Fifa fará venda “limitada” de ingressos para todos os jogos no dia 4 de junho

Entidade afirma que haverá entradas disponíveis no site oficial para as 64 partidas, incluindo final e abertura da Copa. Novos Centros de Ingressos abrem neste domingo .

A Fifa revelou neste sábado que colocará na próxima quarta-feira (4 de junho) uma nova leva deingressos à venda para todos os 64 jogos da Copa do Mundo, incluindo a abertura (Brasil x Croácia, dia 12 de junho, na Arena Corinthians) e a final (no Maracanã, em 13 de julho). Porém, a entidade deixou claro que haverá “uma quantidade bem limitada” de entradas disponíveis. A comercialização desses ingressos será feita apenas no site http://www.fifa.com.

O comunicado oficial da Fifa diz que o horário do início da venda no Fifa.com na quarta-feira será divulgado em breve. Com a nova leva, torcedores poderão tentar comprar ingressos para todos os jogos da seleção brasileira, por exemplo.

– Conforme prometido, estamos felizes de poder colocar à venda mais alguns ingressos e acreditamos que haverá uma grande procura. Portanto, com o objetivo de evitar a decepção de torcedores que venham a fazer fila nos Centros de Ingressos e para sermos justos com os fãs do mundo todo, decidimos disponibilizar as entradas apenas pela internet – explicou Thierry Weil,Diretor de Marketing da Fifa.

ingresso copa do mundo brasil x mexico (Foto: Site Oficial FIFA)
Exemplo de ingresso da Copa do Mundo: torcedores terão nova chance para todas as partidas (Foto: Site Oficial FIFA)

 

A entidade informou também que a partir deste domingo será possível comprar as entradas disponíveis atualmente nos 12 Centros de Ingressos (locais oficiais da Fifa para retirada dos bilhetes) nas cidades-sedes, abertos diariamente de 9h às 21h (confira todos os endereços e datas abaixo).

Sete centros de coleta de ingressos começarão a funcionar em aeroportos brasileiros no domingo: Belo Horizonte (Confins), Brasília, Fortaleza, Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Salvador e Viracopos, em Campinas. Além disso, três centros no Rio e São Paulo também abrirão as portas. Estes dez servem apenas para retirada, não sendo possível comprar entradas.

Confira os endereços dos Centros de Ingressos da Fifa:

Belo Horizonte:

Boulevard Shopping: Avenida dos Andradas nº 3.000, Santa Efigênia, Cidade de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais, CEP: 30260-070

Brasília:

Centro de ConvC Eixo Monumental – Lote 05 Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Brasília, CEP: 78000-000

Cuiabá:

Shopping Pantanal – Av. Historiador Rubens de Mendonça, 3300 – Jardim Aclimação, Cuiabá – MT. CEP: 78055-000

Curitiba:

Pátio Batel Shopping – Avenida do Batel, 1.868 – Batel, Curitiba – Paraná – CEP: 80420-090

Fortaleza:

Centro de Eventos do Ceará : Avenida Washington Soares nº 999, Portão E – Edson Queiroz, Fortaleza, CEP: 60811-341

Manaus:

Centro Cultural dos Povos da Amazônia: Praça Francisco Pereira da Silva, s/n° CEP: 69073-270

Natal:

Shopping Cidade Jardim: Av. Eng. Roberto Freire, 2920 – Capim Macio, Natal – RN, CEP: 59080-900

Porto Alegre:

Barra Shopping Sul: Av. Diário de Notícias, 300 – Cristal, Porto Alegre – RS. CEP: 90810-080

Recife:

Shopping Recife : Rua Padre Carapuceiro nº 777, Edifício Garagem B1, Boa Viagem, Recife, Pernambuco, CEP: 51020-900

Rio de Janeiro:

Casarão General Severiano: Av. Venceslau Brás, nº 72 – Botafogo, Rio de Janeiro. CEP: 22290-040

Cidade das Artes: Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca CEP: 22793-080

Salvador:

Iguatemi Shopping: Avenida Tancredo Neves nº 148, Estacionamento I-1,  Salvador, Estado daBahia, CEP: 41828-900

São Paulo

Ginásio do Ibirapuera: Rua Manoel da Nóbrega, 1361, Ginásio do Ibirapuera, Paraíso, São Paulo, SP, CEP 04001-084

Centro Cultural São Paulo: Rua Vergueiro, 1000 Paraíso, São Paulo CEP: 01504-000

Praça Antônio Prado : Rua XV de Novembro, 347 – Centro – São Paulo-SP CEP: 01010-010

Centros de Retirada de Ingressos em Aeroportos

Será necessário apresentar um cartão de embarque válido para que possa retirar seus ingressos em um Centro de Retirada em Aeroporto.

Belo Horizonte
Aeroporto de Confins (internacional e doméstico) – Mezanino Setor A, em frente a Polícia Federal.

Brasília
Aeroporto Juscelino Kubitschek, Terminal de passageiros, praça de alimentação, segundo pavimento, lado esquerdo da escada rolante, próximo ao Cyber Office.

Fortaleza
Aeroporto Pinto Martins, Mezanino Setor A, Mirante Pavimento 02, próximo a capela.

Rio de Janeiro
Aeroporto Galeão (internacional e doméstico), Terminal 01, Setor A, Desembarque,  Área Nova.
Aeroporto Santos Dumont (doméstico) Terminal de embarque, Mezanino, lado direito, próximo aos Correios.

Salvador
Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, Terminal de Passageiros, Pavimento Térreo, Saguão, próximo aos Correios.

São Paulo
Aeroporto Viracopos/Campinas (internacional e doméstico), Terminal de Passageiros, Saguão de CHECKIN/MOP, ao lado do guiche 11, área de futuras instalacoes de bvri’s.

Os Centros Adicionais de Retirada de Ingressos localizados no Aeroporto de Porto Alegre e no Aeroporto de Guarulhos em São Paulo serão abertos em seu devido momento. 

 

GLOBO ESPORTE .COM

FIFA alerta torcedores sobre cambistas e vendas não autorizadas de ingressos

FIFA alerta torcedores sobre cambistas e vendas não autorizadas de ingressos

A 21 dias do início da Copa do Mundo da FIFA 2014™ em São Paulo, cambistas inescrupulosos em todo o planeta continuam se aproveitando dos torcedores ansiosos por conseguir ingressos para os jogos do torneio. Empresas, sites e pessoas físicas vêm, cada vez mais, oferecendo entradas a torcedores inocentes por meio de revendas não autorizadas a preços exorbitantes.

Portanto, a FIFA e a MATCH Enforcement, divisão da MATCH Services encarregada pela FIFA de detectar e deter a venda não autorizada de ingressos, estão incrementando seus esforços e a cooperação com as autoridades para coibir tais atividades em todos os níveis. É importante reiterar que a única fonte legítima de ingressos é o www.fifa.com. Mais nenhum site ou terceiro tem qualquer direito de vender legitimamente entradas para aCopa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

“Para a FIFA, é fundamental proteger os torcedores dos riscos das vendas ilegais de ingressos”, explicou o diretor de

marketing

 da FIFA, Thierry Weil. “Nas últimas semanas, infelizmente estamos vendo cada vez mais pessoas saindo decepcionadas de nossos centros de venda por não conseguir retirar os ingressos comprados em sites não oficiais. A FIFA cancela todos os ingressos que forem descobertos como fruto de venda ou revenda ilegal, e os portadores correm o risco de não ser autorizados a entrar nas partidas da Copa do Mundo da FIFA 2014™”.

“Assim como no futebol, combater o flagelo da venda não autorizada de ingressos requer um esforço em equipe”, continuou Weil. “Além da FIFA, são os torcedores quem decideonde comprar seus ingressos, enquanto as autoridades de todos os níveis e jurisdições possuem a capacidade e as ferramentas jurídicas para intervir e punir eficientemente tais atividades”.

Desde 2012, um ano antes do lançamento das vendas de ingressos, uma equipe especializada da FIFA e da MATCH Enforcement começou seus trabalhos na luta contra a venda não autorizada de ingressos. Essas vendas são supervisionadas de perto – o processo inclui novas técnicas usadas pelos cambistas para conseguir as entradas ilegalmente – para que possam ser efetivamente neutralizadas com o cancelamento dos ingressos e sua devolução ao estoque quando sua ilegalidade é identificada. Todos os esforços estão sendo feitos para assegurar de forma eficiente as interfaces do processo de pagamento. Ao mesmo tempo, foram tomadas ações preventivas contra o phishing e ataques semelhantes de criminosos cibernéticos.

Para completar, o Brasil tem uma lei consagrada, o Estatuto do Torcedor, que reforça as medidas contra a venda ilegal de ingressos. Entre elas está o Artigo 41º do estatuto, que afirma que é um crime vender ou fornecer um ingresso por um valor superior ao de face. As cláusulas em vigor no Brasil permitem às autoridades pôr fim a tais atividades e punir as pessoas e empresas envolvidas. A FIFA e a MATCH Enforcement vêm regularmente dando informações às autoridades brasileiras para ajudá-las no cumprimento do estatuto e a processar quem viola a lei.

Os esforços, porém, não se limitam ao Brasil e se aplicam em escala internacional com o envolvimento das autoridades locais em suas respectivas jurisdições e, particularmente, com a colaboração íntima das autoridades de proteção ao consumidor, que têm amplos recursos legais. Se, em qualquer momento, um torcedor tiver dúvidas a respeito da legitimidade de uma suposta fonte de ingressos, pode entrar em contato com o Escritório de Emissão de Ingressos da FIFA pelo email enforcement@match-ag.com.

FIFA .COM

Renato Maurício Prado comenta que as pessoas que comprarem ingressos para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 no Facebook poderão se dar muito mal

 

FIFA.com é única fonte legítima para compra de ingressos da Copa

À medida que se aproxima o início da Copa, aumenta freneticamente o comércio paralelo de ingressos. Através de grupos fechados no Facebook, há ofertas de todos os tipos. Numa delas, um cidadão oferece uma entrada de cadeirante para a final, cobrando R$ 5 mil. Como “brinde”, oferta o empréstimo gratuito de uma cadeira de rodas — o que sugere a possibilidade de alguém com a saúde perfeita simular uma deficiência, para usar o bilhete. 

Se isso for verdade, o espertalhão que tentar o golpe pode se dar muito mal. A Fifa avisa que será preciso comprovar, por meio de atestado médico, a condição de deficiente ao entrar no estádio.

 

Renato Maurício Prado – O GLOBO – 09.05.2014

2.3 million tickets for the 2014 World Cup already allocated

Saturday, 22 February 2014 12:37 PM

2.3 million tickets for the 2014 World Cup already allocated

A total of 473,076 tickets for the 2014 FIFA World Cup™ were allocated during the second random selection draw for all matches except the Opening Game in Sao Paulo and the Final in Rio de Janeiro. Brazilian fans received around 60% of the inventory during this sales phase.

Across all general public sales phases on FIFA.com including the sale of the participating teams’ quotas, 1.5 million tickets have been allocated to supporters to date: 57% to Brazilians and 43% to international fans. Brazil remains the nationality with the most assigned tickets (906,433 allocated tickets so far), followed by the USA (125,465) and Colombia (60,231). Germany (55,666), Argentina (53,809), England (51,222), Australia (40,446), France (34,971), Chile (32,189) and Mexico (30,238) complete the list of top 10 nations with the most ticket allocations. In total, through all sales channels including the hospitality programme and other constituent groups, 2.3 million tickets have been assigned.

All applicants will be informed by e-mail or text as to whether or not their application has been successful – either fully or partially – by 11 March 2014. The electronic draw was observed by representatives of the Caixa Economica Federal Bank and the Brazilian Ministry of Sport. In total, close to 10 million tickets were requested by fans from 228 countries and territories in both sales phases.

“With 290,169 tickets dedicated to supporters of the participating teams now allocated, we start to see a balance in the ticket assignment. The teams can count on the support of their fans in the twelve stadiums in Brazil . This shows the huge anticipation for the 2014 FIFA World Cup on all corners of the world and that we can expect an incredible atmosphere at all matches in the stadiums in June and July, as we experienced during last year’s FIFA Confederations Cup,” said Thierry Weil, FIFA Marketing Director in charge of ticketing.

To watch the FIFA World Cup games live in the stadiums, all spectators, including children of all ages, must buy tickets. It is important to remind applicants that they must have sufficient funds in their accounts as, if their requests are successful, payments will be processed immediately. If not, the request is cancelled and the reserved tickets are offered to other fans.

The remaining tickets (approx. 160,000) will be available to the public in the next window of the second sales phase, which starts on a first-come-first-served basis on 12 March at 12.00 CET/08.00 BRT (Brasilia time). The final number available is subject to the afore-mentioned ticket payments and further releases from our stakeholders. This next window closes on 1 April, but most of the tickets are expected to sell out fast. There will be tickets for all matches except the Opening Game, the Final in Rio de Janeiro, England vs Italy and USA vs Portugal, both in Manaus, as well as the Round of 16 matches in Porto Alegre and Sao Paulo, and the semi-final in Belo Horizonte.

FIFA would like to reiterate that FIFA.com is the exclusive sales platform for 2014 FIFA World Cup tickets.

Source : Football Federation Australia

Torcedor que desistir de ingresso da Copa vai pagar taxa à Fifa

 

O Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon-DF) alertou hoje (16) os torcedores que pretendem comprar ingressos para jogos da Copa do Mundo 2014 que, em caso de desistência após a compra, será cobrada uma taxa de 30% do valor pago.

A medida está prevista no regulamento da Federação Internacional de Futebol (Fifa), que justifica a cobrança da taxa para “cobrir custos administrativos incorridos em razão do cancelamento do ingresso”, além de “compensar a Fifa pela reduzida chance de revender os ingressos e quaisquer danos, inclusive lucros cessantes, que possam ser sofridos pela Fifa em razão do cancelamento”.

De acordo com o regulamento, não é permitido cancelamento parcial de ingressos, ou seja, caso o consumidor queira cancelar a compra de um ingresso, deverá fazê-lo com todos os pacotes solicitados por ele naquela partida. E tal pedido deve ser feito em até 48 horas antes do jogo.

O Código de Defesa do Consumidor garante um prazo de sete dias para desistência, com devolução imediata dos valores pagos, de transações feitas por telefone, pela internet ou meio similar, fora do estabelecimento comercial. O instituto, no entanto, informou que a regra não vale no caso da compra de ingressos para o Mundial da Fifa. Segundo o Procon-DF, a entidade está amparada pela Lei Geral da Copa, que lhe confere autonomia para esta decisão. A cobrança da taxa de devolução também está prevista no contrato de compra dos ingressos, mas o Procon-DF explica que, ainda assim, vai registrar e encaminhar à Fifa reclamações de torcedores que se sentirem lesados.

 

Diário do Nordeste