Vila Nova 0 x 0 Criciúma

O JOGO

Vila Nova e Criciúma não sairam do zero na noite desta sexta-feira. Em partida válida pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, goianos e catarinenses se enfrentaram com metas claras, mas o desejo pela vitória ficou no quase. Durante a partida, boas chances para ambos os lados, mas as falhas nas finalizações custaram caro.

DESTAQUE

O empate por 0 a 0 fez o time de Santa Catarina subir para 7ª na tabela, enquanto o Vila se manteve dentro do G-4, em terceiro lugar – as duas equipes podem ser ultrapassadas até o fechamento da rodada.

DESTAQUE

O primeiro tempo da partida entre Vila Nova e Criciúma foi bem movimentado. Fora de casa, o Criciúma não se assustou, foi para cima do Vila Nova e conseguiu o primeiro lance de perigo. Aos nove minutos, Silvinho recebeu livre pela esquerda, mas chutou para fora. Depois, foi a vez do Vila chegar perto do gol. Em boas jogadas de Moisés e Alan Mineiro, o time goiano quase abriu o placar. Enquanto o atacante chutou perto, mas para fora, o meia parou na defesa de Luiz. Até o apito do árbitro Daniel Nobre Bins, apenas tentativas, mas nenhuma bola na rede.

DESTAQUE

TUDO IGUAL NO OLÍMPICO

Sem mudanças, as duas equipes voltaram do intervalo querendo abrir o placar, mas não criaram muito nos minutos iniciais. Aos 19, Lucão teve boa chance, mas a bola ficou nas mãos de Wendell. Na sequência, chegada do Vila Nova. Moisés recebeu, ficou cara a cara com Luiz, mas o assistente apontou o impedimento. Destaque das partidas anteriores do Criciúma, Lucão quase se consagrou. Ele recebeu bom passe de Barreto, girou e chutou… mas a bola bateu na trave e não entrou. O lance foi o último perigoso da partida, que terminou sem gols.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Luverdense 0 x 0 Criciúma

DESTAQUE

RUIM PARA OS DOIS

Luverdense e Criciúma seguem sem vencer na Série B do Brasileiro. Na tarde deste sábado, os times não balançaram a rede e ficaram no empate sem gols na Arena Pantanal, válido pela 4ª rodada da Série B do Brasileiro. O jogo foi ruim tecnicamente, sem grandes chances e justificou a posição das equipes na competição.

DESTAQUE

SEM VITÓRIA E NA ZONA DE REBAIXAMENTO

Os dois seguem na zona de rebaixamento. Melhor para o Tigre que ao menos deixou a lanterna, agora com dois pontos ocupa o 19º lugar. O Luverdense também foi aos dois pontos, em 17º.

DESTAQUE

INACREDITÁVEL FUTEBOL CLUBE

O Criciúma teve a melhor chance do jogo para poder abrir o placar. Fabinho Alves cruzou na medida para Caio Rangel que, dentro da pequena área e sem goleiro, mandou sobre o travessão! Incrível!

 
O JOGO
OS 90 MINUTOS

A primeira etapa foi de poucas chances de gols, sendo uma clara para cada lado. Pelo Verdão do Norte, Marcos Aurélio bateu cruzado e a bola passou perto da meta de Luís. No Tigre, foi Caio Rangel quem teve a bola do primeiro tempo, mas chutou pra fora, sem goleiro, na pequena área. Lance inacreditavelmente perdido.

O segundo tempo foi truncado e os times não conseguiram chegar com perigo na área adversária. As melhores vieram do Luverdense, sempre na bola parada de Marcos Aurélio ou Paulinho. O Criciúma jogou fechado e apostou nos contra-ataques, mas sem sucesso. Nos 15 minutos finais, o time mato-grossense até tentou uma pressão, mas parou na falta de pontaria e no sistema defensivo da equipe catarinense.

DESTAQUE

A SEQUÊNCIA

Na próxima rodada, o Luverdense recebe o Vila Nova-GO, terça-feira, às 21h30, na Arena Pantanal. O Criciúma visita o Juventude, no mesmo dia, às 19h15, no Alfredo Jaconi.

 

GLOBO ESPORTE.COM

SC perdeu 2,7 mil empregos em abril; agricultura fechou mais postos

Estado teve 74.376 admissões e 77.148 demissões, segundo Caged.
Comércio e serviços também tiveram redução de vagas formais.

Bandeira do estado deSanta Catarina

AGRICULTURA FAMILIAR ALAGOAS (Foto: Reprodução/TV Gazeta)Agricultura foi setor com mais demissões (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

Santa Catarina perdeu 2.772 empregos em abril, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho na tarde desta quarta-feira (25). O estado teve 74.376 admissões e 77.148 demissões. Houve queda de 0,14% em relação ao mês anterior.

Os setores que tiveram mais demissões foram a agricultura, com o fechamento de 2.002 postos de trabalho, e serviços, com 987 empregos a menos. Outros que tiveram queda foram o comércio, com  menos 576 postos, e a indústria de transformação, com 83 demissões.

Tiveram contratações a construção civil, com 580 novos empregados, a administração pública, de 269 novos servidores, a extrativa mineral, com 23, e serviços industriais de utilidade pública, com quatro.

Entre as cidades com mais de 30 mil habitantes que mais tiveram contratações estão Criciúma, no Sul, com saldo de 232, Navegantes, no Litoral Norte, com saldo de 222, Timbó, no Vale do Itajaí, com saldo de 166, e Mafra, no Norte, com saldo de 153.

A capital foi a que teve o pior resultado, com fechamento de 1.080 vagas formais, seguido por Jaraguá do Sul, no Norte, com 566, Balneário Camboriú, no Litoral Norte, com 392, e Fraiburgo, no Oeste, com 356 postos de trabalho a menos.

Brasil
As demissões de trabalhadores com carteira assinada em abril superaram as contratações em 62,84 mil vagas no país. Foi o 13º mês seguido de fechamento de vagas com carteira assinada. O último mês com contratações acima das demissões foi março do ano passado, quando foram criados 19,2 mil postos de trabalho.

 

G1.COM.BR

Jovens empresários fazem enterro simbólico do imposto em Santa Catarina

Ação integrou Feirão do Imposto, que ocorreu em 59 cidades de SC.
Evento é protesto à falta de retorno à população para pagamento de tributos.

Bandeira do estado deSanta Catarina

O Feirão do Imposto aconteceu em 59 cidades de Santa Catarina neste sábado (21). Entre as atividades estavam iniciativas para chamar atenção da população para o valor dos impostos cobrados sobre cada produto e o pouco retorno dado à sociedade sobre estes recursos.

O núcleo jovem da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis chamou a atenção de quem passou pelo trapiche da Beira-mar. Água mineral foi vendida por R$ 1 a unidade, sem o valor do imposto que chega a 37,44% do total pago.

A mobilização também contou com o apoio da Associação Comercial de São José e de Palhoça, na Grande Florianópolis.

No Sul do estado, em Criciúma, houve distribuição de chope apenas na quantidade que representa um copo sem o valor do imposto, de 62%. A ação aconteceu em uma cervejaria no Centro da cidade.

Jovens empresários enterraram imposto no Norte de SC (Foto: Cinthia Raasch/RBS TV)
Jovens empresários enterraram imposto no Norte de SC (Foto: Cinthia Raasch/RBS TV)

No Norte, teve ainda um funeral do imposto nesta manhã. Uma carreata saiu da Associação Comercial e Industrial de Guaramirim, passou por Jaraguá do Sul e ainda foi a Corupá, onde aconteceu um enterro simbólico para protestar contra a alta carga tributária paga no Brasil.

No trajeto pela BR-280, os participantes chamaram atenção para as obras inacabadas de duplicação do viaduto de Jaraguá do Sul.

G1.COM.BR

Instituto Federal de Santa Catarina abre 1,2 mil vagas para cursos de qualificação em 16 cidades

Cursos são gratuitos e inscrições vão até dia 27 de janeiro do ano que vem.
Eles são voltados para aperfeiçoamento profissional em diversas áreas.

Bandeira do estado deSanta Catarina

O Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) está com inscrições abertas para 1.230 vagas em cursos gratuitos de qualificação profissional em 16 cidades. Eles são voltados para o aperfeiçoamento profissional em diversas áreas.

São cursos rápidos, com cerca de três meses de duração. As inscrições vão até 27 de janeiro e devem ser feitas no site do IFSC. Para candidatos que não possuem acesso à internet, o Instituto disponibiliza computadores em todos os campi.

Há vagas para as cidades de Araranguá, Caçador,  Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Garopaba, Gaspar, Itajaí, Jaraguá do Sul, Lages, São Carlos, São José, São Lourenço do Oeste, Turvo, Urupema e Xanxerê.

Os cursos oferecidos nesta etapa têm duas formas de ingresso: por sorteio público e por análise socioeconômica. Os pré-requisitos, tanto de idade quanto de escolaridade, variam de um curso para o outro e podem ser conferidos nos editais publicados.

Confira os cursos disponíveis:

Araranguá
– Confecção de bolsas e acessórios em tecido – 20 vagas – vespertino – sorteio público

Caçador
– Mulheres Sim – inserção cultural e profissional para imigrantes e refugiadas – 30 vagas – noturno – sorteio público

Chapecó
– Mulheres Sim – inserção cultural e profissional para imigrantes e refugiadas – 25 vagas – matutino – sorteio público
Escola da cidadania e dos saberes – 25 vagas – noturno – sorteio público (curso com aulas na FCD, bairro Esplanada)

Criciúma
– Língua Portuguesa para Estrangeiros: Língua e Cultura – 20 vagas – noturno – análise socioeconômica

Florianópolis
– Formação continuada em educação a distância no IFSC – 100 vagas – a distância – sorteio público
– Gestão – trabalho em equipe – 100 vagas – a distância – sorteio público

Garopaba
– Condutor ambiental local – 18 vagas – noturno – sorteio público
– Operações básicas em geoprocessamento – 30 vagas – noturno – sorteio público
– Inglês aplicado ao turismo – 30 vagas – vespertino – sorteio público
– Conversação em Inglês – 20 vagas – noturno – sorteio público
– Empreendedorismo no setor turístico – 30 vagas – noturno – análise socioeconômica
– Operações básicas em hospedagem – 30 vagas – noturno – análise socioeconômica

Gaspar
– Mulheres Sim – inserção cultural e profissional para imigrantes e refugiadas – 30 vagas – noturno – sorteio público

Itajaí
– Pescador profissional – Nível 2 – 30 vagas – matutino e vespertino – sorteio público
– Instalador de refrigeração e climatização doméstica – 40 vagas – aulas a distância e presenciais – sorteio público
– Desenho técnico mecânico em Solidworks – 50 vagas- vespertino – sorteio público

Jaraguá do Sul – campus Geraldo Werninghaus
– NR 10 Básico – 25 vagas – vespertino – sorteio público
– NR 10 Reciclagem – 25 vagas – noturno – sorteio público
– Fundamentos de ensaio mecânico de dureza – 20 vagas – matutino – sorteio público
– Bombeiro Civil – turma A –  30 vagas – matutino / turma B 30 vagas – noturno – sorteio público (as aulas deste curso serão ministradas no Corpo de Bombeiros)

Lages
– Boas práticas para manipuladores de alimentos – 30 vagas – noturno – sorteio público
– Produção de alimentos orgânicos – 40 vagas – matutino – sorteio público

São Carlos
– Manejo de pastagens em bovinocultura de leite – 30 vagas – noturno – sorteio público
– Confecção de bolsas e acessórios em tecido – 20 vagas – noturno – sorteio público
– Operador de computador – 24 vagas – noturno – sorteio público

São José
– Introdução ao cálculo – 20 vagas – vespertino – sorteio público

São Lourenço do Oeste
– Fundamentos de língua portuguesa e matemática para o Enem – 40 vagas – noturno – sorteio público

Turvo
– Desenho técnico mecânico – 25 vagas – noturno – sorteio público

Urupema
– Informática I – Introdução à informática – 24 vagas – noturno – sorteio público
– Informática II – Ferramentas de escritório – 24 vagas – noturno – sorteio público
– Iniciação ao turismo e elaboração de roteiros – 20 vagas – noturno – sorteio público
– Processamento de leite e derivados – 20 vagas – noturno – sorteio público
– Inglês básico para o mercado de trabalho – turma A – 20 vagas – noturno / turma B – 20 vagas – vespertino – sorteio público
– Produtor de bebidas alcoólicas – 20 vagas – noturno – sorteio público

Xanxerê
– Boas práticas para manipuladores de alimentos – 30 vagas – vespertino – sorteio público
– Química – 30 vagas – sorteio público
– Confeitaria I – 15 vagas – sorteio público
– Processamento de queijos, iogurte e doce de leite – 20 vagas – noturno – sorteio público

 

G1.COM.BR

Liga Sul-Minas-Rio tem os três grupos definidos. Confira quais são os times

Tabela da competição será anunciada na próxima segunda-feira

Alexandre Kalil em coletiva de imprensa no Independência (Foto: Bruno Cantini \Flickr Atletico-MG)

Alexandre Kalil é o executivo-chefe da Liga (Foto: Bruno Cantini \Flickr Atletico-MG)

A Liga Sul-Minas-Rio já tem os três grupos definidos. A competição, cuja primeira edição será no ano que vem – com início previsto para o fim do mês de fevereiro -, contará com 12 times participantes.A divulgação oficial do calendário e do regulamento será na próxima segunda-feira. A Sul-Minas-Rio recebeu o aval da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no último dia 9, quando o executivo-chefe da liga, Alexandre Kalil, esteve na entidade.

Confira os grupos:

Grupo 1: Cruzeiro, Fluminense, Avaí, América-MG
Grupo 2: Grêmio, Internacional, Atlético-PR, Chapecoense
Grupo 3: Atlético-MG, Flamengo, Figueirense e Coritiba

São 15 os clubes integrantes da liga, mas apenas 12 participarão da primeira edição, com início marcado para fevereiro do ano que vem – a final também já tem data: 30 de março.

– Isso já estava formatado. Nós temos nos reunido de 15 em 15 dias. Fomos à CBF, já havíamos ido à CBF outras vezes, e o que aconteceu ontem (quinta-feira) foi que o Kalil (Alexandre), representante da Liga, discutiu as datas com o pessoal da CBF. Serão três grupos de quatro times cada, se classificando para as semifinais os melhores de cada grupo e o melhor segundo colocado – disse o presidente da Liga, Gilvan de Pinho Tavares, que explicou o que ficou acordado com a CBF.

– Fizeram alguma alteração de datas. Concordaram com tudo o que foi acordado pela Liga. E a CBF disse que daria toda a assistência no aspecto dos árbitros. Além do tribunal. Precisávamos de um modelo, como acontece na Copa do Mundo, Copa América, porque o torneio é curto. Não dá para ter primeira, segunda instância. Então, será um julgamento mais rápido, um caráter diferente de julgar, mas aplicando o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Vai ter mais uma reunião na segunda-feira, mas já está tudo definido.

Fazem parte América-MG, Avaí, Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Flamengo, Internacional, Joinville, Grêmio e Paraná. Quando o grupo foi criado, a ideia era que a primeira edição do torneio contasse apenas com 10 participantes, sem Chape, Criciúma, Joinville, além de Paraná e América-MG, que se filiaram por último.

Há quem faça oposição à Liga Sul-Minas. O presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes, irritado com a participação da dupla Fla-Flu na competição,não crê que o presidente da CBF, Marco Polo del Nero, autorizará o torneio.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Corinthians 2 x 1 Criciúma

2 x 1

38ª RODADA
CORINTHIANS BATE CRICIÚMA, MAS NÃO ESCAPA DA FASE PRÉVIA DA LIBERTADORES
Como o Inter também venceu a sua partida, o Timão vai ter de disputar vaga contra um colombiano para chegar à fase de grupos do torneio
Nem tudo deu certo para o Corinthians na tarde deste sábado. O Timão venceu o Criciúma por 2 a 1 na arena de Itaquera, chegou à 19ª vitória no Campeonato Brasileiro, mas não conseguiu subir para a terceira colocação e, consequentemente, conquistar a vaga direta na Taça Libertadores da América. Com os mesmos 69 pontos do Internacional, que bateu o Figueirense por 2 a 1 nos acréscimos em Florianópolis, o Alvinegro acabou prejudicado por ter duas vitórias a menos que o time gaúcho, terminou a competição na quarta posição e disputará a primeira fase da competição continental, em jogos eliminatórios.

O já rebaixado Criciúma deu trabalho além do esperado pelo Corinthians. Com um time repleto de jogadores jovens, buscou o empate após sair atrás do placar e se esforçou até o final. Com gols de Elias e Fábio Santos, o Timão venceu. Roger Guedes descontou para o Tigre. Foi o recorde de público da Arena Corinthians pós-Copa do Mundo: 38.044 pagantes, superando os 37.119 do jogo contra o Botafogo, no primeiro turno.

Para o Criciúma, foi a despedida na elite do futebol nacional e a “prova final” de jogadores da base, que serão aproveitados na próxima temporada. Os catarinenses jogarão a Série B do Campeonato Brasileiro em 2015. Para o Corinthians, a vitória não serviu para evitar um duelo eliminatório logo de cara na Libertadores, competição que o Timão voltará após ter ficado fora neste ano. O adversário na fase preliminar será um time colombiano que ainda não foi definido. A primeira partida será em casa e a decisão, fora. Se passar por esse duelo, o Alvinegro vai para o Grupo 2, com São Paulo, San Lorenzo-ARG e Danubio-URU.

Elias gol, Corinthians x Criciuma (Foto: Marcos Ribolli)
Elias comemora o gol marcado pelo Corinthians ainda no primeiro tempo (Foto: Marcos Ribolli)

Bolas na trave, gol, polêmica…

Roger Guedes, Corinthians x Criciuma (Foto: Marcos Ribolli)
Roger Guedes vibra com o gol do Criciúma
(Foto: Marcos Ribolli)

Com um time repleto de garotos e sem nada a perder, o Criciúma partiu para cima do Corinthians, mas demorou poucos minutos para ser neutralizado. Aos 17, o Timão já havia batido na trave, literalmente, duas vezes: primeiro em cabeçada de Guerrero, depois em chute de Petros. Insistente, a equipe de Mano Menezes pressionava um adversário assustado e cada vez mais recuado, mostrando que o gol era questão de tempo. E o placar seria aberto em um vacilo dos visitantes: o lateral Maicon Silva perdeu a bola para Renato Augusto, que encontrou Petros. O meia deixou Elias, dentro da área, em posição para tocar no canto direito de Bruno, que se esticou, mas não encontrou nada.

O goleiro do Criciúma se machucou no lance, tentou continuar na partida, mas teve de ser substituído por Edson minutos depois. Mesmo dependente de contra-ataques criados nos espaços dados pelo Corinthians, o Tigre chegou ao empate, em um gol mal anulado pela arbitragem. Lucca lançou para Ricardinho, dentro da área. Com espaço, ele rolou no buraco deixado pela defesa alvinegra, e Gustavo empurrou para o gol. O árbitro Dewson Freitas da Silva marcou impedimento inexistente no lance que deu início à jogada.

Susto e alegria

Fabio Santos, Corinthians x Criciuma (Foto: Marcos Ribolli)
Fábio Santos, autor do segundo gol do Corinthians
(Foto: Marcos Ribolli)

O segundo tempo começou bem para o Corinthians antes mesmo de a bola rolar. O gol do Figueirense contra o Internacional tornava a combinação de resultados ainda mais perfeita para o Timão. A notícia, somada a um chute de Malcom que passou raspando a trave direita de Edson logo no primeiro minuto da etapa complementar, foi o suficiente para fazer a Fiel aumentar ainda mais a festa na Arena. Mas não por muito tempo: Roger Guedes aproveitou vacilos de Cássio e Fábio Santos em escanteio para empatar o jogo.

O barulhento ambiente, o jogo ofensivo e a experiência de Danilo, que entrou no lugar de Petros, pareciam suficientes para tornar a tarde perfeita para os corintianos. Em uma troca de passes muito rápida entre o Danilo, Fábio Santos, Renato Augusto e Guerrero, o lateral-esquerdo chutou forte, dando os três pontos que o Timão precisava. Mas…

A festa estava pronta. Mas Wellington Silva, a mais de 700 km de Itaquera, estragou tudo. Aos 50 minutos de jogo, o lateral do Internacional conseguiu o gol da virada sobre o Figueirense no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, e fez com que o Colorado ultrapassasse o Corinthians no primeiro critério de desempate. Ambos terminaram o Brasileirão com 69 pontos, mas o Inter, por ter 21 vitórias contra 19 do Timão, acabou em terceiro e vai para a fase de grupos da Libertadores. Aos corintianos, em quarto, coube a fase preliminar da competição continental, com um mata-mata a ser disputado diante de um rival colombiano ainda a ser definido.

Malcom, Corinthians x Criciuma (Foto: Marcos Ribolli)
Malcom teve atuação destacada no duelo contra o Criciúma, na Arena (Foto: Marcos Ribolli)
GLOBO ESPORTE.COM