Direção da Record não quer ver mais ninguém recebendo sem trabalhar

Lua Blanco e Juliana Xavier, atrizes que estão deixando a RecordLua Blanco e Juliana Xavier, atrizes que estão deixando a Record

A direção da Record ainda não admite, de forma oficial, que irá extinguir o seu banco de atores. Mas trata-se de algo que, internamente, já está no seu devido encaminhamento. Serão mantidos apenas os que estão no ar e os escalados para próximos trabalhos. Parado, só recebendo, ninguém vai mais ficar.

A atriz e cantora Lua Blanco também foi enquadrada na nova política da Record. O seu contrato que termina em setembro não será renovado. A partir daí, se houver interesse das partes, apenas compromisso por obra. Lua participou de “Rebelde” e “Pecado Mortal”.

jovem atriz Juliana Xavier, sobrinha do autor Tiago Santiago, na mesma situação, também vai deixar a Record. Era contratada da casa desde “Bicho do Mato”, apresentada em 2006.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“Na mira do crime”: Record é a última da fila para exibir seriado

Sabe aquela da notícia boa e notícia ruim? No caso da série “Na mira do crime”, para a Record os desdobramentos do assunto em questão só podem ser colocados desta forma.

Tem o lado interessante e outro que é uma verdadeira tragédia.

A boa…

As gravações desta série policial serão encerradas no próximo dia 10 de junho.

Ao todo, cinco capítulos com a participação de Rodrigo Veronese no papel de um apresentador e justiceiro e Renata Dominguez, como uma repórter, à frente de um elenco muito forte.

… A ruim

Agora, o que chama atenção é o processo de exibição do seriado.

A estreia está prevista para agosto na Fox. Na sequência, no canal Mundo Fox, dedicado ao público latino, e, como última “janela”, o Netflix. Só depois desse esmerilho todo é que chegará a vez da Record. Tremendo bom negócio, né?

“Na mira do crime” já está com o seu elenco inteiramente escalado.

Além de Rodrigo Veroneses e Renata Dominguez estão Lucuana Vendramini, Gabi Lopes, Carlo Briani, Jacqueline Sato, Rafael Dib, Beto Schultz, João Vitti, Fábio Bianchini, Rogério Brito, Juan Alba, Juliana Xavier, Edmilson Moraes, Jorge Iuri, João Paulo Bineman e Jonas Oliva. Direção do Edson Spinello.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Conheça o personagem de Juliana Xavier no seriado Milagres de Jesus

Divulgação/Record

 

Juliana Xavier interpreta uma das personagens principais do episódio “O Leproso de Genesaré”, da série “Milagres de Jesus”, da Record, que estreia dia 22. Livana é a personagem, filha do rico comerciante de peixes Barzilai (Milhem Cortaz), que vive um romance proibido com o pescador Gad (Micael Borges).

Micael Borges e Juliana Xavier poderão participar de Milagres de Jesus Cristo

 

Os atores Micael Borges e Juliana Xavier, ex-“Rebelde”, estão fazendo testes para o elenco da minissérie “Milagres de Jesus Cristo”, na Record.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Gaby Amarantos entra no lugar de Preta Gil em filme do Aguinaldo Silva

Gaby Amarantos substitui Preta no filme "Super Crô"

Preta Gil não vai fazer o filme “Super Crô”, do Aguinaldo Silva e Bruno Barreto. Problemas na agenda.

A produção se mexeu rapidamente e, sem perder tempo, Gaby Amarantos foi chamada para o seu lugar.

Cinema – 2

Tiago Santiago, agora dedicado ao cinema, já tem na agulha o seu primeiro filme, “Apaixonados”, uma comédia romântica, que ele também vai dirigir.

Os trabalhos começam entre julho e agosto, com as participações já confirmadas de Marcela Barrozo, Ricky Tavares, Juliana Xavier e Pedro Malta.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Atriz Juliana Xavier, de “Rebelde”, ganha ação por uso indevido de imagem

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130322151544.jpg

Divulgação/TV Record
A atriz Juliana Xavier, que recentemente interpretou a Beatriz na novela “Rebelde”, da Record, ganhou uma ação por uso indevido de imagem.
A Clínica de Estética e Spa La Forme havia utilizado fotos da artista em folhetos e sites, sem sua autorização. O advogado Sylvio Guerra entrou com um processo e a juíza Flávia Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra, no Rio, condenou a empresa a pagar um valor correspondente ao cachê para esse tipo de trabalho.
Segundo informações do jornal “O Dia”, Guerra vai recorrer, pedindo um valor muito mais alto.
natelinha