Polícia Rodoviária Federal do Ceará registra 31 acidentes com cinco mortes durante o fim de semana

No total, 26 pessoas ficaram feridas.
Das cinco mortes, quatro envolveu motociclistas.

Bandeira do estado do Ceará

A Polícia Rodoviária Federal do Ceará (PRF-CE) registrou entre sexta-feira (18) e domingo (20), 31 acidentes. No total, 26 pessoas ficaram feridas e cinco morreram nas estradas federais.

O primeiro registro de óbito registrado ocorreu na sexta-feira. Um motociclista morreu após atropelar um animal na BR-222, no Km 18, no município de Caucaia.

No sábado (19), um acidente envolvendo uma moto e um veículo matou o motociclista na BR-222, nas proximidades do Km 60. O motociclista teve ferimentos na cabeça e no abdômen e faleceu no local. Também no sábado um motociclista morreu depois de bater na lateral de um carro. Acidente aconteceu no Km 5 da BR-222.

Já no domingo (20), na cidade de Jati, no Sul do Estado, um homem de 24 anos perdeu o controle da moto na BR-116 e saiu da pista. Ele morreu no local. A polícia disse que a pessoa que estava na garupa teve ferimentos leves.

Em Madalena, a 232 km de Fortaleza, na BR-020, um homem de 21 anos, perdeu a vida após bater em um animal na pista.

Fiscalizações nas estradas
Desde a última sexta-feira (18), a PRF fiscalizou 427 veículos e 456 pessoas. Durante as fiscalizações, foram realizados 156 testes de alcoolemia, sete CNHs e três CRLVs foram recolhidos, 12 animais soltos foram retirados das rodovias federais e 11 usuários das rodovias federais receberam auxílio da PRF em seus deslocamentos. Também foram realizadas três campanhas educativas.

 

G1.COM.BR

 

EM CANINDÉ > “Acude inteligente” construído pela Ematerce começa a sangrar

Canindé - Açude Inteligente sangrando 08.03.15

Canindé
Um “açude inteligente” construído pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) no Interior do Estado começou a sangrar. A informação foi passada pelo ex-presidente da Ematerce, o engenheiro agrônomo José Maria Pimenta através do blog do jornalista Crisanto Teixeira. Segundo ele o reservatório especial fica localizado na localidade de Barra do Bento, na zona rural de Canindé.

Ainda de acordo com o engenheiro agrônomo, idealizador do projeto dos “açudes inteligentes”, o primeiro deles a sangrar, de cerca de 100 construídos no Ceará, tem capacidade para um milhão de metros cúbicos, o suficiente para atender as necessidades da comunidade por até dois anos. Além de Canindé, unidades desse modelo de barragem foram construídas em Madalena, Quixeramobim e Piquet Carneiro.

“O açude inteligente é aquele que construímos nos boqueirões, aproveitando a topografia do Ceará, por demais generosa. Assim, o açude enche rápido e seca devagar, possibilitando, que o precioso liquido esteja disponível para as comunidades nos períodos de maior escassez de água. Trata-se de uma tecnologia genuinamente cearense de convívio com a seca”, explica o idealizador do projeto,  José Maria Pimenta.

 

Foto > Crisanto Teixeira

 

 

Diário Sertão Central – Diário do Nordeste – 09/03/2015

SDA cancela convênio com empresa que transportou leite com baratas, no Ceará

Carga foi apreendida em abordagem da PRF.
Alimento era transportado sem refrigeração.

 

Leite era transportado em condições sanitárias inadequadas, no Ceará (Foto: PRF-CE/Divulgação)

Leite era transportado em condições sanitárias inadequadas, no Ceará (Foto: PRF-CE/Divulgação)

A Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará (SDA) cancelou o fornecimento do leite da empresa Bezerra Laticínios para 22 cidades cearenses. A decisão foi tomada após uma carga de 2,5 mil litros ser apreendida em 17 de julho pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-CE)  em meio a baratas e sem condições sanitárias inadequadas para consumo humano.  providenciando

Segundo o coordenador do Programa do Leite da SDA, Márcio Peixoto, a empresa foi interditada pela Agência de Defesa Agropecuária (Adagri), que emite o parecer do Serviço de Inspeção Estadual (SIE).  O laticínio está realizando as melhorias na usina solicitadas pela Adagri para poder voltar a funcionar, de acordo com o sócio-gerente Adriano Pires Machado. A empresa pretende retomar o fornecimento ao programa, serviço que, segundo ele, ”presta há 10 anos, sem problemas”. Machado explica que o problema no transporte ocorreu porque o caminhão da empresa quebrou na estrada e foi necessário fretar um outro, de emergência.

Um relatório que foi encaminhado pela Adagri está sendo analisado pela equipe jurídica da SDA que deve abrir processo de licitação para fechar convênio com nova empresa ainda esta semana.

“A Bezerra Laticínios participou do processo licitatório em fevereiro desse ano. O fornecimento era feito duas vezes por semana para tender ao Programa Fome Zero. Foi tudo cancelado”, explica Peixoto. A secretaria de saúde de Madalena, Solange Viana, afirma que  desde a apreeensão o município não recebe fornecimento do leite. “[A SDA] nos mandou um e-mail dizendo que estão conversando com outra fornecedor”, conta Solange.

A carga
A carga de leite destinada a crianças foi apreendida no km 214 da BR-020. Baratas andavam sobre os sacos, transportados em um caminhão sem refrigeração adequada.

Todo o produto, assim como o veículo e o condutor, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Boa Viagem que acionou a Vigilância Sanitária local. Após a inspeção, o fiscal sanitário informou que toda a carga seria incinerada.

De acordo com a PRF-CE, o motorista também informou que já haviam sido entregues 5.335 sacos de leite no município de Boa Viagem, pouco antes da abordagem. Na ocasião, a secretária de Saúde de Boa Viagem, Rosivalda Ferreira de Almeida, disse que o leite distribuído no município estava dentro dos padrões sanitários e de refrigração. “Nós fizemos o teste, inclusive fervemos parte do produto e estava em perfeitas condições”.

Programa de Aquisição de Alimentos
Em nota, o Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo programa que distribui o leite, “manifesta sua indignação ao tomar conhecimento da apreensão, pela Polícia Rodoviária Federal no estado do Ceará, de 2,5 mil litros de leite do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA Leite) impróprios para consumo”.

O leite que seria levado a crianças é distribuído pelo Governo Federal por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA – Leite). O PAA Leite foi criado em 2003 e repassa recursos aos estados para a compra de leite de agricultores familiares. Cabe ao estado contratar as empresas que beneficiam e entregam o produto nos municípios, assim como fiscalizar e controlar a qualidade do leite entregue. “O MDS tomará todas as medidas necessárias para auxiliar na identificação e punição dos responsáveis para que tal fato não torne a se repetir”, diz o ministério, em nota.

 

G1