Quinto suspeito de morte de professor é preso no interior do Ceará

Suspeito disse que recebeu R$ 700 para cometer o crime.
SSPDC disse que crime foi encomendado pela esposa do professor

Bandeira do estado do Ceará

Um quinto homem foi preso pela morte do professor Edvaldo Ferreira dos Santos, de 33 anos, na terça-feira (28) no município de Itapipoca, interior do Ceará. A suspeita, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), é que o crime tenha sido encomendado pela esposa do professor. Dois adolescentes foram apreendidos suspeitos de participação.

Conforme a Delegacia Regional de Itapipoca, o suspeito se entregou e confessou que recebeu, de um comparsa da esposa – que já foi preso – R$ 700 para realizar o homicídio. O professor foi assassinado na noite do dia 17 de junho, no Bairro Alto do São Francisco, na rua onde o casal morava, na frente da mulher e também da filha, de apenas quatro anos de idade.

Segundo o delegado Marcos Aurélio, responsável pelas investigações do caso, a mulher, inclusive, enviou fotos da vítima, da rua e da casa para os suspeitos. “Ela arquitetou, pagou e programou os pistoleiros para matar o professor, que era esposo dela. Eles saíram para uma pastelaria e na volta entraram em casa. Depois ela avisou que iria sair de novo com ele. Quando o casal com a filha, o professor foi abordado numa simulação de assalto e acabou sendo baleado”, informou o investigador.

Pagamento
O delegado Marcos Aurélio acrescentou que a jovem pagou R$ 1,6 mil para os criminosos simularem um assalto e cometerem o crime. Parte do dinheiro foi retirado da bolsa da vítima.
“Ela tinha mil reais, que ele tinha dado a ela, mas ainda faltava parte do dinheiro. Ela tirou da bolsa do professor, após ele ser morto, e deu para os criminosos”, acrescentou.

No celular de um dos suspeitos, a Polícia Civil localizou audios e mensagens trocadas com a mulher. Os arquivos auxiliaram à polícia a chegar até os criminosos. A mulher e a dupla foram conduzidos à Delegacia de Trairi e depois levados ao presídio. A arma utilizada no crime, um revólver calibre 38, foi apreendida e será periciada.

Comoção
O crime causou comoção na cidade. Após as prisões, diversas pessoas, entre familiares, alunos e amigos, se dirigiram à frente da delegacia para cobrar justiça. A polícia informou que o professor era muito conhecido e querido na região.

 

G1.COM.BR

Em jogo de oito gols, Itapipoca e São Benedito empatam no Perilão

Partida tem duas viradas, mas termina empatada em 4 a 4 no interior cearense

Itapipoca x Ceará Campeonato Cearense Domingão (Foto: Kid Júnior/Agência Diário)

 (Foto: Kid Júnior/Agência Diário)

Itapipoca e São Benedito fizeram um jogo de bastante emoção no Estádio Perilão. As equipes empataram em 4 a 4 em partida com duas viradas pela terceira rodada do Quadrangular do Descenso. Com o resultado, o Moleque Travesso fica na segunda posição, com quatro pontos – o mesmo número do Guarany de Sobral. Mas perde no saldo de gols. O São Benedito continua na última colocação, com apenas dois pontos ganhos.

A partida foi bem movimentada. O Itapipoca chegou a abrir 2 a 0. No entanto, levou a virada de forma surpreendente. Quando estava 3 a 2, houve nova virada para 4 a 3 pró-Moleque Tavesso. Mas, na reta final, o Azulão da Serra ainda conseguiu empatar novamente, dando números finais ao jogo.

GLOBO ESPORTE.COM

Tom Barros lamenta o fato de 3 times jogarem a primeira divisão do Campeonato Cearense em más condições

Estádio Vieirão, em Itapajé durante a partida Itapipoca 0x2 Guarani (Foto: Reprodução Facebook/Itapipoca)

Sem estádio

Agora mesmo estamos vendo Quixadá, Itapipoca e São Benedito padecendo a falta de estádios em condições de uso nos seus próprios domínios. É um desleixo inadmissível dos gestores municipais. Desconhecem o valor do futebol como instrumento de divulgação e integração. E admitem o vexame que mancha a imagem da cidade.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 05/02/2015

Dado Cavalcante exalta evolução, mas chama a atenção para detalhes

O treinador comemorou a conquista dos três pontos e a liderança isolada

Oito municípios cearenses receberão obras do PAC

20h37 | 25.11.2014

O investimento total nos serviços é de R$ 78,3 milhões, com recursos do Governo Federal e contrapartida do Governo do Estado.

565dc-ceara

Oito municípios cearenses estão contemplados por obras do  PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Estiagem que estão em etapa de licitação. As intervenções englobam ampliação, implantação ou melhoria de sistemas de abastecimento de água. O investimento total nos serviços é de R$ 78,3 milhões, com recursos do Governo Federal e contrapartida do Governo do Estado. As informações foram divulgadas nesta terça-feira pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece).  Os municípios beneficiados são Tauá, Juazeiro do Norte, Aracati, Itapipoca, Sobral, Russas, Quixadá e Caucaia.
Na cidade de Tauá, será realizada a ampliação do sistema de abastecimento de água, com investimento de R$ 24.430.795,41. O mesmo serviço será executado nos bairros de Aeroporto, Triângulo e São José, em Juazeiro do Norte, através de um investimento de aproximadamente R$ 7 milhões de reais.
Nas comunidades de Córregos dos Rodrigues, Pontal, Majorlândia e Quixaba, no município deAracati, também serão realizadas obras de ampliação do sistema de abastecimento de água, totalizando R$ 5.837.449,14. O sistema também será ampliado na comunidade de Canoa Quebrada, no mesmo município.
Por sua vez, o distrito de Capuan, em Caucaia, também terá o sistema de abastecimento de água ampliado, com o valor da licitação de R$ 13.888.641,3. O serviço será executado ainda no município de Russas, através de licitação com valor de R$ 10.700.412,06.
Diário do Nordeste – Negócios – 25/11/2014

Tom Barros comenta dificuldades financeiras de alguns times cearenses depois do encerramento do Estadual

71ec5-adidas20brazuca20201420world20cup20ball201

Bravos

Ferroviário, Guarany de Sobral, Guarani de Juazeiro, Quixadá, Tiradentes, Horizonte, Crato e Itapipoca há muito encerram suas participações no certame estadual. Receita zero. Programação oficial só depois da Copa do Mundo. Sim, e como ficam então as obrigações financeiras desses clubes? São bravos.

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 21.05.2014

Tom Barros comenta que o Itapipoca vive três possibilidades hoje

Ficheiro:Itapipoca Esporte Clube logo.gif

 

“O Itapipoca está complicado. É a terra dos Três climas sob ameaça de uma faca de três gumes: Icasa, Quixadá e Ferroviário”.

Bechara

Comentarista (em tom de Brincadeira, criou essa figura sobre o tríplice risco do Ita)

 

Flávio Ricco com  colaboração de José Carlos Nery

Tom Barros expõe duas situações que poderão ocorrer hoje no Campeonato Cearense

Ficheiro:Bandeira do Ceará.svg

 

O Ferrão vive a situação mais difícil. Terá de ganhar do Quixadá e torcer por um tropeço do Itapipoca. Só ganhar do Quixadá não lhe basta. Já o Itapipoca tanto pode subir para o G-4 (mas aí terá de golear, pois seu saldo é menos cinco) como pode ser rebaixado. Incrível.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 21/02/2014

Tom Barros comenta a última rodada da primeira fase do Campeonato Cearense

Ficheiro:Bandeira do Ceará.svg

 

Icasa (23 pontos), Quixadá (20), Itapipoca (20) e Ferroviário (18) entram na rodada do fim de semana sob a natural apreensão de quem deixou tudo para a última hora. A situação menos complicada é a do Icasa, pois basta empatar com o Itapipoca para ganhar a quarta vaga no hexagonal. Portanto, não depende de terceiros. O Itapipoca, mesmo se ganhar, poderá ficar fora do G-4, pois dependerá do saldo de gols e ainda do resultado de Quixadá x Ferroviário. Se o Quixinha ganhar, dependerá do resultado do Icasa. Portanto, total interdependência que não permite antecipações.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 21/02/2014

Tom Barros comenta que a briga pelas 4 vagas na segunda fase do Campeonato Cearense promete ser emocionante

Ficheiro:Bandeira do Ceará.svg

 

Quem vai ocupar as últimas vagas no G-4 nesta fase classificatória do Campeonato Cearense? Ainda não é possível responder. As variações são muitas, decorrentes mesmo da irregularidade de produção dos concorrentes. Estas três rodadas derradeiras ganharam maior importância porque os times seguem muito próximos, já pelas colocações e pontos conquistados: Horizonte, Icasa, Quixadá, Itapipoca… Não imaginei que o certame ganharia tanta consistência na reta final. Os times intermediários engrossaram o pescoço. E agora é impossível uma antecipação sobre o que poderá acontecer nestes momentos de definição. Todos estão muito parecidos.

 

Tom Barros  – Jogada – Dipario do Nordeste – 13/02/2014