Bruno Barreto procura uma atriz para interpretar no filme do Crô

Bruno Barreto está avaliando candidatas para um dos principais papéis de “Super Crô”, com Marcelo Serrado e  roteiro de Aguinaldo Silva, que começa a ser rodado em março. Trata-se de uma garotinha, que terá o Crô como herói.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“Me sinto feliz e em casa”, diz Marcelo Serrado sobre a Globo . Em entrevista exclusiva, ator fala sobre Crô, “Gabriela”, cinema e novos trabalhos .

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121127112221.jpg

Fotos: Divulgação

Depois de ter voltado para a Globo, após mais de cinco anos na Record, Marcelo Serrado é considerado por todos como um dos principais atores da emissora atualmente. O personagem Crô, de “Fina Estampa”, o projetou de uma forma que nem ele esperava.
Em entrevista exclusiva ao repórter Breno Cunha, do NaTelinha, Serrado revelou que Crô foi uma grande e agradável surpresa. “Digo que o Crô é uma personagem que ficou maior que nós dois, ganhou as ruas, as redes sociais. Ele está na memória dos brasileiros. Tanto, que vai virar filme”, disse o ator.
Marcelo estará na próxima novela de Thelma Guedes e Duca Rachid em 2013, que irá ao ar às 18h e se chamará “O Pequeno Buda”. Além disso, gravará o filme do personagem Crô, que deve chegar aos cinemas no segundo semestre do ano que vem. Como se não bastasse, muito provavelmente o ator também terá um quadro no “Fantástico”.
Quando questionado se ele se sente realizado profissionalmente, Marcelo Serrado diz que sim, mas faz questão de frisar que tudo isso não é o bastante. “Quero mais personagens que me coloquem em prova. Um ator precisa sair da zona de segurança. Quero o risco”, revela.
Confira a entrevista na íntegra:
NaTelinha – Como você definiria, hoje, seu retorno à TV Globo? O que isso significou para você? 
 
Marcelo Serrado – Foi uma volta bonita e feita com muito profissionalismo pelo Globo, me sinto feliz e em casa.
NT – Na sua opinião, de que forma o personagem Crô marcou sua vida profissional? E pessoal?
 
MS – Aguinaldo Silva criou um grande personagem e foi muito inteligente, ele entendeu minha criação também e conseguimos juntos dar alma, verdade a um “tipo” bem específico. Digo que o Crô é uma personagem que ficou maior que nós dois, ganhou as ruas, as redes sociais. Ele está na memória dos brasileiros. Tanto, que vai virar filme.
NT – Você vem emendando trabalho após trabalho desde que voltou à Globo. Depois de “Fina Estampa” e “Gabriela”, ainda terá um quadro no “Fantástico”. Isso tudo é fome por trabalho?
 
MS – Vou atrás de grandes personagens. Crô e Tônico eram um deles. Quanto ao “Fantástico” nada certo, apenas um projeto que está em negociação e é bem divertido!
NT – Você se sente uma pessoa realizada profissionalmente?
 
MS – Sim. Mas quero mais personagens que me coloquem em prova. Um ator precisa sair da zona de segurança. Quero o risco.

Ator interpretou o Tonico Bastos no remake de “Gabriela”, neste ano

NT – Por que você deu declarações dizendo que viver o Tonico, em “Gabriela”, tinha sido tão especial? Foi realmente diferente?

 
MS – Sempre amei Jorge Amado e Tonico era um sonho de fazer. Foi bacana fazer algo tão oposto do Crô logo depois. Além de, claro, estar do lado de grandes atores. Foi incrível.
NT – Você não gostou que as fotos de seu casamento estamparam capas de revistas. Por quê? É uma pessoa muito reservada?
 
MS – Não gostei mesmo. É a minha vida pessoal. Não uso a internet pra divulgar fotos ou minha vida. Mas tenho que lidar com isso pelo fato de ser uma pessoa pública.
NT – Sente falta dos tempos de TV Record, dos amigos que lá fez e etc?
 
MS – Sou muito grato a Record. Fiz grandes amigos e há ótimos profissionais por lá.
NT – Você estará nas telonas em breve, e no teatro, há planos de alguma peça?
 
MS – Filme do Crô em março e depois continuo com minha peça.
NT – O renomado Bruno Barreto será o diretor do filme “Super Crô”. Está animado com o projeto?
 
MS – Sim, estamos. A ideia original foi dele.

Marcelo Serrado na pele de Crodoaldo Valério em “Fina Estampa” (2011)
NT – Com a volta do personagem, não teme reforçar ainda mais o papel e ficar marcado?
 
MS – Não. É no cinema, outro veículo.
NT – Você está acompanhando a criação do roteiro pelo autor Aguinaldo Silva? Poderia nos adiantar alguma coisa sobre o longa?
 
MS – Não sei de nada, eles estão fazendo em sigilo e basicamente sei o que a imprensa também sabe. Sei que começam as filmagens em março pra lançar nas férias.
NT – Dentro da Globo, já recebeu convite para algum outro trabalho em novelas?
 
MS – Das talentosas Thelma e Duca para “O Pequeno Buda”.

Marcelo Serrado vira bebê no filme do Crodoaldo

  • Divulgação/TV Globo

    Marcelo Serrado fez sucesso com o personagem gay Crô em "Fina Estampa" (julho/2011)Marcelo Serrado fez sucesso com o personagem gay Crô em “Fina Estampa” (julho/2011)

Por favor, imagine a cena: o Crô, Crodoaldo Valério, num carrinho de criança, ainda com seus poucos meses de vida! E agora imagine outra: ele, dentro desse carrinho, devidamente montado de bebê, vestindo fraldas, chupeta na boca e ouvindo “guti-guti-guti”. Como vai acontecer mais esse truque cinematográfico, só mesmo a produtora LC Barreto, em parceria com a Globo Filmes, poderá responder. Mas, desde já, informa-se que esta será a primeira cena do filme do Crô, com roteiro de Aguinaldo Silva, que chegará aos cinemas de todo o país, em 2013. O autor, aliás, assina contrato com a “Barreto” nos próximos dias. Quanto ao elenco, além do próprio Marcelo Serrado, Aguinaldo entende como indispensáveis as presenças de Alexandre Nero, o Baltazar, e Kátia Moraes, que fez a empregada Marilda, na novela “Fina Estampa”. Agora fica a expectativa do momento que esse “bebê” terá que trocar a fralda. Sobre isso, também, o autor está pensando numa coisa diferente.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery