Programa de Fátima Bernardes registra sua melhor audiência mensal

Programa da Fátima Bernardes bate recorde de audiência em setembro

Programa da Fátima Bernardes bate recorde de audiência em setembro

O “Encontro”, programa da Fátima Bernardes nas manhãs da Globo, registrou sua maior audiência mensal em setembro, com média de 9 pontos, na Grande São Paulo. Dados do Kantar Ibope.

Recorde desde o seu primeiro dia, em 25 de junho de 2012. Na comparação com o mesmo mês do ano de estreia, o programa teve um aumento de 50% de audiência, ou mais 3 pontos.

No PNT, nacional, o programa igualou o recorde mensal, com 10 pontos de média.

E lá atrás teve quem dissesse que o “Encontro” não ia dar certo.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Encontro com Fátima Bernardes vai completar 4 anos no dia 25 deste mês

 

Vai apagar velinha
O “Encontro”, da Fátima Bernardes, se aproxima de mais um aniversário na Globo, o quarto.

A sua estreia aconteceu em 25 de junho de 2012.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Encontro com Fátima Bernardes consegue boa audiência em Manaus e outras cidades

Olha a Fátima

O “Encontro”, da Fátima, continua se destacando nas manhãs da Globo. A média do programa até o momento em 2016, com 10 pontos, já supera a de 2015 em diversas praças e no PNT. Aumento de 11% comparado ao mesmo período, de janeiro a abril, do ano passado.

O bom desempenho se repete em várias regiões do país, alcançando recordes também em São Paulo, um aumento de 14% com média de 8 pontos. E Manaus registrou o maior crescimento de todas as praças: 44%, com 13 de média.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Encontro com Fátima Bernardes consegue aumento de audiência

 

Fátima Bernardes em alta na Globo. O “Encontro” registrou sua maior média mensal no mês de março, 8 pontos em São Paulo, recorde do programa, desde a sua estreia…
… O “Encontro” também teve seu maior índice no PNT (Painel Nacional de Televisão), com média de 10 pontos…
… O programa da Fátima registrou ainda crescimento em praças como Porto Alegre, Salvador, Distrito Federal, Campinas, Vitória, além de Belo Horizonte e Curitiba.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco comenta que falta conteúdo ao Encontro com Fátima Bernardes

 

Dança, gatinha – 2

Fátima já encarou dança do poste e outras tantas mais, sem ficar vermelha.

Aqueles tipos conservadores, que acompanham sua carreira desde o início, numa dessas, não se surpreendem mais com nada.

Por outro lado…

O “Encontro”, após os sustos do começo, parece que entrou naquela fase do piloto automático e tem funcionado muito em cima da sua apresentadora.

Isso é perigoso, porque um dia, como qualquer ser humano, ela poderá não estar bem. O programa deve se fazer prevalecer pelo conteúdo. Isso, na boa, está faltando um pouco.

 

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Encontro com Fátima Bernardes prepara especial de Natal que poderá ser exibido à noite

 

Até pode ser

A equipe da Fátima Bernardes já está envolvida na realização de um especial de Natal, a princípio para ir ao ar naquele conhecido horário de todas as manhãs. Só que também tem uma torcida para ser exibido à noite. Mas, por enquanto, apenas isso, uma torcida.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Encontro com Fátima Bernardes : audiência cresce no Painel Nacional de Televisão

A apresentadora Fátima Bernardes

A apresentadora Fátima Bernardes

É interessante destacar o crescimento, ano a ano, do “Encontro com Fátima Bernardes” no Painel Nacional de Televisão desde a estreia do programa, em 2012, que hoje se traduz em mais dois pontos no horário, ou o equivalente a 29% desde o seu início até os dias atuais.

A média parcial do programa em 2015, considerando o mercado de São Paulo, é de 9 pontos, cerca de 50% a mais do que a audiência a Record, a segunda colocada.

São números que merecem destaque e com um cenário muito igual ao de outras importantes regiões do país, como são os casos de Florianópolis – a cidade que ganhou mais audiência, saltando de 10 para 16 pontos, assim como Rio, Distrito Federal e Fortaleza, que apresentam desenhos bem semelhantes.

A Globo, com o “Encontro”, mesmo com os desafios que tinha pela frente, foi em busca de um público que ela não tinha, inclusive contribuindo de maneira importante para o crescimento de ligados nessa faixa da manhã. Hoje, sem qualquer risco, é possível afirmar que esta foi mais uma experiência bem-sucedida.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery