James Akel comment Lula comments about on the expropriation without compensation of Petrobras in Bolivia

WHEN LULA betrayed BRAZIL AND NOW CONFESSES

At a meeting between communists this week, although Lula nor is communist but only takes advantage of totalitarian ideology to get along, Lula said that when he was president hit with Evo Morales to the Bolivian could take ownership of Petrobras properties in Bolivia without paying 1 billion and 500 million which was the value of the assets of the company there.

This besides being a confession of lese homeland, is also a betrayal of confession of a ruler in the worst way.

And in the criminal scale is also a criminal act typified the misuse of public money in Brazil and misuse of shareholders’ money.

No newspaper has highlighted this passage that appeared at the foot of the state newspaper story and nothing else.

It is not a shame to Brazilian media.

It is a demonstration of ignorance of who does the mainstream media.

Or bias which is even worse.

 

James Akel in 08/October/2015

James Akel comenta comentários de Lula sobre a expropriação sem compensação da Petrobrás na Bolívia

QUANDO LULA TRAIU O BRASIL E AGORA CONFESSA

Numa reunião entre comunistas esta semana, embora Lula nem seja comunista mas apenas se aproveita da ideologia totalitária pra se dar bem, Lula falou que quando era presidente acertou com Evo Morales pra que o boliviano pudesse se apropriar das propriedades da Petrobras na Bolívia sem pagar 1 bilhão e 500 milhões que era o valor do patrimônio da empresa ali.

Isto além de ser uma confissão de lesa-pátria, é também uma confissão de traição de um governante da pior maneira.

E na escala criminal também é um ato criminoso tipificado de desvio de dinheiro público do Brasil e desvio de dinheiro dos acionistas.

Nenhum jornal deu destaque a isto que apareceu de passagem no pé de reportagem do jornal Estado e nada mais.

Não é uma vergonha pra mídia brasileira.

É uma demonstração de ignorância de quem faz a grande mídia.

Ou de parcialidade o que é pior ainda.

 

James Akel no dia 08/10/2015

 

James Akel comenta o fato de Evo Morales ter ameaçado invadir o Brasil se Dilma Rousseff perder o mandato

BOLIVIANO AMEAÇA BRASIL E EXÉRCITO BRASILEIRO FICA DE BOCA CALADA

Absurdo, inaceitável e sem cabimento foi a declaração do presidente da Bolívia Evo Morales que numa escola militar da Bolívia ameaçou invadir o Brasil com tropas caso Dilma seja tirada do poder.

Mais absurdo é que nenhum Comandante Militar tenha protestado ou demonstrado indignação com o fato de um boliviano que no passado se apoderou da Petrobras na Bolívia ameace o Brasil.

Não me venham dizer que não sabiam das declarações pois se esta coluna simples sabe, o serviço de inteligência do Exército deveria saber.

 

 

Escrito por James Akel às 09h18 no dia 24/08/2015

 

James Akel repudia cruz comunista de Evo Morales

ATITUDE IMORAL DO PRESIDENTE DA BOLÍVIA ERRO IMORALES

Morales oferece a Francisco o crucifixo em forma de foice e martelo

Evo Morales pode ser chamado de Erro Imorales a partir de agora que deu de presente ao Papa uma cruz comunista, feita de martelo e foice com Cristo crucificado.

Isto é um descaramento e um acinte de um ditador trapaceiro que expropriou nossa Petrobras e deveria ser preso pelo Juiz Moro ao lado de Lula.

Quando Erro Imorales tomou posse do patrimônio da Petrobras o Lula ficou quieto e achou engraçado.

Um pior que o outro e a Dilma dando dinheiro pra um cara destes.

Sem vergonha é pouco pra se chamar um idiota.

Sem caráter é pouco pra adjetivar o sujeitinho.

Manda ele conversar com o Estado Islamico e levar uma lembrança.

Ele iria sumir

 

 

Escrito por James Akel às 13h16 no dia 11 de julho de 2015

James Akel repudia submissão do governo brasileiro a Evo Morales

 

Alguém tem que vir contar ao povo o motivo que faz com que Lula e Dilma sejam submissos a Evo Morales.
O tal Evo rasgou o contrato de fornecimento de gás que tinha com o Brasil, se apropriou de bens brasileiros, invadiu um avião da FAB, recusou-se a dar salvo conduto ao senador boliviano mesmo com o Brasil tendo dado asilo político na embaixada e tanto Lula quanto Dilma ficaram quietos.
Isto me faz pensar qual segredo que Evo Morales tem contra Lula e Dilma que os fazem ficar calados em relação a tudo.
Vejam que quando a Argentina tomou as ilhas Malvinas da Inglaterra os ingleses vieram e retomaram as ilhas.
O Brasil foi desrespeitado pelo boliviano e ficou tudo por isto mesmo sem resposta.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 07h21 no dia 30/08/2013

James Akel comenta que Evo Morales deveria calar a boca

 

O ditadorete de tambor Evo Morales, que sempre desrespeitou o Brasil durante seu desgoverno troglodita, quer que o Brasil devolva o senador boliviano que o nosso heróico diplomata Eduardo Saboia trouxe ao Brasil com proteção dos militares brasileiros.
Evo deveria criar vergonha na cara e calar a boca.
O povo boliviano não merece o ditador que tem e está na hora de tirar Evo de lá.
Gente do tipo de Evo deveria ser defenestrada da política.
Pior é o governo brasileiro submisso a tudo isto.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 18h47 no dia 28/08/2013

James Akel comenta que o PT quer acabar com o capitalismo no Brasil

O PT quer transformar o Brasil em uma União Soviética

 

Primeiro a área econômica do Governo Petista quer cobrar 7 bilhões de supostos impostos da Petrobrás.
Depois resolve cobrar 15 bilhões de supostos impostos do Banco Itaú, o mesmo banco cuja acionista Neca Setubal está bancando a candidatura de Marina Silva.
Este Governo Petista parece desejar acabar com o capitalismo.
Deve fazer parte da estratégia de política socialista do grupo político de Castro, Chávez, Maduro, Evo, Lula e Dilma.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 00h19

James Akel comenta que Evo Morales deveria procurar um oftalmologista

 

 

O presidente Evo Morales comemorou quarta-feira os 188 anos da criação das forças armadas da Bolívia. 
Ao afirmar que conseguiu libertá-las dos vícios do colonialismo, mostrou que precisa trocar com urgência de oftalmologista. 
O desfile da tropa revelou como ainda é grande a influência da antiga Missão Militar Alemã que serviu no país até o início da Segunda Grande Guerra. 
O soldados marchavam com o famoso “passo de ganso”, coreografia que tanto marcou o estilo marcial da Wermatch, o exército nazista.
As imagens, em vídeo, estão no site do jornal Los Tiempos, de 
Cochabamba.

 Escrito por jamesakel@uol.com.br às 08h45 no dia 08/08/2013