Flávio Ricco critica o Máquina da Fama

Patrícia Abravanel
De formato, o “novo” programa da Patrícia Abravanel às segundas-feiras, “Máquina da Fama”, é um “Famoso Quem?” disfarçado.
Como diferença, apenas a presença de uma apresentadora no lugar dos jurados. No mais, é cópia.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

SBT rescinde contrato de Thammy e jurados do “Famoso Quem?”

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/8a20f714c2184a9c478839c44c82c3a4.jpg

Divulgação/SBT

 

Com a extinção do “Famoso Quem?”, que deu lugar ao “Máquina da Fama”, apresentado por Patrícia Abravanel, os integrantes do programa ficaram sem função no SBT.

Segundo o jornalista Fernando Oliveira, a emissora de Silvio Santos dispensou a repórter da atração, Thammy Miranda, e os seus jurados, Bruna Tang, Diego Ramiro e Paulinho Serra, que não fazem mais parte do casting de artistas.

Procurada, a assessoria do canal confirma a informação e ressalta que a rescisão foi amigável, fazendo com que todos possam ser contratados novamente, caso haja algum projeto que requeiram suas participações.

Vale lembrar que existia uma expectativa de que Thammy tivesse seu contrato renovado, pois ela chegou na emissora após a sua participação bem sucedida na novela “Salve Jorge”, chegando a participar várias vezes do “Programa Silvio Santos”, inclusive no tradicional quadro “Jogo dos Pontinhos”, sendo elevada ao posto de estrela.

Agora, a filha de Gretchen poderá continuar na atração do dono do SBT, mas recebendo cachê por edição, como acontece com a jornalista Nadja Haddad, ex-Band, que é jurada do “Torneio Musical”, por exemplo.

 

NaTelinha

“Máquina da Fama”, de Patrícia Abravanel, fecha em terceiro mais uma vez

O SBT ainda continua tendo dificuldades para emplacar um produto nas noites de sábado. A mais recente aposta, o “Máquina da Fama”, de Patrícia Abravanel, teve neste fim de semana sua segunda edição e ainda não conseguiu empolgar.
A atração obteve 5 pontos de média, mesmo índice da semana passada, e mais uma vez ficou atrás da Record, que teve 8 pontos com o “Legendários”. A Globo, alavancada pela partida entre Brasil e Honduras, liderou com ampla folga e fechou com 23 pontos.
Versão adaptada do extinto “Famoso Quem?”, o “Máquina da Fama” estreou no último dia 9 sem maiores holofotes. Silvio Santos determinou algumas alterações no formato e escalou sua filha para a apresentação. A direção-geral é de Michael Ukstin.
Esses índices são prévios e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo. Dados consolidados podem variar para mais ou para menos.
NaTelinha

Patrícia Abravanel ganha programa “novo” no SBT

 

O SBT transformou o “Famoso Quem?” num outro programa. A figura do apresentador ou apresentadora, que no original não existe, no novo passará a existir.

Patrícia Abravanel foi definida para desempenhar tal função.

Situação diferente – 2

Também está certo que o lançamento deste “novo” programa será no próximo sábado, no mesmo horário que o outro era exibido. Faixa das 22 horas.

A dúvida está só no título. Existe a intenção de usar o “Famoso Quem?”, mas para isso será necessária a autorização da Fremantle.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Segunda temporada de Famoso Quem ? poderá passar por mudanças

AgNews

 

 

O “Famoso Quem?” começa a gravar nova temporada nesta quarta-feira (30). O que se sabe é que o programa, a partir de agora, irá sofrer algumas modificações. Nos interiores do SBT fala-se até mesmo em Thammy Miranda como nova apresentadora, o que não é confirmado pela sua produção.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“Famoso Quem?” é cancelado pelo SBT; equipe grava a final

Programa terá final antecipada

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/8a20f714c2184a9c478839c44c82c3a4.jpg

Divulgação/SBT

Lançado como grande divulgação para concorrer com o “Legendários”, da Record, o “Famoso Quem?” teve seu fim abreviado pelo SBT.

O programa, que conta em seu elenco Thammy Miranda, Paulinho Serra, Lola Melnick, Diego Ramiro, Marcelo Boaff e Bruna Tang, teve sua finalíssima gravada nesta sexta (18), bem antes do esperado.

Segundo o jornalista Ricardo Feltrin, o cancelamento se deve por não atingir as expectativas de audiência do canal. Esperava-se que o reality musical marcasse, ao menos, 7 pontos na Grande São Paulo, mas os números ficaram na casa dos 5.

O abreviamento da atração pegou de surpresa até mesmo os seus integrantes, que haviam desistido de outros projetos para se dedicarem exclusivamente ao “Famoso Quem?”.

Não se sabe se os membros terão seus contratos rescindidos ou se alguém, além de Lola Melnick, que já é contratada do SBT há algum tempo,  ficarão disponíveis no casting.

Em seu perfil no Instagram, Thammy confirmou que gravou ontem a final do reality.

A emissora ainda está definindo o que entrará no lugar do “Famoso Quem?” nas próximas semanas. As chances do retorno do “Cine Família” aos sábados são grandes.

NaTelinha

James Akel ironiza lançamento do Famoso Quem ?

Da esq. para a dir., Marcello Boffat, Bruna Tang, Thammy Miranda, Diego Ramiro, Lola Melnick e Paulinho Serra no "Famoso Quem" (SBT)

Da esq. para a dir., Marcello Boffat, Bruna Tang, Thammy Miranda, Diego Ramiro, Lola Melnick e Paulinho Serra no “Famoso Quem” (SBT)

O jornalista Flávio Ricco revela em sua coluna de hoje que o SBT comprou um formato de programa que vai ao ar no sábado á noite, de nome Famoso Quem, conteúdo que no passado foi um quadro do Show de Calouros do Silvio.
Ainda se este custo gasto em dólares servisse pra alguma coisa, tipo ter ibope, ainda vai.
Mas o ibope do programa é pífio e perde direto pra TV Record.
Na mesma linha desta compra estranha de programa do exterior eu cito aqui o caso da TV Band que paga direitos pra ter o programa A Liga que é igual ao antigo Câmera Manchete e Conexão Repórter e paga também pra ter o programa Agora é Tarde que é igual ao programa do Jô que nem paga nada pra ninguém

James Akel no dia 30/09/2013

SBT compra fora programa do seu arquivo

Da esq. para a dir., Marcello Boffat, Bruna Tang, Thammy Miranda, Diego Ramiro, Lola Melnick e Paulinho Serra no "Famoso Quem" (SBT)

Da esq. para a dir., Marcello Boffat, Bruna Tang, Thammy Miranda, Diego Ramiro, Lola Melnick e Paulinho Serra no “Famoso Quem” (SBT)

Na quarta-feira (2), começa mais uma MIP TV, em Cannes com presença maciça da televisão brasileira. Quase todas as emissoras estarão representadas, independentemente do tamanho dos seus cacifes.

Mas este é um assunto que leva a outro. O SBT tem no ar, nas noites de sábado, há umas duas ou três semanas, o programa “Famoso Quem?”, título abrasileirado do “My Name is”, formato da FremantleMedia.

Quando aqui se fala do uso indiscriminado desses conteúdos de fora, ainda há quem considere exagero. O “Famoso Quem?” de hoje e que o SBT pagou por ele, não apresenta nada de novo em relação àquilo que o próprio Silvio Santos tinha no seu “Show de Calouros” lá do passado. Não há rigorosamente nenhuma diferença.

Por absoluta comodidade ou preguiça, chega-se ao cúmulo de gastar com um produto, que já foi bem produzido pela própria casa e tinha o endereço correto do povo. Em vez dos dólares transacionados, em troca do que já existia, bastaria apenas um pouco de boa vontade em pesquisar no arquivo e uma decupagem. O resto sairia no barato. Só que preferiram pagar por isso.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Enfoque NT: “Famoso Quem?” tem boa produção; audiência ficou aquém

https://i0.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/8a20f714c2184a9c478839c44c82c3a4.jpg

Estreou no último sábado (14), no SBT, o “Famoso Quem?”, formato importado da produtora Fremantle, originalmente chamado de “My Name Is”.

O programa nada mais é que um “Astros” com outra temática, a de fazer com que anônimos se transformem em covers de grandes ídolos. Toda semana, quatro candidatos são escolhidos dentre centenas, e entre eles, disputarão um prêmio de R$ 5 mil. No final da temporada, todos os vencedores retornarão para uma última apresentação, onde podem faturar um carro zero quilômetro.

As cenas, a forma como é mostrado os bastidores e comportamento dos jurados, é tudo um pouco do que já foi o “Astros” e o “Ídolos” no próprio SBT. O júri é composto por Diego Ramiro (produtor musical e ex-“Disney Club”), a DJ Bruna Tang, e o ator e humorista Paulinho Serra. Muito bons nos seus papéis. Mais uma vez, a emissora soube escolher bem os jurados de um programa de calouros.

Após serem escolhidos, os quatro “famosos” recebem treinamento intensivo da conhecida bailarina russa Lola Melnick (ex-jurada do “Se Ela Dança eu Danço” e “Cante se Puder”) e do especialista vocal Marcelo Boffat.

O horário (22h15 de sábado) é um tanto quanto ingrato e o “Famoso Quem?” em sua estreia registrou 5 pontos, contra 8 da Record e 19 da Globo. A faixa horária não é das melhores, mas o investimento que o SBT faz nela está sendo louvável, que há algum tempo apresentava filmes reprisados à exaustão.

Como disse, as tomadas são muito parecidas com “Astros” e até “Qual é o seu Talento?”, a principal diferença está realmente no tipo de participante. Ao final de cada edição, os quatro selecionados da semana fazem uma apresentação vestidos como seus ídolos.

No primeiro programa, pudemos matar a saudade de Cazuza e assistir covers de Leonardo, Beyoncé e Janis Joplin.

Thammy Miranda como repórter até surpreendeu as expectativas e agiu com bastante naturalidade, e se saiu melhor que André Vasco, por exemplo, que poderia fazer sua função no programa.

A produção foi feita com bastante esmero. As vinhetas seguem o original, bem trabalhadas, e o cenário, como muita gente percebeu, em muito lembra “Hebe” em seus últimos anos de casa. Não deixou a desejar.

Não há perspectivas que o programa “arrebente a boca do balão”. Os números não vão fugir muito do que foi apresentado na estreia e deve continuar girando entre os 5 pontos.
Contatos do colunista: thiagoforato@natelinha.com.br – Twitter: @Forato_