Homero Salles vai dirigir especial de fim de ano de Zezé di Camargo e Luciano

 

Homero Salles, nome sempre ligado ao Gugu, vai dirigir o especial de Zezé di Camargo e Luciano no fim de ano da Record.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Bengala virou arma na briga dos diretores do Gugu

À esquerda, Gugu com o diretor Vildomar batista, e à direita, o apresentador com Homero Salles

À esquerda, Gugu com o diretor Vildomar batista, e à direita, o apresentador com Homero Salles

A briga entre Vildomar Batista e Homero Salles, domingo, na GGP, teve tudo que uma boa briga pode ter e mais alguma coisa.

Ainda se recuperando das consequências de um tombo de moto, o Homero queria bater no Vildomar com a bengala. A plateia que participava da gravação foi para ver um, mas levou dois espetáculos,

Todo mundo sabia que os dois, Homero e Vildomar, no mesmo lugar, não tinha chance nenhuma de dar certo. E não deu.

E se é que existe algo de positivo, ainda bem que aconteceu antes da estreia, porque assim tem como arrumar.

Flavio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Gugu aparta briga entre diretores na gravação do piloto de seu programa

À esquerda, Gugu com o diretor Vildomar batista, e à direita, o apresentador com Homero Salles

À esquerda, Gugu com o diretor Vildomar batista, e à direita, o apresentador com Homero Salles

Por pouco não terminou em troca de socos e pontapés a gravação de um pré-light do “Programa do Gugu”, neste último domingo, nos estúdios da GGP.

Os diretores Vildomar Batista e Homero Salles só não chegaram ao que se conhece como vias de fato, graças a pronta intervenção da turma do deixa disso, liderada pelo próprio Gugu Liberato e por Mafran Dutra, diretor da Record.

Há quem jure que ainda assim a situação chegou a um ponto incontrolável, a partir do momento que um, Vildomar, chamou o outro, Homero, de mentiroso.

O tempo esquentou e esquentou feio.  Vildomar e Homero, desde o primeiro momento nunca se entenderam em completamente nada. Existe, entre os dois, uma enorme diferença na maneira de pensar e conduzir o programa.

Como isso vai ficar caberá à direção da Record e ao próprio Gugu resolver.

O “Programa do Gugu” estreia na próxima quarta-feira, 25, às 22h30, com uma entrevista exclusiva com o cantor Ricky Martin, feita em Miami.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Diretor do Gugu é o novo vizinho internacional do Silvio Santos

O vizinho ao lado do Silvio Santos, no confortável e luxuoso Celebration, condomínio em Orlando, atende pelo nome de Homero Salles, diretor do Gugu.
Não chega a ser parede contra parede, mas os dois estão separados a poucas quadras de distância.
Olha que interessante. A família do Homero está vivendo lá.

 

Flávio Ricco com colaboração José Carlos Nery

Alan Rapp renovou com a Band até 2017

 

No casamento de Rodrigo “Vesgo” Scarpa e Gabriela Baptista, sexta-feira, muito se falou de um convite do Homero Salles ao diretor do “Pânico”, Alan Rapp…

Isto para que, a partir do ano que vem, ele passasse a integrar a nova equipe de Gugu Liberato…
“Somos amigos e sempre que dá trocamos ideias sobre TV, mas a informação não procede”, diz Alan, que também renovou até 2017.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Diretor do Gugu volta a ser hospitalizado em São Paulo

O apresentador Gugu Liberato

Homero Salles, diretor dos programas de Gugu Liberato e atual responsável pela administração da GGP, produtora do apresentador de televisão, está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Ainda por complicações decorrentes de um acidente de moto.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Diretor afasta possibilidade da volta da “Banheira do Gugu” em 2015

38340-record-hd

À frente dos trabalhos de implantação do novo programa de Gugu Liberato na Record, que será lançado em 2015, Homero Salles afastou os rumores de que a “Banheira do Gugu” poderia voltar.

Segundo a coluna Controle Remoto, o quadro, polêmico nos anos 90, não voltará e o próprio Homero tratou de cessar os boatos. “A atração foi transgressora à época. Costumo brincar que, para ser parecida com a original, ela hoje teria de ter topless. No mínimo”, disse o diretor.

Apesar de ser um quadro clássico do “Domingo Legal” e que vai ficar de fora deste novo programa, o telespectador fã de Gugu encontrará várias de suas marcas nesta nova etapa.

Ainda que a exibição agora vá ocorrer no horário nobre e três vezes por semana, e não mais uma sempre aos domingos, Gugu apostará em quadros que fizeram sua marca, como os assistencialistas.

Pesquisas realizadas pela Record identificaram que o telespectador gosta de quando o apresentador realiza sonhos, como reencontros, reformas e outros quadros de ajuda.

Também são previstos formatos importados adquiridos ao longo dos últimos meses em feiras internacionais.

 

NaTelinha

Record tira Vildomar Batista do “Hoje em Dia” e Homero Salles de Gugu

38340-record-hd

A Record promoveu uma dança das cadeiras na direção de seus programas nesta sexta-feira (14). As informações são do jornalista Flávio Ricco.

Vildomar Batista, então no “Hoje em Dia”, foi destituído do cargo. O diretor, que estava há menos de um ano à frente do matinal, assumirá o novo programa de Gugu Liberato, que tem estreia prevista para o ano que vem.

O “Hoje em Dia” voltará a ser dirigido por Bruno Gomes, que deixou o programa no fim do ano passado para se dedicar exclusivamente ao “Programa da Tarde”.

Já Homero Salles, que viabilizou a vinda de Gugu para a Record tanto em 2009 como agora em 2014, foi afastado. O diretor, que sofreu um acidente de moto recentemente, ainda não tem novos planos. Com esta mudança, a emissora também espera promover o retorno de Gugu sob uma linha editorial diferente.

Vale lembrar que com esta mudança, a volta de Britto Jr. ao “Hoje em Dia” pode ocorrer ainda que Paulo Franco tenha garantido que Celso Zucatelli continuará à frente do matinal.

 NaTelinha

Rede Record quer o retorno de Gugu Liberato …

 

Gugu Liberato, como lobinho independente, tem negociações em curso com várias emissoras. E, por mais inacreditável que possa parecer, inclusive Record, com Homero Salles no meio campo.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery