Gisele Joras é colaboradora da segunda temporada do seriado Trair e Coçar É Só Começar

Reforço – 1
A autora Gisele Joras, ex-Record, passou a colaborar no roteiro da segunda temporada do “Trair e Coçar É Só Começar”, a convite de Marcos Caruso. O Multishow ainda não marcou a data de estreia desta nova edição.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Gisele Joras vai deixar a Rede Record

A Record é um navio que afunda …

As dispensas na teledramaturgia da Record, além de atores e diretores, passam a atingir também os seus autores.
Gisele Joras, puxando a fila, também não terá o contrato renovado.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Moisés e Os 10 Mandamentos vira novela e irá ao ar às 20h30

 

Vivian de Oliveira vai desenvolver o primeiro roteiro do novo horário de novelas da Record, às 20h30, com direção de Alexandre Avancini.
Trata-se de “Moisés e Os 10 Mandamentos”, até então previsto para minissérie.
Com essa decisão, o diretor Edson Spinello, agora fora do projeto “Moisés”, vai se dedicar à próxima novela de Gisele Joras na Record.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

BALACOBACO 11-01-2013

Ficheiro:Wtc arial march2001.jpg

Isabel desconfia de Paulo, mas Mirela tenta amenizar o clima. Eduardo pede que Arthur faça mais companhia à Ligia e inicia uma discussão. Eduardo diz que vai parar de acusar Norberto publicamente quando recuperar a Aventura Radical. Paulo pergunta à Isabel sobre o casamento. Ao saber que é recente, o dono da lancha afirma que a arquiteta não deve conhecer tão bem o seu marido. Norberto comenta com Danilo que se fosse mesmo um mestre do crime, as pessoas deveriam temê-lo. Isabel pede para Paulo voltar depois, mas, decidido, ele pede o endereço do trabalho de Norberto. Arthur se nega a ajudar Eduardo e Lígia fica no meio da discussão.

Norberto diz a Danilo que o culpado pelo atentado é Eduardo. Hilda pede que Eduardo e Arthur parem de brigar na frente de Lígia, mas o dono da rede de hotéis ignora e acusa o filho da sua esposa de ter inveja de Norberto. Paulo pede que Isabel avise ao marido que ele finalmente acordou. Fabiana vai a Aventura Radical ver Norberto. Arthur expulsa Eduardo da sua casa e o mocinho sai para preservar sua mãe de mais confusão. Mauro e Adriana perguntam a Danilo sobre a conversa dele com o chefe, que não fala sobre o assunto por medo.

Fabiana pede ajuda a Norberto, pois está sem o dinheiro da pensão do ex-marido, e afirma que se ele for generoso, ela também poderá ser diante do juiz. Dóris tenta alertar Diva sobre o péssimo caráter do ex-namorado e deixa irmã indecisa. Celina sofre pela reviravolta em sua vida. Marlene se empolga com os preparativos do chá de bebê e Aragão confirma seu encontro com André. Mirela e Isabel trabalham no projeto do hotel que Norberto pediu. André avisa a Catarina sobre a visita de seu pai e brinca que ela deveria aproveitar para marcar o casamento. A modelo garante que o fotógrafo seria um bom marido, mas que não o ama.

Norberto se diverte com o pedido desesperado de Fabiana, que pede um emprego ao vilão e garante apoiá-lo na justiça se ele ajudá-la. Cremilda vai até a casa de Osório em busca de Deodoro. Norberto desconfia de Fabiana, que afirma ser avessa a Eduardo depois de vê-lo se aliar a Magno. Osório se disfarça de Deodoro. Cremilda revela que vai à casa de Aragão e Violeta diz que também vai ao chá de bebê. Norberto pede que Danilo prepare um contrato para Fabiana como sua secretária. Taís confessa para o pai que se preocupa com sua segurança. Mauro conta para Eduardo que Fabiana virou secretária de Norberto. Violeta pressiona Osório, pois teme que Aragão seja prejudicado.

Seu pai pede que ela impeça o golpe sem mandar Cremilda para a cadeia. Diva e Dóris gastam o dinheiro no shopping, deixando a mãe furiosa ao vê-las na ostentação. Norberto leva Fabiana em casa, mas a adverte que não poderá manter o mesmo estilo de vida com o salário de secretária. Ela se insinua para o vilão. Taís fica feliz ao saber que Ligia vai jantar na casa de Eduardo e pede para Isabel ficar. A arquiteta autoriza e Mirela avisa que a amiga está sendo rígida com a sobrinha. Fabiana revela a Norberto que odeia Taís. Ele diz sentir o mesmo e se despede da nova secretária. Paulo vai à Aventura Radical e Mauro deixa o visitante esperar pelo chefe. Dóris conta para Cremilda que Diva não quer mais saber sobre Norberto, mas que as duas ainda vão se vingar de Isabel.

Vinagre vai ao trabalho de sua mãe buscar um livro e Norma lhe belisca o bumbum. Mirela propõe que Isabel procure saber quem é Magno, pois ele é o bandido que está causando problemas na sua vida. André apresenta Catarina a Aragão, que comenta sobre Arthur estar apaixonado pela modelo. Eduardo conta para Lucas e Rafael que Fabiana foi contratada por Norberto. Isabel procura pela foto de Magno na internet e fica em estado de choque ao ver que é o mesmo cara da tatuagem. Marlene vai ao médico, que a prepara para uma má noticia. Norberto se assusta ao ver que Paulo está esperando por ele.

Gisele Joras terá novela na Record em 2014

 

Gisele Joras, autora, que voltou a morar em Londres desde o término de “Balacobaco”, já trabalha na pré-sinopse da sua próxima novela na Record.

E, sem misturar uma coisa com a outra, ela também passou a colaborar com o site New York Spy, escrevendo sobre a atual cena artística da Inglaterra.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“Balacobaco” vence prêmio internacional; Record é bicampeã no segmento

https://i2.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/6b880f9fe0f8b8133d00d8b089a376cf.jpg

Bruno Ferrari é o vilão Norberto em “Balacobaco” – Divulgação/Record

A Record acaba de conquistar mais um prêmio internacional por sua dramaturgia.
A emissora conquistou a premiação pela melhor novela de 2012 com “Balacobaco” no Banff Media Festival, um dos festivais de maior renome, tradição e prestígio no Canadá. A trama escrita por Gisele Joras e dirigida por Edson Spinello disputava no segmento de Soap Operas.
“Balacobaco”, que teve seu nome traduzido para “Tricky Business” (em tradução literal, “Negócios Complicados”), foi a única produção brasileira indicada no segmento de dramaturgia.
Com este novo prêmio, a Record se torna bicampeã. No ano passado, a emissora faturou o mesmo prêmio para “Vidas em Jogo”, de Cristianne Fridman e de direção-geral de Alexandre Avancini.
NaTelinha

Balacobaco recebeu prêmio no Canadá

 

 

“Balacobaco”, de Gisele Joras e direção de Edson Spinello, produção da Record, foi premiada como melhor telenovela de 2013 pelo Banff World Media Festival, no Canadá.
A novela concorreu com produções do Canadá, Filipinas, Noruega.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Nilson Xavier comenta BALACOBACO

Juliana Silveira e Bruno Ferrari em “Balacobaco” (Foto: Divulgação/TV Record)

Se a intenção da Record com “Balacobaco” era afastar o fantasma de “Máscaras”, pode-se dizer que a meta foi atingida. “Máscaras” ficou no passado e é um projeto que a Record não faz questão de lembrar. Mas isso não quer dizer que “Balacobaco” teve vida fácil.

A novela causou estranhamento quando estreou. Era uma proposta completamente diferente da de sua antecessora. Colorida, espalhafatosa, num tom farsesco, metida a engraçada, com trilha popularíssima e personagens caricatos. Ficou claro que a inspiração da autora, Gisele Joras, foram dois sucessos recentes da Globo: a também colorida e alegre “Cheias de Charme” com a pegada “nova classe C” de “Avenida Brasil”. Pode-se dizer que foi uma aposta corajosa jogar às 22h30 uma novela com forte apelo de comédia e características comuns às novelas do horário das sete da Globo.

Alguns ajustes na trama foram feitos logo no início, mas, passados sete meses da estreia, percebe-se que a sua proposta permaneceu fiel até o fim, o que é bastante louvável. Outro ponto positivo foi a Record ter mantido “Balacobaco” em seu horário original desde o começo – diferente de “Máscaras”, que correu ao caminho dos ventos da audiência e das prioridades da grade da emissora, o que muito a prejudicou.

Infelizmente, a Record ainda não conseguiu recuperar os áureos dois dígitos na audiência que suas novelas tinham antes de “Máscaras”. “Vidas em Jogo” fechou com uma média final de 12 pontos no Ibope da Grande São Paulo. “Máscaras” derrubou para a metade (6 pontos), e “Balacobaco” fecha com 7 pontos. Pelo visto, “Dona Xepa” terá bastante trabalho pela frente.

Não foi a melhor novela de Gisele Joras. Prefiro “Amor e Intrigas”, de 2008. Mas o vilão Norberto foi o melhor papel de Bruno Ferrari na TV – um jovem ator que já havia chamado a atenção em trabalhos anteriores e que cresce a passos largos a cada papel.

 

Nilson Xavier – UOL

“José do Egito” mantém Ibope; “Balacobaco” em alta

https://i2.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/7f979ed0a210f82d263df3b2782949e4.jpg

Embora não tenham a mesma performance de anos anteriores, as noites de quarta-feira continuam sendo as de maior audiência da Record. Ontem (01), ainda que feriado, não foi diferente e a emissora não teve seus números atingidos.

“José do Egito”, que finalmente chegou à segunda fase, garantiu média de 10 pontos. A minissérie segue estabilizada nesta casa há praticamente um mês.

Apesar de ter apresentado um episódio especial, marcando a chegada de Ângelo Paes Leme e de outros personagens, como Maytê Piragibe, não houve crescimento. O excesso de intervalos comerciais – que chegam a ser dados quase que em sequência – inibe uma eventual reação.

Já “Balacobaco” registrou um de seus melhores números desde a estreia. Com a prisão de Norberto (Bruno Ferrari), que tentou foi baleado ao tentar fugir de avião para o exterior, o folhetim de Gisele Joras garantiu 10 pontos de média e se isolou na vice-liderança.

Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.

 

NaTelinha

Na reta final, “Balacobaco” perde a vice-liderança para o SBT

Nesta segunda, 8, a trama perdeu para o Programa do Ratinho e Astros, ambos do SBT.

Depois de ser esticada, “Balacobaco”, que entra em seu último mês de exibição, não tem conseguido segurar a vice-liderança para a Record.

Há uma semana, a trama assinada por Gisele Joras, tem tido dificuldade para segurar os sete pontos de audiência. Na média geral, totalizando os 133 capítulos exibidos, “Balacobaco” acumula uma média de 6,7 pontos na Grande São Paulo. É um ponto a mais que a antecessora, “Máscaras”.

Nesta segunda-feira, 8, de acordo com o Ibope, a trama registrou 6 pontos de média, ante 7 do SBT – que exibia o “Programa do Ratinho” e “Astros”.

O último capítulo de “Balacobaco” está previsto para o dia 14 de maio, uma terça-feira.
O Planeta TV