigues, Camila Rodrigues, Denise Del Vecchio, Eduardo Lago, Felipe Cardoso, Fernando Sampaio, Floriano Peixoto, Igor Cosso, Juliana Didone, Larissa Maciel, Luciano Szafir, Marcela Barrozo, Maria Ceiça, Marina Moschen, Milhem Cortaz, Nanda Ziegler, Paulo Gorgulho, Pérola Faria, Petrônio Gontijo, Rayana Carvalho, Roberta Santiago, Roger Gobeth, Tammy Di Calafiori, Vera Zimmermann, Vicente Tuchinkski, Vitor Hugo, Vitor Pecoraro,  Lisandra Souto, Zécarlos Machado, Kiko Pissolato e Erich Pelitz.

NaTelinha

Em casa, Tiago Santiago recebe elenco para ver final de “José do Egito”

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/4ff74076a5148abaef2bb7f036ede078.jpg

Foto: Michel Angelo/TV Record

Nesta quarta-feira (09), foi ao ar o último capítulo de “José do Egito”.

Para acompanhar o desfecho da minissérie bíblica da Record, a autora Vivian de Oliveira e o diretor geral Alexandre Avancini participaram de uma reunião, realizada na casa do autor Tiago Santiago – ele já havia participado da festa de estreia da produção, em janeiro.

Também estiveram presentes os atores Angelo Paes Leme, Ricky Tavares, Nanda Ziegler, Babi Xavier, Marcela Barrozo, Sandro Rocha, Leonardo Vieira, Vitor Hugo, Denise Del Vecchio, Andrea Avancini, Camila Rodrigues, Felipe Cardoso, entre outros.

O último capítulo de “José do Egito” bateu recorde de audiência no Rio e em São Paulo. Na capital paulista foram 14 pontos de média e pico de 15, enquanto no Rio a trama registrou 19 pontos com pico de 22.

Vale lembrar que Tiago Santiago deixou o SBT recentemente e está livre no mercado da televisão. Ele não descarta voltar para a Record em alguma oportunidade.

NaTelinha

Marcela Barrozo e Maytê Piragibe serão as primeiras a gravar nova novela da Record

A atriz Marcela Barrozo

A Record já distribuiu para os setores responsáveis o primeiro roteiro de “Pecado Mortal”, do Carlos Lombardi.

As gravações começam no daí 12 de junho, inicialmente em externas, no Rio, com as atrizes Marcela Barrozo e Maytê Piragibe.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Gaby Amarantos entra no lugar de Preta Gil em filme do Aguinaldo Silva

Gaby Amarantos substitui Preta no filme "Super Crô"

Preta Gil não vai fazer o filme “Super Crô”, do Aguinaldo Silva e Bruno Barreto. Problemas na agenda.

A produção se mexeu rapidamente e, sem perder tempo, Gaby Amarantos foi chamada para o seu lugar.

Cinema – 2

Tiago Santiago, agora dedicado ao cinema, já tem na agulha o seu primeiro filme, “Apaixonados”, uma comédia romântica, que ele também vai dirigir.

Os trabalhos começam entre julho e agosto, com as participações já confirmadas de Marcela Barrozo, Ricky Tavares, Juliana Xavier e Pedro Malta.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“José do Egito” mostra avanço da Record na produção de minisséries bíblicas

Ricky Tavares e Celso Frateschi em “José do Egito” (Foto: Rede Record)

“Essa é a mistura do Brasil com o Egito…”

A Record está se aprimorando cada vez mais na produção de suas minisséries bíblicas. É um nicho que tem a cara da emissora e que já deu provas de boa repercussão. “José do Egito”, que estreou nesta quarta-feira (30/01) – roteiro de Vivian de Oliveira, direção geral de Alexandre Avancini -, representa um grande avanço quando comparada às minisséries anteriores.

O elenco é bom. A fotografia é de cinema, com belíssimas tomadas – a minissérie contou com gravações no deserto do Atacama, no Chile, em Israel e no próprio Egito. Comparada com “Rei Davi” (a produção do ano passado), é visível a melhora na direção de atores e nas caracterizações (maquiagem e perucas principalmente). Tudo está mais natural, tanto no que vimos quanto no que ouvimos dos atores.

A Record optou em apresentar “José do Egito” apenas uma vez por semana – às quartas-feiras, dia de futebol na Globo, em que, costumeiramente, as chances de um melhor desempenho no Ibope são mais altas. Talvez essa seja uma boa estratégia se considerarmos que a emissora tem um mau hábito de optar por uma grade flutuante, que depende das atrações que, supostamente, dão mais audiência, como os realities.

Se for para apresentar “José do Egito” diariamente sem um horário fixo, sendo empurrada para mais tarde, então é mesmo preferível que fique apenas às quartas-feiras, na hora do futebol, em dia e horário em que todos saibam que a atração está lá.

O primeiro capítulo não apresentou nada de grandioso, nem na história, nem nas interpretações. Talvez haja mais o que declarar de texto e interpretações nos próximos capítulos. O protagonista José – vivido nesta fase pelo ator Ricky Tavares – acabou ficando em segundo plano quando ganhou mais destaque o drama de Diná (Marcela Barrozo), estuprada por Siquém (Paulo Nigro).

Essa estreia marcou 12 pontos no Ibope da Grande São Paulo, garantindo o segundo lugar. Destaca-se também a intenção de apenas contar uma história, em detrimento ao ranço da doutrinação religiosa que geralmente acomete esse tipo de produção. Tomara que continue neste patamar.

 

Nilson Xavier – UOL

“José do Egito”: Filhos de Jacó tentam promover um massacre na cidade

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130126144344.jpg

Foto: Michel Ângelo/TV Record
Na próxima quarta-feira (30), a Record estreia sua nova minissérie bíblica, “José do Egito”.
No primeiro episódio, depois de perder a cabeça e estuprar Diná (Marcela Barrozo), Siquém (Paulo Nigro) deseja se redimir.
Quando pede a mão da jovem hebreia em casamento, Simeon (Caio Junqueira) e seus irmãos logo planejam algo maléfico. Eles afirmam que, segundo a religião que seguem, Diná só poderia se casar com um homem circuncidado.
Apaixonado e certo de que está fazendo o correto, Siquém decide acatar ao pedido. Além disso, ele e Hamor (Henri Pagnoncelli) convencem todos os homens da cidade a fazerem o mesmo.
À noite, os filhos de Jacó (Celso Frateschi) comemoram a ingenuidade dos siquemitas, que acreditam em uma possível aliança entre os povos. Eles revelam que irão promover um massacre no local. José (Ricky Tavares), que passa por lá, fica chocado ao ouvir a conversa e decide contar tudo a seu pai.
Escrita por Vivian de Oliveira e com direção-geral de Alexandre Avancini, “José do Egito” irá ao ar todas as quartas, a partir das 21h45.
natelinha