Geração Brasil concorre ao International Digital Emmy Awards 2015

A novela Geração Brasil está concorrendo ao International Digital Emmy Awards 2015, braço digital do prêmio mais importante da TV mundial, na categoria programa de ficção, com o aplicativo para celular Filma-e, em que os telespectadores eram “desafiados” pelos atores Humberto Carrão e Chandelly Braz. Os vencedores serão anunciados em 13 de abril em Cannes, na França.

Notícias Da TV

James Akel ironiza o fato de Claudia Abreu ter recebido prêmio por seu papel na novela Geração Brasil

Foi pra cucuia a credibilidade do Troféu do Faustão depois da premiação ontem de Claudia Abreu.

Ela fez uma bosta de papel numa merda de novela e ganha prêmio de boa atriz.

Faustão, vestido num paletó vinho e camisa e gravata pretos foi a fotografia do declínio da emissora.

 

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 12h26 no dia 29/12/2014

“Geração Brasil” termina com baixo Ibope e atrás de “Além do Horizonte”

"Geração Brasil" termina com baixo Ibope e atrás de "Além do Horizonte"

Lázaro Ramos e Taís Araújo no último capítulo de “Geração Brasil” – Divulgação/Globo

 

O último capítulo de “Geração Brasil”, que foi ao ar na noite desta última sexta-feira (31), atingiu baixos índices de audiência na Globo.

A exibição do desfecho da novela de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira marcou apenas 20 pontos de média. O índice é o pior desempenho dentre todos os capítulos finais de produções da faixa das 19h da emissora carioca.

Já a reprise, veiculada no sábado (01), teve índices inferiores mas com uma diferença menor que outras novelas do canal. A média foi de 18 pontos.

Ainda que com baixos números, nos dois dias a Globo liderou de forma isolada. Tanto na sexta como no sábado, a Record registrou 7,5 pontos no confronto.

Embora os dados ainda não sejam consolidados, “Geração Brasil” se encerrou com números abaixo dos obtidos pela antecessora “Além do Horizonte”, que tinha até então os piores índices da faixa.

O capítulo final de “Além do Horizonte”, exibido no dia 2 de maio, teve 25,5 pontos de média. A reprise, por sua vez, alcançou 18.

Esses índices são prévios e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo. Dados consolidados podem variar para mais ou para menos.

 

NaTelinha

 

 

Renata Sorrah fala sobre papel em “Geração Brasil”: muito prazeroso”

Renata Sorrah fala sobre papel em "Geração Brasil": muito prazeroso"

Divulgação/TV Globo

Encerrando sua exibição esta semana sem ter uma grande audiência, “Geração Brasil” vai deixar saudades, pelo menos para a atriz Renata Sorrah.
Em entrevista ao jornal O Globo, ela afirmou que fazer o papel de Glaúcia Marra na novela foi bastante prazeroso: “Foi uma alegria fazer essa personagem, algo muito prazeroso”.

Renata defendeu Glaúcia e disse que sua personagem não é nenhum tipo de psicopata, nem má. Apenas tem um humor sarcástico: “Ela tem humor. Não chega a ser uma psicopata. A grande característica é que ela é uma pessoa possível. Alguém que você pode conhecer na vida real. Não é um personagem da ficção. A maldade dela era com o filho (Jonas, personagem de Murilo Benício). Mas acho que ela vai repensar a vida e ter uma redenção, do jeito dela, claro, que lhe é peculiar”.

Por fim, Sorrah contou que se dedicará ao teatro a partir de agora, e que já tem um projeto para isso: a peça “Krum”, destinada ao público infantil: “Vou repetir a parceria com Márcio Abreu, da Companhia Brasileira de Teatro. É uma montagem com uns dez atores e mostra um grupo perplexo com o mundo”.

“Geração Brasil” deve fechar com o mais baixo número de audiência da história do horário das 19h. Em seu lugar, irá ao ar “Alto Astral”, de Daniel Ortiz, com supervisão de texto de Silvio de Abreu.

 

NaTelinha

Geração Brasil termina com noiva abandonada e Herval na cadeia

A atriz Ellen Roche vestida de noiva na pele da interesseira Ludimila de Geração Brasil
Por REDAÇÃO, em 27/10/2014 · Atualizado às 12h47 A novela Geração Brasil terminará com Ludmila (Ellen Rocche) abandonada no altar por Barata (Leandro Hassum) e com final feliz para os protagonistas. Pamela (Cláudia Abreu) e Ernesto (Felipe Abib) ficarão juntos e adotarão uma criança. Jonas (Murilo Benício) reconquistará Verônica (Taís Araújo). Dante (Nando Cunha) perdoará a traição de Rita (Gisele Fróes). Já os destinos de Davi (Humberto Carrão), Manu (Chandelly Braz), Megan (Isabelle Drummond) e Arthur (Dudu Azevedo) são mantidos em segredo pelos autores, Felipe Miguez e Izabel de Oliveira.

A trama acabará nesta sexta-feira (31), deixando para os momentos finais o desfecho do quarteto amoroso que se formou nas últimas semanas. Tudo indica que Megan se acertará com Arthur, e Davi ficará com seu grande amor, Manuela. Brian (Lázaro Ramos) também terá um final feliz com Lara (Elisa Pinheiro) e dará um netinho à mãe, Dorothy (Luís Miranda).

Entre os momentos mais cômicos da reta final está o casamento de Barata e Ludimila. Na hora H, ele desistirá de se unir à loira. Enquanto isso, Herval (Ricardo Tozzi) será punido por tudo o que aprontou. Ele será condenado à prisão perpétua por ter sido o responsável por infectar computadores do FBI (Agência Federal de Investigação dos Estados Unidos) para incriminar seu grande inimigo, Jonas.

O ex-magnata conseguirá reconquistar Verônica, ver seus dois filhos nascer e ainda terá o apoio de Davi para provar sua inocência na falha do Marra Mail. O jovem, que é o filho de Jonas com Sandra (Susana Ribeiro), descobrirá que foi Herval quem fraudou o projeto, clonando o celular de seu pai para que todos acreditem que o rival foi o responsável pelo erro. Com isso, as ações da empresa vão cair e os negócios de Pamela ficarão em risco.

A ex-mulher de Jonas vai se casar com Ernesto. Os dois produzirão a versão para o cinema de Galáxia Andrômeda, que vai ser um sucesso de bilheteria. Por sua atuação como a princesa Shelda, Pamela ganhará o Globo de Ouro. Durante as filmagens na África, a loira e o marido adotarão uma criança. No entanto, as cenas serão gravadas em uma pedreira em Guaratiba (Rio de Janeiro).

Reviravoltas

Os autores afirmam que o folhetim terá várias reviravoltas no decorrer da semana. “A Justiça será feita e mocinhos e vilões serão finalmente reconhecidos como tal, lembrando que nossos personagens pretendem ser o reflexo do ser humano. Os mocinhos erram tanto quanto os vilões e têm motivos nobres para agir de forma equivocada”, disse Izabel em entrevista ao site oficial de Geração Brasil.

Miguez, por sua vez, tentou despistar qual será o final do quadrilátero amoroso formado por Megan, Davi, Manu e Artur. “Quem pensa que as coisas estão rumando de um jeito pelo que estão vendo no ar, ainda pode ter belas surpresas”, comentou o novelista.

Transgênero

Dorothy resolverá revelar seu segredo na televisão e contará que é transgênero. A mãe de Brian se assumirá no programa Parker Sexo. A sequência será exibida no capítulo de hoje (27). Ela já contou a verdade para Cidão (André Gonçalves), mas o bandido não entendeu o que é ser transgênero.

Luene (Ana Terra Blanco) perguntará a ele como é namorar um transgênero, que responderá: “Normal. Eu amo a Dorothy desse jeitão aí mesmo dela, sem tirar nem por. O fato dela ser transgênero, ou seja: gostar de transar com qualquer gênero, só traz novas possibilidades para gente, não é mesmo, milady?”

 

Flávio Ricco comenta que a inovação nas novelas tem que ser feita respeitando o povo de casa

Repleta de erros

A começar pelo seu inventado título, com números distribuídos no meio, percebe-se que entre “Geração Brasil” e o grande público sempre houve um enorme distanciamento.

Fique a lição aos seus talentosos autores: é sempre importante buscar novos caminhos, mas nunca há contraindicação para o arroz com feijão bem temperado.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery