Enfoque NT: O poder de uma reprise

“Da Cor do Pecado”, de autoria de João Emanuel Carneiro, terminou na última sexta-feira (22) com pomposos 20 pontos de média na Grande SP e 30 no Rio de Janeiro. Muito acima do que vinha marcando no príncipio, quando chegou a registrar apenas 9 pontos na segunda quinzena de outubro.
A ascendência da novela fez que com a Globo mudasse de ideia e parasse de cortar a trama e passou a exibi-la de forma integral. A audiência foi correspondendo e chegou onde chegou.
Seguramente, “Da Cor do Pecado” tenha sido o grande sucesso das 19h da década passada, e fatalmente a preferida de muita gente (inclusive a minha), mas muita gente também criticou a Globo (inclusive eu) por ter levado ao ar uma “rereprise”, uma vez que a trama já tinha ido ao ar em 2007, cinco anos antes.
A emissora carioca tem um acervo invejável de novelas e uma fila interminável de “pedintes” que querem palpitar no “Vale a Pena Ver de Novo”.
Mas, “Da Cor” é viciante. Conforme a novela foi passando, vários telespectadores que juraram não assistir mais a novela se viram na frente da televisão às três horas da tarde para acompanhar o romance de Paco (Reynaldo Gianechinni) e Preta (Taís Araújo). É bem verdade que a falta de concorrência ajudou bastante para que a novela decolasse no Ibope.
Agora o “Vale a Pena” ganhou um concorrente mais forte: o fermento de Ibope Thalía que está volta na tela do SBT com “Rosalinda” e na última semana, como era sabido, não avançaria muito na audiência em função dos últimos capítulos de “Da Cor do Pecado” e ficou nos 4 pontos. Quem sabe agora, o SBT possa aspirar melhores números no horário.
natelinha

Último episódio da reapresentação da novela Da Cor Do Pecado

A exibição do último capítulo da reprise de “Da Cor do Pecado”, na tarde desta sexta-feira (22/02), alcançou ótimos índices de audiência. De acordo com a prévia, o folhetim marcou uma média de 19 pontos.

Ao longo de seus cinco meses de reapresentação, “Da Cor” acumulou uma média de 13 pontos, uma das mais baixas do “Vale a Pena Ver de Novo”. 

Para tentar driblar a queda de audiência, a Globo optou por reprisar “O Profeta”, versão de Thelma Guedes e Duca Rachid.

O PLANETA TV!

Audiência de todas as novelas sobe na segunda semana de janeiro

Cena de “Salve Jorge” (Foto: TV Globo)

Terminado o período de festas de fim de ano, e com um tempo chuvoso e frio em São Paulo, as novelas se beneficiam no Ibope. A segunda semana de janeiro registrou uma sensível melhora na audiência de todos os folhetins – apesar de ainda estarem longe das metas sonhadas pelas emissoras. Mas já é uma reação.

Vamos aos números e comparativos! Cada ponto equivale a 60 mil domicílios na Grande São Paulo.

Da Cor do Pecado” (Vale a Pena Ver de Novo) – meta para o horário: 18 pontos.
A segunda semana de janeiro marcou o melhor índice da novela desde a estreia: fechou com uma média semanal de 14,8, superando os números de “Malhação” (14). Subiu um ponto em relação à semana anterior, de Ano Novo.
Média geral até capítulo 80:
Da Cor Do Pecado”: 12,45
Chocolate com Pimenta”: 14,8
Mulheres de Areia”: 15

Malhação” – meta: 20
A “novelinha teen” continua com o Ibope lá embaixo. Semana passada fechou com 14 pontos, perdendo para o Vale a Pena Ver de Novo. Na semana do Ano Novo, registrou 13.

Lado a Lado” – meta: 25
Com uma semana mais movimentada – teve a tentativa de estupro que Laura (Marjorie Estiano) sofreu -, a novela das seis, ainda longe da meta, voltou à casa dos 20 pontos (nos capítulos de quarta dia 09/01, quinta 10 e sexta-feira 11), como há tempos não acontecia. Fechou a semana com 18,7, enquanto a semana anterior ficou em 16,3.
Média até o capítulo 108:
Lado a Lado”: 17,57
Amor Eterno Amor”: 23,08
A Vida da Gente”: 22

Guerra dos Sexos” – meta: 30
A novela das sete registrou os melhores índices desde sua estreia. Fechou a semana com 23,2, subindo 3 pontos em relação à semana do Ano Novo. O ponto alto foi o divertido jantar que Roberta (Glória Pires) ofereceu a um casal amigo com a presença de Nando (Reynaldo Gianecchini).
Média até o capítulo 90:
Guerra dos Sexos”: 21,32
Cheias de Charme”: 30,82
Aquele Beijo”: 25,5

Salve Jorge” – meta: 40
A estadia de Morena (Nanda Costa) e Jéssica (Carolina Dieckmann) no Brasil levantou a audiência da trama de Glória Perez, que fechou a semana com 32 pontos, atingindo seu melhor resultado desde a semana de estreia, quando fechou nos 33 pontos. O capítulo de quinta-feira, dia 10, cravou 34 pontos, um dos mais altos da trama até agora. A semana de Ano Novo registrou 27,5.
Média até o capítulo 72:
Salve Jorge”: 29,74
Avenida Brasil”: 37,26
Fina Estampa”: 37,99

As reprises da tarde do SBT (“Gotinha de Amor”, “Jamais Te Esquecerei” e “A Usurpadora”) tem fechado entre 4 e 5 pontos, com mais audiência para “A Usurpadora”. Está dentro da expectativa da emissora.

Carrossel”:
A novela infantil voltou a registrar bons índices depois das festas de fim de ano. Fechou a semana passada com 13 pontos, enquanto a anterior havia registrado 10.

Balacobaco”:
A meta que a Record espera – e que sempre alcançou – era de dois dígitos, quebrada com “Máscaras”. “Balacobaco” está registrando menos audiência ainda que a novela anterior, e não repercute. Subiu um ponto em relação à semana de Ano Novo: semana passada registrou 6 pontos.


Nilson Xavier com colaboração de Fábio Dias

Globo intensifica chamadas de “Da Cor do Pecado” para reagir no Ibope

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121010132347.jpg

Insatisfeita com os índices de audiência de “Da Cor do Pecado”, que está em cartaz no “Vale a Pena Ver de Novo”, a Globo tem lançado estratégias para atrair o telespectador de volta à sessão.

Nestes últimos dias houve um incremento no número de chamadas para o folhetim de João Emanuel Carneiro. Algumas delas têm sido posicionadas inclusive nos intervalos de “Avenida Brasil”, do mesmo autor e que é o produto mais visto do Brasil.

O Ibope de “Da Cor do Pecado” é um dos mais fracos do “Vale a Pena Ver de Novo” dos últimos anos. Nesta terça-feira (09), por exemplo, a trama chegou a apenas 9 pontos de média.

“Chocolate com Pimenta”, sua antecessora, oscilava na casa dos 14 a 16 pontos.

natelinha

Mas vale a pena ver de novo mesmo?

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121002102644.jpg
Sempre que acaba uma novela fica um gostinho de saudade. Aquela vontade por parte dos fieis telespectadores de rever todos os capítulos é o que garante o sucesso das reprises dos folhetins à tarde. Mas, até para que se possa agradar a maioria do público, a escolha de uma novela para a reprise tem que ser muito bem pensada. Será que vale a pena ver de novo “Da Cor do Pecado” mesmo? Acho que não.
 
A novela está sendo reprisada pela segunda vez, algo extremamente desnecessário. “Chocolate com Pimenta”, que antecedeu o folhetim de João Emanuel Carneiro no horário de novelas vespertino, também estava sendo reprisada pela segunda vez. Não fosse o fato da Globo ter três horários fortes de novelas à noite, essa atitude em reprisar histórias que já foram re-exibidas seria aceitável.
 
Com tanta gente pedindo “Cobras e Lagartos” no “Vale a Pena Ver de Novo” há tantos anos, por que escolher “Da Cor do Pecado”, que, inclusive, é do mesmo autor? Qualquer explicação seria leviana. E não é somente uma questão de opinião ou gosto pessoal. A tese de que insistir nas reprises das mesmas novelas é estar fadado a perder público para os concorrentes é refletida nos números do Ibope.
 
“Da Cor do Pecado” reestreou em baixa na Globo. Foram somente 12 pontos de audiência contra 6 da Record. Na quarta-feira (26), o folhetim conseguiu apenas 10 pontos. Na primeira reprise, a novela estreou com 18 pontos e seu último capítulo alcançou a marca de incríveis 24 pontos de média no Ibope. “Chocolate com Pimenta” trilhou caminhos parecidos: audiência esmagadora na primeira reprise e decepção na segunda.
 
É bom a Globo começar a rever essa questão com mais cuidado. O desgaste de um produto aumenta em progressão geométrica às suas exibições. E a audiência, claro, acompanha.
 
 
Breno Cunha escreve sobre mídia e televisão há quatro anos e sempre foi conhecido por grandes discussões provocadas por suas críticas. No NaTelinha não é diferente. Converse com ele: brenocunha@natelinha.com.br / Twitter @cunhabreno