Diretor diz que volta do “CQC” é certa, mas não sabe ainda qual a emissora

Resultado de imagem para CQC

A Eyeworks tem no “CQC” o seu principal produto e maior marca. Assim como aconteceu no Brasil, na Argentina o programa também parou, mas continua na Itália e com grande sucesso.

Sobre a possibilidade de uma volta à televisão brasileira, o diretor Diego Barredo não tem dúvida que isto, um dia, virá a acontecer.

Mas, o assunto ainda cabe uma reflexão.

De acordo com o Barredo, “quando?” e “onde?” serão sempre fatores importantes para a volta do “CQC”.

Daí se conclui que poderá até não ser na Band, onde revelou vários nomes, hoje espalhados por programas da aberta e da televisão paga.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Rede Bandeirantes pensa em retomar a produção do CQC

 

Na Band, diante de tantos acontecimentos, tem quem considere uma boa e das mais oportunas a volta do “CQC”…

… Dizem até que a produtora Eyeworks já foi consultada sobre esta possibilidade.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Após fim do CQC, Band e Dan Stulbach fecham acordo para série histórica

Dan Stulbach grava a série "História Não Escrita" em Portugal

Dan Stulbach grava a série “História Não Escrita” em Portugal

Dan Stulbach assinou contrato com a Bandeirantes para comandar a série “História Não Escrita”. As gravações já começaram em Portugal e a estreia deverá acontecer em novembro.

Os entendimentos para dar forma e movimento ao programa ganharam força logo depois que Stulbach e Band rescindiram o contrato que existia para o trabalho dele no extinto “CQC”.

A partir dali, ficou ajustada a realização de “História Não Escrita”, com o Dan como ator e seu narrador, mas o contrato só foi fechado há poucos dias. A série vai contar episódios não tão conhecidos da história do Brasil e, nesta empreitada, Lilia Schwarcz, historiadora e autora do livro “Brasil – Uma Biografia”, terá uma função das mais importantes.

A ideia, inicialmente, é colocar 6 edições no ar, em parceria com a Eyeworks. O acordo, porém, não envolve exclusividade sobre o artista no sistema aberto. Se houver interesse, por exemplo da Globo, em contar com Dan Stulbach em alguma novela ou seriado, ele estará liberado para negociar.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Band exige resposta comercial para ressuscitar “CQC” no ano que vem

Dan Stulbach na estreia da temporada do "CQC" de 2015

 

Entre fins de agosto e começo de setembro, portanto já com os Jogos Olímpicos encerrados, a direção da Bandeirantes pretende colocar na mesa de discussão o assunto “CQC”, que oficialmente encontra-se em período sabático.

A ideia de provocar saudade no público é interessante e cria expectativas, só que, em virtude do atual cenário econômico – a Band inclusive desistiu do campeonato brasileiro da série A-, fica difícil acreditar que o programa será mesmo ressuscitado.

Na verdade, para a maioria, na emissora, trata-se de um caso encerrado e que não tem volta, mas os donos do formato não pensam dessa maneira e acreditam realmente no retorno dos “homens de preto” – nova geração. Daí a razão de insistirem no tal “período sabático”.

O “CQC” até pode voltar ao ar em 2017, porém, haverá a obrigação de uma resposta comercial à altura. Se não estiver completamente vendido, esse retorno às noites de segunda-feira não acontecerá, uma vez que a emissora descarta investir em novas “aventuras”. O momento exige os pés no chão.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Flávio Ricco diz que Band e Cuatro Cabezas sempre formaram bons times no CQC

 

Méritos a quem merece

Band ou Cuatro Cabezas, no começo, devem ser reconhecidas pelos bons times que sempre montaram no “CQC”.

Além desses três, na Globo, Marcelo Tas vem apresentando um trabalho dos mais interessantes no GNT e Oscar Filho, até com certa frequência é chamado para diversos trabalhos. Todos eles, mais Rafinha Bastos, Danilo Gentili e daí em diante.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Possível volta do CQC em 2017 exige a renovação do contrato de Dan Stulbach

 

… Sobre essa suposta volta do “CQC” em 2017, importante lembrar que haverá, no caso, a necessidade de se fazer um novo contrato com Dan Stulbach…
… O compromisso atual dele com o canal termina em dezembro.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Diego Guebel garante que CQC voltará ao ar em 2015

Dá garantias

Diego Guebel, da programação e conteúdo da Band, assegura com firmeza que o “CQC” irá descansar em 2016, mas voltará em 2017. Entende ele que partirá do público o pedido para retornar com o programa. Fará falta.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery