Ceará mantém preço dos ingressos e vendas para Final do Estadual começam hoje

Fortaleza venceu o primeiro jogo da decisão do Estadual por 2 a 1 (Foto: Kid Júnior/Diário do Nordeste)

Se o Fortaleza aumentou o valor dos ingressos para o primeiro jogo da decisão do Campeonato Cearense, o Ceará preferiu não elevar os preços para a segunda partida da final, próximo domingo, às 16h, no Castelão.

De acordo com o diretor administrativo do Ceará, Raimundo Pinheiro, os valores são os mesmos, por exemplo, da partida contra o Vitória, pelas semifinais do Nordestão:

Cadeira superior: R$ 30
Cadeira inferior: R$ 40
Setor especial: R$ 50
Setor premium R$ 100.

Com meia entrada disponível em todos os lugares. Os bilhetes já estarão à venda nesta terça-feira, 28, a partir do meio-dia, em todos os pontos autorizados pelos dois clubes.

No primeiro jogo, o Fortaleza, mandante da partida, aumentou em R$ 10 os valores a superior, inferior e especial. O público pagante foi de pouco mais de 18 mil torcedores.

Por ter ganho a partida, por 2 a 1, o time tricolor joga pelo empate para conquistar o título estadual, enquanto para a equipe alvinegra só a vitória interessa para levar o penta.

 

Diário do Nordeste – 27/04/2015

Veja os gols de Fortaleza 2 x 1 Ceará – primeiro jogo da final do Campeonato Cearense 2015

No Clássico-Rei de ida, Vozão perde e precisa vencer no próximo domingo

Todos os gols da partida aconteceram no primeiro tempo

Site do Ceará Sporting Club

Copa do Nordeste: Ceará tem boa vantagem, mas é preciso pés no chão e ainda pegar o Fortaleza

Ricardinho celebra o gol da vitória sobre o Bahia (Foto: Cid Barbosa/Diário do Nordeste)

Quebrar a invencibilidade do Bahia, dentro de uma Fonte Nova abarrotada, na Final da competição, é um feito que deve ser bastante comemorado e exaltado por todos os Alvinegros.

A vitória por 1 a 0, não só mostrou que o Ceará virou o favorito para conquistar o título da Copa do Nordeste, como ainda lhe dá uma boa vantagem para o jogo do dia 29, com o Castelão entupido.

Jogar pelo empate numa decisão provoca pressão no adversário, que precisa sair para fazer o gol, e, de quebra, a ideia de que um gol marcado só aumenta ainda mais as chances para levantar o troféu ao final da partida.

Com a suspensão do Marinho, bestamente diga-se de passagem, por ter simulado um pênalti, deve fazer o técnico Silas escalar um jogador mais recuado. Talvez Marcos Aurélio ou Wescley. Não creio que ele vá escalar um terceiro atacante.

Até lá, contudo, a equipe alvinegra terá de segurar os nervos, manter os pés no chão e, principalmente, não se abater ou se empolgar com qualquer resultado que aconteça no domingo, diante do Fortaleza.

A decisão do Campeonato Cearense e a busca pelo tão sonhado pentacampeonato não podem interferir emocionalmente e nem tecnicamente no time do Ceará para o segundo jogo contra o Bahia.

O inédito título da Copa do Nordeste está mais perto do que nunca, desde que o Vovô não caia na vala comum do famigerado salto alto ou se perca no caminho para ganhar o Estadual.

 

Blog do Mário Kempes – Diário do Nordeste – 23/04/2015

Ceará derrota o Guarani de Juazeiro : 3 – 0

Desde 2009 o Alvinegro Cearense vem chegando às decisões do Estadual

Site do Ceará Sporting Club

Após atuação, Marcos Aurélio comemora vitória e já pensa no Botafogo/PB

Diante do Maranguape, o meia fez dois gols e deu uma assistência

Continua a venda de ingressos para Ceará x Guarany de Sobral

Confira os pontos de venda para o jogo da 6ª rodada do Estadual

Dado Cavalcante exalta evolução, mas chama a atenção para detalhes

O treinador comemorou a conquista dos três pontos e a liderança isolada

Sem sofrer gols há três jogos, Luís Carlos comemora a fase de zaga

O Vozão só tomou dois gols em cinco jogos no Estadual

Tom Barros comenta os dois tempos de Ceará 3 x 1 Fortaleza

Magno Alves teve poucos espaços para finalizar, mas aproveitou uma chance aos 38 minutos

Magno Alves teve poucos espaços para finalizar, mas aproveitou uma chance aos 38 minutos
(FotoDivulgação/CearaSC.com)

 

 

Fulminante reação

O Fortaleza começou em cima, com direito a dois escanteios com menos de um minutos. O Ceará respondeu com Tadeu perdendo excelente chance. Depois disso, Leão cresceu no jogo. Marcelinho Paraíba tomou conta, seguido de Corrêa, Walfrido e Cametá. Fortaleza fez 1 a 0, com Edinho. Ceará sumiu. Na fase final, Leão melhor até aos 15 minutos. Sérgio Soares fez o Ceará mais agudo com Bill e Vicente. E pelos dois passou a fulminante reação alvinegra. Bill fez a virada (2 x 1). Magno Alves sacramentou (3 x 1). Aí o Fortaleza sumiu. Sentiu o golpe. Perdeu.

 

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 31.03.2014