Ceará defeats Vila Nova in Goiânia : 5 – 1

Bill, Hélder Santos, Lulinha and Magno Alves (twice) scored the goals

O primeiro gol do Vozão foi marcado pelo atacante Bill, ainda no primeiro tempo da partida

The first goal of Vozão was scored by striker  Bill, still in the first half of the match
(Photo: State Agency)

On the evening of Tuesday, 09.30, Vozão  took the field to face the team of the Vila Nova, in a game for the 27th round of the Brazilian Championship Serie B 2014 The game started well disputed, but after making one x 0 the first time Ceará could take off in the final round and built the rout by 5 x 1.

The game started with Vozão leading danger to Vila Nova after just three minutes when Samuel Xavier received the right and crossed for Magno Alves, who has not reached. The response of  Vila Nova came with the shot from Paulinho, who left for the bottom line.

With 20 minutes, Xavier Samuel kicked crossed, but the goalkeeper managed to Vila Nova defense. Following Sandro tried twice but missed and failed to open the scoring. With 25 minutes Ricardinho free kick with force, but sent the right of the goal.

Ceara had possession, but could not marcar.At 30 minutes, Souza sought the kick placed, but sent over. Following Vicente felt severe pain in the right thigh and left to the input Hélder Santos. With the first phase coming to an end, and Eduardo Ricardinho ventured outside the area, but failed to pass by the goalkeeper André Luiz.

The Vila Nova pressed in the final minutes, but the two kicks Cristiano did not pass by Luis Carlos, which worked well. In stoppage, Magno Alves tabled with Hélder Santos and struck, however, the goalkeeper palmed André Luiz rebound and gave to Bill, who appeared well in the area and made 1 x 0, the last chance of the first half.

For the final step, the Most Wanted soon returned expanding the lead, and with only one minute of play, Xavier Samuel as he crossed for Hélder Santos, who anticipated the defense and made 2 x 0 when the good advantage did not last long and five minutes into the second half, Leonardo made ​​the move and struck, hitting the right corner of Luis Carlos, who could do nothing.

After 12 minutes, Hélder Santos gave “pen” on the opponent and crossed for Magno Alves, who dominated beautiful and touched the heel to Ricardinho. The shirt 8 kicked first, but the keeper palmed André Luiz saving. Feeling his good time, the Vozão left to attack, Ceará expanded. With 14 minutes played to Eduardo Souza, who kicked first. The ball was right address, but Magno Alves managed to swerve and took every chance the goalkeeper, who saw another ball stewing networks.

With 3 x 1 at the break, coach Sérgio Soares took Eduardo Souza and putting Lulinha and Amaral, respectively. The team won defensive power and went out to attack with more speed. After 29 minutes, Magno Alves crossing Ricardinho and received strong header, but the ball was cleared over the end line. The next move, John Mark ventured outside the area, but sent over.

The goalkeeper Luís Carlos only had to work 36 minutes when Jaime took a free kick and the shirt 1 Dearest held tight. A minute later, on the counterattack, Ricardinho received the left wing and crossed to the extent Lulinha, which sent him to the back of the net.

The 4 x 1 decreed tranquility for Alvinegros, which started play exchanging passes, however, after 42 minutes, Magno Alves took faltering defense of the New Town, stole the ball, passed the goalkeeper André Luiz and sent to the bottom of networks, ensuring victory by 5 x 1.

The result led to the Ceará Alvinegro 46 points in the Brazilian Championship Serie B table in 2014, keeping alive Vozão in the fight for one of the vacancies in G-4. Now, Ceará team will have a week to work and prepare for the game before the Sampaio Corrêa, next Tuesday, 7.10 at Arena Castelao.

 

Website of Ceará Sporting Club

De olho no G-4, Ceará embarca para desafio duplo fora de casa

16h25 | 25.09.2014

Quinto colocado, Vovô encara Ponte Preta, sábado, e Vila Nova, terça-feira, para tentar retornar ao grupo de acesso

565dc-ceara

Após reencontrar o caminho das vitórias e permanecer colado no G-4 da Série B, o Ceará terá dois desafios longe de casa para tentar manter vivo o sonho do acesso. No início da tarde desta quinta-feira (25), o Alvinegro embarcou para Campinas, onde enfrenta aPonte Preta, no próximo sábado (27), às 16h10, no estádio Moisés Lucarelli. Na próxima terça-feira (30), o adversário será o Vila Nova, em Goiânia.

No período da manhã, o elenco alvinegro realizou o último treino antes da viagem, em Porangabuçu – os titulares fizeram apenas um trabalho regenerativo. Depois, os 20 jogadores relacionados seguiram rumo a solo paulista. A última atividade antes da partida será na próxima sexta (26).

Para enfrentar a Macaca, o técnico Sérgio Soares não poderá contar com o lateral-direito Samuel Xavier, que recebeu o terceiro cartão amarelo – apesar disso, seguiu com a delegação visando ao jogo diante do Vila Nova. Sem o camisa 2, Marcos ganha chance na lateral direita.

Em contrapartida, o meia Eduardo, que foi poupado na vitória por 2 a 0 sobre o América-RN, na última terça (23), devido ao desgaste físico, fica novamente à disposição e reforça a equipe.Lulinha, então, cede a vaga no meio-campo e retorna para a reserva.

Com as duas mudanças, o Vovô deverá ir a campo com Luís Carlos; Marcos, Sandro, Wellington Carvalho e Vicente; João Marcos, Ricardinho, Eduardo e Nikão; Magno Alves e Bill.

A partida em Campinas, válida pela 26ª rodada, é um confronto direto por vaga no G-4. A Ponte Preta é vice-líder da Série B, com 46 pontos. O Ceará, por sua vez, está na quinta posição, com três pontos a menos.

Jornada dupla

Após o duelo com a equipe paulista, a delegação alvinegra permanece em São Paulo até segunda-feira (29), quando embarcará para Goiânia. No dia seguinte, o Vovô encara o Vila Nova, às 19h30, no Serra Dourada, e a diretoria alvinegra preferiu evitar o “bate-volta” em Fortaleza.

Confira os jogadores relacionados:

Goleiros: Jaílson e Luís Carlos

Laterais: Hélder Santos, Marcos, Samuel Xavier e Vicente

Zagueiros: Alex Lima, Sandro e Wellington Carvalho

Volantes: Amaral, João Marcos, Marcus Vinícius e Ricardinho

Meias: Eduardo, Nikão e Souza

Atacantes: Bill, Felipe Amorim, Lulinha e Magno Alves

 

Diário do Nordeste -Jogada-25.09.2014

Com duas baixas, Ceará terá mudanças para enfrentar o Paraná

Ceará Sporting Club

Em busca da reabilitação na Série B e da reafirmação no G-4, o Ceará terá novidades para encarar o Paraná, na próxima terça-feira (16), a partir das 19h30, no estádio Durival Britto, em Curitiba, pela 23ª rodada da competição nacional. Sem o volante João Marcos e o atacante Magno Alves, o técnico Sérgio Soares terá que realizar ao menos duas alterações na equipe.

Na derrota por 2 a 1 para o Náutico, na última sexta-feira (12), na Arena Pernambuco, o camisa 5 completou a série de três cartões amarelos e terá que cumprir suspensão automática. O principal candidato à vaga é o volante Marcus Vinícius, que deve atuar ao lado de Ricardinho. Há também a possibilidade de Anderson ou o recém-contratado Wellington Carvalho entrar na zaga e o volante Amaral, que atuou improvisado na defesa, jogar no meio-campo.

O Magnata, por sua vez, será poupado após disputar duas partidas – o triunfo por 5 a 2 sobre o América-MG, na última terça-feira (9), e o revés para o Timbu – em quatro dias. Sem o camisa 11, Sérgio Soares pode dar chance ao meia Souza e escalar o time no 4-2-3-1 ou colocar o meia-atacante Lulinha ao lado de Bill.

A provável escalação do Alvinegro para a partida é Luís Carlos; Samuel Xavier, Alex Lima, Amaral e Vicente; Marcus Vinícius, Ricardinho, Nikão e Eduardo; Lulinha e Bill.

No último domingo (14) à noite, a delegação alvinegra deixou Recife e embarcou para Curitiba. Em razão dos desfalques, além do zagueiro Anderson, o meia Maranhão e o atacante Felipe Amorim se juntaram ao grupo e participam do último treino antes da partida, na tarde desta segunda (15), no CT do Coritiba.

Após a derrota para o Náutico, o Ceará caiu para a quarta posição, com 38 pontos, e já vê a posição no grupo dos quatro melhores da Série B ameaçada pela Ponte Preta, quinta colocada, com um ponto a menos. O Paraná, por sua vez, está na 12ª posição, com 29 pontos.

 

Diário do Nordeste – Jogada – 15.09.2014

Tom Barros comenta retorno de Luís Carlos ao gol do Ceará

Luís Carlos Dallastella

 

O goleiro Luís Carlos estará em ação hoje pelo Ceará diante do Náutico na Arena Pernambuco. Luis voltou bem contra o América/MG. Bom goleiro. Ocupa espaço onde fizeram história Pintado, Ivan Roriz, Harry Carey, Aloisio Linhares, George, Lulinha, Gilvan Dias, Ita, Pedrinho, Hélio Show, Sérgio Gomes, Ivanhoé, Washington, Chico.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 12/09/2014

Tom Barros relembra quando Magno Alves , Mota e Lulinha eram o trio de atacantes do Ceará

Ceará Sporting Club

O leitor lembra quando Mota, Magno e Lulinha formaram na linha de frente do Ceara? Lulinha, não raro, surgia e assinalava belos gols. Hoje, vejo Lulinha meio perdido no esquema, assim como quem está sempre em busca de se encontrar. Com a palavra Sérgio Soares.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 08.09.2014

Ceará 1 x 3 Joinville

 1 x 3 

11ª RODADA
JOINVILLE TEM INÍCIO AVASSALADOR, VENCE POR 3 A 1 E TOMA A LIDERANÇA DO CEARÁ
Catarinenses marcam três gols nos primeiros 45 minutos e, com ótima atuação de Marcelo Costa, ganham por 3 a 1 em Presidente Vargas cheio
Depois de receber os treinos do Brasil e da Holanda na Copa do Mundo, o Presidente Vargas abriu suas portas para a Série B do Campeonato Brasileiro. Os 17.834 torcedores que encheram o estádio nesta terça-feira até tentaram empurrar o Vovô, mas um gol relâmpago surpreendeu os alvinegros que estavam no campo e na arquibancada. O Joinville, que no ano passado frustrou o sonho do acesso do Ceará na última rodada, aplicou outro duro golpe, venceu por 3 a 1 e tomou do adversário a liderança da Segundona, com 23 pontos. Os donos da casa, com 21, caíram para a terceira colocação, ultrapassados também pelo Luverdense.

As vaias da torcida do Vovô no intervalo foram o espelho da desilusão que se estabeleceu nos primeiros 45 minutos. Marcelo Costa, aos 39 segundos e aos 46 minutos, e Jael desenharam a vitória precoce. Na etapa complementar, o Alvinegro de Porangabuçu até tentou, mas faltou capricho. Os torcedores deixaram o estádio cedo e mal viram o único gol dos donos da casa, que esboçaram uma reação, mas já sem tempo de conseguir mudar o resultado.

O próximo compromisso do Ceará é contra o Icasa no sábado, às 16h20, na Arena Castelão. Para se manter na ponta, o Joinville enfrenta o ABC na sexta-feira, às 19h30, no Frasqueirão.

Ceará x Joinville (Foto: Kiko Silva/Agência Diário)
Joinville bate Ceará fora de casa e abocanha a liderança da Série B (Foto: Kiko Silva/Agência Diário)

Goleada precoce, e reação tardia

No reencontro com o estádio do bairro Benfica, o torcedor do Ceará vibrou antes de a bola rolar. E continuou apoiando mesmo depois do primeiro gol sofrido, nos segundos iniciais, com Marcelo Costa aproveitando cruzamento de Bruno Costa. Em campo, Nikão era o que mais apresentava perigo ao goleiro do Joinville, acertando a trave em uma das tentativas. Os visitantes, com menos posse de bola, tinham pela frente uma zaga insegura. E aproveitaram a falha de Jaílson para ampliar, com Jael, aos 27. Contando com sorte e desvio de bola em Marcelo Costa, o time catarinense aplicou o último golpe nos segundos finais. O chute foi de Edson Ratinho, mas a arbitragem confirmou o gol para Costa.

No início da etapa complementar, os donos da casa partiram para o ataque. Precisando de gols para diminuir a vantagem catarinense, o Ceará não conseguia passar pela sólida defesa adversária. A pressão durou pouco tempo, e a torcida logo notou. Tanto que muitos começaram a deixar o PV antes dos 30 minutos. Nem viram o gol de Lulinha, aos 43, completando o chute de Magno Alves, que encobriu o goleiro. O mesmo Lulinha ainda fez mais um, anulado equivocadamente pela arbitragem, que assinalou impedimento. No fim, o Ceará pressionou, mas já era tarde. A liderança da Segundona agora é catarinense.

Ceará x Joinville (Foto: Kiko Silva/Agência Diário)
Derrota para o Joinville foi a primeira do Vovô sob seus domínios (Foto: Kiko Silva/Agência Diário)
GLOBO ESPORTE.COM

Tom Barros comenta a contratação de Lulinha pelo Ceará

Importância

Dentre as contratações feitas pelo Ceará no período de recesso, uma das mais significativas foi a de Lulinha, que teve ótima passagem pelo clube, máxime quando entrosou na frente com Magno Alves.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 15.07.2014