Excesso de chuvas no Paraná faz vazão das Cataratas do Iguaçu dobrar

Na manhã desta quinta (29) passavam pelas quedas 3,3 milhões de l/s.
Previsão para os próximos dias é de mais chuva para o estado, diz Simepar.

Bandeira do estado do Paraná

Vazão nas Cataratas do Iguaçu na manhã desta quinta-feira (29) passou dos 3 milhões de litros de água por segundo, o dobro do normal (Foto: Cataratas do Iguaçu S.A. / Divulgação)

O excesso de chuvas em quase todo o Paraná desde o início da semana fez dobrar a vazão das Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no oeste do estado, nesta quinta-feira (29). De acordo com o monitoramento hidrológico do Rio Iguaçu feito pela Companhia Paranaense de Energia (Copel), às 10h passavam pelas quedas o equivalente a quase 3,3 milhões de litros de água por segundo. A média para o atrativo é de 1,5 milhão de l/s.

Além do espetáculo das águas, a chuva fez a Concessionária Cataratas do Iguaçu S.A. cancelar o Luau das Cataratas agendado para o sábado (24). Em junho de 2014, a vazão atingiu a maior marca, com mais de 46 milhões de l/s, mais de 30 vezes acima do normal. O recorde anterior havia sido estabelecidos em julho de 1983, com 35,6 milhões de l/s.

O volume de água tem reflexos também nos reservatórios das usinas instaladas ao longo do Rio Iguaçu, que nasce na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e se estende por todo o estado até o oeste. Em Foz do Areia, Salto Santiago e Segredo – hidrelétricas que contam com reservatórios de acumulação – foi necessário verter o excesso de água em várias ocasiões nos últimos dias. Conforme a Copel, a situação deve se normalizar neste fim de semana, em decorrência da previsão de redução nos volumes de chuvas no Paraná.

No extremo-oeste do estado, o grande volume de chuvas nas regiões dos afluentes do Rio Paraná, como o Piquiri, Ivaí e Paranapanema, também elevaram o nível do Reservatório de Itaipu nas duas últimas semanas. Entre os dias 16 e 19, o vertedouro da hidrelétrica precisou ser aberto para que o excedente de água pudesse ser dispensado: no pico da vazão, eram escoadas três Cataratas do Iguaçu por segundo. O mesmo aconteceu no domingo (25).

Previsão do tempo
De acordo com o Instituto Meteorológico Simepar, a quinta-feira começou com muita nebulosidade entre os Campos Gerais e o litoral em função de ventos vindos do Oceano Atlântico, o que mantém as condições durante todo o dia.

A Região Metropolitana de Curitiba e as praias devem ter chuviscos ocasionais principalmente pela manhã. Nas demais regiões do estado, o sol predomina no decorrer do dia. Um aumento da nebulosidade associada a uma frente fria que se desloca pelo Uruguai pode trazer chuvas para os próximos dias.

 

G1.COM.BR

Vazão das Cataratas do Iguaçu está três vezes acima do normal

Às 13h, o volume de água era de 4,5 milhões de litros por segundo.
Causa são as chuvas que caíram durante a semana ao logo do Rio Iguaçu.

Bandeira do estado do Paraná

A vazão das Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, está três vezes acima da média normal na tarde deste sábado (24). Por volta das 13h, o volume era de 4,5 milhões de litros por segundo, quando o normal é de 1,5 milhão de l/s.

Segundo o Parque Nacional do Iguaçu, o volume de água acima da média é por causa das chuvas que caíram durante esta semana no percurso do Rio Iguaçu. Com mais água nos reservatórios, as cinco usinas instaladas ao logo do rio liberem o excedente.

O mesmo ocorreu na hidrelétrica de Itaipu, também em Foz do Iguaçu, que abriu o vertedouro na noite de sexta-feira (16) por causa das cheias nos rios Ivaí, Piquiri e Tibagi, que alimentam o reservatório do lago de Itaipu.

As seis comportas abertas para liberar o excesso de água foram fechadas na noite de segunda-feira (19). No domingo (18), a vazão chegou a 4,5 milhões de litros de água por segundo, uma quantidade equivalente a três Cataratas do Iguaçu.

 

G1.COM

Foz do Iguaçu e Fortaleza têm as diárias médias de hotéis mais baratas para o Carnaval

A Capital cearense tem a segunda diária média mais barata entre os destinos mais procurados Foto: vejanomapa.net.br

Procurar disponibilidade de hospedagem nos destinos mais procurados para o Carnaval já é uma tarefa bem difícil faltando pouco mais de duas semanas para a folia.

Encontrar bons preços a esta altura, então, nem se fala. Segundo levantamento do Trivago, uma dos maiores sites comparadores de preços de hotéis da atualidade, nos locais mais buscados para o feriadão e aonde ainda há vagas, o valor médio das diárias ultrapassa R$ 1.000, como no caso do do Guarujá, que apresenta média de R$ 1.014 para o período.

Porém, mesmo mais caras se comparadas com outras épocas do ano, há cidades com preços médios mais em conta. Foz do Iguaçu, Fortaleza e Campos do Jordão, por exemplo, estão, respectivamente, com os valores médios mais atrativos entre os destinos mais buscados para o feriadão: R$ 236, R$ 322, R$ 350.

Confira o ranking do Trivago com as cidades mais procuradas e o valor médio das diárias!

Posição Cidade Preço médio
1 Rio de Janeiro R$ 590,00
2 Florianópolis R$ 464,00
3 Paraty R$ 680,00
4 Armação dos Búzios R$ 863,00
5 Natal R$ 484,00
6 Foz do Iguaçu R$ 236,00
7 Guarujá R$ 1.014,00
8 Salvador R$ 593,00
9 Campos do Jordão R$ 350,00
10 Fortaleza R$ 322,00

 

Andarilho – Diário do Nordeste – 03/02/2015