Aos 45 do 2º tempo, Esporte Interativo confirma transmissão da Série C do brasileiro

Emissora carioca vai transmitir Icasa x Fortaleza, domingo, no Romeirão (Foto: Kiko Silva/Diário do Nordeste)

Assim como aconteceu ano passado, o canal Esporte Interativo adquiriu os direitos de transmissão da Série C do Campeonato Brasileiro de 2015. O anúncio foi feito nessa quinta-feira, 14.

A emissora carioca, que pertence ao grupo americano Turner, ainda vai divulgar quais partidas irá transmitir ao longo da 1ª Fase do Nacional. Contudo, nesta 1ª Rodada, dois jogos já estão confirmados:

Sábado: Confiança x ASA, 16h, Estádio Lourival Batista, em Aracaju.

Domingo: Icasa x Fortaleza, 19h, Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte.

Vale ressaltar que diferente do ano passado, o Esporte Interativo anunciou que vai transmitir de forma exclusiva a Série C do Brasileiro. Em 2014, o Sportv também transmitiu.

Na TV aberta, a exibição dos jogos segue com a emissora estatal, TV Brasil, que, aliás, também vai mostrar ao vivo Icasa x Fortaleza.

 

Mário Kempes – Diário do Nordeste – 15/05/2015

Se era o preço do ingresso que impedia o torcedor de fazer o sócio, agora tudo está resolvido

classico-rei-2014

De maneira quase que simultânea, Ceará e Fortaleza anunciaram nessa quinta-feira, o aumento nos valores dos preços dos ingressos em seus respectivos jogos para a atual temporada.

Agora, o torcedor do Ceará que quiser ir acompanhar uma partida do time vai ter de desembolsar R$ 50. O do Fortaleza paga no mínimo R$ 40, no Castelão, e R$ 50, no PV.

Foi uma das formas que os dois clubes encontraram para os programas de sócio-torcedor de ambos crescerem. Atualmente, o Ceará conta com quase 10 mil e o Fortaleza com mais de 5 mil.

A meta de alvinegros e tricolores é justamente dobrar esses números até o fim de 2015.

Eu nem sequer vou questionar essa fórmula. É muito simples e financeiramente inigualável. Os dois clubes possuem programas de sócios em que o valor mensal custa exatamente o preço do ingresso.

O Fortaleza, por exemplo, tem o plano Leão Fiel (R$ 39,99) e dá direito a um ingresso de cadeira superior ou inferior por trás do gol. Enquanto o Ceará tem o plano Bronze (R$ 50) e também concede acesso na cadeira superior do Castelão.

Há muitos outros, você pode conferir nos sites oficiais dos dois clubes.

Eu só me pergunto uma coisa: o motivo de um torcedor não virar sócio é apenas a questão financeira? Se for, ainda bem, tudo resolvido. Ceará e Fortaleza, que colocam 60 mil pessoas em jogos decisivos, deverão ter por baixo 30 mil sócios.

É uma estratégia ousada e torço para que dê certo. Em São Paulo, Corinthians e Palmeirasutilizaram esta mesma fórmula, e hoje ambos possuem mais de 100 mil sócios, cada.

Creio que vale a tentativa, até porque com o minguado dinheiro de patrocínios e da TV, Ceará e Fortaleza precisam de uma alternativa, segura e rentável para conseguirem se equiparar a clubes como Sport, Bahia e Vitória (só para ficar no Nordeste) que abocanham cota de TV de R$ 30 milhões.

Tomara, contudo, que as duas diretorias tenham paciência e saibam superar as tempestades que irão aparecer. Até porque, o sucesso dos programas de sócios terá como parâmetro o desempenho dos times em campo. Ou seja, haverá turbulências.

Com isso, é preciso saber contornar os problemas, continuar com o planejamento e não recuar na primeira porrada.

A plantação é gigantesca, Ceará e Fortaleza vão ter de contar com muitas pessoas (honestas e competentes) para semear e só depois, enfim, começar uma enorme colheita (com pessoas ainda mais honestas).

 

Mário Kempes – Diário do Nordeste – 15/05/2015

Fortaleza pede à CBF para mandar todos os jogos da Série C na Arena Castelão

Torcida tricolor terá pelo menos nove partidas na nova casa  (Foto: Bruno Gomes/Diário do Nordeste)

A diretoria do Fortaleza solicitou à CBF para que todas as partidas do time na Série C do Campeonato Brasileiro seja marcadas para a Arena Castelão. O clube tricolor tem contrato com a Luarenas, administradora do Estádio.

A competição nacional tem nove jogos para o Fortaleza na primeira fase como mandante. A partir da segunda etapa, caso se classifique, ocorrem jogos de ida e volta nas quartas de finais, semifinais e finais. Podendo obter mais três duelos em casa.

Ano passado, a equipe leonina fez 10 partidas pela Série C como mandante, mesmo ainda sem ter o contrato assinado com a Luarenas, foram seis partidas no Castelão.

O primeiro jogo do Fortaleza em casa será dia 23 de maio, contra o Vila Nova. Na tabela da CBF, a partida ainda está marcada para o PV. O Tricolor estreia neste domingo, 17, em Juazeiro do Norte, contra o Icasa, às 19h, com transmissão ao vivo da TV Brasil.

Mário Kempes – Diário do Nordeste – 15/05/2015

Ceará mantém preço dos ingressos e vendas para Final do Estadual começam hoje

Fortaleza venceu o primeiro jogo da decisão do Estadual por 2 a 1 (Foto: Kid Júnior/Diário do Nordeste)

Se o Fortaleza aumentou o valor dos ingressos para o primeiro jogo da decisão do Campeonato Cearense, o Ceará preferiu não elevar os preços para a segunda partida da final, próximo domingo, às 16h, no Castelão.

De acordo com o diretor administrativo do Ceará, Raimundo Pinheiro, os valores são os mesmos, por exemplo, da partida contra o Vitória, pelas semifinais do Nordestão:

Cadeira superior: R$ 30
Cadeira inferior: R$ 40
Setor especial: R$ 50
Setor premium R$ 100.

Com meia entrada disponível em todos os lugares. Os bilhetes já estarão à venda nesta terça-feira, 28, a partir do meio-dia, em todos os pontos autorizados pelos dois clubes.

No primeiro jogo, o Fortaleza, mandante da partida, aumentou em R$ 10 os valores a superior, inferior e especial. O público pagante foi de pouco mais de 18 mil torcedores.

Por ter ganho a partida, por 2 a 1, o time tricolor joga pelo empate para conquistar o título estadual, enquanto para a equipe alvinegra só a vitória interessa para levar o penta.

 

Diário do Nordeste – 27/04/2015

Fortaleza podia ter colocado a mão na taça, mas jogar pelo empate é excelente

Zagueiro Genilson celebra o primeiro gol do da vitória tricolor sobre o Ceará (Foto: Bruno Gomes/Diário do Nordeste)

 

Não é que foi uma atuação de gala, nem uma partida memorável. Mas o Fortaleza foi melhor do que o Ceará, tanto que venceu por 2 a 1, o primeiro jogo da decisão do Campeonato Cearense.

Agora, o Tricolor joga por qualquer empate para conquistar o título depois de cinco anos. Enquanto para o Alvinegro só a vitória (por qualquer placar) lhe dará o tão sonhado pentacampeonato.

Foi um jogo com dois tempos bem distintos. Não só pelos gols, que só apareceram na etapa inicial, mas também pela intensidade dos dois times. No segundo tempo, caiu muito a produção das duas equipes e só nos 10 minutos finais o Ceará acordou para tentar o empate.

No primeiro tempo, o Fortaleza foi superior. Fez dois a zero em dois vacilos da zaga alvinegra e só não fez o terceiro e o quarto por pura incompetência dos seus atacantes, que perderam chances claras (duas) com Lúcio Maranhão e uma com Pio em um contra-ataque com apenas dois defensores do Vovô e três leoninos do lado.

Só que não dá para os comandados de Marcelo Chamusca lamentarem, pelo contrário, é preciso celebrar por terem conseguido reverter a vantagem do time do técnico Silas. Jogar pelo empate numa decisão é excelente. Principalmente pelo ótimo sistema defensivo tricolor.

Ao Ceará, infelizmente ou felizmente, com a final da Copa do Nordeste na quarta-feira, tem de esperar para saber se o time vai entrar em campo de ressaca por uma conquista inédita ou por uma derrota improvável.

De uma coisa é certa, se jogar como atuou neste domingo, diante do Fortaleza, perde a Copa do Nordeste e perde o Estadual. O time, ainda mais o setor de defesa, não foi nem sombra das atuações contra o Bahia e Vitória.

Ao Fortaleza, não existe receita para segurar um empate. Se inventar de ficar lá atrás esperando o adversário, só tem a perder. Tem de jogar da mesma forma que atuou nos primeiros 45 minutos deste domingo. Aí, sim, tem grandes chances de ser o campeão cearense de 2015.

 

Mário Kempes

Saiba qual é a capacidade de cada setor da Arena Castelão

Na próxima quarta-feira, dia 29, a Arena Castelão deverá estar lotada para receber a segunda partida da decisão da Copa do Nordeste.

Ceará e Bahia se enfrentam, às 22h, com a expectativa de todos os ingressos serem vendidos.

Até o final da noite dessa quinta-feira, 23, foram vendidos mais de 38 mil bilhetes, sem contar os sócio-torcedores.

Os ingressos para o setor de cadeira superior já se esgotaram, restam agora apenas Inferior, Premium e Especial.

Mas qual é a capacidade do Castelão? E quantas pessoas cabem em cada local do Estádio?

Setor Superior: 35.918
Setor Inferior: 18.544
Setor Premium: 4.210
Setor Especial: 3.919
Camarotes: 1.312

Totalizando 63.903 lugares.

No jogo, Ceará 1×1 Sport, pela Final da Copa do Nordeste de 2014, o Castelão recebeu um público total de 61.118 (no Borderô do jogo foi colocado os profissionais de imprensa, por isso divulgaram 61.240). Enquanto o pagante foi de 60.068.

O maior público da Arena Castelão foi na partida Fortaleza 1×1 Macaé, pela Série C do Brasileiro de 2014. Quando 63.254 pessoas estiveram presentes, com 62.525 de público pagante.

 

Blog do Mário Kempes – Diário do Nordeste – 25/04/2015