UPA inaugurada no Benedito Bentes deve atender 350 pacientes por dia

Segundo a Sesau, unidade vai desafogar o atendimento em várias outras.
Serão oferecidos serviços de clínica médica, pediatria e ortopedia.

Bandeira do estado de Alagoas

UPA foi inaugurada no Benedito Bentes (Foto: Marco Antônio/Secom)
UPA foi inaugurada no Benedito Bentes (Foto: Marco Antônio/Secom)

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Benedito Bentes, na parte alta de Maceió, foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (1º). Ela vai funcionar 12h por dia, com serviços de clínica médica, pediatria e ortopedia.

Segundo a secretaria de estado da Saúde, Rosângela Wyszomirska, a unidade deve atender cerca de 350 pessoas diariamente.

“Essa unidade vai desafogar várias unidades, fazendo com que a assistência de saúde da região seja mais reforçada”, explicou.

A solenidade de entrega da UPA também contou com a presença do prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), e do governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB).

 

G1.COM.BR

Taxista reage a assalto e é baleado no bairro de Bebedouro, em Maceió

Carro da vítima foi levado; até o momento, ninguém foi preso.
Caso foi registrado na manhã desta segunda-feira (27).

Bandeira do estado de Alagoas

Um taxista foi baleado nesta segunda-feira (27) no bairro de Bebedouro, em Maceió. De acordo com a polícia, ele reagiu à abordagem de bandidos, que levaram o veículo dele. Não se sabe quantas pessoas estão envolvidas neste crime.

Segundo o Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), o caso foi registrado pela manhã, na Rua Faustino Silveira, próximo a um mercadinho.

O taxista, identificado como Lindinalvo Ferreira dos Santos, 54, foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), no bairro do Trapiche.

A assessoria de comunicação da unidade de saúde informou que Santos está sob observação na área vermelha. Seu estado é considerado estável, e ele já está fora de perigo. Os médicos avaliam agora a necessidade de remoção ou não da bala, que está alojada próxima ao ouvido.

Sobre a autoria do crime, o Ciosp informou que o número de pessoas envolvidas ainda é desconhecido. O carro da vítima foi levado. Rondas foram realizadas na região, mas ninguém foi preso.

 

G1.COM.BR

Sargento da reserva da PM é baleado ao tentar impedir assalto em Maceió

Elias G. da Silva foi atingido por dois tiros no braço, no bairro da Levada.
Segundo militares, o estado de saúde dele é estável.

Bandeira do estado de Alagoas

Um sargento da reserva, da Polícia Militar de Alagoas (PM), foi baleado no braço, no início da tarde deste sábado (11), ao tentar impedir um assalto, no bairro da Levada, em Maceió. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da PM.

De acordo com a polícia, a vítima identificada como Elias Gomes da Silva estava próximo a um supermercado, na Avenida Francisco de Menezes, quando viu uma dupla tentando realizar um assalto. O sargento teria tentado impedir o fato e acabou sendo acertado por dois disparos no braço.

A PM relatou ainda que o militar aposentado foi socorrido ao Hospital Geral do Estado (HGE), no Trapiche da Barra, e que deverá passar por um procedimento cirúrgico, mas passa bem.

A reportagem do G1 tentou entrar em contato com o HGE para confirmar o estado de saúde do sargento da reserva, e saber se ele precisa passar pela cirurgia, mas as ligações não foram atendidas.

G1.COM.BR

Alagoas imunizou 90% do público-alvo contra H1N1 em 2016

Segundo Sesau, estado ficou em primeiro lugar na região Nordeste.
Até o dia 20 de junho, ocorre a aplicação da segunda dose da vacina.

Bandeira do estado de Alagoas

Vacinas contra a gripe H1N1 já podem ser encontradas em Cuiabá (Foto: Tchélo Figueiredo/Secom-Cuiabá)

Alagoas ficou em primeiro lugar no Nordeste em
cobertura vacinal (Foto: Tchélo Figueiredo/
Secom-Cuiabá)

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou, nesta quinta-feira (9) que Alagoas encerrou a Campanha de Vacinação contra gripe deste ano com a maior cobertura vacinal do Nordeste, com 90,1% do público-alvo foi imunizado.

Os dados são do levantamento feito pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde (MS).

Esse resultado, segundo a Sesau, corresponde a 573.831 pessoas, do total esperado de 636.571. No ranking, Paraíba e Sergipe aparecem em segundo lugar, com 89,2% de imunização. A lista prossegue com Pernambuco, com 89,1%, Ceará, com 88%, Bahia, 87,2%, Maranhão, 85,6%, Rio Grande do Norte, com 83,2% e Piauí, com 80,2%.

Se comparado ao rastante do país, Alagoas ficou em décimo lugar. Em primeiro, de acordo com o ranking do MS, está o Distrito Federal, com 88,5% de cobertura. Em seguida vem São Paulo, com 97%, Espírito Santo, com 95,25%, Paraná, com 93,2%, Rondônia, com 93%, Santa Catarinia, com 92,9%, Goiás, com 92,5%, Minas Gerais, com 91,8% e Rio Grande do Sul, com 90,8%.

O público-alvo dessa fase da vacinação era composto por crianças de 6 meses a menores de 5 anos, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, população privada de liberdade, pessoas com 60 anos ou mais, funcionários do Sistema Prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis. A imunização tem prazo de 1 ano.

“Graças ao trabalho integrado da Sesau com as Secretarias de Saúde Municipais e a comunicação eficiente na divulgação das informações, Alagoas encerra a Campanha de Vacinação contra a influenza 2016 com a maior cobertura do Nordeste. Temos que também evidenciar o comparecimento em massa do público-alvo, que atendeu ao nosso chamamento”, afirma a assessora do PNI em Alagoas, Denise Castro.

Segunda dose
Até o dia 20 de junho, as crianças que tomaram a vacina pela primeira vez devem receber a segunda dose da vacina nos postos de saúde. A Sesau informa que já distribuiu as quantidades de doses necessárias para cada Secretaria Municipal de Saúde.

Notificações
Em Alagoas, foram notificados 80 casos suspeitos de Influenza em 2016. 15 deles foram descartados, 30 confirmados e cinco causaram a morte dos pacientes.

A técnica do Núcleo das Doenças Imunoprevisíveis da Sesau, Claudeane Nascimento, o vírus pode ser transmitido de v´rias formas.

“Ela […] ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas da boca, olhos e nariz. Por isso, a população deve adotar cuidados simples como formas de prevenção, a exemplo de lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar e não compartilhar objetos de uso pessoal”, recomenda Claudeane.

 

G1.COM.BR

Acidente com betoneira deixa uma pessoa morta no Distrito Industrial

Ocorrência foi registrada no início da tarde desta quinta-feira (9).
Segundo os bombeiros, betoneira atingiu a vítima, que morreu na hora.

Bandeira do estado de Alagoas

Um acidente envolvendo uma betoneira, equipamento utilizado na construção civil, deixou uma pessoa morta no começo de tarde desta quinta-feira (9), no Distrito Industrial, no Tabuleiro dos Martins, parte alta de Maceió.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o piso onde a betoneira estava cedeu, e o equipamento caiu em cima de uma pessoa, que morreu na hora. Não há informações a respeito da identidade dela.

A vítima, ainda segundo os bombeiros, ficou presa às ferragens do equipamento. O trabalho de resgate começou por volta das 13h30, e ainda não foi concluído.

 

G1.COM.BR

Assembleia aprova projeto que permite intervenção na dívida da Casal

Estado quer mediar negociação de dívida que a Casal tem com a Eletrobras.
Projeto da LDO foi posto em pauta, mas adiado pelo presidente da Mesa.

Bandeira do estado de Alagoas

Os deputados da Assembleia Legislativa de Alagoas aprovaram, durante sessão nesta terça-feira (7), o Projeto de Lei 222/2016, que autoriza o Executivo a intervir na dívida da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) com a Eletrobras.

Em primeiro momento os deputados aprovaram o parecer. Em seguida, votaram o Projeto de Lei, e por último, foi a vez das emendas, apreciadas de forma separada. Em todas as ocasiões a aprovação se deu por maioria dos votos dos parlamentares.

Assim como na sessão extraordinária da última segunda-feira (7), quando a apreciação do parecer do projeto foi adiado, os deputados Bruno Toledo (PROS) e Rodrigo Cunha (PSDB) questionaram emendas que foram incluídas nele pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e que não condizem com o o texto original, como também o fato do PL não ter valores da dívida.

As emendas a que Toledo se refere são relacionadas à venda do Produbam e a renegociação da dívida do Estado com a União. “Eu entendo a importância das emendas e concordo com elas, mas não condizem com o texto do projeto original”, disse.

A deputada Jó Pereira, que é membro da CCJR, informou durante a sessão que no site da Casal há um balanço citando a dívida em um valor de mais de R$ 147 milhões. No entanto, ela admite que o montante final pode sofrer alterações.

“Os débitos foram parcelados em 2004, 2008 e 2009. Com o projeto, estamos autorizando o reparcelamento do saldo devedor. Mas estamos com dificuldade de chegar a um valor final da dívida porque há investimentos com a Eletrobras, que podem diminuir isso”, disse a deputada.

LDO
Ainda na sessão desta terça-feira, os deputados chegaram a apreciar o Projeto de Lei 252/2016, que versa sobre as diretrizes para a elaboração e a execução da Lei Orçamentária de 2017. O parecer da matéria foi aprovado em primeira discussão.

No entanto, quando a Mesa Diretora abriu a segunda sessão extraordinária para abrir a votação do projeto, os deputados Rodrigo Cunha e Bruno Toledo apresentaram emendas ao PL e ele foi adiado por Luiz Dantas.

No início da sessão, o deputado e líder do governo Ronaldo Medeiros (PMDB) fez um apelo para que o projeto fosse aprovado com celeridade. “Estamos deixando de adquirir remédios, bolsas. Veja que prejuízo podemos causar com a demora dessa votação”.

 

G1.COM.BR