‘Base vai ser a solução para o Ceará’, afirma Dimas Filgueiras.Dimas participou do lançamento do livro sobre a sua história, ‘Dimas Guerreiro Alvinegro’, e analisou o momento do clube na Série B

Dimas Filgueiras, técnico do Ceará (Foto: Divulgação/Cearasc.com)

Dimas Filgueiras crê na base como solução para
o Ceará (Foto: Divulgação/Cearasc.com)

Hoje supervisor das categorias de base do Ceará, Dimas Filgueiras passou por todos os cargos no Alvinegro ao longo dos seus 40 anos no clube. Em avaliação do atual momento do time, já no final da Série B do Campeonato Brasileiro deste ano, ele afirma que a base pode ser a salvação para a equipe, em 2013.

– É uma categoria muito importante. Pode ser bem aproveitada. A base vai ser a solução para o Ceará – afirmou.

Nesta quarta-feira (21), Dimas participou do lançamento do livro ‘Dimas Guerreiro Alvinegro’, que conta a sua história, no Clube Náutico Atlético Cearense, em Fortaleza, em evento para cerca de 200 pessoas.

Ao longo das quatro décadas no Alvinegro de Porangabuçu, o Soldado avalia de maneira positiva sua história construída dentro e fora de campo.

– Conquistei muita coisa pelo clube. Comecei no Botafogo, depois passei cerca de quatro meses no Fortaleza e o Ceará comprou o meu passe. De lá pra cá, foram 40 anos, uma história difícil de ser batida – comentou.

Sobre a atual fase do clube, Dimas afirma que o time passa por um momento de ‘mudanças’. Para ele, não há como apontar um único culpado pelo desempenho fora do esperado, do time, na Série B.

– A diretoria fez a parte dela. Dentro de campo foi que os jogadores deixaram um pouco a desejar. Mas estamos passando por processos de mudança. Alguns jogadores saem, outros entram e, certamente, teremos um elenco forte para o ano que vem – pontuou.

Dimas recebe placa de homenagem aos 500 jogos (Foto: Kiko Silva/ Agênica Diário)Dimas recebeu uma placa de homenagem aos 500 jogos, no confronto contra o Tiradentes (Foto: Kiko Silva/ Agênica Diário)

 

Mesmo sendo torcedor declarado do Ceará, Dimas Filgueiras foge quando o assunto é voltar a treinar o clube. Com a escassez de vitórias do Alvinegro, o supervisor das categorias de base é pontual na resposta.

– Não é nem vontade. Isso quem decide é o presidente – conclui.

Dimas Filgueiras tem 67 anos e começou no Ceará em 1972 como jogador, atuando até o começo de 75. O carioca fez uma pequena passagem pelo Fortaleza. Em seguida, foi para o Ceará e transitou por vários cargos no time alvinegro.

O Soldado Alvinegro já foi preparador físico, auxiliar, supervisor, diretor, vice-presidente, coordenador de base e treinador. E, no ano de 1982, fez sua estreia como técnico. Até hoje, foram 504 jogos no comando do Vovô. Com a contagem, Dimas é o 5º técnico com maior número de jogos pelo mesmo time no Brasil.