Jornal inglês diz que Copa do Mundo será um caos

Aeroporto de Fortaleza foi apontado como uma das preocupações Foto: Alex Costa

Aeroporto de Fortaleza foi apontado como uma das preocupações Foto: Alex Costa

Jornal europeu afirma que a Copa do Mundo 2014 será um caos, mas não é preciso ter pânico, pois o “jeitinho brasileiro” fará com que tudo funcione. A reportagem, que critica desde as obras inacabadas a demora em filasde check in nos aeroportos, foi publicada neste domingo (23) no periódico inglês “The Independet.

O texto, assinado pelo correspondente de futebol Ian Herbert, revela os problemas de umPaís em desenvolvimento, mas confiante no cumprimento das obras. “O otimismo do brasileiro é espumante que as coisas vão ficar prontas, a questão de quando é menos fácil de responder”.

Além das obras do Mundial, a falta de oportunidade para estudar também é destaque. O jornal cita um operário de Fortaleza que aprendeu a ler e escrever quando participava da reforma daArena Castelão. Para os ingleses, Mrs. Luis é a personificação de uma sociedade que vive a baixo da linha da pobreza.

vice-ministro dos Esportes, Luis Fernandes, foi ouvido pelos europeus e explicou que o País realiza um trabalho de progresso e os problemas não devem ser tirados de contexto, pois assim será cada vez pior.

Demora em aeroportos e obras inacabadas em evidência

Fortaleza não escapou das críticas do “The Independet”. A demora de aproximadamente 14 anos para construção do metrô foi citada pelo jornal, que acredita que a entrega foi forçada pela aproximação da Copa do Mundo. O aeroporto da capital cearense foi considerado por Luis Fernandes como uma preocupação. A ampliação do Pinto Martins só será concluída após o Mundial e a solução para atender a demanda da Copa é a construção de um terminal provisório de lona.

As filas para realização de check in no Aeroporto de Manaus, que será sede do jogo entre Inglaterra e Itália, também aparecem como um grave problema. Cerca de 2.000 fãs são esperados na cidade, mas em tarde de uma quinta-feira qualquer demora-se 45 minutos em uma quente fila para despachar a bagagem.

As obras do segundo terminal do Aeroporto de Manaus permanecem inacabadas, assim como muitos outros pelo País. O jornal cita o terminal provisório de Minas Gerais e alfineta São Paulo que também está com o terminal aeroportuário e o próprio estádio ainda em fase de conclusão.

Além dos estádios inacabados de Curitiba e Cuiabá, os altos preços e a distância entre as cidades preocupam. Cheio de incertezas, os ingleses apostam no “jeitinho brasileiro” para que tudo funcione.

 

Diário do Nordeste – 23.03.2014

Fox Sports poderá transmitir a Copa do Mundo 2014

Todas as demais emissoras brasileiras que irão transmitir a Copa do Mundo do ano que vem estão no aguardo do sinal verde da Globo, para sair em busca dos seus prováveis anunciantes.

Acredita-se que isto deva acontecer até meados da próxima semana.

Por enquanto, o panorama das corridas é o seguinte: Globo e Band transmitem a Copa do ano que vem na aberta e, na fechada, SporTV, Espn e Bandsports.

É o que, até aqui, está fechado. Mas ninguém deve ser surpreendido com a entrada do canal Fox Sports. As negociações avançaram e tudo caminha para isso.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos  Nery

A cada 8 anos , Argentina enfrenta decisão nos pênaltis em Copa do Mundo

Na Copa do Mundo de 1990 ,a seleção argentina enfrentou duas decisões por penalidades máximas . Nas quartas-de-final , derrotou a extinta Iugoslávia por 3 a 2 e nas semifinais venceu a Inglaterra por 4 a 3 . Em 1998 , nas oitavas-de-final novamente derrotou a Inglaterra por 4 a 3 . Na Copa do Mundo de 2006 , enfrentou a Alemanha e perdeu por 4 a 2 . O vídeo abaixo e o vídeo acima mostram isso bem . Será que eles vão vivenciar esse modelo bem sucedido de desempate em território brasileiro em 2014 ?

Coluna do Tom Barros 18 de maio de 2013

Escudo do Ceará Sporting Club

Guarany Sporting Club logo.gif

File:Copa-Bridgestone-Libertadores-Logo-1.PNG

 

O zelo do favorito

No entendimento de boa parte dos cronistas e também da torcida, o Ceará já encomendou as faixas de campeão. Mas o próprio Ceará não admite o “já ganhou”. O zelo do favorito decorre da consciência profissional dos que o dirigem, de Evandro Leitão a Leandro Campos. É sinal de respeito ao Bugre que há provado ter boa qualidade, conforme provam seus resultados este ano diante do próprio Ceará: três jogos, duas vitórias, um empate. Sim, pesa a vantagem do Ceará que joga por resultados iguais e em casa, no Castelão. Mas o zelo do favorito procede. Tem tudo a ver.

Marcação. João Marcos de volta. Certeza de melhor pegada na meia-cancha alvinegra. João é o último remanescente do famoso trio de ferro. Os companheiros mudaram, mas João continua eficiente como nos tempos de Michel e Heleno.

Força sobralense

O êxito do Guarany decorre da força coletiva, tudo bem. Mas na minha avaliação o que tem levado o Bugre ao melhor e permanente padrão é a sua meia-cancha (Fernando, Marcinho, Zé Augusto e Júnior Cearense). Esse quarteto está jogando muito.

Auge

A dupla Magno/Mota alcançou o auge justo na reta final do certame. O gradual crescimento é produto de um trabalho planejado. Mesmo quando por algum motivo a dupla não joga bem, um dos dois deixa a sua marca. Trunfo do Ceará.

“Jogador só fica marcado no clube se conquistar títulos. Quero escrever meu nome na história do Ceará com o título de tricampeão”.

Ricardinho
Meia do Ceará (no site do Ceará)

Fragilidade

Para preocupação do pesquisador Airton Fontenele, o Grêmio foi o quarto time brasileiro despachado da Libertadores. Antes foram eliminados São Paulo, Palmeiras e Corinthians. Restam Fluminense e Atlético/MG. O especialista Airton entende que essa fragilidade, às vésperas de uma Copa, pega muito mal.

Notas & notas

Esquema de trânsito pronto para Ceará x Guarany no Castelão. Queira Deus dê certo para espantar a péssima imagem que ficou do fracasso da organização do trânsito quando do show do Paul McCartney. /// Ex-atacante Ivo Pinheiro, que atuou pelo América, Ceará e Fortaleza, muda de idade hoje. Será alvo de homenagens. Parabéns.

Perigoso

Maciel, autor do gol do Guarany no empate com o Ceará em Sobral, há se mostrado exímio artilheiro. Emprestado pelo Horizonte, deslanchou no Bugre. E deve ter matado de arrependimento os que não o aproveitaram no Galo. A resposta de Maciel veio em forma de gols. Firmou-se no Guarany. Exigirá muita atenção da defesa alvinegra amanhã.

Recordando. Ontem, passei defronte ao local onde em 1969 funcionou a Rádio Dragão do Mar. Hoje lá há um edifício alto, de apartamentos, na esquina da Rua Antonio Sales com Av. Virgílio Távora. Na época, só havia muitos terrenos e poucas casas. Nem ônibus ia até lá. O ônibus mais próximo parava onde é hoje a Praça da Imprensa, que não existia ainda. O prédio da Dragão do Mar tinha apenas dois andares e havia sido projetado para receber a futura TV Dragão, que acabou não saindo por falta de concessão do governo. Em 1969, no radiojornalismo da Dragão estavam J. Ciro Saraiva, Nazareno Albuquerque, Cíades Alves, Dionísio da Ponte, Demilson Santos, Peixoto de Alencar e outros nomes famosos. Bateu saudade.

 

Coluna redigida pelo jornalista Tom Barros para o jornal Diário do Nordeste no dia 18 de maio de 2013

Brasil 0 x 3 França por uma ótica francesa

 

Se Felipão não tomar cuidado , é capaz desse chocolate se repetir no Maracanã no ano que vem ! Nessa época , eu tinha 10 anos de idade .