James Akel comenta o grande problema da CPI do BNDES

O grande problema da CPI do BNDES é que lá não vão aparecer gerentes ou diretores que tenham se locupletado mas sim grandes políticos que usufruíram de empréstimos e o segredo secreto de empréstimos pra outros países.

E com relações a empreiteiras ali está o grande mistério da Odebrecht e suas obras no estrangeiro.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 10h48 no dia 12/04/2015

James Akel comenta o fato de vários senadores terem retirado suas assinaturas da CPI do BNDES

 

Os senadores que retiraram suas assinaturas da CPI do BNDES estão no mesmo padrão de comportamento dos que também retiraram assinaturas da CPI dos fundos de pensão.

Pra ter senador deste tipo que assina e depois de uma boa conversa desassina, temos um Senado que só serve aos senadores e não ao povo que elegeu pra nada

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 09h13 no dia 12/04/2015

James Akel comenta o fato da senadora Rose de Freitas ter retirado a sua assinatura da CPI do BNDES

 

A senadora Rose de Freitas, do PMDB-ES retirou sua assinatura da CPI do BNDES.

Coincidência apenas foi que o governo prometeu liberar mas de 500 milhões pra fazer a obra de conclusão do aeroporto na sua cidade.

Ato nobre de governo.

 

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 07h09 no dia 10/04/2015
<!–[ ] –>