Luciano Huck vai aparecer em participação especial em três episódios da série “Fui Bandido”

Carlos Fofinho/Multishow

Participação especial Luciano Huck vai aparecer em participação especial em três episódios da série “Fui Bandido”, com estreia no dia 4,  às 23h30 no Multishow. Neste trabalho, em oito episódios, são narradas as histórias de oito ex-criminosos, do eixo Rio-São Paulo, que cumpriram pena e recomeçaram suas vidas. Muitos se engajaram em projetos sociais. A série foi idealizada por José Junior e Luis Erlanger.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Formato milionário do “Caldeirão” estreia neste sábado

Divulgação

O “Caldeirão”, do Luciano Huck, estreia neste sábado o quadro “Quem Quer Ser um Milionário?”, com a proposta de premiar seus participantes em até R$ 1 milhão. A versão brasileira é baseada no formato britânico “Who Wants to Be a Millionaire”, da Sony, sucesso em mais de cem países, de quem a TV Globo comprou os direitos.

O quadro de perguntas e respostas será uma das principais apostas do programa para a atual temporada, com desafios a candidatos de diferentes regiões do país.

Para conseguir o prêmio máximo será necessário responder corretamente 15 perguntas. Se chegar na quinta, já terá garantidos R$ 5.000 do considerado “porto seguro”. Mesmo que erre alguma das questões seguintes, não perderá este dinheiro. E aquele que acertar até a décima questão levará R$ 50 mil, mesmo não acertando depois.

Para ajudar o participante, existem três recursos de auxílio, que só podem ser utilizados uma vez cada um, na ordem que o convidado optar: ligar para um parente ou amigo; pedir à produção do programa que elimine duas alternativas incorretas na lista das quatro possíveis respostas da pergunta, e também poderá contar com a ajuda do auditório.

A estreia do  “Quem Quer Ser Um Milionário?” no “Caldeirão” está sendo preparada desde o começo do ano.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Luciano Huck conversa com Guilherme Leicam enquanto ele se prepara para uma prova do quadro “Desafiados do Caldeirão” na Globo. No ar, dia 21 de novembro

Bastidor

João Cotta/TV Globo

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

 

Vinheta de fim de ano da Globo mira a Olimpíada no Rio

O casal Angélica e Luciano Huck grava a vinheta da Globo ao lado de Bárbara Paz, Adriana Esteves e Malu Mader

O casal Angélica e Luciano Huck grava a vinheta da Globo ao lado de Bárbara Paz, Adriana Esteves e Malu Mader

A formação de uma grande ciranda por esse Brasil afora. Um gesto de união. Já gravado, este será o tema da vinheta de fim de ano da Globo, “Um Novo Tempo”, que mobilizou atletas olímpicos, pessoas anônimas e, claro, grandes estrelas da emissora, do Jornalismo, Esporte e Entretenimento, como: William Bonner, Fátima Bernardes, Walter Casagrande, Angélica,  Luciano Huck, Antônio Fagundes e  Laura Cardoso.

Entre dezenas de artistas da casa que participaram da gravação estão ainda: Fernanda Gentil, Juliana Paes, Lima Duarte, Otaviano Costa, Paolla Oliveira, Jô Soares, Fausto Silva,  Rodrigo Lombardi e Tiago Leifert.

Uma parte foi feita no Rio e outra em São Paulo.

O trabalho de produção desta nova vinheta coube a Sentimental Filme. Em todas as suas divisões, ele começa com Diego Hypólito e Arthur Zanetti e vai se desenvolvendo, agregando outros valores.
No ar em dezembro.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Luciano Huck está na Argentina para gravar o quadro Desafiados

File:Flag map of Argentina.svg

Luciano Huck já se juntou à sua equipe na Argentina para as gravações do quadro “Desafiados”.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Luciano Huck vai gravar novo “Hipertensão” na Argentina

O apresentador Luciano Huck, que vai reviver o programa "Hipertensão" no "Caldeirão"

O apresentador Luciano Huck, que vai reviver o programa “Hipertensão” no “Caldeirão”

Luciano Huck terá que passar duas semanas na Argentina, agora em setembro, gravando provas do “Hipertensão” no “Caldeirão”.

É aquele mesmo reality de provas radicais, dirigido no passado pelo Boninho, com edições apresentadas pelo Zeca Camargo e Glenda Kozlowski.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Viviane Araujo e Marcelo Adnet gravaram o Caldeirão de Ouro

e6d71-rede-globo

Viviane Araujo e Marcelo Adnet também gravaram o “Caldeirão de Ouro”, especial do Luciano Huck que escolhe os melhores da música no ano.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

O triste panorama das tardes de sábado da televisão

Zapear pelas programações das televisões abertas no sábado é uma verdadeira tortura. O telespectador que não tem um serviço de TV por assinatura e acaba ficando em casa, não encontra nada verdadeiramente interessante neste dia tão morto.

A começar pela Bandeirantes que exibe mais do mesmo e nada diferente do que já transmite durante a semana: o “Sabe ou Não Sabe” e o “Brasil Urgente”. Mesmice e pouco investimento é até compreensível já que essas duas atrações são relativamente bem-sucedidas nos dias úteis.

Na Record, o desenho surrado do “Pica-Pau” (que acaba sendo até o melhor que há… que fase), um filme velho no “Cine Aventura” que a fita já deve estar até amarelada mais uma edição do “Cidade Alerta”. Ou seja, mais uma vez nenhum produto verdadeiramente interessante.

O SBT, por sua vez, aposta grande parte da programação no Raul Gil, que não se recicla. Comanda o mesmo programa há décadas e pode fazer com que o telespectador que sofra de insônia, acabe confundindo Raul Gil com Rivotril e pegue no sono. Vez ou outra há alguém interessante no quadro “Elas Querem Saber” mas é muito pouco para uma atração tão longa. A audiência é correspondente e não consegue brigar sequer pela segunda posição. Precisa de ajustes. E faz tempo.


A Globo tem em Luciano Huck a confiança para comandar as tardes de sábado. Aquele mesmo Huck que tirou a liderança de Raul Gil, quando este ainda estava na Record e era primeiro lugar do horário. Demorou dois anos para que isso acontecesse.

Com bastante assistencialismo, fato  que curiosamente ninguém critica (será que é por estar na Globo?), o “Caldeirão do Huck” se consolidou no horário mas está longe de ser um poço de diversão.

Há muitos anos as tardes de sábado não tem uma sacudida e o que se vê é um marasmo absoluto com as mesmíssimas atrações há anos. O melhor programa num sábado à tarde é ler um livro, passear pelo parque ou qualquer outra coisa que passe longe do objeto televisão.

Thiago Forato é jornalista, escreve sobre televisão há nove anos e assina a coluna Enfoque NT há três, além de matérias e reportagens especiais no NaTelinha. Converse com ele: thiagoforato@natelinha.com.br  |  Twitter: @Forato_

Após críticas, Luciano Huck apaga post considerado ofensivo às mulheres

Após críticas, Luciano Huck apaga post considerado ofensivo às mulheres

 

O apresentador da GloboLuciano Huck, se envolveu meio que sem querer em uma polêmica desde a tarde desta terça-feira (24) na internet.

Em suas redes sociais, ele fez uma convocação para uma pauta do seu “Caldeirão do Huck”: “Carioca? Solteira? Louca para encontrar um príncipe encantado entre os ‘gringos’ que estão invadindo o Rio de Janeiro durante a Copa? Chegou a sua hora. Mande fotos e porque você quer um gringo ‘sob medida’ para este email – namoradaparagringo@globomail.com”.

O post pegou muito mal, fazendo o apresentador ser taxado de incentivar o turismo sexual. Um seguidor usou o artigo 227 do Código Penal, que fala sobre “induzir alguém a satisfazer a lascívia de outrem”. Já outro escreveu: “Se é leniência eu não sei, mas se idiotice fosse crime o Luciano Huck pegava perpétua”.

Com a péssima repercussão, Huck acabou apagando a publicação de sua página oficial no Facebook. A mensagem, porém, segue publicada no seu Twitter e na página oficial do “Caldeirão”.

Vale ressaltar que, meses atrás, Luciano já exibiu uma matéria sobre uma moça paulista, que queria encontrar na Suécia o seu “príncipe encantado“.

Atualmente, o “Caldeirão do Huck” tem marcado médias entre 12 e 14 pontos no Ibope da Grande São Paulo, tendo uma queda se considerados os números dos últimos anos, que chagavam até a 20 pontos de média.

 

NaTelinha